quinta-feira, Março 31, 2011

Arroz de Lentilhas e Especiarias com Bifinhos de Peru Panados

De ingredientes simples se vai fazendo a cozinha de todos os dias. Pelo menos aqui por casa. Arroz, lentilhas, bifes de peru e umas coisinhas mais foram os contemplados para mais esta refeição. O arroz porque já estava cozinhado e era preciso dar-lhe nova cara, os bifes de peru porque constavam na minha ementa semanal e as lentilhas apenas porque sim e porque eu gosto muito. E, a partir de 3 simples ingredientes, uma refeição muito simpática para o dia-a-dia!

Ingredientes para 2 pessoas:

cerca de 1 chávena de arroz branco (já cozinhado)
1 cenoura pequena
1 cebola
1 folha de louro
1/2 chávena de lentilhas (secas)
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá rasa de Garam Masala (se não tiver use caril ou cominhos)
2 bifes de peru
50ml de iogurte natural
pão ralado q.b.
azeite q.b.
salsa picada

Preparação:

Coloque as lentilhas de molho durante alguns minutos.
Tempere os bifes de peru com o iogurte natural e um pouco de sal e pimenta.
Pique a cebola e leve-a a refogar num pouco de azeite. Acrescente o louro, as lentilhas já demolhadas e a cenoura cortada em cubos. Mexa bem, acrescente cerca de 150ml de água a ferver e tempere com um pouco de sal e a Garam Masala (ou outra especiaria). Deixe cozinhar até as lentilhas estarem macias e o caldo ter evaporado quase todo (cerca de 25 minutos).
Entretanto passe os bifes de peru - que estiveram a marinar no iogurte - pelo pão ralado (não é necessário passar por ovo batido) e leve-os a "fritar" numa frigideira anti-aderente apenas com um fio de azeite.
Assim que as lentilhas estiverem macias, acrescente o arroz cozido e envolva bem, deixando o arroz aquecer.
Sirva o arroz de lentilhas com os bifes de peru panados, polvilhados com um pouco de salsa picada.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 30, 2011

Penne com Salmão e Queijo-Creme

Depois do aniversário do M, voltamos à rotina, e às receitas simples. Como esta massa com salmão, que por mero acaso levou também um pouco de queijo-creme que se estava a estragar. E ficou tão bom, tão cremoso e aveludado que não podia deixar de a registar. Além disso é uma optima alternativa às natas.

Ingredientes para 2 pessoas:

150g de massa penne
2 lombos pequenos de salmão
2 tomates pelados
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 cebola
azeite q.b
sal e pimenta
75g de queijo creme com ervas para barrar
salsa picada

Preparação:

Coza a massa em água a ferver temparada de água e sal.
Entretanto pique a cebola e leve-a a refogar com um pouco de azeite. Acrescente depois o tomate pelado partido em cubos e a polpa de tomate. Mexa bem e tempere de sal e pimenta, deixando cozinhar em lume brando uns minutos. (Se necessário acrescente um pouco de água ou de vinho branco).
Corte os lombos de salmão em cubos e acrescente ao refogado de tomate. Deixe cozinhar mais uns minutos, mexendo de vez em quando.
Assim que a massa estiver cozida, escorra-a e volte a colocá-la na panela. Acrescente o molho de tomate e salmão, o queijo creme e um pouco de salsa picada e envolva bem, até o queijo creme estar bem incorporado.
Sirva de imediato polvilhado com um pouco de salsa picada.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 29, 2011

Popcakes

Não há festa de aniversário sem bolo, velas e os Parabéns cantados a muitas vozes e diferentes tons. Também o M. teve um bolo de aniversário. Mas um bolo pouco convencional e um pouco diferente do que os nossos convidados estariam à espera. Ninguém mostrou indiferença ao "bolo" deste ano: uns deliciosos popcakes, que se comiam numa dentada só! Mas depois de tantas sobremesas, acho que ninguém estaria com vontade de um bolo mais convencional.
A ideia não é original - são até bastante comuns nos EUA - mas a mim pareceu-me perfeita para o que eu pretendia, e portanto aqui fica a sugestão de como se pode transformar um simples bolo, num bolo de aniversário diferente.

Ingredientes para cerca de 40 popcakes pequenos:

Bolo:
6 ovos
75g de chocolate em pó
1dl de água quente
250g de farinha
300g de açúcar
3clh chá de fermento em pó
1clh café de sal fino
1dl de óleo
1clh sopa de açúcar para as claras

Cobertura:
200g de chocolate branco
200g de chocolate de leite
coco ralado
confeites coloridos

pauzinhos de espetadas

Preparação:

Comece por fazer o bolo. Dissolva o chocolate com a água quente e deixe arrefecer. Num recipiente onde possa ser batido, misture muito bem a farinha e o açúcar e abra-lhes uma cavidade ao centro. Nessa cavidade, deite as gemas, a mistura de chocolate e água, o óleo, o sal e o fermento em pó.Misture muito bem tudo e depois bata muito bem durante uns minutos.
À parte, bata as claras em castelo bem firmes, adicionando-lhes quase no final o açúcar para ficarem seguras, e ligue-as cuidadosamente ao batido anterior, mexendo cuidadosamente.Leve a cozer em forno quente (180ºC) numa forma previamente untada e polvilhada.
Assim que o bolo estiver cozido, retire do forno e deixe arrefecer um pouco. Ainda morno, parta-o em pedaços e desfaça-o em migalhas. Com essas migalhas forme bolas (do tamanho que quiser) amassando bem entre as mãos. Como o bolo ainda deverá estar morno deverá ser fácil formar as bolas. Se isso não estiver a acontecer e ee achar que é dificil amassar o bolo "a seco" junte um pouco de leite frio.
Em banho maria derreta os chocolates em taças separadas e mantenha-os quentes para que não solidifiquem. Com a ajuda de uma colher de sopa envolva cada bola de bolo no chocolate (branco ou de leite) e coloque-as depois sobre uma folha de papel vegetal. Antes que o chocolate comece a endurecer, enfeite as bolas de chocolate branco com os confeites coloridos, e as de chocolate de leite com o coco ralado. Repita até todas as bolas de massa estarem cobertas de chocolate e decoradas. Deixe o chocolate a endurecer completamente. Depois de solidificado espete cada bola num pauzinho de espetadas e estão prontas a servir.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 28, 2011

Bolo de Laranja com Golden Syrup

O desfile das sobremesas ainda não acabou... O aniversariante escolheu ainda os habituais Bolo de Bolacha, Baba de Camelo, Natas do Céu, Mousse de Chocolate, Leite-Creme e Pavlova de Maracujá e Manga, para além da Tarte de Maçã e do Triffle. E como mesmo assim ainda achava que eram poucas sobremesas, convenceu-me (e ainda por cima é tão difícil convencer-me a cozinhar) a testar este bolo que foi publicado na revista Good Food. Ainda bem que a Tia S. me tinha oferecido recentemente uma latinha de Golden Syrup que pude aproveitar para preparar este bolo guloso!

Ingredientes:
(in revista Good Food - UK edition Março 2011, pág.75)

4 laranjas
6 colheres de sopa de Golden Syrup e um pouco mais para servir
200g de manteiga
200g de açúcar mascavado claro
200g de farinha com fermento
1 colher de chá de fermento em pó
100g de amêndoa moída
4 ovos

Preparação:

Ligue o forno a 180ºC.  Unte com manteiga uma forma redonda sem buraco e cubra o fundo com o Golden Syrup. Reserve.
Numa taça coloque a raspa da casca de 2 laranjas. Descasque todas as laranjas e corte-as em rodelas não muito finas.Coloque as rodelas de laranja mais perfeitas no fundo da forma sobre o golden syrup. As restantes rodelas de laranja que sobraram corte-as em cubos e junte-as na taça à raspa de laranja. Acrescente os restantes ingredientes e bata tudo com a batedeira durante uns minutos até estarem bem ligados. Coloque a massa na forma que preparou anteriormente e leve ao forno cerca de 45 minutos ou até o bolo estar cozinhado.
Depois de pronto desenforme o bolo para o prato de servir e regue com um pouco mais de golden syrup.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 25, 2011

Triffle de Curd de Limão e Gengibre com Frutos Vermelhos

Em qualquer almoço ou jantar, e principalmente se formos gulosos, as sobremesas são sempre o ponto alto. No aniversário do M. deste ano, as sobremesas reinaram! A par com a tarte de maçã com alfazema e limão que surpreendeu todos depois de desvendado o ingrediente secreto, este triffle foi a sobremesa que mais humms soltou. De tal maneira que, dois dias depois, o meu sogro ainda falava dela.
Curioso é o facto de ter sido das sobremesas mais rápidas de preparar, e que surgiu de uma combinação do momento. Usei o curd de limão e gengibre preparado há algumas semanas atrás com os limões do meu limoeiro da varanda. Terá sido esse o segredo do sucesso?

Ingredientes:

250g de palitos La Reine
200ml de natas frescas
100g de queijo-creme para barrar
350g de curd de limão e gengibre
150g de mirtilos frescos
400g de morangos frescos
açúcar em pó q.b.

Preparação:

Numa taça coloque as natas e o queijo creme e bata até ficar com a consistência de chantilly. Acrescente o curd de limão e gengibre e envolva suavemente até tudo estar misturado, numa espécie de mousse.
Num prato fundo ou taça coloque os palitos La reine partidos grosseiramente. Cubra com a mousse de curd de limão.
Lave os mirtilos e os morangos. Retire os pés aos morangos e coloque ambos os frutos sobre a mousse de curd de limão e gengibre.
Leve ao frigorífico cerca de 2 horas até servir. Antes de levar para a mesa polvilhe com açúcar em pó para decorar.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 24, 2011

Tarte de Maçã com Alfazema e Limão

Comecemos então com as sobremesas do aniversário.
Esta tarte de maçã foi uma agradável surpresa. Todos gostaram bastante, mas devo confessar que inicialmente nem disse a ninguém que levava alfazema, para que provassem e não se deixassem levar por "pré-conceitos" acerca do que gostam ou não!
Uma adaptação a partir da clássica tarte tatin, que me parece que vou repetir muitas vezes.

Ingredientes:

6 a 8 maçãs
1 placa de massa folhada
100gr de manteiga
100gr de açúcar
raspa da casca de 1 limão
1 colher de chá de alfazema

Preparação:

Descasque as maçãs e corte-as em quartos. Coloque o açúcar e a manteiga partida em pedacinhos numa frigideira, que possa ir ao lume e ao forno (atenção ao cabo!), e por cima desta coloque a maçã, a raspa de limão e a alfazema. Leve ao lume até as maçãs estarem caramelizadas, cerca de 10 minutos.
Cubra depois a frigideira com a massa folhada, fazendo um furo a meio para libertar o vapor à medida que a massa coze.
Leve a forno quente 200ºC até a massa estar dourada.
Desenforme depois de morna virando a frigideira para um prato de servir, e polvilhe com um pouco mais de alfazema e de raspas de limao para decorar.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 23, 2011

Tarte de Atum com Legumes

Na mesa de aniversário do M., para além dos crostini de mozarella e presunto e dos cogumelos com farinheira, repeti o queijo de cabra panado com redução de frutos vermelhos, desta vez passando-o por ovo e farinha antes de fritar. Foi a entrada mais elogiada. E depois das entradas o almoço foi uma simples cataplana de carne de porco com ameijoas e camarão, da qual não há fotografia, mas cuja preparação é muito próxima de uma já publicada no blogue. Seguiram-se depois várias sobremesas, (a maioria já se encontra publicada no blogue), e outras que vos mostrarei nos próximos dias. Cantámos os parabéns com um bolo muito original e, para quem ficou pela tarde dentro houve ainda uns salgadinhos para complementar o estômago. Umas empadinhas de salsicha, uns enroladinhos folhados e ainda esta tarte de atum e legumes que desapareceu num instantinho depois de receber muitos e diversos elogios. Aqui fica a receita.

Ingredientes:

1 rolo de massa quebrada pronto a usar
1 lata de atum
6 cogumelos brancos
1 alho francês pequeno
1 cenoura
4 colheres de sopa de milho doce
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
2 ovos
100ml de natas
sementes de sésamo q.b.

Preparação:

Comece por desenrolar a massa e forrar uma tarteira de fundo amovível com a massa. Pique-a com um garfo, cubra-a com papel vegetal e coloque-lhe uns pesos em cima - eu uso grão de bico seco. Leve a base ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 15 minutos para pré-cozinhar a massa da tarte.
Entretanto corte o alho francês em rodelas e lave-o muito bem. Descasque a cenoura e rale-a. Lave os cogumelos e corte-os em pequenos pedaços.
Leve uma frigideira ao lume com um fio de azeite e salteie a cenoura ralada, o alho francês e os cogumelos partidos em pedaços. Junte o milho e deixe cozinhar até os legumes murcharem. Acrescente o atum escorrido, envolva bem e tempere com um pouco de sal e pimenta.
Retire a base da tarte do forno, retire os pesos e o papel vegetal e encha a tarte com a mistura de atum e legumes. À parte bata os ovos inteiros com as natas e tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra a tarte com este preparado e polvilhe abundantemente com as sementes de sésamo.
Leve a forno quente 180ºC, durante cerca de 30 minutos ou até o recheio da tarte estar cozinhado e firme.
Sirva morna ou fria.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 22, 2011

Crostini com Mozarella e Presunto

Na mesa de aniversário do almoço de anos do M., havia também estes crostinis de sabores muito simples e tradicionais. O meu pai achou que eram os menos conseguidos, mas os restantes convivas gostaram destes crostini suaves!

Ingredientes para cerca de 30 crostini:

2 baguetes pequenas
1 bola de mozarella fresca
oregãos q.b.
azeite q.b.
fatias finas de presunto

Preparação:

Corte as baguetes em fatias finas e coloque-as num tabuleiro que vá ao forno. Regue as fatias dde pão com um fio de azeite.
Entretanto corte a bola de mozarella fresca em fatias finas e cubra cada fatia de pão com ujm pouco de queijo. Polvilhe com oregãos e leve ao forno (180ºC) durante cerca de 5 minutos, até o queijo derreter e o pão torrar um pouco.
Retire do forno e cubra cada fatia de pão com um pouco de presunto.
Sirva ainda quentes.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 21, 2011

Cogumelos Recheados com Farinheira

Casa cheia. Mesa farta. Amigos e família a celebrar mais um aniversário do M.
Uma festa mais simples do que nos outros anos - porque a disponibilidade de um fim de semana preenchido assim obrigou - mas mesmo assim uma festa para recordar, preparada com muito amor e carinho.
Umas entradinhas muitos simples, deram início ao almoço. Vieram depois as sobremesas, e o bolo de aniversário que partilhamos também com os amigos. E a festa ainda se prolongou pela tarde e início da noite...
Começamos então pelas entradas!

Ingredientes:

20 cogumelos
1 farinheira
pimenta q.b.

Preparação:

Lave os cogumelos e enxugue-os. Retire-lhes cuidadosamente os pezinhos, de modo a ficar com uma cavidade ideal para rechear. (Reserve os pezinhos para outras preparações culinárias.)
Retire a pele à farinheira e amasse-a. Retire pequenas porções dessa massa e encha a cavidade dos cogumelos com ela. Termine temperando com um pouco de pimenta.
Leve ao forno a 180ºC, durante cerca de 15 a 20 minutos, até os cogumelos etarem cozinhados e a farinheira cozida.
Sirva com entrada com uma salada verde.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 18, 2011

Cupcakes de Chocolate com Cobertura de Queijo-Creme

A Lusitana enviou-me recentemente um preparado para bolo de chocolate. Olhei para a caixa com a desconfiança habitual com que olho para todos os produtos pré- preparados, e deixei-a ficar na banca da cozinha. Entretanto chegou o dia dos jantares dos queijos, e eu não tinha nenhuma sobremesa - e para além do cheesecake que a AM ia trazer, era preciso mais qualquer coisinha e, principalmente, que se enquadrasse no tema do jantar. Lembrei-me das coberturas de queijo-creme dos cupcakes, que são as que mais gosto, e agora já só tinha de fazer os queques. Nesta altura os meus olhos dão com a caixa do preparado de bolo de chocolate. Estava ocupada a fazer outras coisas e pensei "Porque não?!"
Chamei o M. e pedi-lhe para fazer o preparado seguindo as instruções da embalagem. Não sei se ficou mais espantados por eu ir fazer um bolo de "pacote", ou se por o ter chamado para o fazer. Mas lá meteu mãos À obra e nem me deixou meter a colher!
Os cupcakes ficaram muito bem, e o sabor não era artificial, que era o meu maior receio. Se não tivesse dito que era bolo de "pacote", ninguém tinha adivinhado.
A receita partilho-a aqui, pela deliciosa cobertura de queijo-creme, ideal para cobrir qualquer tipo de bolo ou queques, como de cenoura, laranja ou chocolate!  Uma ideia para experimentarem no fim de semana.

Ingredientes para cerca de 12 cupcakes:

12 queques de chocolate (aqui foi usada 1 embalagem da mistura para bolo de chocolate da Branca de Neve à qual, para além dos ingredientes indicados, juntei ainda 75g de pepitas de chocolate negro, e cozi depois em forminhas de queques)
100g de queijo-creme
100ml de natas para bater
75g de açúcar em pó
raspas de chocolate para decorar

Preparação:

Coloque o queijo-creme, as natas e o açúcar em pó numa taça e, com a batedeira, bata até a msitura estar cremosa e presa, como se fosse um chantilly forte.
Com a ajuda de uma colher de sopa, divida a cobertura de queijo-creme cobrindo cada um dos queques abundantemente. Termine decorando com as raspas de chocolate.
Sirva ao lanche com um chá.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 17, 2011

Pizza de Farinheira com Frango e Maçã

O que os fins de semana têm de melhor é o tempo que podemos passar com a família e os amigos. É o olharmos à nossa volta e vermos sorrisos verdadeiros dos que nos querem bem e estão (e estiveram) lá para nós. De podermos combinar almoços e jantares que quase não têm hora de começar ou de acabar. É de podermos conviver à volta da mesa. De partilhar momentos, conversas e cumplicidades. De termos sempre a casa cheia. De rirmos, de fazermos brindes à amizade, à saúde e aos nossos sucessos e conquistas individuais.  De nos multiplicarmos para conseguirmos estar com todos. De consolidarmos amizades e alianças. De podermos cozinhar a muitas mãos, de sujarmos a cozinha e termos uma tonelada de louça para lavar e arrumar. De termos tempo para preparar receitas novas que estão em lista de espera - como esta.

Ingredientes para 1 Pizza:

1/4 desta receita de massa de Pizza (ou pode comprar cerca de 200g de massa de pão numa padaria)

1/2 desta receita de molho de tomate rápido
75g de queijo mozarella ralado
1/2 farinheira
1/2 maçã
100g de frango cozinhado e desfiado

Preparação:

Depois de pronta a massa estenda-a e coloque-a num tabuleiro ou prato de ir ao forno. Cubra com o molho de tomate já preparado, espalhando-o bem por toda a massa.
Coloque depois metade do queijo mozarella por toda a pizza e cubra depois, alternadamente, com o frango desfiado, a farinheira sem pele e esfarelada e a maçã cortada em pedacinhos finos. Cubra com o restante queijo mozarella.
Leve a pizza a assar em forno quente (200ºC) durante cerca de 20 minutos, até a massa estar cozinhada e o queijo derretido.
Retire a pizza do forno e sirva cortada em fatias.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 16, 2011

Queijo de Cabra Panado com Redução de Frutos Vermelhos

O jantar de queijos teve ainda este fantástico queijo de cabra panado. Andava há que tempos para experimentar esta receita, e esta revelou-se a refeição ideal para fazer a experiência.
Não ficou bem igual ao que comi há já uns anos, creio que nesse restaurante o queijo era passado também por ovo antes de ser panado, e ficava mais douradinho do que este ficou um pouco deslavado. Mas estava muito bom - ou não gostasse eu tanto de queijo de cabra!

Ingredientes para 4 pessoas:

1 rodela grande de queijo de cabra com cerca de 4 a 5cm de largura
4 colheres de sopa de compota de frutos vermelhos
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
pão ralado q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Corte a rodela de queijo de cabra em 4 rodelas de cerca de 1 cm cada uma e reserve.
Prepare a redução de frutos vermelhos, levando a compota ao lume com o vinagre balsâmico. Misture bem e assim que levantar fervura desligue.
Passe as rodelas de queijo de cabra por pão ralado (ou por ovo e pão ralado, se preferir) e leve-as a fritar numa frigideira com um fio de azeite ate o queijo ficar dourado de ambos os lados.
Coloque cada rodela de queijo num prato e cubra com um pouco de redução de frutos vermelhos.
Sirva quente com um pouco de salada verde.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 15, 2011

Fondue de Queijo

Há muito tempo que se falava em fazer um jantar de queijos. Ou melhor, que o JS falava em fazermos um jantar só de queijos. E este domingo foi finalmente o dia.
Quando telefonei à AM e ao FV a combinar, eles de imediato se lembraram que podíamos fazer um fondue de queijo. A ideia não podia ser melhor e mais adequada ao tema!
Entre queijos, principalmente  portugueses e franceses, mas também espanhois, italianos e suiços, lá se fez o lanche ajantarado. E como nem só de queijo vive o homem, também havia pão variado, nozes, carnes frias e alguns pratos cujo ingrediente principal era... queijos! Como este fondue que ficou até bastante bom!

Ingredientes:

500g de queijo emmental 300ml de vinho branco seco
1 dente de alho
1 colher de sobremesa de amido de milho (maisena)
pimenta q.b.
pão caseiro cortado em cubos

Preparação:

Corte o queijo emmental em pequenos cubos.
Entretanto esfregue o dente de alho na panela de fondue - tenha atenção e use um fondue de ferro fundido próprio para queijos, o que usa para a carne não é o indicado!
Coloque o queijo na panela e junte o vinho, reservando apenas 4 colheres de sopa de vinho para mais tarde.
Leve a panela de fondue ao lume brando e vá mexendo até o queijo estar derretido e misture com o vinho.
Dissolva o amido de milho no vinho reservado e junte ao queijo derretido sem parar de mexer. Nesta altura a mistura começará a ficar homogénea.
Retire a panela do lume e leve de imediato para a mesa, onde a deve colocar sobre o suporte próprio e com a lamparina acessa.
Sirva o fondue com cubinhos de pão caseiro que coloca no garfo próprio e mergulha no queijo, temperando a gosto com pimenta. Acompanhe com um bom vinho.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 14, 2011

Pêras em Vinho Madeira

Este fim de semana foi, mais uma vez, cheio de jantares, almoços e cafezinhos. Com a família, e com os amigos. Tivemos de dividir o escasso tempo por todos, mas houve tempo para tudo!
Um dos jantares de fim de semana foi mais um fantástico "Jantar comunitário". Desta vez com pizzas a várias mãos, e de onde surgiram algumas surpreendentes combinações de sabores. E estas fantásticas pêras foram a sobremesa que preparei  - inspiradas numas pêras comidas no outro fim de semana num restaurante que adorei.
E assim começamos a semana - com um doce!

Ingredientes para 8 pessoas:

8 pêras firmes (usei pêra rocha)
180ml de vinho Madeira
300ml de água
1 pau de canela
100g de açúcar baunilhado caseiro (mas podem usar açúcar normal)

Preparação:

Leve um tacho ao lume com o vino madeira, o açúcar, a água e o pau de canela. Mexa bem e deixe ferver cerca de 10 minutosd em lume brando.
Entretanto descasque as pêras, mas mantenha o pé. Coloque as pêras na calda de vinho e deixe cozer cerca de 15 a 20 minutos, até as pêras estarem cozidas mas não demasiado moles.
Coloque as pêras num parto fundo, regue com a salda e sirva -as à temperatura ambiente com uma bolo de gelado de baunilha.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 11, 2011

Mousse de Iogurte Grego e Curd de Limão e Gengibre

A ideia não é nova nem original, mas esta mousse é simplesmente fantástica e uma das minhas maneiras preferidas de dar uso ao curd de limão. Consegue ser das sobremesas mais rápidas que conheço e põe a um canto qualquer sobremesa instantânea. Uma sobremesa que chama a primavera, com o seu sabor cítrico e a sua cor amarela.

Ingredientes para 4 pessoas:

150g de iogurte grego natural
200g de curd de limão e gengibre caseiro (receita aqui)

Preparação:

Misture o iogurte com o curd de limão e gengibre envolvendo bem. Coloque em tacinhas e leve ao frigorífico até servir.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 10, 2011

Massa do Desenrasca

O nome desta receita não é dos melhores. O que interessa aqui é passar a ideia de que rapidamente podemos preparar algo para comer. E para isso nada melhor do que recorrer às massas.
Ultimamente os meus dias têm sido complicados e cheios, e, apesar da minha natural organização, nem sempre as coisas correm como o previsto. Quando chegamos a casa sem saber o que cozinhar, mas com a barriga a dar horas é preciso ir até à cozinha e fazer algo. Esta massa foi feita em pouco mais de 10 minutos, sem perder muito tempo em ingredientes e combinações. Foi abrir armários, abrir frigorífico, acabar um frasco disto e uma lata daquilo, e lá estava o jantar na mesa. Porque há dias que temos de nos desenrascar de qualquer maneira.

Ingredientes para 2 pessoas:

150g de massa fusili tricolor
75g de fiambre
1 lata de cogumelos laminados
3 tomates pelados
100ml de natas
50g de queijo mozarella ralado
10 azeitonas pretas
azeite q.b.
sal e pimenta

Preparação:

Coza a massa em água a ferver temperada com um pouco de sal.
Entretanto coloque um tachinho ao lume com um pouco de azeite e salteie os cogumelos previamente escorridos. Acrescente o fiambre partido em tirinhas e o tomate pelado partido em cubinhos. Acrescente as azeitonas em pedaços eas natas. Tempere com sal e pimenta.
Assim que a massa estiver cozida escorra-a bem e junte a mistura anterior, bem como o queijo ralado. Envolva bem e sirva de imediato.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 09, 2011

Sopa Cremosa com Croutons Caseiros

Depois de uns dias de descanso, nada melhor do que chegar a casa e comer uma reconfortante sopa. É que mesmo não havendo muito mais no frigorífico para o jantar, basta a sopa quente com uns croutons crocantes e uma peça de fruta para nos sentirmos finalmente em casa. E foi uma optima maneira para aproveitar os talos maiores dos brócolos (os pés) que ninguém gosta de comer cozidos.

Ingredientes para 4 pessoas:

1 batata
1 cebola
1 cenoura
1 courgete pequena
4 talos de brócolos
2 fatias de pão caseiro
azeite q.b.
1 dente de alho
sal q.b.

Preparação:

Lave e descasque os legumes partindo-os em pequenos pedaços. Leve uma panela ao lume com um pouco de azeite e salteie os legumes partidos. Acrescente água a ferver até cobrir os legumes, tempere de sal e deixe cozinhar em lume brando.
Para preparar os croutons, corte o pão em cubos e coloque tudo num tabuleiro que vá ao forno. Regue generosamente com azeite, tempere com uma pitada de sal e com o dente de alho picado e leve a forno quente (200ºC) a alourar, virando-os de vez em quando. Retire e deixe arrefecer.
Quando os legumes estiverem bem cozidos triture a sopa com a varinha mágica de modo a que fique bem cremosa. Se necessário a crescente um pouco mais de água ou de sal.
Sirva a sopa bem quente polvilhada com os croutons.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 08, 2011

Pastelinhos de Requeijão com Doce de Abóbora e Nozes

Como hoje é Carnaval, nada melhor do que uma doce sugestão para ajudar a passar o dia!
Estes pastelinhos são ideais para um lanche, acompanhados por uma chávena de chá. E próprios para um dia de maior preguiça como o de hoje.

Ingredientes para 12 pasteís:

12 rodelas de massa pronta para empanadilha (à venda no Supercor)
1/2 requeijão
4 colheres de sopa bem cheia de doce de abóbora e nozes (usei caseiro)
açúcar em pó
canela em pó

Preparação:

Numa taça misture o requeijão com o doce a abóbora, envolvendo bem.
Coloque uma colherada da mistura em metade da rodela de massa e cubra com a restante pressionando bem, e ficando com um pastel com a forma de um rissol. Repita até fazer os 12 pasteís.
Coloque os pasteis num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno quente (180ºC) até a massa ficar dourada - convém virar os pasteis a meio para dourarem igualmente de ambos os lados.
Misture o açúcar em pó com a canela e assim que retirar os pasteis do forno polvilhe-os abundantemente com essa mistura.
Sirva mornos.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 07, 2011

Almôndegas de Peru com Redução de Vinho Tinto

A semana começa, ainda que para alguns mais sortudos, seja ainda fim de semana! Em vésperas de Carnaval, deixo-vos ficar uma receita de almôndegas de peru que se tornam um bocadinho mais especiais por causa da redução de vinho tinto. Este molho fica perfumado e aveludado e complementa na perfeição o sabor mais suave das almôndegas. E tudo fica ainda mais perfeito se acompanharem com um puré de batata bem cremoso.

Ingredientes para 2 pessoas:

300g de peito de peru picado
1 ovo
sal e pimenta q.b.
3 colheres de sopa de pão ralado
azeite q.b.
1 colher de chá bem cheia de farinha
1 pé de tomilho fresco
100ml de vinho tinto
150ml de caldo de aves morno (pode também usar água)

Preparação:

Prepare as almôndegas misturando a carne picada com o ovo, o pão ralado e temperado tudo com sal e pimenta. Amasse bem e forme bolinhas do tamanho de nozes.
Leve depois uma frigideira ao lume com um pouco de azeite e frite as almôndegas, em lume brando, até ficarem cozinhadas e bem douradas. Retire e reserve.
Sem limpar a frigideira acrescente o vinho e raspe bem todos os resíduos que a frigideira possa ter, e onde está concentrado o sabor das almôndegas de acabou de fritar. Dissolva a farinha no caldo morno e junte ao vinho. Rectifique de sal e pimenta e acrescente o tomilho. Deixe cozinhar em lume brando até o molho ter reduzido e engrossado e o alcool do vinho ter evaporado.
Sirva as almêndegas com a redução de vinho tinto e puré de batata.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 04, 2011

"Feito em Casa"

Ao contrário do que é normal neste blogue, hoje não trago uma receita, mas sim um agradecimento. O lançamento correu maravilhosamente, e o "Feito em Casa" está a ser um sucesso!
Obrigada a todos os que lá estiveram e partilharam comigo este momento. Obrigada por me terem permitido conhecer-vos, pelas simpáticas palavras, pelo carinho demonstrado.
Como disse ontem, tudo isto não seria possível sem todos os que aqui vêm todos os dias em busca de inspiração e receitas. São vocês que fazem este blogue e são vocês que tornaram possível este livro. Muito obrigada.
Quando o As Minhas Receitas começou, há já quase 5 anos, jamais poderia imaginar o que viria a  acontecer. Queria um blogue para partilhar receitas e porque gostava de cozinhar. Porque queria "conhecer" outras pessoas que partilhassem este interesse comigo e para alargar os meus conhecimentos. E foi construindo o blogue com muito carinho, dedicação e prazer, dando um bocadinho de mim todos os dias.
Mas o que recebo em troca é muito, mas muito mais do que aquilo que dou. Recebo pessoas que gostam muito de mim mesmo sem me conhecerem pessoalmente. Que me pedem sugestões e que me agradecem por ter mudado a vida delas. E que me fazem sentir útil, admirada e com um papel importante na vida delas.
Isso não se paga. E supera todas as outras coisas menos boas!
Obrigada a todos (mesmo aqueles que nunca se pronunciam, mas que são tão importantes como os que o fazem) pelo que me ajudam a concretizar!

quinta-feira, Março 03, 2011

Pãezinhos-Pizza

É já hoje o lançamento do "Feito em Casa", às 21h30 na FNAC do Forum Coimbra. Terei todo o gosto em receber aqueles que quiserem e puderem estar comigo a partilhar este momento.
Quanto a estes pães-pizza, posso dizer que são muito bons, assim um misto entre tosta mista com sabor a pizza e são ideais para refeições ligeiras, lanches tardios e para as refeições de domingo no sofá.

Ingredientes para 4 pessoas:

4 pãezinhos redondos
100g de queijo ralado
8 fatias de fiambre
4 colheres de sobremesa de polpa de tomate
azeitonas descaroçadas
1 tomate
oregãos q.b.

Preparação:

Corte uma tampa nos pãezinhos e escave o seu interior. (Guarde depois o miolo e a tampa do pão para preparar pão ralado caseiro). Corte o tomate em cubinhos, assim como o fiambre e reserve.
Barre o interior de cada pãozinho com a polpa de tomate. Divida depois o fiambre pelos quatro pães, assim como o tomate em cubinhos. Polvilhe com oregãos a gosto e cubra com o queijo ralado, polvilhando com mais um pouco de oregãos e decorando com as azeitonas descaroçadas.
Leve ao forno previamente aquecido (180ºC) até o queijo estar derretido e os pãezinhos quentes e tostados.
Sirva quentes.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 02, 2011

Confit de Frango em Azeite

Se ontem estava aborrecida com os senhores do facebook, por me terem desactivado a página do As Minhas Receitas by Colher de Pau, hoje estava capaz de lhes dar beijinhos!! Porque em menos de 24 horas após o meu email, me ajudaram a resolver o problema. E se criticamos quando achamos que as coisas não são bem feitas, também devemos agradecer quando atendem tão eficazmente ao nosso pedido. Principalmente num serviço com milhões de utilizadores.
Como muitos de vós já repararam durante o dia de ontem, voltámos em pleno ao activo!
A receita de hoje é um delicioso confitado. Este tipo de preparação é bastante demorado pois implica que a os alimentos sejam cozinhados numa gordura, a baixa temperatura, de modo a que cozam na gordura em vez de fritarem. As carnes assim cozinhadas ficam macias, a descolarem do osso e derreterem na boca. É simplesmente delicioso. Apesar de o confitado mais conhecido ser o de pato, com as coxas cozinhadas em gordura de ganso ou pato, utilizei nesta receita coxas de frango e uma gordura mais saudável, o azeite.
A grande vantagem desta preparação é que pode ser feita com antecedência, e em maior quantidade e, desde que guarde a carne imersa na gordura em que a cozinhou, esta conservar-se-á por um longo período de tempo.

Ingredientes para 2 pessoas:
(Inspirado numa receita da Revista Olive)

2 coxas de frango (não retirar a pele)
sal e pimenta q.b
1 raminho de alecrim fresco
4 dentes de alho
1 folha de louro
350ml de azeite (aproximadamente)

Preparação:

Faça um golpe à volta do pé da perna do frango , de modo a separar a carne do osso. Isto evitará que a pele encolha e rasgue durante a cozedura. E também permite que o aspecto final fique mais bonito.
Coloque as coxas de frango num pirex ou tabuleiro que vá ao forno (e que tenha o tamanho ideal para caberem as duas coxas) e tempere com o sal, pimenta, os dentes de alho esmagados, o alecrim e o louro e deixe assim temperadas algumas horas ou de um dia para o outro.
Junte depois o azeite de modo a que as coxas de frango fiquem bem cobertas - se necessário junte mais azeite.
Coloque as coxas no forno previamente aquecido a cerca de 140ºC e deixe cozinhar. Tem de ter atenção à temperatura do forno, para que as coxas não fritem. Se vir que se começam a formar as bolhinhas típicas da fritura, terá de baixar a temperatura do forno para isso não acontecer. Deixe a carne cozinhar na gordura. Estará pronta quando se soltar facilmente do osso, o que demorará entre 3 a 4 horas.
Pode guardar as coxas no frigorífico, submersas no azeite, e utilizar mais tarde, bastando para isso reaquecer as coxas numa frigideira usando um pouco do azeite da sua preparação. (O azeite que sobra desta preparação deverá ser coado e guardado para uma próxima utilização, ou usada noutras preparações culinárias.)
Sirva as coxas com esparregado de espinafres e umas batatinhas cozidas e depois fritas em óleo quente até dourarem.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 01, 2011

Bifinhos de Cebolada

A página do blogue As minhas Receitas by colher de pau no facebook, foi-se. Sumiu-se. Desapareceu. Assim como o meu perfil enquanto colher de pau. Os senhores do facebook, sem nenhuma razão para tal, e do alto da sua autoridade pura e simplesmente fecharam a página sem qualquer explicação, a não ser um email a anunciar a nova condição. É como se nunca tivessemos existido no universo facebook. E eu fiquei triste, claro. Estou a tentar resolver o problema, sem saber se terá ou não um final feliz. Se os senhores do facebook atenderem ao meu pedido, pode ser que tudo volte ao normal. Se isso não acontecer, talvez crie uma nova página. Ainda não sei bem o que vou fazer. Mas está prometido que depois aviso.
Depois deste pequeno desabafo, porque quem me segue via facebook merece esta explicação, vamos ao que interessa.
Estes bifinhos de cebolada são daquelas comidas de conforto que adoro. São comida da mãe. São deliciosos e simples e rápidos. E depois de uma arrelia fazem o dia parecer melhor!

Ingredientes para 2 pessoas:

1 lombinho de porco cortado em pequenos bifes
sal e pimenta q.b.
2 cebolas
azeite
1 dente de alho
1 colher de chá de pimentão doce
1 colher de sopa de polpa de tomate
100ml de vinho branco
1 folha de louro

Preparação:

Corte a cebola em rodelas finas. Num tacho coloque uma camada de cebola, seguida pela carne e cubra com a restante cebola. Tempere de sal, pimenta, o alho picado, o pimentão doce, a polpa de tomate e o louro. Regue com o vinho branco e junte um fio de azeite.
Leve a lume brando e deixe cozinhar cerca de 40 minutos, agitando o tacho de vez em quando. Quando a carne estiver macia e o molho espesso, está pronto.
Sirva com puré de batata e legumes ou uma salada verde.

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin