sexta-feira, Março 29, 2013

Páscoa 2013

A cozinha cheira a canela e erva doce enquanto os folares estão a levedar. Há ideias para umas bolachinhas em forma de coelhinhos, e uma espécie de bombons feitos com flocos de aveia.
Sexta-feira santa é, para mim, um dia para cozinhar e distribuir depois os folares pelos afilhados.E vou tentar fazer, pela primeira vez, um "ninho de Páscoa"!
(E podem descobrir várias ideias e sugestões para a Páscoa, no blogue Economia cá de Casa.)
O almoço será mais simples, normalmente com atum, como é nossa tradição por aqui, daquelas tradições que são criadas por nós, mas que depois achamos piada e vamos mantendo apenas porque sim...
É também dia de ir à celebração da Paixão de Cristo, porque isso também faz parte da época que estamos a viver.
No domingo há almoço de família e festa de aniversário da avó Cila, que este ano calhou no domingo de Páscoa o que significa celebração reforçada. Esta será a Páscoa por aqui. E espero que todos tenham uma Feliz Páscoa!

quinta-feira, Março 28, 2013

Pão de Ló Molhadinho à moda de Ovar com Fios de Ovos

Com a Páscoa à porta, é mais do que tempo do que pensar na ementa, nas sobremesas, na mesa e na família que vamos receber. Este ano a minha Páscoa tem a particularidade de calhar no dia de anos da avó Cila, portanto a comemoração será a dobrar!
Sabem todos o que vão cozinhar? Desde o início da semana que tenho deixado simples sugestões de entradas que se podem fazer com alguma antecedência, e estarem depois prontas na mesa para receber os convidados – as pitas com salmão fumado, as tostinha de cavala, tomate e manjericão e os folhadinhos de brie e espargos verdes. Depois, e como nesse aspeto sou pelo mais tradicional, que tal um borreguinho ou cabrito assado. E, para terminar, um fantástico pão de ló à moda de Ovar, com uns fios de ovos a decorar e a acompanhar.
Boa Páscoa!

Ingredientes:

13 gemas
1,5 claras (é difícil dividir uma clara a meio, mas faça mais ou menos a olho…)
200g de açúcar
sal
60g de farinha de trigo
150g de fios de ovos para decorar

Preparação:

Forre uma forma lisa de 22cm de diâmetro com papel branco grosso ou papel vegetal , cortado em circunferência com mais 15cm que o fundo da forma, de modo a que o papel ultrapasse as bordas da forma 5 a 6 cm. Forme no papel 5 ou 6 pregas para este se adaptar à forma.
Deite as gemas e as claras numa tigela de loiça, juntamente com o açúcar e uma pitada de sal, e bata com a batedeira elétrica, cerca de 10 minutos. Terminado este tempo, a mistura deverá estar esbranquiçada e aproximadamente com o dobro do volume. Incorpore-lhes cuidadosamente a farinha peneirada envolvendo-a na massa, mas sem bater, apenas envolvendo cuidadosamente.
Deite esta massa na forma forrada e leve a cozer em forno moderado (180ºC) durante 20 a 25 minutos. Se o pão-de-ló começar a ganhar muita cor, tape-o com papel de alumínio.
Está pronto quando começar a ficar louro e crescido, embora depois abata. É mesmo assim.
Depois de frio e antes de servir decore-o com fios de ovos

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 27, 2013

Tostas de Cavala com Tomate e Manjericão

Uma ida ao “Fangas” (Rua do Fangas em Coimbra, perto do Quebra-Costas) com os amigos Rita e JP, foi o suficiente para vir apaixonada para esta entradinha simples e deliciosa. Entre as muitas tapas provadas, esta foi sem dúvida uma das favoritas e assim ficou a ideia de a preparar em versão mini para o aniversário do Miguel. Curiosamente aqui também fez sucesso e foi das preferidas. Tudo simples e perfeito para acalmar o estômago antes do borrego assado que comemos como prato principal.
Espero que também gostem.

Ingredientes para cerca de 20 tostinhas:

2 latas de filetes de cavala em azeite
20 tomates cereja
20 folhas de manjericão
1 baguete rústica grande
Azeite q.b.

Preparação:

Comece por cortar a baguete em 20 fatias não muito finas. Regue-as com um pouco de azeite e leve-as ao forno previamente aquecido a 180ºC para tostarem ligeiramente. Retire e deixe arrefecer.
Entretanto lave bem os tomatinhos e corte-os ao meio. Lave também as folhas de manjericão e deixe secar bem. Escorra os filetes de cavala e parta-os em 20 pedaços mais pequenos, mas sem os desfazer.
Sobre cada tostinhas coloque 1 folha de manjericão e sobre esta, um pedaço de filete de cavala e duas metades de tomate cereja. Regue com um pouco mais de azeite e sirva.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 26, 2013

Folhados de Brie e Espargos Verdes

Não me sabia uma “alma aflita” como diz a minha avó, mas a verdade é que tenho a confessar que acho que o sou. Deve ser da idade, ou quem sabe do tempo chuvoso que nunca mais para – até para mim que gosto de chuva – que me tem toldado o discernimento e tornado uma pessoa muito menos racional do que costumo ser. Será uma fase? Será para sempre? Acho que só mesmo o tempo o dirá!
Voltando Às receitas e ainda no capítulo das entradas de aniversário do Miguel, mais uma sugestão primaveril (apesar da chuva) e que fica também muito bem como aperitivo na mesa de Páscoa. Além isso é rápida de preparar…

Ingredientes para cerca de 18 folhadinhos:

1 placa de massa folhada retangular
1 frasco pequeno de espargos verdes
1 triângulo de queijo brie (200g)
Pimenta q.b.

Preparação:

Com uma faca afiada corte a massa folha em cerca de 18 retângulos do mesmo tamanho e disponha-os num tabuleiro previamente forrado com papel vegetal.
Escorra os espargos e corte-os em dois ou três pedaços, dependendo do seu tamanho. Disponha os pedaços de espargos sobre a massa folhada (3 ou 4 pedaços) consoante a largura da massa.
Corte também o queijo brie em 18 pedaços e coloque cada um dos pedaços sobre os espargos, mas de modo a não os cobrir na totalidade. Polvilhe com um pouco de pimenta moída na hora e leve ao forno previamente aquecido a 200ºC até a massa estar folhada e dourada e o queijo derretido.
Sirva ainda mornos ou à temperatura ambiente.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 25, 2013

Pitas com Salmão Fumado

Foi uma das pequenas entradas que preparei para o jantar de aniversário do Miguel. São bastante simples e rápidas e preparar e foram do agrado de todos. São também uma boa e menos tradicional sugestão para a mesa da Páscoa. Uma forma diferente de começar uma refeição com algo leve e que acompanha na perfeição uma bebida.
Espero que gostem.

Ingredientes para 24 pedaços:

3 pães pitas
100g de queijo creme para barrar
100g de salmão fumado
½ cebola pequena
25g de pickles
Salsa picada q.b.

Preparação:

Abra os pães pitas ao meio (ficará com 6) e coloque-os num tabuleiro. Leve-os depois ao forno previamente aquecido a 180ºC para tostarem ligeiramente. Retire e deixe arrefecer.
Entretanto pique a cebola finamente, assim como os pickles e o salmão fumado.
Barre generosamente cada pedaço de pão pita com o queijo creme, e disponha depois o salmão fumado, e salpique com a cebola, os pickles e a salsa picada. Corte depois cada pedaço de pão em quartos e disponha no prato de servir.
Sirva como entrada ou como tapas.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 22, 2013

Tatin de Pera Rocha

Apesar de a tarte tatin ser um clássico da cozinha francesa, a pera rocha é 100% nacional e algo muito nosso, muito português. Uma tarte tatin de pera rocha era algo que queria experimentar, e o aniversário do Miguel foi a altura certa para a cozinhar.
Para mim uma das melhores sobremesas da noite, juntamente com o gelado de morango e manjericão.
Uma sugestão para o fim-de-semana, numa tarte perfeita para uma sobremesa de primavera.

Ingredientes:

1kg de pera rocha
1 placa de massa folhada pronta a usar
75g de açúcar
50g de manteiga

Preparação:

Descasque as peras e corte-as em quartos. Coloque o açúcar e a manteiga partida em pedacinhos numa frigideira, que possa ir ao lume e ao forno, e por cima desta coloque os quartos da pera com a parte concava voltada para baixo. Deixe cozinhar em lume brando até a fruta estar caramelizada e de tom dourado. Cubra depois a frigideira com a massa folhada, fazendo um furo a meio para libertar o vapor à medida que a massa coze.
Leve a forno quente 200ºC até a massa estar dourada.
Deixe arrefecer cerca de 10 minutos antes de a desenformar, virando a frigideira para um prato de servir.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 21, 2013

Bolo de Limão em Camadas com Curd de Limão e Framboesas

O aniversário do Miguel foi ontem e celebrou-se juntamente com a chegada da primavera! Iguarias várias que vão por aqui aparecer nos próximos dias, foram preparadas. E apesar da dificuldade que foi encontrar as framboesas frescas para o bolo, tudo acabou bem.
Da nossa ementa de ontem fizeram parte:
Empadas de camarão
Pitas com Salmão Fumado
Mini tarteletes de Morcela com Maçã
Folhadinhos de Espargos Verdes e Brie
Tostas de Cavala com Tomate e Manjericão
Borrego Assado com batatinhas, arroz de forno e esparregado de espinafres
Pão de Ló Molhadinho com Fios de Ovos
Tarte Tatin de Pêra Rocha
Natas do Céu
Gelado de Morango e Iogurte com Manjericão
Sobremesa de Banana e Doce de Leite
Bolo de Limão em Camadas com Curd de Limão e Framboesas - para cantar os Parabéns!

Ingredientes para o bolo:
(Chávena usada com 220ml de capacidade)

6 ovos
2 colher de chá de extracto de baunilha
3 chávenas de farinha sem fermento peneirada
1,5 chávena de açúcar
2 colheres de chá de fermento
raspa de 1 limão grande
350g de margarina
6 colheres de sopa de leite

Preparação:

Num recipiente misturar o leite, os ovos e o extrato de baunilha.
Noutra tigela, misturar a farinha, o açúcar, o fermento e a raspa de limão. Juntar a margarina, e a seguir a mistura dos ovos e leite. Bater bem à mão ou com a ajuda de uma batedeira.
Divida a mistura por 2 formas de 22cm de diâmetro previamente untadas e forradas com papel vegetal e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC até que o bolo esteja cozido, cerca de 35 minutos. Retire e deixe arrefecer completamente.

Ingredientes para a Calda:

1 de chávena de açúcar
1 chávena de sumo de limão

Para preparar a calda misture em lume brando o sumo do limão e o açúcar, até que ele se dissolva completamente.

Ingredientes para o Curd de Limão:

3 limões
3 ovos
60gr de margarina
200gr de açúcar

Preparação:

Lave bem os limões. Num tacho coloque o açúcar, a manteiga, o sumo e a raspa dos limões, e leve ao lume até dissolver tudo muito bem.
Entretanto bata os ovos, muito bem batidos com uma vara de arames.
Retire a mistura de limão, açúcar e manteiga do lume e adicione os ovos batidos sem parar de mexer. Leve novamente ao lume (brando), sem deixar de mexer e até a mistura ferver e engrossar. Deixe arrefecer completamente antes de usar

Preparação do bolo:

250g de framboesas frescas

Depois de completamente arrefecido corte cada um dos bolos ao meio de modo a obter 4 discos de bolo. Coloque o primeiro bolo no prato de servir. Pincele-o com a calda, recheie com um pouco de curd de limão e por cima do curd de limão coloque ¼ das framboesas frescas. Repita as camadas até terminar os ingredientes e decorando a ultima camada com as framboesas dispostas de forma harmoniosa.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 20, 2013

Claras Mexidas com Legumes e Cominhos

Hoje é o dia do aniversário do Miguel. Como é hábito, devia haver aqui a fotografia e a receita do bolo, mas não há. O bolo ainda não está pronto. Quer dizer há bolo, mas ainda não há framboesas frescas para o decorar nem o curd de limão feito para o rechear. Contratempos, atrasos e pouca disponibilidade para fazer tudo como quero e gosto. Mas tenho a certeza que mais logo, quando todos chegarem para jantar, tudo estará pronto para os receber. Principalmente o bolo inacabado, indispensável para cantar os parabéns.
Para já fica uma ideia para ajudar a gastar claras – que sobraram depois de fazer um pão de ló com 13 gemas - e que acabaram no jantar de ontem (que por acaso o Miguel não gostou!).

Ingredientes para 3 a 4 pessoas:

11 claras de ovo
1 curgete pequena
1 alho francês
2 cenouras pequenas
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta q.b.
1 colher de café de cominhos em pó

Preparação:

Lave bem os legumes. Corte a curgete com a casca em cubos pequenos e o alho francês em rodelas. Descasque a cenoura e corte-a também em cubinhos.
Leve um frigideira ao lume com o azeite e acrescente os dentes de alho picados. Junte depois os legumes e tempere-os com um pouco de sal e com os cominhos. Deixe saltear até estarem macios, mexendo de vez em quando. Tempere as claras com sal e pimenta e bata-as ligeiramente com um garfo até fazerem espuma. Verta –as sobre os legumes e envolva, mexendo e deixando cozinhar bem.
Sirva com arroz branco.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 19, 2013

Cookie Gigante com Pepitas de Chocolate

Confesso que não dou grande importância ao dia do pai. Tudo bem, é dia de um telefonema, de uma mensagem especial, de ir almoçar ou jantar com ele, mas tudo sem grande alarido ou festa. Afinal o dia do pai (ou da mãe, ou dos avós, ou dos namorados…) deve ser todos os dias!
Desde que me lembro de oferecer coisas ao meu pai neste dia, sei que na grande maioria das vezes, foram sempre coisas simples feitas por mim e/ou pela minha irmã. Postais, fotos, quadros com as nossas mãos pintadas, marcadores de livros, pisa papeis, na grande maioria coisas feitas na escola ou em casa. Apesar de adulta essa vontade de oferecer algo “homemade” não mudou. O ano passado houve um saquinho de bombons caseiros e este ano uma cookie gigante com uma mensagem. Aqui fica a receita e a ideia.

Ingredientes para 1 cookie gigante ou 12 normais:
(adaptado de “Confeitaria Hummingbird – Receitas de Sonho” – pág.131)

110g de manteiga à temperatura ambiente
175g de açúcar amarelo
1 ovo
1 colher de café de essência de baunilha
200g de farinha com fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
125g de pepitas de chocolate ou chocolate partido em pedacinhos

Preparação:

Numa taça coloque a manteiga e o açúcar e, com a ajuda da batedeira elétrica bata até obter uma mistura cremosa e fofa. Acrescente depois o ovo e a essência de baunilha e bata até ficar bem incorporado.
Junte a farinha e o bicarbonato de sódio e agora com a colher de pau misture bem até obter uma massa consistente. Finalmente junte o chocolate e volte a mistura até ficar bem incorporado na mistura.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e coloque a massa de modo a formar uma bolacha gigante. Tenha em atenção que durante a assadura a massa tem tendência a “esparramar”, portanto não deixa a bolacha muito fina e espalmada – a minha antes de ir ao forno era um disco com cerca de 15 a 18cm de diâmetro que depois para “cresceu” para cerca de 25 cm.
Leve ao forno previamente aquecido a cerca de 180ºC durante 30 a 40 minutos ou até as bordas começarem a ficar douradas e a bolacha cozinhada no centro.
Depois de pronto, se gostar, poderá decorar a gosto com uma frase alusiva ao dia do pai. Para isso usei umas bisnagas de glacê colorido que se vendem em supermercados ou em lojas com produtos para bolos decorados.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 18, 2013

Estufado de Carne de Vaca com Tomate e Cogumelos

Faz hoje 7 anos. A nossa família e os nossos amigos à nossa espera. O meu pai com o ramo ao atravessarmos o pátio da universidade. Eram 15h15. Uma cerimónia linda com o nosso Pe João. No final, chovia a potes. O marco à porta da capela de S. Miguel ainda tem a moça feita pelo nosso amigo Tiago, ao fazer marcha atrás sem conseguir ver absolutamente nada por causa da chuva. A chuva amainou para nos deixar entrar no nosso sítio, assim como aos nossos convidados. Apesar da chuva o ambiente lá dentro era quase mágico com as velas e as flores e todos nós, o que dava um toque encantador ao espaço secular. A comida estava ótima e ainda hoje me lembro do folhado de queijo da serra com frutos secos e redução de vinho do porto, e da fantástica sopa de morangos. O chefe de sala a confessar que em 25 anos de serviço nunca tinha estado num casamento assim. O Zé a fazer de DJ e a passar duas vezes a música “Ó Joana” do Marco Paulo. E tudo aquilo que não se pode contar aqui… 7 anos de casamento que parecem 70, porque sinto que te conheço desde sempre, que fazes parte de mim desde sempre, que somos um do outro desde sempre. E para sempre.

Ingredientes para 2 pessoas:

300g de carne de vaca em cubinhos
2 tomates maduros
1 colher de sobremesa de farinha de trigo
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
100g de cogumelos laminados
2 colheres de polpa de tomate
75ml de vinho branco
Sal e pimenta q.b.
1 malagueta seca
2 colheres de sopa de azeite

Preparação:

Pique metade da cebola assim como os dentes de alho e leve a refogar num tacho juntamente com o azeite. Polvilhe a carne de vaca com a farinha e envolva-a bem.
Assim que a cebola começar a alourar acrescente a carne de vaca e deixe corar bem de todos os lados.
Entretanto corte o tomate em cubos, e corte também grosseiramente a restante cebola. Acrescente-os ao refogado de carne juntamente com os cogumelos, o louro, a polpa de tomate e o vinho branco. Mexa bem e tempere com o sal, a pimenta e a malagueta seca. Deixe cozinhar cerca de 1 hora em lume brando até a carne estar macia, os legumes quase desfeitos e o molho grosso e apurado.
Sirva com puré de batata e grelos cozidos.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 15, 2013

Panquecas com Mirtilos e Banana

Cada um tem para si quais os verdadeiros prazeres da vida. Estar com a família e os amigos, ler, viajar e passear, cozinhar, ver filmes e series estão certamente no top das minhas preferências pessoais.
Preparar umas panquecas em minutos e saboreá-las em boa companhia numa tarde chuvosa de fim-de-semana é também um prazer. Porque nisto dos “prazeres da vida” há para todos os gostos, idades, horas, momentos e vidas.

Ingredientes para 2 pessoas:

150g de mistura para panquecas receita da Nigella Lawson (receita aqui)
1 ovo
250ml de leite
1 colher de sopa de manteiga derretida
1 banana
75g de mirtilos

Preparação:

Misture bem a mistura para as panquecas com o leite, o ovo e a manteiga até obter uma massa lisa.
Descasque e corte a banana em rodelas. Reserve.
Aqueça uma frigideira anti-aderente, unte-a com um pouco de óleo, e deite 2 colheres de sopa de massa para formar cada panqueca. Sobre a massa coloque umas rodelas de banana e alguns mirtilos. Assim que começarem a aparecer bolhas à superfície das panquecas vire-as e deixe cozinhar mais uns minutos. Repita até esgotar toda a massa.
Sirva as panquecas ainda quentes com mel, xarope de ácer ou Golden Syrup.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 14, 2013

Ovos no Forno com Fiambre e Alho Francês

Há alturas da vida assim. Sentimo-nos ansiosos quando devíamos estar apenas felizes. Sentimos que algo está prestes a correr mal mesmo sem nenhum indício para que isso aconteça. Sentimos que provavelmente não merecemos isto ou aquilo apenas porque a nossa cabeça não nos deixa pensar só racionalmente. Sentimo-nos inseguros e sem podermos controlar a nossa vida e a nossa mente. É a vida, e há dias assim.
Para além disso há mais uma receita rápida para uma refeição ligeira, com um dos meus ingredientes favoritos: ovos.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 ovos
1 alho francês pequeno
4 fatias de fiambre
½ cebola pequena
1 dente de alho
4 colheres de sopa de natas
Sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Pique a cebola e o dente de alho e leve a alourar, num tachinho, com o azeite. Acrescente depois o alho francês previamente cortado em rodelas e bem lavado e deixe refogar alguns minutos. Junte agora o fiambre cortado em pedacinhos e tempere com um pouco de sal e pimenta e deixe refogar mais uns minutos.
Retire do lume e divida a mistura por duas tacinhas que possam ir ao forno. Abra um ovo para dentro de cada uma das tacinhas e junte-lhes 2 colheres de sopa de natas.
Leve as tacinhas ao forno previamente aquecido a 180ºC e deixe cozinhar cerca de 10 minutos ou até os ovos estarem cozidos.
Sirva com palitos de pão torrados.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 13, 2013

Arroz Frito Aromático

Depois de uma jantarada de caril em mais um dos nossos jantares do sofá verde, sobrou uma boa quantidade de arroz. Não me canso de repetir que nada se deita fora e tudo pode ser transformado em receitas deliciosas. E com estas sobras uma refeição simples, ligeira e económica que descobri no ultimo livro do Gordon Ramsay.
Tinha tudo para experimentar e não me arrependi. Ninguém diria que eram sobras de arroz. Ficou realmente muito bom, e é mais uma receita que passa a ser de referência quando a palavra de ordem é reciclar o “arroz nosso de todos os dias”!

Ingredientes para 2 pessoas:
(adaptado de Gordon Ramsay´s Ultimate Cookery Course – Gordon Ramsay, pág 155)

1 taça de arroz basmati já cozinhado (sobras!)
1 malagueta “chilli”
1 dente de aho
1 pedacinho pequeno de gengibre fresco
1 cenoura
100g de couve lombarda
2 ovos
Molho de peixe (fish sauce) q.b. (se não tiverem podem usar molho de soja apesar de serem completamente diferentes!)
Coentros frescos picados
1 colher de sopa de óleo de girassol

Preparação:

Pique a malagueta e rale ou pique o alho e o gengibre. Rale a cenoura e corte a couve em juliana. Reserve.
Leve ao lume uma frigideira grande com o óleo e frite durante uns segundos a malagueta, o alho e o gengibre.
Acrescente depois a cenoura e a couve em juliana e deixe saltear durante uns minutos até estarem cozinhados mais ainda crocantes. Acrescente agora o arroz e envolva bem nos legumes deixando aquecer.
Abra um “buraco” no meio da frigideira e verta para aí os ovos previamente batidos. Junte-lhes um pouco de coentros frescos picados e umas gotas de molho de peixe (ou molho de soja). Mexa os ovos até que comecem a coagular e vá depois envolvendo-os com o arroz que se encontra na frigideira.
Tempere a gosto com um pouco mais de molho de peixe, se necessário e sirva polvilhado com mais coentros picados.
Sirva simples ou como acompanhamento.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 12, 2013

Polvo em Azeite com Linguini Nero

Agora que o Miguel finalmente come polvo – e gosta! – é uma questão de experimentar novas combinações, novas receitas e fazer novas experiencias culinárias. Andava para experimentar esta combinação com massa nero há muito tempo e este fim de semana foi finalmente a altura certa.
Um excelente almoço que iremos certamente repetir. Espero que também gostem da sugestão.

Ingredientes para 2 pessoas:

500g de polvo cozido (poderá também usar tentáculos de pota)
160g de linguini nero de sépia
4 dentes de alho
1 folha de louro
1 malagueta seca
Sal e pimenta q.b.
Azeite q.b.
Coentros frescos para polvilhar

Preparação:

Corte o polvo em pedaços grandes e coloque-os numa pequena assadeira ou pirex, de modo a que fiquem bem “aconchegados”. Tempere com um pouco de pimenta, junte os dentes de alho inteiros mas esborrachados, a malagueta e a folha de louro. Cubra com azeite até o polvo estar coberto e leve ao forno previamente aquecido a 130ºC durante cerca de 30 minutos.
Entretanto coza o linguini em água temperada de sal até ficar al dente. Escorra e envolva bem na mistura de polvo e azeite, deixando a massa ganhar sabor no azeite quente.
Sirva depois polvilhado com um pouco de coentros frescos picados.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 11, 2013

Feijoada Ligeira

É uma feijoada porque leva feijão e tem um método de preparação semelhante à feijoada tradicional. É ligeira porque não leva carnes gordas e é mais saudável e amiga da “dieta” podendo assim, mais facilmente, fazer parte das nossas ementas semanais.
Como sabemos o feijão e as restantes leguminosas secas são muito saudáveis e ajudam a compor pratos muito nutritivos e saciantes. Além disso são muito mais baratas que outras fontes de proteínas, mais uma razão para as incorporarmos regularmente na nossa alimentação.
E aqui fica esta sugestão mais ligeira de uma feijoada.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 bifanas de porco
1 cebola
2 dentes de alho
¼ de chouriço de carne
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 folha de louro
2 cenouras pequenas
300g de feijão vermelho cozido
6 folhas grandes de couve portuguesa
salsa q.b.
2 colheres de sopa de azeite
Sal q.b.
1 malagueta seca

Preparação:

Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os ao lume num tacho juntamente com o azeite. Acrescente a folha de louro, a polpa de tomate, um pouco de salsa picada, a cenoura em rodelas finas e deixe refogar um pouco.
Corte as bifanas em pedaços e o chouriço em rodelas e acrescente ao refogado. Tempere com um pouco de sal e acrescente a malagueta e deixe cozinhar uns minutos. Acrescente agora o feijão já cozinhado e as couves lavadas e partidas em bocados e, se necessário acrescente também um pouco de água da cozedura do feijão ou apenas água a ferver. Retifique os temperos e deixe cozinhar em lume brando até a couve e a carne estarem cozinhadas e a feijoada apurada.
Sirva com arroz branco.

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 08, 2013

Muffins de Banana e Coco

O que seria do final da semana sem um bolinho para animar? Ainda por cima porque ainda estamos no inverno e ainda há chuva e vento, e ainda não deixa de apetecer uma chávena de chá quente com um bolinho acabado de fazer.
Desta vez – e apesar de eu nem gostar muito de coco – fizeram-se uns muffins de banana e coco para se irem comendo durante o fim de semana, ou para congelar e assim ter mimos doces como snack durante mais uma semana de inverno e chuva.

Ingredientes para 12 unidades:

300g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó
175g de açúcar
2 bananas esmagadas
50g de coco ralado
1 colher de sobremesa de essência de baunilha
2 ovos
125g de iogurte natural
100ml de leite
80ml de óleo vegetal
Raspa da casca de ½ limão

Preparação:

Numa taça misture a farinha com o açúcar e o fermento. Noutra taça misture o iogurte com o leite, os ovos, o óleo a essência de baunilha e a raspa de limão, batendo bem para misturar tudo. Misture agora os elementos líquidos com os sólidos e envolva. Acrescente as bananas esmagas e o coco e misture.
Forre 12 formas de queques ou um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e encha-as até 2/3 com a mistura preparada anteriormente. Polvilhe com um pouco mais de coco ralado.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos ou até os bolinhos estarem cozidos.

Bom Apetite!

quinta-feira, Março 07, 2013

Arroz de Espigos com Tamboril

De casa dos avós têm vindo couves. E couves. E mais couves. Lombarda, portuguesa, coração de boi. E espigos e grelos. E para variar uns raminhos de salsa.
Portanto há grelos ou couves a acompanhar quase tudo. E experimentam-se e inventam-se soluções para ir usando o que vamos tendo por cá.
Por isso, desta vez, ao arroz de tamboril juntaram-se uns espigos. O que é certo é que resultou muito bem!

Ingredientes para 2 pessoas:

250g de tamboril em cubos
1 tomate grande maduro
½ pimento verde
1 malagueta seca ou piri piri a gosto
1 colher de sopa de polpa de tomate
1 cebola pequena
2 dentes de alho
2 chávenas de espigos já preparados
1 medida de arroz carolino
Sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os a refogar num tacho juntamente com o azeite. Acrescente depois o pimento em cubinhos assim como o tomate previamente pelado e a polpa de tomate. Deixe refogar um pouco e acrescente o peixe. Tempere com sal, pimenta e a malagueta seca ou o piri-piri. Acrescente agora 3 medidas (iguais à medida do arroz) de água e deixe levantar fervura. Retifique de sal e pimenta e acrescente os espigos previamente lavados assim como o arroz. Tape o tacho, reduza o lume para o mínimo e deixe cozinhar até o arroz e os espigos estarem cozinhados.
O arroz deverá ficar um pouco caldoso mais não muito. (Se quiser o arroz mais caldoso acrescente mais do que 3 medidas de água.)
Sirva de imediato.

Bom Apetite!

quarta-feira, Março 06, 2013

Tarte Fingida de Maçã

Um lanche (há já algum tempo!) em casa de uns amigos tinha esta linda e deliciosa “tarte” como centro das atenções. Estava deliciosa e foi o acompanhamento perfeito para umas chávenas de chá e muita conversa. Como achei a tarte tão bonita e deliciosa, pedi a receita – porque sou uma descarada e peço receitas a toda a gente. A receita foi-me dada com um sorriso malandro de quem acha que eu teria algumas dificuldades a conseguir prepará-la. Não tive dificuldades, apenas de “traduzir”” a receita e usar outro equipamento!

Ingredientes:
(in livro base Bimby)

6 maçãs
1 limão
1 ovo inteiro + 2 gemas
150g de açúcar
100g de manteiga
2 colheres de sopa de vinho do Porto
170g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó

Preparação:

Descasque as maçãs, corte-as em quartos e de seguida lamine-as sem chegar até baixo. Regue com o sumo de limão e reserve.
A seguir bata as gemas e o ovo com o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada (poderá bater com a batedeira), acrescente a manteiga amolecida e o vinho do porto e continue a bater até obter uma mistura homogénea. Incorpore agora a farinha e o fermento envolvendo bem.
Coloque a mistura numa forma de mola e por cima desta coloque os quartos de maçã com a parte laminada virada para cima.
Leve ao forno pré aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Desenforme depois de fria e polvilhe com açúcar em pó.

Bom Apetite!

terça-feira, Março 05, 2013

Bacalhau no Forno com Broa e Ovo Cozido

Eu sempre gostei de receitas com histórias. No entanto esta é uma receita que não tem história nenhuma. Foi-se fazendo de acordo com aquilo que havia em casa e estava disponível, e nasceu da vontade de comer um outro bacalhau com broa mas para o qual faltavam alguns ingredientes. A imaginação foi ditando outra coisa e aqui fica a receita sem história de um bacalhau com broa que foi o nosso almoço de domingo.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 postas de bacalhau
2 fatias grandes de broa
Salsa q.b.
1 cebola pequena
2 colheres de sopa de pickles picados
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre
2 dentes de alho
1 ovo

Preparação:

Descasque e corte a cebola em meias luas fininhas, e pique os dentes de alho. Coloque a cebola e os dentes de alho no fundo de um tabuleiro e regue com o azeite e com o vinagre. Sobre a cama de cebola coloque as postas de bacalhau e tape com papel de alumínio.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC cerca de 20 minutos.
Entretanto pique a broa juntamente com a salsa e reserve.
Retire o bacalhau do forno e espalhe os pickles, cobrindo depois tudo com a mistura de broa. Leve novamente ao lume e deixe cozinhar mais 10 a 15 minutos ou até a cebola e o bacalhau estarem cozinhados e a broa dourada e ligeiramente crocante.
Coza o ovo, descasque-o e corte-o em rodelas. Retire o bacalhau do forno e disponha as rodelas de ovo sobre a broa.
Sirva com grelos cozidos.

Bom Apetite!

segunda-feira, Março 04, 2013

Jardineira de Frango

O fim-de-semana foi de emoções, com a apresentação do novo livro “o que faço hoje para jantar?”. Correu muito bem e agradeço a todos os que puderam estar presentes. Obrigada pelo vosso carinho e simpatia, e por partilharem comigo mais esta aventura. Espero que gostem do novo livro!
Para emoções fortes, chegou mesmo a apresentação do livro. De resto foi tudo muito calmo, até mesmo na cozinha. Para começar uma jardineira de frango comida na varanda, num sábado de sol que começa a fazer lembrar a primavera.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 pernas + 2 coxas de frango
1 chávena de ervilhas
1 tomate grande maduro
½ chouriço
1 cebola
2 dentes de alho
1 colher de sopa de massa de pimentão
1 folha de louro
½ pimento verde
2 batatas médias
Sal e pimenta q.b.
1 malagueta seca
2 colheres de sopa de azeite

Preparação:

Corte a cebola em meias luas finas e pique os dentes de alho. Descasque as batatas e corte-as em cubinhos. Corte o tomate em pedaços e o pimento em tiras finas. Reserve.
Leve um tacho ao lume com o azeite e junte a cebola, o alho, as rodelas de chouriço e a folha de louro deixando refogar. Acrescente o tomate, as ervilhas, o pimento, as batatas e o frango e tempere com a malagueta seca partida, a massa de pimentão e um pouco de sal e pimenta. Acrescente um copo de água e tape o tacho deixando cozinhar em lume brando até estar cozinhado e apurado.
Sirva quente. (E se fizer maior quantidade é ainda melhor depois de reaquecida no dia seguinte!)

Bom Apetite!

sexta-feira, Março 01, 2013

Obrigada!


Ainda só passou uma semana desde que aqui vos falei do “O que faço hoje para jantar?”, e mesmo assim, a vossa simpatia e generosidade não tem limites.
As palavras de todos os que já viram ou compraram o livro não podiam ser mais carinhosas e encorajadoras. Não tenho mesmo como vos agradecer.. Mais uma vez o meu obrigada por me permitirem tudo isto. Por comprarem o livro, mas principalmente por testarem as receitas e por realmente gostarem daquilo que partilho com vocês.
E sendo assi convido-vos, mais uma vez, para a apresentação do livro já amanhã, dia 2 de Março, pelas 17h na Fnac do Forum Coimbra, para que juntamente com os meus amigos e família partilhem comigo este momento sempre tão especial.
Obrigada e bom fim de semana a todos!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin