sexta-feira, Dezembro 31, 2010

O Balanço de 2010!

Em 2010:

Publiquei 261 receitas no blogue ao longo deste ano que espero terem ajudado alguns leitores.
Preparei uns workshops fantásticos que me permitiram conhecer e descobrir muitas pessoas.
Conheci 2 chefs de cozinha que admiro e descobri um terceiro da qual fiquei fã.
Descobri novos blogues de culinária.
Recebi muitos mimos dos leitores e seguidores deste blogue que me incentivam sempre a continuar.
Aprendi a dar importância ao que realmente vale a pena e a desvalorizar o resto.
Passei por por algo que nunca imaginei, mas sobrevivi.
Tive finalmente, a resposta a um problema que me acompanha à algum tempo: ainda sem solução, é certo, mas com uma resposta exacta.
Apareci pela primeira vez na televisão e ainda não sei se gostei ou não.
Tenho projectos para o ano que vem.
Fiz uma pequena cirurgia.
Descobri verdadeiros amigos, a quem por capricho não queria abrir o meu coração, e com eles vireram outros que tornaram a minha (nossa) vida mais feliz.
Tive uma daquelas oportunidades que acontecem uma vez na vida.
Vi afastar-se alguem que era para mim muito especial, mas que achou que eu não seria digna da sua amizade e confiança. Apesar de não compreender deixei-a seguir as suas convicções e princípios.
Fui madrinha de baptismo pela primeira vez, e tenho muito orgulho no meu afilhado T., que faz o sorriso mais lindo quando me vê.
Vi nascer alguns "sobrinhos", e aguardo com emoção a chegada de (pelo menos) mais dois.
Continuo a ser feliz e a ter muitas pessoas à minha volta que me fazem feliz - o M., os meus pais, avós, irmã e demais família.

Como todos os anos, também este teve coisas boas e coisas menos boas. Mas, no balanço final, foi um ano muito especial! Espero que 2011 seja também um ano especial. Para todos! Boas entradas.

quinta-feira, Dezembro 30, 2010

Pannacota de Baunilha com Molho de Framboesas

E como sobremesa, que tal uma deliciosa pannacota? É a sugestão ideal para terminar o ano em beleza. Seja esta ou outra a sobremesa escolhida, espero que seja o final perfeito para o vosso jantar de reveillon!

Ingredientes para 4 pessoas:

400ml de natas
3 folhas de gelatina
4 colheres de sobremesa de açúcar
1 vagem de baunilha
150g de framboesas fresca
2 colheres de sopa de açúcar em pó

Preparação:

Abra a vagem e baunilha ao meio e retire as sementes. Numa caçarola misture as natas com as sementinhas de baunilha e o açúcar. Leve ao lume e deixe levantar fervura. Entretanto demolhe as folhas de gelatina e junte-as às natas quentes deixando derreter. Mexa bem e divida o preparado por 4 forminhas com cerca de 100ml de capacidade. Leve ao frigorífico no mínico 4 horas ou até prender.
Triture depois as framboesas com o açúcar em pó.
Sirva as pannacota desenformadas com o molho de framboesas.

Bom Apetite!

quarta-feira, Dezembro 29, 2010

Perna de Peru com Limão e Alho

Pode parecer pouco imaginativo a perna de peru para ementa de fim de ano, mas para quem não tem por hábito comer esta carne no Natal, creio que pode ser uma boa sugestão. Além do mais os assados são simples de fazer, não exigem grande atenção e permitem ocupar o restante tempo a fazer as entradas, sobremesas e acompanhamento.

Ingredientes para 4 pessoas:

1 perna de peru com cerca de 2kg
8 dentes de alho
1 limão
75g de manteiga
2 folhas de louro
2 cebolas
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Tempere a perna de peru com sal e pimenta.
Descasque as cebolas e corte-as em quartos colocando-as no fundo de um tabuleiro de ir ao forno. Junte as folhas de louro partidas.
Num almofariz esmague os dentes de alho com a manteiga junte a raspa da casca do limão e ainda um pouco mais de sal e pimenta. Barre toda a carne com esta mistura (e barre também a pele do peru) e coloque-a no tabuleiro sobre a cama de cebola, regando com o sumo de limão. Tape bem com papel de alumínio, leve a forno moderado (180ºC) e deixe cozinhar cerca de 2h. Ao fim deste tempo retire o papel de alumínio - e vai ver que apesar de não ter juntado líquido terá uma boa quantidade de molho no fundo do tabuleiro - aumente a temperatura do forno e deixe cozinhar mais um pouco até a pele estar bem tostadinha.
Sirva com arroz de festa e couves salteadas.

Bom Apetite!

terça-feira, Dezembro 28, 2010

Folhados de Queijo de Cabra com Compota de Cebola Roxa

Depois dos "amuse-bouche", para abrir o apetite e aguçar o palato, sugiro estes folhados como a entrada perfeita para a ultima noite do ano.
Foi a altura ideal para usar a minha compota de cebola roxa, guardada há já algum tempo à espera de uma ocasião especial. Para quem não quiser ter o trabalho de preparar a compota de cebola roxa, poderá encontrá-la em boas lojas gourmet. Fica ainda outra sugestão para quem não aprecia os queijos de sabores fortes, e para não estarem a fazer duas coisas, podem substituir o queijo de cabra pelo queijo mozarella, para um sabor mais leve e discreto.

Ingredientes para 6 folhados:

1 placa de massa folhada rectangular
6 colheres de chá de compota de cebola roxa (receita aqui)
1 queijo de cabra em "baton" (chévre)
1 gema

Preparação:

Corte a placa de massa folhado em 6 rectangulos iguais.Corte depois o "baton" de queijo de cabra em rodelas de 0,5cm.
Sobre cada rectangulo de massa coloque 2 rodelas de queijo, lado a lado, e cubra-as com 1 colher de compota de cebola roxa. Dobre a massa folhada sobre o recheio, e volte as pontas para cima apertanto bem, formando uns embrulhinhos.
Repita até formar 6 folhados e pincele-os com a gema de ovo.
Leve a forno quente (180ºC) até a massa ter folhado e estar dourada e cozida. cerca de 30 minutos.
Sirva quentes com uma salada verde.

Bom Apetite!

segunda-feira, Dezembro 27, 2010

Embrulhos de Presunto com Figo e Queijo de Cabra

O Natal já passou... Comeram-se as rabanadas, os sonhos e o Bolo Rei. Comeu-se o bacalhau, o polvo, o peru e o cabrito. Excedemo-nos na quantidade de ovos, açúcar e fritos. E agora, que devíamos começar uma dietazinha, é altura para começar a pensar na ementa de final de ano.
Para iniciar o ultimo jantar do ano, a minha sugestão vai para estes embrulhinhos de presunto com figo e queijo de cabra. Optimos para começar a abrir o apetite para o que se segue!

Ingredientes para cerca de 30 embrulhinhos:
(adaptado de "Nigella Christmas" - Nigella Lawson , pág.20)

15 fatias finas de presunto
150g de queijo de cabra (chévre)
30 figos secos

Preparação:

Corte o pincaro dos figos e abra-os ao meio sem os separar. Corte o queijo de cabra em pedacinhos e recheie cada um dos figos com um pedaço, fechando-os de seguida.
Corte as fatias de presunto ao meio e enrole cada figo em meia fatia.
Disponha num prato de servir e leve para a mesa.

Bom Apetite!

sexta-feira, Dezembro 24, 2010

Rabanadas com Doce de Ovos e as Boas Festas!

Foi de rabanadas que a minha mãe teve desejos enquanto grávida de mim. Curiosamente é o doce de natal que menos aprecio... Mesmo assim aqui fica a minha ultima sugestão para a mesa de natal: umas rabanadas com doce de ovos que fazem as delícias do M.!
E agora os votos de Boas Festas para todos os que aqui passam, que comentam e não comentam. Para todos os outro "blogueiros" de culinárias, para os amigos, conhecidos e desconhecidos. Que tenham um excelente Natal, com mesa farta, mas especialmente farto daquilo que não se compra em lado algum e nem sempre se encontra: amor, família, saúde e amizade. Boas Festas para todos!

Ingredientes:

Rabanadas
1 cacete com cerca de 2 dias
600ml de leite
1 cálice de vinho do porto
1 pau de canela
1 casca de limão
4 ovos
açúcar amarelo q.b.
canela em pó q.b.

Para o doce de ovos
5 gemas
350g de açúcar
250ml de água

Preparação:

Comece por fazer o doce de ovos: leve um tachinho ao lume com a água e o açúcar e deixe ferver 5 minutos. Entretanto bata as gemas e acrescente-lhes 2 colheres de sopa da calda de açúcar. Coloque a calda novamente ao lume e junte depois as gemas em fio à restante calda mexendo sempre. Reserve.
Para as rabanadas leve o leite ao lume com o pau de canela, a casca de limão e o vinho do Porto. Deixe levantar fervura, retire do lume e deixe arrefecer m pouco.
Bata os ovos e corte o cacete em fatias com cerca de 2cm de espessura. Mistura o açúcar amarelo e a canela num prato. Passe cada fatia de cacete pelo leite, deixando embeber bem, e depois pelos ovos batidos. Leve a fritar em óleo vegetal quente até ficarem bem douradas.
Escorra sobre papel absorvente, passe-as pela mistura de açúcar e canela e coloque-as no prato de servir
Regue depois com o doce de ovos reservado e polvilhe com um pouco mais de canela em pó.

Bom Apetite! Bom Natal!

quinta-feira, Dezembro 23, 2010

Sopa Dourada

Gostei muito desta receita assim que a vi. Uma versão diferente da tradicional Sopa Dourada,  mas com um aspecto bastante apelativo: um amarelo quase dourado, que fica perfeito com o vermelho e verde natalícios.
Esta é mais uma daquelas sobremesas perfeitas para a mesa de natal!

Ingredientes:
(in Continente Magazine - nº2  Novembro 2010 - pág.34)

Pão de ló
100g de açúcar
100g de farinha
3 ovos

Creme de ovos
4dl de água
700g de açúcar (eu cortei um pouco esta quantidade)
casca de limão
7 gemas
canela em pó q.b.

Preparação:

Bata o açúcar e os ovos com a batedeira até ficarem bem ligados. Junte a farinha pouco a pouco até obter uma massa homogénea. Deite numa forma lisa de 16cm untada e polvilhada com farinha.
Lece depois a forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos.
Retire, desenforme e bolo e corte-o em fatias, dispondo-as depois no prato de servir.
Entretanto prepare o creme de ovos. Coloque o açúcar , a água e a casca de limão num tachinho e leve a lume brando até ficar em ponto pérola. Regue depois cada fatia de pão de ló com duas colheres de sopa desta calda de modo a ficarem bem ensopadas.
Desfaça depois as gemas numa taça e junte-lhes 2 colheres de sopa da calda de açúcar. leve a restante calda novamente ao lume e, sem parar de mexer vá juntando as gemas em fio.
Retire do lume e cubra as fatias de pão de ló.
Deixe arrefecer e polvilhe com canela e decore.

Bom Apetite!

quarta-feira, Dezembro 22, 2010

Toucinho do Céu

Uma receita portuguesa, antiga e com tradição. Porque a história da doçaria portuguesa passa inevitavelmente pelos conventos e pelas monjas, que desenvolveram tantas receitas fantásticas a partir daquilo que produziam e criavam, como é o caso das amêndoas, das frutas, dos ovos e do mel. Se a isto juntarmos o açúcar, um bem escasso e raro para a época, e que era normalmente levado até aos conventos como uma oferenda ou como forma de pagamento de orações e promessas, chegamos facilmente à chamada doçaria conventual!
Na nossa história, esta doçaria está sempre ligada a dias especiais. Como o Natal. Portanto, qualquer mesa ficará certamente mais rica nesse dia com este delicioso bolo. Façam-no! E não se preocupem com a quantidade de ovos e açúcar que leva. Esqueçam as dietas, os diabetes, o colesterol e os triglicerideos! Esqueçam o mal que faz e troquem pelo bem que sabe!

Ingredientes:

500g de açúcar

2,5dl de água
200g de miolo de amêndoa moído
150g de doce de chila
18 gemas de ovo
2 ovos inteiros
canela em pó
açúcar em pó
pérolas prateadas

Preparação:

Num tacho misture o açúcar com a água e leve ao lume até atingir o ponto pérola (quando o fio que corre da colher for espesso e ficar uma gota suspensa na extermidade, tem-se o ponto de pérola - cerca de 10 minutos a ferver). Quando o açúcar estiver no ponto, junte a amêndoa moída e o doce de chila e volte a ferver durante 4 minutos.
Retire do lume e quando estiver morno junte-lhe as gemas e os ovos bem batidos. Mexa bem, junte também uma colher de café de canela em pó e leve novamente ao lume, mexendo sempre até engrossar. Retire do lume.
Coloque uma forma redonda previamnete untada com manteiga e forraga com papel vegetal e deite nela o preparado alisando a superfície.Leve ao forno (170ºC) uns 30 a 45 minutos. Retire, desenforme e deixe arrefecer.
Polvilhe abundantemente com o açúcar em pó e decore com as pérolas prateadas.

Bom Apetite!

terça-feira, Dezembro 21, 2010

Tarte de Chocolate e Castanhas

Esta é outra das minhas sugestões para uma mesa de Natal. O creme de castanhas liga lindamente com chocolate, o que torna esta tarte simplesmente irresistível. Uma sobremesa diferente para a mesa de Natal.

Ingredientes:

200g de bolacha Maria
100g de manteiga
150g de chocolate negro
4 colheres de sopa de natas
500g de creme de castanhas (receita aqui)
chocolate para decorar

Preparação:

Pique a bolacha e misture-a com a manteiga derretida. Forre o fundo de uma tarteira pressionando bem a mistura e reserve no frigorífico.
Derreta o chocolate com as natas. Acrescente depois  200g do creme de castanhas e mexa bem. Coloque depois esta mistura na tarteira previamente forrada com a bolacha.
Sobre a mistura de chocolate e castanhas acrescente o restante creme de castanhas, ficando assim com duas camadas de cores diferentes. Leve ao frigorífico.
Antes de servir desenforme a tarte e decore com as raspas de chocolate.

Bom Apetite!

segunda-feira, Dezembro 20, 2010

Bolo Rei de Chocolate

Estamos em contagem decrescente para o Natal. Já se sabe o que cozinhar, já se convidou toda a família, já se decidiu de que cor decorar a mesa de natal e embrulham-se (ou compram-se!) os ultimos presentes. Sabemos que não podemos deixar de comer o arroz doce, as azevias e até o tronco de natal. Mas há tantos outros doces próprias desta quadra natalícia.... Por isso esta semana, aqui n´As Minhas Receitas, vão desfilar algumas sobremesas indicadas para essa noite tão especial, em que (re)nasce o Menino Jesus!

Ingredientes para 1 bolo:

50g de chocolate de leite (ou pepitas de chocolate de leite)
50g de chocolate negro (ou pepitas de chocolate negro)
300g de farinha
60ml de leite
1 saqueta de levedura seca
50g de manteiga
2 ovos
1 pitada de sal
1 colher de sopa de extracto de baunilha
80g de açúcar amarelo

Cobertura:
2 colheres de sopa de leite
50g de chocolate de leite (ou pepitas de chocolate de leite)
2 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de açúcar amarelo
açúcar em pó

Preparação:

Aqueça o leite e desfaça nele o fermento. Coloque esta mistura na cuba da máquina de pão, junte a manteiga derretida, o extracto de baunilha e os ovos batidos (que devem estar à temperatura ambiente). Acrescente depois a farinha, o açúcar, o sal e os chocolates grosseiramente picados.
Ligue a máquina e utilize o programa de amassar e levedar. Se não tiver máquina de pão misture os ingredientes à mão, deixando levedar num local abrigado. Depois de levedada, a massa deve ter duplicado de volume.
Forme uma bola e coloque-a no tabuleiro de ir ao forno previamente untado e polvilhado com farinha. Com as mãos abra um buraco no meio e forme uma coroa (Coloque um copo ou taça enfarinhado no meio para evitar que o buraco feche). Cubra com um pano e deixe levadar mais 45 minutos.
Pincele o bolo com o leite, decore com o chocolate e leve ao forno a 180ºC cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozido. Retire do forno e deixe arrefecer. Faça uma calda com a água e o açúcar amarelo e pincele o bolo com ela. Para finalizar polvilhe abundantemente com açúcar em pó.

Bom Apetite!

sexta-feira, Dezembro 17, 2010

Bolo Pecado de Chocolate

Haverá melhor receita do que a de um bolo pecaminoso de chocolate para celebrar o meu aniversário? Não me parece! Como hoje é o meu dia, esta é a minha escolha! Bom fim de semana a todos.

Ingredientes:
(in "Nigella Kitchen", pág.253 - Nigella Lawson)
(chávena usada com 240ml de capacidade)

Bolo
1/2 chávena de cacau em pó peneirado
1/2 chávena de açúcar mascavado escuro
1 chávena de água a ferver
100g de manteiga amolecida
3/4  chávena de açúcar
1 e 1/2 chávena de farinha
1/2 colher de chá de fermento
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de chá de extracto de baunilha
2 ovos

Cobertura
1/2 chávena de água
150g de manteiga
2 colheres de sopa de açúcar mascavado escuro
350g de chocolate com 70% cacau

Preparação:

Ligue o forno a 180ºC. Unte uma forma redonda com manteiga e forre-a com papel vegetal.
Numa taça coloque o cacau peneirado, o açúcar mascavado escuro e junte a água a ferver. Misture bem e reserve.
Noutra taça bata bem a manteiga com o açúcar até ficar uma mistura esbranquiçada e fofa. A parte junte a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio.
Junte o extracto de baunilha à mistura de manteiga e açúcar e acrescente o primeiro ovo, Misture e junte um pouco da mistura da farinha. Acrescente o outro ovo e mais um pouco de farinha. Continue a mexer e junte o resto da farinha e, no fim, a mistura líquida de cacau. Misture bem.
Coloque a massa na forma preparada e leve ao forno cerca de 45 minutos ou até o bolo estra cozinhado (quando fazendo o teste do palito este sair seco). Retire então o bolo do forno e deixe arrefecer 10 minutos antes de deenformar.
Enquanto tem o bolo no forno prepare a cobertura. Leve uma panela ao lume com a água, o acúcar mascavado e a manteiga partida em pedaços. Quando começar a ferver (e a manteiga já estiver derretida), junte o chocolate previamente partido em pedaços e "abane" a panela para misturar o chocolate. Deixe uns minutos antes de finalmente mexer tudo e ficar com um molho brilhante e grosso. Deixe arrefecer cerca de uma hora, até a mistura endurecer um pouco, mexendo ocasionalmente.
Quando o bolo estiver completamente arrefecido, corte-o ao meio e recheie com metade da cobertura de chocolate, usando a restante para cobrir as laterais e o topo do bolo.

Bom Apetite!

quinta-feira, Dezembro 16, 2010

Pão Doce com Passas

Os dias têm sido curtos para tantas solicitações, tarefas, preparações, compras e actividades. Mas com alguma organização e planeamento tenho conseguido chegar (quase) a todo o lado.
Talvez por isso as refeições cá de casa têm sido demasiado simples - e ainda bem, pois estamos a chegar à epoca de maiores excessos do ano. Hoje a sugestão vai para um pão doce ideal para um pequeno almoço de fim-se-semana comido simples ou com fiambre.

Ingredientes para 1 pão de cerca de 750g:
(adaptado de Saberes & Sabores nº202 - Dezembro 2010 - pág.11)

1,5dl de leite
1 colher de chá de sal grosso
125g de açúcar
200g de manteiga
400g de farinha
100g de farinha maisena
8g d levedura de padeiro desidratada (levedura seca)
175g de sultanas douradas
0,5dl de Whisky
50g de amêndoa em falhas
açúcar em pó para polvilhar

Preparação:

Comece por coloque as sultanas de molho no whisky.
Coloque depois o leite. o sal, o açúcar e a manteiga amolecida na cuba da máquina de pão. Junte a farinha, a maisena e a levedura. Ligue a máquina no programa indicado (tanto pode usar um programa de cozer e amassar, como apenas de amassar e cozinhar normelmente no forno) e deixe-a começar a trabalhar. Antes de a máquina terminar de amassar, junte as passas e a amêndoa em falhas. Deixe a máquina acabar o programa utilizado,e, se tiver optado com cozinhar o pão na máquina, retire-o e polvilhe com açúcar em pó.
Se, como eu tiver optado por apenas amassar e levedar a massa na máquina e terminar o pão no forno tradicional, quando a massa estiver levedada coloque-a numa forma untada e polvilhada e leve a cozer em forno moderado (180ºC) durante cerca de 1h30. Retire e polvilhe com açúcar em pó.

Bom Apetite!

quarta-feira, Dezembro 15, 2010

Capuccino Caseiro

E que tal um capuccino caseiro? Estes já estão embalados e prontos a oferecer, mas mesmo assim não podia de deixar partilhar convosco esta receita tão simples que todos podemos ter em casa.
E agora, com o inverno à porta vai saber mesmo bem preparar esta bebida quente, para beber em frente à lareira.

Ingredientes:

300g de leite em pó
1 saqueta de chantily fixe (usei da marca Vahine - encontra-se nos supermercados ao lado dos fermentos e das gelatinas)
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
3 colheres de chá de cacau em pó
150g de café solúvel
50g de açúcar

Preparação:

Misturar bem todos os ingredientes e guardar num recipiente bem fechado.
Para preparar a bebida, misturar 3 colheres de chá bem cheias de pó e juntar 200ml de água a ferver.

Bom Apetite!

terça-feira, Dezembro 14, 2010

Estrelas de Nata

Da ultima vez que o F. e a AM cá vieram tomar café trouxeram com eles umas bolachinhas deliciosas. E ainda bem! É que nessa noite, o bolo de alfarroba e laranja que tinha preparado ficou intragável (é o que dá inventar demais). Claro que tive de pedir a receita à AM - mas afinal não foi preciso, porque cá em casa também mora o mesmo livro de onde saíram tão saborosas bolachinhas.
Logo que tive oportunidade coloquei as mãos na massa e saíram mais umas bolachinhas! Optimas para servir com o chá ou café.

Ingredientes para cerca de 40 bolachinhas:
(in "Docinho e Gostosinho" - Circulo de Leitores pág.214)

75g de manteiga amolecida
50g de açúcar em pó
4 colheres de sopa de natas
200g de farinha
1 gema
50g de açúcar para polvilhar

Preparação:

Misture a manteiga com o açúcar em pó. Adicione as natas e a farinha. Amasse bem e deixe repousar a massa bem embrulhada em película aderente durante 1 hora no frigorífico.
Aqueça depois o forno a 200ºC e forre os tabuleiros com papel vegetal.
Estenda a massa com cerca de 0,5cm de espessura e corte estrelas (ou outra forma) com os corta bolachas.
Coloque as bolachas no tabuleiro e pincele-as com a gema de ovo e polvilhe com o açúcar.
Leve ao forno cerca de 10 a 15 minutos.
Deixe arrefecer e conserve as bolachinhas numa lata.

Bom Apetite!

segunda-feira, Dezembro 13, 2010

Caramelos de Chocolate e Nozes

Adensam-se os preparativos para o Natal. Há listas de tudo e mais alguma coisa: de cabazes a terminar, de prendas, de comidas, de compras em falta, de coisas ainda a fazer...
Debaixo da árvore começa a haver pouco espaço para os meus cabazes e ainda há uns tantos para finalizar. O fim de semana passou, entre festas de aniversários e almoços de Natal com amigos, e ainda houve tempo para fazer umas coisas na cozinha, como estes caramelos de chocolates, deliciosos para servir com o café, ou para oferecer como mimo de Natal.

Ingredientes para cerca de 45 caramelos:
(adaptado de "Na cozinha com Nigella" pág. 338)

350g de chocolate negro
1 lata (390g) de leite condensado
30g de manteiga
sal q.b.
150g de nozes

Preparação:

Coloque o chocolate partido em pedaços, o leite condensado, a manteiga e uma pitada de sal num tacho e leve ao lume. Deixe derreter lentamente, mexendo de vez em quando, para misturar.
Misture depois as nozes partidas grosseiramente e envolva bem. Continue a mexer e desligue quando levantar fervura.
Coloque a mistura num tabuleiro quadrado (com cerca de 25cm de lado) previamente forrado com papel vegetal  e alise a superfície. Deixe arrefecer e coloque no frigorífico algumas horas.
Com a ajuda de uma faca corte quadrados com cerca de 3cm. (Se quiser, pode embrulhar cada quadradinho em película aderente e guardar numa lata para, por exemplo, oferecer.)
Sirva com o café no final da refeição.

Bom Apetite!

sexta-feira, Dezembro 10, 2010

Escalopes de Porco com Presunto e Oregãos

Que fazer com estas bifanas? - Foi o que pensei ao tirá-las da arca congeladora. É sempre a mesma coisa, sempre às voltas com as pobres das bifanas.
Deixei-as a descongelar e não pensei mais no assunto: quando as fosse cozinhar logo se veria. Mas essa hora chegou e eu ainda sem nenhum fim anunciado para as bifanas. Enquanto automaticamente as temperava algumas ideias foram surgindo. E em menos de nada lá tiveram um fim digno de registo.

Ingredientes para 2 pessoas:

4 bifanas finas
sal e pimenta q.b.
1 dente de alho
sumo de limão
1 ovo
pão ralado
1 colher de sopa de oregãos
4 fatias finas de presunto.

Preparação:

Tempere as bifanas com sal, pimenta, o dente de alho picado e sumo de limão. Deixe ficar um pouco a marinar.
Embrulhe cada uma das bifanas com uma fatia de presunto e pressione bem para aderir. Polvilhe com metade dos oregãos. Bata o ovo e coloque-o numa taça. Noutra coloque o pão ralado misturado com os restantes oregãos.
Passe as bifanas envoltas no presunto pelo ovo e em seguida pela msitura de pão ralado e leve a fritar em óleo vegetal até ficarem douradas. Escorra sobre papel absorvente.
Sirva as bifanas com arroz de cenoura e uma salada verde.

Bom Apetite!

quinta-feira, Dezembro 09, 2010

Bolo de Natal

Os afazeres de Natal aqui por casa são mais que muitos. Presentes para embrulhar e os cabazes de natal para terminar.
A minha mesa da sala de jantar parece um verdadeiro atelier, cheio de cestos e latas, fitas coloridas, tesouras, etiquetas..o que não é habitual para mim que gosto de ter sempre tudo arrumado. Mas é Natal, ninguém leva a mal!
Aos poucos vão-se fazendo mais umas coisinhas para oferecer. Desta vez um bolo de natal!
O ano passado, depois de ver o Bolo da Lata preparado pela Margarida, do Figo Lampo, decidi de fazer algo semelhante este ano. Mas apesar de a receita usada pela Margarida me parecer deliciosa, eu queria uma receita diferente, mais ao estilo do "Christmas Fruit Cake". Até porque tinha a necessidade de que os meus bolos pudessem ser feitos com alguma antecedência para me pouparem correrias de ultima hora. Procurei e pesquisei diversas receitas e decidi criar o meu próprio bolo de natal, com base no que tinha visto. E aqui está ele! Um bolo que pode e deve ser feito com algumas semanas de antecedência para "envelhecer". Que se conserva perfeitamente e que fica mais delicioso a cada dia que passa.
Os meus foram feitos esta semana, estarão perfeitos para oferecer no Natal e ainda podem aguentar mais algumas semanas  antes de serem consumidos. (Sim, eu testei a receita antes de a colocar aqui e de a ir oferecer!)
Este não é um bolo muito grande - foram cozidos numa lata de 17cm de diametro - e fica baixinho e consistente, (como o bolo de mel da Madeira). E não roubem na quantidade de whisky, pois é o alcool que permite que o bolo se conserve por várias semanas!

Ingredientes para 1 bolo pequeno:

90g de manteiga à temperatura ambiente
90g de uvas passas (usei sultanas douradas e passas)
60 + 60ml de whisky
50g de açúcar amarelo
1 ovo
75g de farinha de trigo
60ml de mel
1 pitada de sal
1/2 colher de chá de canela
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de sopa de leite
25g de nozes

Preparação:

Ponha as passas de molho em 60ml de whisky.
Barre uma lata de 17cm de diametro (ou mais pequena) com manteiga e forre-a com papel vegetal.
Entretanto bata a manteiga com o açúcar e junte o ovo. Acrescente depois a farinha, o sal, o bicarbonato de sódio e a canela. Misture bem. Junte agora o mel e o leite, acrescente as passas e o líquido onde estiveram de molho e as nozes.
Coloque a mistura na lata forrada com papel vegetal e leve ao forno quente (175ºC) durante cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozinhado e bem dourado. Retire e deixe o bolo arrefecer na lata 10 minutos.
Ao fim deste tempo pique o bolo com um palito e regue com os restantes 60ml de whisky. Deixe arrefecer completamente.
Retire depois o bolo da lata embrulhe-o no papel vegetal onde cozinhou e depois volte a embrulhar, desta vez em papel de alumínio e volte a colocá-lo dentro da lata. (Se fizer para oferecer embrulhe-o também em papel de seda, e não se esqueça de juntar um pequeno cartão de boas festas!)
 Feche a lata e deixe "envelhecer" entre 2 até 6 semanas antes de consumir.

Bom Apetite!

quarta-feira, Dezembro 08, 2010

Pêra em Calda de Baunilha e Canela com Chocolate

Nenhum almoço ou jantar de amigos está devidamente concluído sem uma sobremesa, e este não foi excepção. Depois de uma volta pelo que havia cá em casa decidi-me por uma sobremesa clássica de pêras com chocolate que foi muito bem recebida por todos.
Uma sugestão para este feriado!

Ingredientes para 4 pessoas:

4 pêras rochas duras e firmes
4 colheres de sopa de açúcar
1 vagem de baunilha
1 pau de canela
150ml de água
100g de chocolate de leite (podem usar chocolate negro com 70% cacau)
açúcar em pó q.b.

Preparação:

Leve uma panelinha ao lume com a água, o açúcar, o pau de canela e a vagem de baunilha aberta ao meio e com as sementes raspadas. Deixe ferver 5 minutos.
Entretanto descasque cuidadosamente as pêras tendo o cuidado de as deixar com o pedúnculo. Coloque as pêras na calda fervente e deixe cozinhar cerca de 15 minutos em lume brando, ou até as pêras estarem cozidas mas ainda firmes.
Antes de servir, derreta o chocolate em banho-maria. Coloque cada uma das pêras no prato de servir (se necessário corte um pouco a base para as conseguir colocar de pé) e cubra com o chocolate acabado de derreter e polvilhe com açúcar em pó.
Se gostar sirva também com uma bola de gelado de baunilha.

Bom Apetite!

terça-feira, Dezembro 07, 2010

Caril de Camarão

Na ementa do almoço de sábado, brilhou este fantástico caril de camarão! Tão bom que até pode saber a pouco... Mas, o sucesso deste prato depende muito do pó de caril utilizado: vale a pena investir num de qualidade!
Uma receita bem ao gosto dos meus amigos T e C!

Ingredientes para 4 pessoas:

800g de miolo de camarão de calibre grande
75g de côco ralado
250ml de água
75ml de leite de côco (de compra)
1 cebola grande
1 colher de chá de massa de alho (ou alho picado)
100g de tomate pelado
2 colheres de sopa de óleo vegetal (apenas porque o caril não se deve fazer com azeite)
2 colheres de sobremesa de pó de caril
1 colher de chá de curcuma (açfrão das índias)
1 malagueta fresca (opcional se gostar do seu caril bem picante)
sal q.b.

Preparação:

Comece levar a água ao lume até ferver. Acrescente depois o côco ralado e deixe uns minutos em infusão. Coloque depois tudo no copo misturador (ou com a varinha mágica) e bata bem. Reserve.
Leve um tacho ao lume com o óleo e refogue a cebola previamente picada e a massa de alho. Quando a cebola estiver translucida, acrescente o pó de caril  (e a malagueta picada se usar) e deixe fritar bem, mexendo sempre. Acrescente depois o tomate pelado em pequenos pedaços e deixe refogar mais um pouco. Junte agora a mistura de côco e água (leite de côco caseiro) mais o restante leite de côco (de compra) e tempere com um pouco de sal. Deixe ferver 2 minutos e passe novamente toda a mistura com a varinha mágica para quebrar um pouco mais o côco ralado.
Acrescente o miolo de camarão e deixe cozinhar em lume brando 5 minutos.
Sirva com arroz basmati cozido.

Bom Apetite!

segunda-feira, Dezembro 06, 2010

Creme Bicolor de Cenoura e Espinafres

Um almoço de sábado com a C. e o T. combinado em cima do joelho. Uma ementa simples e reconfortante para ajudar a combater o frio que se tem sentido. E para isso, nada melhor do que começar com uma sopa.
Um creme bicolor que ficou muito giro e tornou a sopa na entrada perfeita de um dia gélido!

Ingredientes para 4 pessoas:

1 batata média
1 cebola pequena
1 cenoura grande
200g de abóbora
1/2 courgette
50g de espinafres congelados
sal q.b.
1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Lave e descasque os legumes, cortando-os depois em pequenos pedaços (menos os espinafres!). Leve uma panela ao lume com o azeite, junte os legumes cortados e deixe saltear uns minutos. Acrescente depois água a ferver até cobrir os legumes e tempere de sal. Deixe cozinhar até os legumes estarem muito bem cozidos.
Bata a sopa com a varinha mágica até ficar bem cremoso e relativamente presa (senão não vai conseguir fazer o efeito bicolor). Se estiver demasiado presa, junte um pouco de água. Retire metade da sopa e reserve - esta será a parte cor-de-laranja.
Á restante sopa acrescente os espinafres congelados e deixe cozinhar uns minutos até estarem cozidos. Bata novamente a sopa com a varinha mágica até ficar cremosa - a parte verde.
Coloque cada um dos cremes em 2 jarros e verta-os ao mesmo tempo, cada um de um lado de um prato ou taça.Os cremes não se vão misturar e vai ficar com uma metade de cada côr.
Sirva de imediato.

Bom Apetite!

sexta-feira, Dezembro 03, 2010

Noodles e Salmão em Papelotes

Esta é a minha nova receita favorita de salmão. Adoro o sabor oriental, a mistura com os noodles e a rapidez com que se prepara.
Porque as sugestões para o fim de semana não se fazem apenas de coisas doces. Bom fim de semana!

Ingredientes para 2 pessoas:
(adaptado de revista Olive -Outubro 2010, pág.38)

2 lombos de salmão
100g de noodles de ovo
100ml de caldo de galinha
1 colher de sopa de óleo de sésamo
1 colher de sopa de molho de soja
1 chili (malagueta vermelha comprida)
sal q.b.

Preparação:

Coza os noodles em água temperada de sal. Escorra-os e passe por água fria.
Entretanto misture o molho de soja e o óleo de sésamo ao caldo de galinha,  tempere os lombos de salmão com um pouco de sal e corte umas tirinhas finas de malagueta.
Corte dois pedaços de papel vegetal  para fazer os papelotes. Divida entre eles os noodles já cozidos e sobre estes coloque os lombos de salmão. Polvilhe com as tirinhas de chili e regue com o caldo de galinha. Feche bem os papelotes de maneira a que tudo coza a vapor e os líquidos se mantenham lá dentro, e leve a forno quente (180ºC) durante 15 minutos.
Retire do forno e sirva dentro dos papelotes. Acompanhe com legumes salteados.

Bom Apetite!

quinta-feira, Dezembro 02, 2010

Rolinhos de Porco com Maçã e Marmelo

Dos marmelos que vieram parar cá a casa, a maioria acabou em Marmelada para encher os meus cabazes de natal. Deixei alguns de parte, pois andava com vontade de os experimentar de outras maneiras. Vi muitas e deliciosas receitas pela blogosfera fora, mas não me decidi por nenhuma e os marmelos acabaram esquecidos no fundo do cesto.
Uns bifinhos de porco que estavam destinados para o jantar, trouxeram-me de novo à lembrança os marmelos!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 bifanas grandes de porco
1/2 maçã
1/2 marmelo
sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de massa de pimentão
1 folha de louro
50ml de vinho branco

Preparação:

Tempere as bifanas com sal e pimenta.
Descasque o marmelo e a maçã, rale-os e msiture bem. Sobre cada bifana coloque a mistura de maçã e marmelo e enrole-as depois como se fossem pequenas tortas, prendendo com um palito.
Coloque depois num prato de ir ao forno e tempere os rolinhos com a massa de pimentão, o louro e o vinho branco. Leve ao forno quente (180ºC) tapado com papel de alumínio e deixe cozinhar 40 minutos. Retire o papel e deixe alourar mais 10 minutos.
Sirva com arroz branco e couve salteda em alho e azeite.

Bom Apetite!

quarta-feira, Dezembro 01, 2010

Chocolate Quente

Hoje começa Dezembro, o meu mês favorito. E hoje é dia de fazer a árvore de Natal e de decorar a casa. É dia de colocar os primeiros presentes debaixo da árvore. De começar a fazer embrulhos enquanto no leitor tocam músicas de natal. É dia de acender a lareira e de nos sentarmos a beber um chocolate quente, de preferência enquanto chove lá fora.

Ingredientes para 2 pessoas:

500ml de leite
50g de chocolate com 70% cacau
1 colher de chá bem cheia de Maisena
1 pau de canela
2 colheres de chá de açúcar baunilhado (opcional)

Preparação:

Aos 500ml de leite retire 50ml e dissolva a maisena. Junte depois o resto do leite e coloque numa caçarola.
Acrescente o chocolate partido em pequenos pedaços, o pau de canela e o açúcar. Leve ao lume, mexendo ocasionalmente com uma vara de arames, até ferver e engrossar um pouco, e o chocolate derreter.
Retire o pau de canela e sirva de imediato.

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin