Almôndegas de Grão de Bico com Molho de Tomate Caseiro



Saiu mais uma receita sem carne nem peixe. Desta vez umas almôndegas de grão de bico, a lembrar uns falafel, mas com uma consistência diferente!

Ficaram muito boas, e o facto de serem assadas primeiro faz toda a diferença para não se desfazerem ao cozinhar. A ideia inicial era cozinharem diretamente no molho de tomate, mas percebi que não ia dar, e que ficava tudo uma papa. Portanto é mesmo fundamental cozinharem as almôndegas antes de as misturarem no molho.

Deixo esta sugestão para o fim de semana! Espero que gostem!


Para cerca de 20 almôndegas pequenas:


350g de grão de bico cozido e escorrido

1 ovo pequeno

100g de cenoura

50g de farinha de mandioca ou pão ralado

1 dente de alho

1/2 colher de chá de cominhos (opcional)

sal e pimenta q.b.

molho de tomate para servir*


Preparação:


No robot de cozinha coloque o grão de bico, o alho e a cenoura e triture até obter uma pasta homogénea. Junte depois o ovo e a farinha de mandioca ou o pão ralado e tempere com sal, pimenta e os cominhos e triture até obter uma espécie de pasta.

Forme depois bolinhas pequenas, do tamanho de nozes e coloque-as num tabuleiro com papel vegetal e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC com ventilação durante cerca de 20 minutos ou até ficarem douradas.

Sirva depois as almôndegas envolvidas com o molho de tomate e acompanhe com esparge ou noodles de courgete!


*Ingredientes para cerca de 350ml de molho de tomate:


1 lata pequena de  tomate pelado (ou 350gr de tomate maduro)

1 colher de sopa de azeite

sal e pimenta q.b.

1 cebola

2 dentes de alho

2 colheres de sopa de oregãos


Preparação:


Pique a cebola e os dentes de alho e leve ao lume juntamente com o azeite e deixe refogar um pouco. Acrescente depois o tomate pelado (e todo molho que se encontra na lata) e tempere de sal e pimenta e adicione os oregãos.

Deixe levantar fervura e reduza depois o lume deixando ferver mais 15 minutos.

Rectifique os temperos.


Bom Apetite!


Barritas de Sementes e Aveia com Chocolate



Ando sempre à procura de ideias para fazer algumas coisas para os miúdos, e quando vi esta receita no instagram da Teresa Cameira (https://www.instagram.com/p/CN1w8HVMBff/), achei que era perfeita!

A receita original da Teresa é com amêndoas laminadas, mas eu substituí pela aveia e resultou muito bem também!

Só não consegui uns quadradinhos tão lindos ao cortar e optei por “partir” com as mãos, e guardar os pedaços que de desfizeram  mais para comer como granola.

Mesmo assim, consegui uns belos pedaços rústicos de barrigas para colocar nas lancheiras dos pequenos.


Ingredientes:

a partir da receita da Teresa Cameira (https://www.instagram.com/p/CN1w8HVMBff/)


100g de sementes de girassol

100g de sementes de abóbora

100g de flocos de aveia grossos

60ml de mel

sal q.b.

50g de chocolate negro


Preparação:


Numa frigideira anti aderente levar as sementes e os flocos de aveia ao lume e deixar tostar até que as sementes começam a estalar e os flocos a dourar. Junte depois uma pitada de sal e o mel, e mexe constantemente até que tudo fique com uma bela cor dourada e caramelizada.

Coloque depois a mistura num tabuleiro pequeno forrado com papel vegetal e pressione bem com a ajuda de uma espátula. Deixe arrefecer completamente.

Corte depois em pedaços, ou parta com as mãos em pedaços rústicos. 

Derreta o chocolate e coloque um pouco sobre os pedaços das barritas.

Deixe solidificar o chocolate, e guarde depois num recipiente hermético no frigorífico.


Bom Apetite!


Solha no Forno com Azeite e Ervas Secas



Quando a receita é peixe, há sempre esta questão! Muitas pessoas a “queixarem-se” que não sabem que peixes comprar, e principalmente como cozinhar peixes diferentes. Na verdade é mais simples do que julgamos e às vezes é preciso sair da zona de conforto.

Cavalas ficam optimas em filetes e podem ser apenas cozinhadas na frigideira. Mas também são boas cozidas, depois de estarem temperadas “ao sal”. Os carapaus grelhados se forem grandes, com molho verde ou molho à espanhola, cortados à posta e fritos. E os mais pequenos, fritos, claro. Fanecas passadas por farinha de milho e fritas assim como postas de solha. Linguados grelhados com molho de manteiga, e se estivermos a falar de peixe maiores, como pargos, não há nada que enganar se os assarmos no forno.

As caldeiradas e cataplasmas são também formas de usarmos peixes como os ruivos, por exemplo.

Portanto é variar de douradas, robalos, pescada e salmão. E descobrir outros peixes, alguns deles até bastante económicos, e saber que fritar e no forno são sempre apostas ganhas.

Desta vez foi solha, e acabou no forno!


Ingredientes para 5 pessoas:


5 solhas médias sem cabeça e amanhadas

sal e pimenta q.b.

1 colher de sobremesa de alho em pó

1 colher de sopa de ervas secas variadas

azeite q.b.


Preparação:


Num pirex grande coloque as solhas. Tempere com sal, pimenta, o alho em pó, as ervas secas  e regue com o azeite (eu usei azeite picante, mas qualquer um serve)

Tape o pirex com papel de alumínio, de modo a que fique bem preso, e leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 35 minutos ou até o peixe estar cozinhado.

Sirva depois com batatinhas assadas ou cozidas e uma salda variada.


Bom Apetite!


“Friands” de Framboesas e Mirtilos



Os "friands" são bolinhos feitos de claras e amêndoas, portanto perfeitos para aproveitar claras e nasceram a partir da receita francesa dos "financiers". Na Australia a receita foi adaptada e ganharam o nome de "friands". Como adaptei a partir de uma receita do Bill Granger mantive o nome australiano.

A receita e excelente para aproveitamento de claras, e para variar das pavlovas que é o que faço habitualmente com as muitas claras que vou tendo. Ficam uns deliciosos bolinhos húmidos e muito saborosos por causa da amêndoa.


Ingredientes para 12 bolinhos:


150g de manteiga

125g de amêndoa picada em farinha (usei com pele)

100g de farinha 

250g de açúcar em pó

6 claras

1 colher de chá de essência de baunilha (opcional)

24 framboesas

24 mirtilos


Preparação:


Derreta a manteiga num tachinho e reserve.

Numa taça misture a farinha de amêndoa com a farinha e o açúcar em pó. Reserve.

Bata as claras em castelo e envolva depois cuidadosamente a mistura de farinha, amêndoas e açúcar. Acrescente depois a manteiga derretida e a essencia de baunilha e envolva cuidadosamente até estarem incorporado.

Unte depois se necessário 12 formas de queques e encham até cerca de 2/3 com a mistura anterior.

Coloque depois 2 framboesas e 2 mirtilos em cada forminha.

Leve ao forno previamente aquecido a 180°C durante cerca de 20 a 25 minutos, até ficarem dourados.

Retire e deixe arrefecer sobre uma grelha.


Bom Apetite!


Bolinhas de Alheira



Nada melhor do que um fim de semana de sol, e de poder aproveitar alguns momentos ao ar livre. Aproveitamos o domingo e fomos fazer um piquenique com os miúdos. Entre empadas, fruta e uns wraps, preparei umas deliciosas bolinhas de alheira que além de praticas ficaram deliciosas, e são um petisco saboroso. Já as estou a imaginar nas minhas tábuas nos jantares de petiscos com amigos ou nas festas! Saudades de poder receber pessoas à vontade!


Ingredientes para cerca de 14 bolinhas:


1 alheira

100g de queijo ralado (usei mozarela)

2 colheres de sopa de salsa picada

5 colheres de sopa de pão ralado + para panar


1 ovo batido


Preparação:


Retire a pele à alheira e coloque o “recheio” numa taça. Acrescente o queijo, a salsa picada e o pão ralado e amasse bem. Forme depois pequenas bolas do tamanho de nozes.

Passe-as depois pelo ovo batido e por mais pão ralado e leve-as a fritar em óleo quente até que fiquem douradas.

Deixe escorrer e sirva simples ou acompanhadas com mostarda ou outro molho da sua preferência.


Bom Apetite!

Bifaninhas de Porco com Espargos



Faço imensas vezes esta versão de bifinhos enrolados com espargos, e cheguei à conclusão de que nunca a tinha publicado aqui no blogue.

Uma versão muito simples e rápida. perfeita para os jantares mais rápidos da semana, e que ficam além de deliciosos, com um aspecto muito bonito.

Desta vez fiz com bufarinhas de porco, mas resultam bem com qualquer tipo de carne, bife de vaca e peito de peru são outras das alternativas.

E, como votos de um bom fim de semana, deixo esta simples receita!


Ingredientes para 4 pessoas:


8 espargos verdes

8 bifaninhas cortadas finas

sal e pimenta q.b.

sumo de limão q.b.

100ml de vinho branco

2 dentes de alho

1 folha de louro


Preparação:


Tempere as bifanas com sal, pimenta, sumo de limão o alho laminado e a folha de louro e deixe amainar de um dia para o outro ao algumas horas.

Prepare depois os espargos. Descarte a parte fibrosa do caule, e descasque um pouco o pé com um descascados de batata. (Se os espargos forem muito grossos poderá escalar uns minutos em água a ferver, mas eu não tive esse necessidade)

Cuidadosamente enrole cada bifana à volta do espargo, de modo a que se vejam as pontas do mesmo, e coloque num tabuleiro ou pirex. Regue com a marinada.

Tape o pirex com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 35 minutos ou até a a carne estar cozinhada e suculenta.

Sirva com arroz e legumes.


Bom Apetite!

Cogumelos Recheados com Bolonhesa de Atum



Das coisas rápidas e muito versáteis e que desenrascam refeições é a bolonhesa de atum. Na despensa habitam sempre duas ou 3 latas quer de atum, quer de tomate pelado, portanto rapidamente se faz qualquer coisa.

Desta vez aproveitei para rechear uns cogumelos grandes e assim lá saiu o jantar! Os miúdos não gostam muito de cogumelos, mas ou recheio tomate para eles, ou  para eles sirvo a bolonhesa de atum assim simples apenas com arroz branco!


Ingredientes para 4 pessoas:


1 lata de tomate pelado das pequenas

1 cebola

2 dentes de alho

1 folha de louro

sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de oregãos

1 colher de sopa d mistura de ervas secas a gosto

azeite q.b.

3 latas de atum em azeite


4 cogumelos grandes

queijo parmesão q.b.


Preparação:


Pique finamente a cebola com os dentes de alho e leve ao lume numa frigideira com 1 colher de sopa de azeite  e deixe refogar um pouco. Acrescente depois o louro e o tomate pelado e envolva bem deixando levantar fervura. Acrescente o atum escorrido, os óregãos e as restantes ervas secas e tempere de sal e pimenta. Envolva bem e deixe cozinhar em lume brando até estar apurado.

Entretanto retire os pés aos cogumelos (guarde-os depois para saltear num arroz, por exemplo) e limpe-os os lave-os bens. Coloque os cogumelos num tabuleiro ou pirex e tempere com um fio de azeite e um pouco de sal e pimenta e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante uns 20 minutos, até os cogumelos ficarem macios,

Retire-os depois do forno e recheie-os generosamente com a bolonhesa de atum e termine com uma camada generosa de parmesão ralado na hora.

Leve novamente ao forno já quente, durante alguns minutos apenas para derreter o queijo e tostar ligeiramente.

Sirva com arroz branco e uma salada a gosto.


Bom Apetite!


Bolachinhas Fofas de Maçã e Canela



A ideia começou por fazer mais umas bolachinhas para os lanches dos miúdos. Queria usar maçãs - daqueles que ficam por aqui, ratadas pela Benedita e que gosto de aproveitar nestas coisas. 

Em vez de usar uma receita antiga, deu-me para inventar umas bolachinhas que não são crocantes, são macias e mais fofas, e ficam com um aspeto tosco e feias, mas muito saborosas, Fiz pequeninas e rendeu imensas, e têm ido todos os dias para a lancheira e com muitos elogios.


Ingredientes para cerca de 35 bolachinhas pequenas


2 maçãs

100g de manteiga

80g de açúcar de coco

1 ovo

300g de farinha

1/2 colher de chá canela

1/2 colher de chá de fermento em pó


Preparação:


Descasque as maçãs e retire o caroço. Rale-a ou triture no robot de cozinha. Junte no robot de cozinha ou com a batedeira a manteiga e o açúcar e misture tudo com a maçã até obter uma espécie  de creme. Junte depois o ovo e bata mais um pouco.

Acrescente a farinha, com a canela e o fermento em pó e junte à mistura anterior, misturando bem.

Coloque depois colheradas de massa de maçã num tabuleiro forrado com papel vegetal, devidamente espaçadas,  e leve ao forno previamente aquecida a 180ºC durante 15 a 20 minutos. Retire depois para um grelha e deixe arrefecer completamente.

Ficam um misto entre bolachas e biscoitinhos fofos.

Depois de frias guarde num recipiente hermético.


Bom Apetite!


Couve Mineira, Farofa e Vinagrete (Acompanhamentos de Churrasco ou Picanha)



Uma das coisas que faço algumas vezes cá em casa, todos adoram e que é muito pratica de cozinhar para muita gente, é picanha ao sal (receita aqui: http://paracozinhar.blogspot.com/2012/01/picanha-assada-ao-sal.html) E quando o faço, sirvo com todos os acompanhamentos a que temos direito: arroz, batata frita, banana frita, feijão preto, mas também vinagrete, couve mineira e farofa.

Ainda que não sejam feitas como as verdadeiras versões brasileiras, são como eu faço habitualmente aqui por casa, e como tantas vezes me pedem a receita, pelo que deixo aqui ficar!

Além de acompanharem a picanha ao sal ou a picanha grelhada, também fica óptimo com  o tradicional e habitual churrasco.


Para 4 pessoas:


Couve Mineira:


Pique 2 dentes de alho e leve ao lume a alourar com um pouco de azeite. Junte também cerca de 100g de bacon em cubinhos e deixe alourar um pouco, Acrescente depois 300g de couve de caldo verde crua envolva bem no refogado e tempere de sal e pimenta. Deixe cozinhar bem em lume brando, mexendo de vez em quando, até a couve estar cozinhada. Se necessário acrescente 1 ou 2 colheres de sopa de água à couve para ajudar a cozinhar, principalmente se esta for muito rija.


Farofa:


Leve dois dentes de alho e um pouco de azeite ao lume numa frigideira. Quando o alho começar a alourar, junte cerca de 125g de farinha d mandioca e envolva bem no azeite. Sempre com uma pitada de sal, e mexendo de vez em quando, deixe cozinhar até a farinha “torrar”, ou seja ficar bem douradinha.


Vinagrete:


Corte 1 tomate em cubinhos pequenos, 1/2 cebola roxa também finamente picada, 1/2 pimento vermelho e coloque tudo numa taça. Junte depois azeite e tempere de sal, pimenta e junte o vinagre. Envolva bem.


Bom Apetite!

Massada Rapida de Aproveitamento



Sou daquelas pessoas que congela quase tudo e que usa o congelador a seu favor. Além de aproveitar tudo para fazer, sempre ue possível novas refeições, em vez de apenas aquecer sobras e restinhos.

Há algumas coisas, como ter caldos caseiros congelados, que fazem muitas vezes a diferença do que com cozinhar. Por exemplo, sobrou frango assado ou grelhado, e faço um arroz de frango que fica ainda mais delicioso, porque uso caldo de frango que tenho congelado para cozer o arroz. Ou sobra peixe, e eu faço arroz de peixe usando caldos também congelados. Ou rapidamente um risotto com caldo de legumes…É uma vantagem a nível de sabor estas pequenas coisas. Se puderem, congelem sempre as sobras de caldos que possam ter de outras coisas - ou se tiverem tempo e vontade - façam os vossos próprios caldos, e congelem para depois poderem usar para dar uma nova vida aos vossos restos.

Foi assim que nasceu esta maçada de peixe. Sobras de filetes de pescada feita no forno com molho de tomate. E apenas juntando caldos caseiros congelados, toda a diferença num passada que ficou deliciosa.


Ingredientes para 4 pessoas: 


350g de sobras de peixe limpo de peles e espinhas 

4 colheres de sopa de molho de tomate caseiro (ou polpa ou tomate em pedaços)

1 cebola

2 dentes de alho

1 folha de louro

500ml de caldo de camarão caseiro

300ml de caldo de peixe caseiro

300g de massa cotovelinhos

sal e pimenta q.b.

coentros ou salsa fresco q.b.

azeite q.b.


Preparação:


Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os a refogar juntamente com 1 colher de sopa de azeite e a folha de louro.

Assim que começar a alourar, junte o molho de tomate ou o tomate,  os caldos de peixe e camarão, retifique de sal e pimenta e deixe levantar fervura.

Junte depois a massa, e deixe cozinhar ate ficar al dente ou a seu gosto. Se necessário junte mais caldo ou água. Assim que a massa esteja cozinhada, junte o peixe, sem o desfazer muito e deixe só que volte a levantar fervura.

Acrescente a salsa ou coentros picados e sirva de imediato.


Bom Apetite!


Salmão na Frigideira com Vinho Branco e Limão



Enquanto o tempo não é o nosso melhor amigo e nos deixa o sol para os fins de semana e nos permite viver mais no nosso jardim e na nossa churasqueira, com peixinho ou carne grelhada e saladas variadas e coloridas, vamos preparando outras receitas.

Desta vez um salmão que ficou delicioso e que se faz quase tão depressa como a versão grelhada. Mas desta vez na frigideira para variar!


Ingredientes para 4 pessoas:


4 postas de salmão

1 limão

sal e pimenta q.b.

2 dentes de alho

150ml de vinho branco

azeite q.b.


Preparação:


Tempere o salmão com sal, pimenta e umas gostas de sumo de limão. Reserve.

Leve depois uma frigideira ao lume com cerca de duas colheres de sopa de azeite. e deixe aquecer um pouco. Junte depois as postas de salmão e os dentes de alho laminados e deixe alourar o salmão dos dois lados, Junte depois o vinho branco, cubra com os rodelas de limão e deixe o salmão acabar de cozinhar e o vinho evaporar, cerca de 10 minutos em lume brando.

Sirva com batatinhas legumes cozidos.


Bom Apetite!


Estufadinho de Feijão Branco com Frango





Também ando com aquela sensação de que estamos sempre a comer a mesma coisa, e parece que também é cada vez mais difícil variar na ementa semanal cá de casa, principalmente quando tentamos conjugar o jantar com 3 pessoas que almoçam fora de casa todos os dias, em ementas que eu não posso controlar e que são todas diferentes. Há sempre quem reclame que comeu massa na escola ao almoço, ou que ainda ontem comeu frango, mas fazemos que podemos.

Há uma semanas tinha cozido feijão branco que recebi no cabaz da Dona Rosa e estava congelado. Tinha peito de frango e a ideia de fazer um estouradinho de feijão foi imediata. Uma espécie de “feijoada” de frango.

Foi apreciado por todos, sem reclamações, o que é sempre bom!


Ingredientes para 4 pessoas:


700g de feijão branco cozido

500g de peito de frango

1 folha de louro

1/2 pimento vermelho

1 cebola

2 dentes de alho

1 raminho pequeno de salsa

sal e pimenta q.b.

azeite q.b.

sumo de limão q.b.


Preparação:


Corte o peito de frango em cubos e tempere de sal, pimenta e um pouco de sumo de limão. Reserve

Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os a alourar numa caçarola ou tacho com duas colheres de sopa de azeite e a folha de louro. Assim que a cebola começar a ficar lourinha, junte o pimento em cubos e o frango reservado, envolva bem e deixe saltear uns minutos.

Acrescente depois o feijão branco e rectifique os temperos. Tapa e deixe cozinhar em lume brando cerca de 10 minutos até acabar de cozinhar o frango e apurar os temperos.

Acrescente a salsa picada.

Sirva com arroz branco.


Bom Apetite!


Bolachinhas de 4 Ingredientes (Banana e Aveia)



Na lancheira vão sempre miminhos que eles gostam. O Zé te lanche na escola, mas é sempre pão e leite/iogurte. Gosto de enviar na lancheira outros mimos para variar e complementar o normal que lhe é oferecido todos os dias.

Deixo-o gerir o que come e quando come de acordo com o que lhe apetece. Umas vezes come tudo, outros deixa imensas coisas, mas deixo-o sempre fazer essas escolhas.

Entre bolinhas de energia, pãezinhos de leite, bolachas, scones, fruta, legumes, frutos secos, queijo, tostinhas ou bolachas de arroz, a variedade pode ser muita.

Das ultimas coisas que enviei foram estas bolachas que nasceram para gastar umas bananas muito maduras.


Ingredientes para 12 bolachas


2 bananas pequenas maduras  (bananas da Madeira)

10 colheres de sopa de flocos de aveia grossos

1 colher de sopa bem cheia de manteiga de amêndoa (podem substituir por amendoim ou óleo de coco)

50g de chocolate 70% cacau


Preparação:


Esmague as bananas e adicione os flocos de aveia e a manteiga de amêndoa mexendo bem. Acrescente depois o chocolate partido em pequenos pedaços e envolva mais uma vez.

Forre um tabuleiro com um tapete de silicone  e forme depois pequenas bolinhas que depois espalma.

Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 12 minutos.

Retire e deixe arrefecer sobre uma grelha.

Guarde depois numa caixinha e consuma em 4 ou 5 dias.


Bom Apetite!


Filetes de Pescada no Forno com Molho de Tomate



Adoro semanas que começam com tudo planeado e organizado. Seja a lista de tarefas, o planeamento do trabalho, ou a meal prep.

A mealprep - ou seja a organização de planeamento das refeições da semana - é importante para mim, porque é uma algo que depois de planeado e preparado não me ocupa mais a semana, e fica logo resolvido.

É por isso que gosto tanto de planeamento e organização, porque algumas coisas do meu dia ficam logo “resolvidas” e deixam-me tempo para me dedicar à seguinte, sem ter de voltar a “preocupar” com o que já está resolvido.

Desta semana e do planeamento das refeições, saiu na minha ementa uns filetes de pescada no forno com molho de tomate, até como forma de usar ingredientes disponíveis no frigorífico.


Ingredientes para 4 pessoas:


600g de filetes de pescada (usei congelados)

sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de azeite


Molho de tomate caseiro ou de compra (ver receita aqui: http://paracozinhar.blogspot.com/2010/08/back-to-basic-4-molho-de-tomate-rapido.html)

1 colher de sopa de órgãos


Preparação:


Depois de descongelar os filetes de peixe, deixe escorrer bem e  coloque-os numa assadeira ou pirex numa camada só. Tempere de sal, pimenta e regue com um fio de azeite. Verta depois o molho de tomate sobre os filetes, de modo a cobrir todos os filetes, e polvilhe depois com óregãos secos.

Tape com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos até os filetes estarem cozinhados,

Sirva com acompanhamentos a gosto.


Bom Apetite!

Noddles de Courgete com Bolonhesa de Atum e Parmesão



Aqui em casa temos um tradição, que nem sei bem como começou… O almoço de sexta feira santa, é sempre com atum, na maioria das vezes uma versão mais ou menos melhorada de massa com atum.

Este ano, não foi diferente, e na sexta feira Santa, fiz uma bolonhesa rápida de atum à qual depois juntei uns noodles de courgete (para mim) e massa para eles, cobri com um pouco de parmesão e levei a grazinar rapidamente uma vez que tinha o forno ligado porque estava a fazer folares.

Aqui fica a sugestão para mais esta segunda feira!


Ingredientes:


Bolonhesa de Atum:


1 lata de tomate pelado das pequenas

1 cebola

2 dentes de alho

1 folha de louro

sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de oregãos

1 colher de sopa d mistura de ervas secas a gosto

azeite q.b.

3 latas de atum em azeite


noddles de courgette ( courgette crua espiralizada com um utensílio próprio)

queijo parmesão q.b.


Preparação:


Pique finamente a cebola com os dentes de alho e leve ao lume numa frigideira com 1 colher de sopa de azeite  e deixe refogar um pouco. Acrescente depois o louro e o tomate pelado e envolva bem deixando levantar fervura. Acrescente o atum escorrido, os óregãos e as restantes ervas secas e tempere de sal e pimenta. Envolva bem e deixe cozinhar em lume brando até estar apurado.

Num recipiente que possa ir ao forno e à mesa, coloque os noodles de courgete ( eu coloco crus, mas se preferir poderá saltear  ligeiramente primeiro com um pouco de azeite).

Por cima disponha a bolonhesa de atum, envolvendo bem  e termine com uma camada generosa de parmesão ralado na hora.

Leve ao forno já quente, com grilo, durante alguns minutos apenas para derreter o queijo e tostar ligeiramente.

Sirva com uma salada a gosto.


Bom Apetite!


As minhas receitas favoritas para a Páscoa 2021



A Páscoa voltará a ser diferente. Mas mesmo assim há coisas que não quero que mudem. Poderei não ter o convívio familiar, o almoço de padrinhos e afilhados e tantas outras coisas, mas não faltarão outras tradições como o cabrito ou borrego à mesa, os folares para dar aos padrinhos e tios, e uma pequena caça aos ovos que já fizemos também o ano passado. Será diferente mas trará também memórias.

E ficam aqui as receitas que raramente falham na minha páscoa!


Folares de Páscoa:


Bolo de Páscoa: http://paracozinhar.blogspot.com/2020/04/bolo-de-pascoa-e-pascoa-possivel-para.html


Folares da minha avó: http://paracozinhar.blogspot.pt/2007/04/folar-de-pscoa.html


Almoço mais tradicional:


Trança Salgada: http://paracozinhar.blogspot.com/2019/04/tranca-salgada-de-pascoa.html


Cabrito ou Borrego Assado: http://paracozinhar.blogspot.com/2007/08/borrego-assado.html


Pão de Ló Molhadinho: http://paracozinhar.blogspot.com/2013/03/pao-de-lo-molhadinho-moda-de-ovar-com.html


Amêndoas Torradas: http://paracozinhar.blogspot.com/2011/05/amendoas-torradas.html


Tarte Caramelizada de Amêndoa: http://paracozinhar.blogspot.com/2018/10/tarte-caramelizada-de-amendoa.html


Bom Apetite!


Imprimir