Pêssegos Assados com Baunilha


Começa a altura do ano em que os pêssegos dos meus sogros começam a chegar cá a casa. Muitos tocados e bicados pelos pássaros e, apesar dos que distribuímos entre nós e os amigos, continuam a ser muitos e a haver necessidade de os gastar com alguma rapidez.
Desta vez houve pêssegos assados para usar em sobremesas deliciosas ou ao pequeno almoço com iogurte e um pouco de granola caseira.

Ingredientes:

2kg de pêssegos
1/3 de chávena de açúcar
1/2 chávena de água
1 vagem de baunilha

Preparação:

Lave bem os pêssegos, corte-os ao meio, retire o caroço e coloque-os num tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa, com a parte cortada virada para cima. Polvilhe com o açúcar e regue com a água. Junte depois a vagem de baunilha aberta ao meio e com as sementes raspadas, e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC com grilo  durante cerca de 30 minutos.
Retire e deixe arrefecer. 
Sirva com gelado, ou suspiros e natas, para sobremesa, ou com iogurte natural e granola, num brunch ou pequeno almoço.

Bom Apetite!

Panados de Frango em Buttermilk


Foram talvez os melhores panados que já fiz. Muito macios por dentro, e muito crocantes por fora. Ao contrário da maioria dos panados, estes são marinados em buttermilk, uma bebida láctea que, se não encontrarem poderão substituir por iogurte. E depois são panados apenas em farinha, em vez do tradicional ovo batido e pão ralado.
Desta vez, em vez de os deixar a escorrer em papel absorvente, onde acabam a estar em contacto na mesma com o óleo que pretendemos escorrer,  escorri-os sobre uma grelha, o que faz com que todos os fritos fiquem sempre muito mais crocantes, e não moles como normalmente acontece quando deixo a escorrer sobre papel absorvente. Fica a dica.



Ingredientes para 4 pessoas:

500g de peito de frango
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de colorau
1/4 colher de chá de erva doce
300ml de buttermilk (se não encontrar poderá usar iogurte!)
150g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:

Tempere o frango com sal, pimenta, colorau, erva doce, e envolva bem. Acrescente depois o buttermilk e deixe Marina algumas horas ou de um dia para o outro.
Aqueça depois uma frigideira grande com óleo vegetal.
Entretanto misture numa taça a farinha com o fermento e um pouco de sal.
Retire os bifinhos de frango da marinada de buttermilk escorrendo o excesso e passe-o pela mistura de farinha.
Frite depois no óleo bem quente até ficar bem dourado, deixando escorrer sobre uma grelha colocada sobre papel absorvente.
Repita até todos os panadinhos estarem fritos.
Sirva com uma salada variada, em pãezinhos, ou com arroz.

Bom Apetite!

Pão de Queijo


Há meses que andava a sonhar com pão de queijo. De tantas receitas que já fiz e experimentei, nunca tinha feito pão de queijo, apesar de der algo que gosto muito, mas nunca tinha calhado!
Foi preciso um jantar de petiscos com alguns amigos, para finalmente fazer pães de queijo. Ficaram maravilhosos, mas, para quem gosta de queijo como eu, resulta melhor com queijos de sabores mais fortes do que, por exemplo, usarem mozarela.
Acho que são uma excelente adição a mesas de lanches ajanatarados e de brunch e pequenos almoços.
Fica a receita.

Ingredientes para cerca de 20 pãezinhos:

250g de queijo da ilha (ou outro como gouda, mozarela, emmental)
350g de polvilho azedo
2 ovos
80ml de azeite
125ml de leite ou bebida vegetal
sal q.b.

Preparação:

Aqueça o leite até levantar fervura. Reserve.
Num processador ou robot de cozinha coloque o queijo e o polvilho azedo e triture até ficar uma misture uniforme. Junte depois os ovos, o sal e o azeite e triture um pouco mais até tudo ficar bem misturado. Junte depois o leite quente e continue a misturar até obter uma mistura homogénea. Com a massa bem ligado.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e coloque, com a ajuda de duas colheres de sopa, bolinhas de massa, devidamente espaçadas.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos.
Sirva ainda quentes.

Bom Apetite!

Bolachas de Aveia e Coco


O Zé Maria regressou à escola, para as actividades de férias. Os olhos dele até brilharam, quando viu os colegas e amigos no primeiro dia que lá chegou. Apesar de todos os medos e principalmente de todas as incertezas, acho que tomamos a decisão certa. Porque confiamos, mas principalmente porque temos de retomar rotinas. E porque tanto ele como o António precisam de outras regras, de outros horários, de outras actividades, de amigos, de mais crianças, de conviver, de fazer coisas. De ter um pouco da sua vida de volta para crescerem também a nível emocional. É uma decisão pessoal, mas depois de pesar os prós e contras na balança, de aconselhamento com o pediatra deles, decidimos que os nossos filhos retomariam aos seus lugares e à vida o mais próxima do que conheciam.
Vão à escola, a algumas actividades desportivas, e vêm para casa. Evitamos shoppings, supermercados e afins enquanto for possível. E vamos analisando um dia de cada vez, e tomando decisões à medida que as coisas surgem.
Com este regresso, voltaram os lanches para levar para a escola. Fui descobrir receitas antigas das coisas favoritas, mas também algumas novas, como estas bolachas que ficaram aprovadas, e são bastante simples e rápidas de preparar.

Ingredientes para cerca de 20 bolachas pequenas:

30g de farinha de coco
90g de flocos de aveia finos
60g de óleo de coco
60g de açúcar de coco
1 ovo

Preparação:

Misture a farinha de coco com o açúcar e os flocos de aveia. Abra um espaço no meio e junte o óleo de coco amolecido e o ovo, e misture bem até ficar incorporado. Leve ao frigorífico cerca de 30 minutos para que fique mais firme.Coloque a massa no frigorífico durante 30 minutos até estar firme.
Forme depois pequenas bolas, e depois achate-as com os dedos e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Leve ao forno previamente aquecido a 160ºC durante cerca de 15 minutos vou até que comecem a ficar tostadas nas pontas,
Retire, deixe arrefecer em cima de uma grade, guardando depois as bolachas já frias num frasco ou caixa fechada.

Bom Apetite!

Massa de Tarte Doce


Há básicos de que todos devemos ter uma boa receita. E as massas são daqueles básicos indispensáveis. Sejam massas de empadas, de rissois, de quiches, de massa tenra, de brioches, ou de tartes doces. E claro que as massas preparadas em casa, não têm nada a ver com as de compra. Valem todo o trabalho e tempo que lhes dedicamos. E que nem sempre é assim tanto. Neste caso bastam alguns minutos!
Esta é uma massa fantástica, muito simples de preparar e serve como base a tudo o que quiserem criar. Esta foi recheada com curd de limão e decorada com suspiros caseiros e frutos vermelhos. Combinação sempre vencedora!



Ingredientes:
(in “Back to Brilliance”, Donna Hay, pagina 220)

300g de farinha
175g de manteiga fria
1 gema de ovo
2 colheres de sopa de água fria
40g de açúcar

Preparação:

Coloque a farinha, o açúcar e a manteiga cortada em cubos  num robot de cozinha e misture até a mistura ficar com uma textura semelhante a migalhas finas. Com o robot ligado, junte a gema e a água e deixe a trabalhar até a massa se unir. Retire do robot, coloque numa superfície enfarinhada e amasse ligeiramente com as mãos até formar uma bola, que deverá achatar formando um disco.  Cubra com papel vegetal e com o rolo da massa estique  até a massa ficar com cerca de 3mm de espessura. Embrulhe no papel e leve assim ao frigorífico durante uma hora.
Retire do frigorífico, deixe à temperatura ambiente uns 5 minutos e depois de ser mais fácil de trabalhar forre com ela uma tarteira com cerca de 22 cm de diâmetro. Corte o excesso, pique o fundo e leve ao frigorífico mais 30 minutos.
Depois é usar a gosto. Pode colocar o recheio e cozinhar tudo junto no forno, ou cozer em vazio, que foi o que fiz.
Para isso, basta retirar a massa do frigorífico e forrar com papel vegetal e encher com algum peso (podem ser feijões secos, arroz …)
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos,  Retire o papel e os pesos, e cozinhra mais 15 minutos até a massa estar dourada.
Deixe arrefecer na forma antes de retirar e rechear a gosto!

Bom Apetite! 


Salada de Grão de Bico e Camarão


Uma salada que nasce de um aproveitamento de sobras. Grão cozido no frigorífico. O resto do camarão da petiscada do dia anterior. Sobras de salada de tomate do almoço. Um abacate maduro e 1 embalagem de mozarela fresca fizeram o resto.
A combinação tinha tudo para ficar bem. Mas é esta transformação de várias coisinhas que separadas eram pouco e se transformam depois em muito que me surpreende sempre de cada vez que aproveito as sobras e restinhos do frigorífico!
Fica a ideia de uma salada fresca para dias de calor e com cheirinho a férias.
Bem- vindo Julho!

Ingredientes para 2 pessoas:

250g de camarão cozido
200g de grão de bico cozido
1 tomate maduro
1 abacate maduro
200g de bolinhas de mozarela fresca
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
Vinagre q.b.

Preparação:

Escorra o grão de bico e coloque-o num travessa ou prato. Descasque o camarão e corte-o em pedaços mais pequenos e junte-ao ao grão de bico. Corte o tomate em cubinhos assim como o abacate e acrescente à salada. Escorra também as bolinhas de mozarela e, se preferir corte-as ao meio antes de juntar à salada.
Tempere depois com uma pitada de sal e pimenta, regue com um pouco de azeite e de vinagre. Envolva tudo suavemente e sirva de imediato.

Bom Apetite!

Sargos na Brasa com Molho de Azeite e Tomilho


Chega esta altura do ano, e a churrasqueira e as brasas quase que não têm paz ao fim de semana. São as sardinhadas, o peixe fresco na brasa, as churrascadas… Basta estes dias grandes de sol e o calor, que a vontade de se prepararem refeições ao ao livre e de se comer no jardim ou nas varandas, sejam elas grandes ou pequenas, é sempre o que dita a maioria das refeições.
Aqui em casa gostamos de variar o peixe, e sairmos da “santíssima trindade” do robalo, dourada, salmão… Desta vez os sargos que vieram no cabaz da peixinho da lota (www.peixinhodalota.pt) não eram muito grandes, mas estavam deliciosos e fizeram as delícias de todos!
Acompanhei com um molho de azeite muito simples, mas que gostamos muito de usar para “regar” o peixe grelhado aqui por casa!

Ingredientes para 4 pessoas:

4 sargos médios preparados e amanhados (já vem assim no cabaz do peixe)
sal q.b.

Molho de Azeite e Tomilho:

2 raminhos de tomilho fresco
125ml de azeite
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Prepare as brasas e tempere o peixe de sal. Grelhe depois os sargos (o objectivo é que o peixe não seque e se mantenha húmido e suculento). Também pode usar uma chapa ou grelha de fogão para grelhar o peixe ou até o forno.
Entretanto prepare o molho de tomilho e azeite. Num tachinho junte o azeite e os dentes de alho esmagados e triturados ou ralados com a ajuda de um ralador. Acrescente depois as folhinhas de tomilho e envolva bem. Tempere com um pouco de sal e pimenta e leve ao lume brando, sem deixar ferver, durante uns 5 minutos para o azeite ganhar sabor. Deixe depois em infusão.
Sirva o peixe com o molho ao lado para que cada um se sirva a gosto. Acompanhe com uma salada verde e com batatas cozidas ou salteadas.

Bom Apetite!

Imprimir