Sopa de Espargos e a Jullie


A máquina é amorosa. Pequenina e compacta. Tão intuitiva de usar que quase que dispensa a leitura do manual de instruções. Uma máquina que faz sopas, iogurtes e compotas realmente sozinha, bastando para isso escolher o programa e carregar num botão. E já está.
Pode até parecer que já há máquinas que fazem isso e muito mais, mas a pequena Jullie é tão específica que acaba também a ser única e a ter características muito próprias.
Na minha cozinha há sempre espaço para tudo o que ajude a poupar e ganhar tempo. Nas nossas vidas de todos os dias o tempo acaba a ser o bem mais precioso que temos e aquele que nunca podemos comprar. Com duas crianças pequenas, há dias em que o tempo passa a correr, e em que preparar os almoços e jantares parece que é tudo o que fazemos.
Tive a minha primeira experiência com a Jullie num dia particularmente atrapalhado. Sopas para fazer, o jantar, pão e como era véspera de fim de semana também um bolo. Entre o choro do mais pequeno, irritado por estar sentado na cadeira ao meu lado, enquanto eu tento chegar a todo o lado, e a conversa do mais crescido a querer “ajudar”, a querer “lavar a louça”, a querer puxar-me para brincar as coisas lá se foram fazendo. Coloquei o pão a levedar, tinha o jantar ao lume, o bolo a cozinhar no forno e comecei a preparar as sopas. Uma sopa para os mais pequenos e outra sopa para os mais crescidos. 
Coloco os ingredientes dentro da Jullie. Tapo e carrego no botão. Começo no outro lado a preparar a outra sopa. Apanho chupetas, dou mimo, mexo a panela, espreito o forno, tropeço num carrinho, ajudo a puxar as mangas da camisola, mexo mais uma vez a panela. Esqueço-me da sopa até que ouço os primeiros barulhos. A Jullie a triturar a sopa, sem ser preciso verificar mais mais nada, sem ter sido necessário carregar em mais nenhum botão. Entre tirar o bolo do forno, e desligar o tacho. A Julllie apita e diz-me que a sopa está pronta.
O meu creme de espargos sai aveludado e saboroso como sempre. A Jullie fez o seu trabalho e eu fiz o meu. Pouco tempo depois estávamos todos à mesa, cada um com o seu prato de sopa à frente.
(E aqui fica mais um vídeo e uma nova receita para o canal youtube. Ainda não subscreveram? De que é que estão à espera? Canal As Minhas Receitas aqui!)

Ingredientes para 4 pessoas:

1 alho francês pequeno
300g de espargos brancos de conserva
1 batata grande
sal q.b.
azeite q.b.
Croutons e coentros para servir

Preparação (método tradicional!):

Descasque a cebola e pique-a.
Corte os espargos em pequenos pedaços. assim como a batata e reserve.
Leve ao lume uma panela com um pouco de azeite e acrescente a cebola. Deixe começar a caramelizar e acrescente depois os espargos e a batata e envolva bem no refogado. Tape o tacho e deixe suar uns minutos em lume muito brando sem deixar queimar ou agarrar.
Acrescente depois água a ferver até cobrir os legumes, tempere-os de sal e deixe cozinhar em lume brando até que estejam macios.
Triture depois a sopa até ficar bem cremosa, e, se necessário acrescente mais água a ferver até a sopa ter a consistência desejada. (A sopa deverá ser espessa e cremosa). Retifique de sal.
Sirva o creme bem quente com croutons e um fio de azeite.

Bom Apetite!

Post escrito em parceria com a Jullie


10 comentários :

  1. Anónimo09:47

    Gosto desta sopa!
    Confesso que não aprecio espargos de conserva, porque não consigo perceber o seu sabor, dos frescos só de vez em quando compro os verdes, os bravos só quando o "rei faz anos" e os encontro à venda na praça.
    Para experimentar brevemente, com os de conserva ou com os frescos, se estes crescerem (comprei umas sementes, já tenho umas plantinhas formadas, e vamos ver se sai alguma coisa!). Não conheço a máquina, e irei ver o vídeo, mas estou curiosa com ela.
    Acredito que este tipo de máquinas, auxiliem algumas preparações culinárias, quando o tempo é escasso, basta haver espaço na cozinha e disponibilidade na carteira!
    Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Vou experimentar a sopa, mesmo só tendo o auxílio da velhinha varinha mágica. Adorei o vídeo e, com a receita escrita, é só guardar para repetir no futuro. Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. warning: product placement...

    ResponderEliminar
  4. Essa máquina dava-me cá um jeitão! Acho que nunca comi espargos, tenho de experimentar assim em sopa! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Uma bela aquisição :) Claro q ñ há de fazer tanta coisa como a Bimby, mas deve ter um preço bem mais acessível e faz sopas, o q é óptimo :)

    ResponderEliminar
  6. P.S. e até o nome é mais simpático, hehe :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  7. Que receita maravilhosa vou tentar fazer! Se sobrar um tempinho de uma passadinha em meu blog OBG

    http://comofazearroz.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:23

    Alho frances nos ingredientes e cebola na receita... Deviam ser ambos, ou só a cebola?

    ResponderEliminar
  9. Anónimo15:22

    Olá.adoro as suas receitas e replico muitas cá por casa, sempre com sucesso.
    Comprei há dias uma Jullie e fiquei rendida com os cremes tão aveludados que se conseguem fazer.
    Gostaria de colocar uma questão, acha possível fazermos um doce de ovos ou um leite creme na mesma?
    Grata por todas as suas partilhas!
    beijinhos e tudo de bom!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo13:31

    에볼루션접속 먹튀검증 안전노리터 go

    ResponderEliminar

Imprimir