Queijadinhas de Castanhas



Quem gosta de castanhas? Aqui em casa, tanto o marido como os filhos gostam muito de castanhas, principalmente assadas, como faço mais. Eu confesso que não ligo muito, e passo bem sem as comer.

No domingo passado voltamos a assar castanhas e sobrou uma boa quantidade. Foi a desculpa perfeita para estas queijadinhas de castanhas. Já sabem que quando sobrarem, descasquem logo, apenas porque se descascam melhor antes de arrefecerem completamente, guardem num recipiente hermético, e assim que possível façam estes bolinhos que não se vão arrepender!

Pode ser até já este fim de semana!!


Ingredientes para 12 unidades


200g de castanhas cozidas ou assadas (pesadas sem cascas)

80g de açúcar

4 ovos

1 colher de chá de canela em pó

1 colher de chá de fermento em pó


Preparação:


No robot de cozinha ou liquidificadora coloque as castanhas cozidas ou assadas  e triture até obter uma espécie de uma pasta.

Junte depois o açúcar, os ovos, a canela e o fermento e triture até obter uma mistura homogénea.

Divida depois por forminhas individuais - se necessário unte-as e polvilhe-as antes - e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15-20 minutos.

Depois de desenformar deixe arrefecer sobre uma grelha!


Bom Apetite!


Chilli Vegetariano com Cogumelos e Nozes



As refeições sem carne nem peixe vão sendo feitas regularmente aqui em casa. São tão populares e por vezes são opções de que gostamos tanto, que muitas vezes as incluo nos workshops que vou fazendo também como forma de incentivar este tive de refeições.

Esta receita fez parte dos workshops de outono, mas era uma pena não a partilhar aqui também para memória futura.

Vale muito a pena experimentarem.


Ingredientes para 4 pessoas:


1 cebola

1 lata de tomate pelado

120g cogumelos

1 lata grande de feijão cozido

1 cenoura média ralada

125g de nozes ou amêndoas picadas grosseiramente

1 colher de chá paprika fumada

 água q.b.

2 folhas de louro

azeite virgem q.b.

sal e pimenta q.b.

1 colher de chá de cominho

1 malagueta fatiada (opcional)

1/2 abacate fatiado (opcional)


Preparação:


Num tacho em lume médio salteie a cebola previamente picada juntamente com  fio de azeite e adicione a paprika fumada. Adicione de seguida os cogumelos cortadas vou laminados e deixe saltear alguns minutos.

Adicione depois o tomate pelado, o feijão, a cenoura, as folhas de louro e envolva bem. De seguida junte um pouco de água e tempere com uma pitada de sal e pimenta e os cominhos.

Tape, deixe levantar fervura e cozinhe entre 15-20 min ou até parte da água ter evaporado e ter um molho ligeiramente cremoso. Se sentir que está muito aguado destape e aumente o lume, se estiver seco adicione mais água .

Ajuste os temperos e adicione as nozes ou amêndoas, envolvendo bem.

Fatie a malagueta e o abacate (opcional), disponha por cima e sirva com o Pão de Milho.


Bom Apetite!

Papas de Aveia com Banana e Cacau



Chega esta altura do ano e o pequeno almoço favorito dos miúdos são papas de aveia ainda quentinhas. Faço sempre várias versões e vou variando os sabores. Mas neste momento estas são as vencedoras aqui de casa!

Ingredientes para 2 a 3 pessoas:


500ml de bebida vegetal de aveia sem adição de açúcar

60g de flocos de aveia finos

1 colher de sopa bem cheia de cacau cru em pó

2 bananas 

1 colher de chá de canela em pó

xarope de acer ou mel para servir


Preparação:


Coloque o leite, o cacau, a canela e os flocos de aveia num tacho e leve ao lume. Vá mexendo, em lume brando, até que a mistura fique cremosa, mais ou menos uns 10 minutos. Esmague ou triture uma das bananas e misture à papa de aveia deixando cozinhar mais um pouco.

Divida depois a mistura pelas taças. Termine com rodelas de outra banana e um fio de mel ou xarope de acér.

Sirva ainda quentes.


Bom Apetite!


Frango “Borboleta” Assado com Alecrim e Laranja



A receita de hoje serve também como dica. Como todos sabemos, nem sempre temos muito tempo disponível na hora de jantar para fazer grandes cozinhados. E o forno, apesar de ser um grande aliado, é também uma forma de cozinhar que, principalmente com carnes, requer mais tempo.

Uma forma de fazer frango inteiro assado de forma mais rápida, é abrir em borboleta - ou usar aqueles frangos abertos para “churrasco”. A forma mais correta é mesmo abrir o frango pelas costas, cortando o osso das costas com uma boa tesoura. Assim temos um frango “borboleta” e podemos proteger o peito de frango para que fique mais suculento. (O que não acontece com o frango para “churrasco” que compramos no supermercado, que é cortado pelo peito. Mas também resolve!)

Depois é temperarem a gosto. e acreditem que cozinha mesmo mais rápido!


Ingredientes para 4 pessoas:


1 frango cortado em “borboleta” ou frango para “churrasco” conforme explicado no texto acima

1 laranja

sal e pimenta q.b.

alecrim fresco q.b.

alho em pó


Preparação:


Coloque o frango já aberto numa assadeira ou pirex e tempere com sal, pimenta e alho em pó.

Corte a laranja em rodelas e disponha algumas rodelas por baixo e outras por cima do frango, assim como uns raminhos de alecrim fresco. Tape depois com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 1 hora. Ao fim desse tempo retire o papel e deixe alourar aumentando a temperatura do forno.

Sirva com acompanhamentos a gosto.


Bom Apetite!


Triffle de Bolo de Chocolate e Caramelo Salgado (Aproveitamento)



Na altura dos aniversário dos miúdos, fiz uma espécie de um “triffle” para aproveitar as sobras de um bolo de aniversário e chocolate e o respectivo recheio.

A sobremesa ficou melhor que o bolo em si. E apesar de ser um aproveitamento de coisas, é uma óptima maneira de se aproveitarem sobras de bolos ou bolos secos e até restos de bolos que se possam ter congelados em casa.

Numa altura em que estamos a entrar na época das festas, não queria deixar de dar a devida importância a esta receita, porque pode ser a resposta que muitos de nós precisamos para nos livrarmos de sobras de bolos e de transformar bolos em novas sobremesas que voltam a encantar e a a ser o centro das atenções da mesa.

Basicamente podem juntar sobras de bolos com cremes, compota deslaçada, framboesas ou morangos, chocolate ou sobras de mousse, buttercream, caramelo, curd. Não é uma receita para fazer de raiz, mas sim para usarem quando têm estas sobras para gastar. E basta terminar tudo com natas batidas. 

Usem o que tiverem em casa e deixem bonito, porque os olhos também comem!


Ingredientes:


sobras de bolo de chocolate partido em pedaços

sobras de molho de caramelo cremoso

sobras de creme de cacau (recheio do bolo de chocolate)

200ml de natas

açúcar em pó q.b.

framboesas frescas


Preparação:


Comece por bater as natas em chantilly juntamente com 1 ou 2 colheres de sopa de açúcar em pó. Reserve.

Numa taça, de preferência de vidro transparente coloque uma camada de bolo partido em pedaços. Por cima disponha creme de cacau e molho de caramelo cremoso e por cima disponha  algumas framboesas frescas (podia ser compota) e uma camada de natas. Cubra com mais bolo, e mais creme de cacau e de molho de caramelo e por fim mais uma camada de natas. Termine com as framboesas e leve ao frigorífico até servir!


Bom Apetite!

Bolo de Tangerina sem Glúten



Véspera de fim de semana é sempre a altura ideal para um bolinho a sair do forno. Principalmente nesta altura do ano em que os dias são mais pequenos e que já apetece  passar o final da tarde do fim de semana em casa com a lareira acesa e a manta nas pernas enquanto se bebe chá e se come uma fatia de bolo ainda morno.

O meu fim de semana não vai ter muito disso, mas fica a sugestão!


Ingredientes para 1 bolo pequeno:

4 ovos

50ml de azeite

100g de açúcar mascavado

1 tangerina inteira cortada em quartos

50g de farinha de arroz

50g de farinha de aveia

50g de amêndoas inteiras

50g de fécula de batata

1 colher de chá de fermento em pó


Preparação:


No robot de cozinha ou no liquidificado colocar os ovos, o açúcar, a tangeria em quartos (com casca) as farinhas, a amêndoa e o fermento. Juntar também o azeite e triturar bem até obter uma mistura homogénea.

Colocar a mistura numa forma pequena previamente untada e polvilhada com farinha e levar ao forno pre aquecido a 180ºC durante cerca de 35 minutos ou até estar cozinhado.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer sobre uma grelha.


Bom Apetite!


Arroz com Lombinhos de Pescada e Espinafres



Há dias em que é mesmo preciso desenrascar uma refeição simples para o jantar. Não há tempo para fazer o planeado, ou simplesmente porque não planeamos ou até naqueles fins de semana em que no meio de tantas outras coisas são quase horas de jantar e estamos sem ideias.

Quem por aqui anda há mais anos sabe que sou apologista de algumas soluções de congelador, e uma delas são os lombinhos de pescada, que rapidamente resolvem uma refeição.

Desta vez, foi em forma de arroz e com uns espinafres que havia no frigorífico.


Ingredientes para 4 pessoas:


8 lombinhos de pescada (ou medalhões ou semelhante)

1 cebola pequena

2 dentes de alho

1 colher de sopa de mistura de ervas secas

azeite q.b.

sal e pimenta q.b.

1 folha de louro

150g de espinafres baby frescos

1 chávena de arroz carolino


Preparação:


Pique finamente a cebola juntamente com os dentes de alho e leve ao lume num tacho juntamente com 2 colheres de sopa de azeite. Deixe começar a refogar e acrescente o arroz, o louro e a mistura de ervas. Envolva bem. Junte depois 2,5 chávenas de água e tempere de sal e pimenta. 

Deixe levantar fervura e introduza os lombinhos de pescada. Reduza o lume para o mínimo, tape e deixe coizinhar cerca de 15 minutos. Junte depois os espinafres e envolva bem, deixando cozinhar mais 1 ou 2 minutos até os espinafres murcharem e o arroz estar cozido.

Sirva de imediato.


Bom Apetite!


Ketchup de Beterraba



Já foi há algumas semanas que preparei esta Ketchup de beterraba, inspirada por um publicação da Joana Limão (https://www.instagram.com/joanamlimao/). Uma versão e Ketchup diferente, mas que ficou lindamente  com uns nuggets caseiros de frango, e uma outra maneira de aproveitar as beterrabas que não têm assim tanto consenso aqui em casa.

Deixo-vos a sugestão!


Ingredientes para 1 fresquinho:


1 beterraba média previamente assada (ou cozida)

1 cebola pequena

2 dentes de alho

50ml de vinagre de cidra

50ml de xarope de acer

sal e pimenta q.b.

cominhos q.b.

azeite q.b.


Preparação:


Corte a beterraba já assada ou cozida em pedaços, e coloque num tacho. Pique a cebola e junte-a à beterraba, assim como os dentes de alho picados, um fio de azeite, o vinagre, o xarope de acer. Envolva bem e tempere de sal, pimenta e os cominhos.

Leve ao lume brando e deixe estufar tapado cerca de 45 minutos.

Ao fim desse tempo, coloque  mistura no liquidificado ou no copo da varinha mágica e triture tudo até obter uma mistura homogénea,

Sirva como um outro qualquer Ketchup - com batatas, nuggets, …. - e guarde depois num frasco hermético no frigorífico ou congele.


Bom Apetite!

Guacamole



É talvez das coisas que faço com maior regularidade para os nossos lanches ajantarados descontraídos de fim de semana. Desde que tenha abacates, e eles estejam no ponto, lá sai um guacamole com uns nachos de milho.

Esta poderá não sei a verdadeira forma de preparar guacamole, mas é uma das nossas preferidas, sendo que por aqui raramente colocamos malagueta ou picante.


Ingredientes:


2 abacates no ponto

1/2 cebola roxa pequena

1 tomate maduro pequeno

sal e pimenta q.b.

1 molhinho de coentros frescos picados

sumo de limão ou de lima q.b.


Preparação:


Abra os abacates e retire a polpa. Com a ajuda de um garfo, esmague os abacates e coloque numa taça. Tempere de sal, pimenta e sumo de lima ou limão.

Acrescente depois a cebola e o tomate finamente picados, assim como os coentros. Envolva tudo e ratifique os temperos ajustando-os a seu gosto.

Sirva polvilhado de coentros e acompanhe com nachos de milho.


Bom Apetite!


Bolachas de Banana, Passas e Farinha de Aveia



São sempre precisas novas ideias e sugestões para as lancheiras dos miúdos. E, como em todas as casas, o que tantas vezes dita o que se vai fazendo são os ingredientes que estão a precisar de serem gastos.

Aqui em casa tanto andam numa de só quererem bananas, como noutras semanas quase que nem as comem. E quando isso acontece, lá ficam as bananas a amadurecer, e há que as usar em bolos, nas papas de aveia, em panquecas…

Desta vez voltamos a usar numas bolachas rápidas e que ficaram deliciosas!


Ingredientes para 12 bolachas


3 bananas maduras

1 ovo

150g de farinha de aveia

75g de passas


Preparação:


Esmague muito bem as bananas e misture o ovo. Junte depois a farinha de aveia, de modo a ficar com uma mistura homogénea. Junte depois as passas e misture.

Forre um tabuleiro com papel vegetal ou um tapete de silicone e forme montinhos mais ou menos do mesmo tamanho.

Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC e deixe cozinhar cerca de 20 minutos até as bolachinhas estarem cozinhadas.

Deixe arrefecer sobre uma grelha e guarde num recipiente hermético até 5 dias.


Bom Apetite!


Snack de Diospiro e Queijo Quark



Um snack, lanche a meio da tarde, uma espécie de sobremesa para usar os diospiros desta altura do ano. Para mim, quase me sabe a sobremesa, mas se gostam de dióspiros não deixem de experimentar.

Pessoalmente prefiro com queijo quark, mas também fica bem com iogurte grego ou natural e até com queijo fresco batido!


Para 1 pessoa:


100g de queijo quark magro

1 Dióspiro médio 

Canela em pó q.b.

5 Amêndoas laminadas (opcional)


Numa taça coloque o queijo quark. Junte o Dióspiro em pedaços (pode deixar a casca) e polvilhe com a canela e as Amêndoas laminadas.

Coma de seguida.


Bom Apetite!


Pão de Milho (Cornbread)



Não é bem um pão. Mas também não é bem um bolo. Os americanos usam o pão de milho como acompanhamento de pulled pork, carne assada, chillis e ate sopas e churrascos.

Apesar de não fazer parte das nossas refeições, é uma maneira de variar as refeições e de trazer um elemento surpresa, até a uma tábua de queijos! O facto de ser ligeiramente adocicado casa muito bem nestas combinações. E como temos o “thanksgiving” à porta, para quem gosta de aproveitar até as datas festivas estrangeiras para experimentar receitas novas, é uma excelente oportunidade para uma receita diferente!


Ingredientes:


175g de farinha de milho

125g de farinha de trigo ou espelta

45 g de açúcar

sal q.b.

1colher de sopa de fermento em pó

250ml de leite

1 ovo

50 g de manteiga derretida e arrefecida


Preparação:


Numa taça coloque a farinha de milho, a farinha de trigo, o açúcar o sal e o fermento. Misture bem.

Noutro recipiente misture o leite e o ovo. Verta depois esta mistura sobre a farinha e misture bem. Por fim adicione a manteiga.

Coloque depois a mistura numa forma untada ou forrada com papel vegetal - pode também colocar em forminhas de queques para pãezinhos individuais e leve a cozinhar em forno previamente aquecido a 200ºC durante cerca de 20 minutos.

Deixe arrefecer um pouco antes de servir, mas sirva ainda mornos.


Bom Apetite!

Chilli Com Carne (versão Rápida)



Mais uma receita rápida e perfeita para os jantares da semana em que podem dar outra utilidade à bolonhesa. Desta vez numa espécie de um chilli que, tendo a carne cozinhada e o feijão cozido se prepara em minutos, Cá em casa os miúdos adoram e faz sempre sucesso!

Ingredientes para 4 pessoas:


350g de bolonhesa caseira (de carne de vaca )

250g de feijão preto cozido

150g de tomate cereja

1/2 pimento verde

coentros frescos picados

1 colher de chá de cominhos em pó


para servir: gracamole, alface e nachos de milho ou batatas fritas


Preparação:


Leve um tacho ou frigideira ao lume com a bolonhesa e acrescente o feijão cozido e os cominhos. Mexa bem e deixe ferver dois ou três minutos. Se gostar acrescente também um pouco de malagueta em flocos ou fresca.

Corte os tomatinhos ao meio, corte o pimento em cubinhos e pique os coentros e use-os para colocar sobre o chilli.

Sirva depois com a alface, o gacamole e os machos de milho. Também poderá servir com arroz!


Bom Apetite!

Gallete de Aveia com Maçã



Para quem procura versões de massa para uma galette sem glúten e sem laticínios, esta pode ser uma excelente opção. Tenho usado em diferentes receitas desde galete de figos, maçã, pera e marmelos… e até em versões salgadas, omitindo a colher de açúcar.

Para quem não tem a preocupação do glúten, podem juntar farinha normal em vez de farinha de arroz e manteiga ou azeite em vez de óleo de coco.


Ingredientes para 4 a 6 pessoas:


Massa:

150g de flocos de aveia finos

60g de farinha de arroz ou normal

50g de óleo de coco ou azeite

1 colher de sopa de açúcar

1 ovo

2 colheres de sopa de bebida vegetal


Recheio:

500g  de maçãs previamente descascadas e sem caroço

1 colher de chá de canela

1 colher de sopa de farinha (pode ser normal ou de arroz)

2 colheres de sopa de açúcar


Preparação:


Comece por preparar a massa da galette. Num robot de cozinha ou processador de alimentos coloque os flocos de aveia, a farinha de arroz e triture até obter uma mistura fina tipo farinha.  Junte depois o óleo de coco, o ovo e a bebida vegetal e volte a triturar até obter uma massa homogénea e moldável.

Transfira depois a massa para uma superfície forrada com papel vegetal e com a ajuda de um rolo da massa estique-a num círculo.

Corte depois as maçãs em quartos e coloque-as numa taça. Misture a farinha, o açúcar e a canela e envolva bem. Disponha-as depois no circulo, deixando uma borda de alguns centímetros. Vire depois essa borda sobre as maçãs de modo a obter uma forma rústica de tarte - galette. 

Cuidadosamente e com a ajuda do papel vegetal, transfira a gallete para o tabuleiro do forno e leve a cozinhar em forno pre aquecido a 180ºC durante cerca de 30 ou 40 minutos.


Bom Apetite!

Tacos Rápidos



Pedem-me muitas vezes receitas rápidas para fazerem com a bolonhesa básica de carne picada e molho de tomate. Como já disse imensas vezes, sempre que ombro carne picada faço um grande tacho de bolonhesa que congelo e vou usando depois em refeições simples. Para além de cozer espaguete e servir com a bolonhesa ou de acabar em canelones ou lasanha, há imensas outras coisas que se podem fazer. Esta semana partilho duas versões que são sempre muito bem recebidas cá em casa.

Estes tacos são uma delas e, tendo a bolonhesa pronta no congelador, nem é preciso cozinhar.


Ingredientes para 4 pessoas:


12 tacos shells (encontra na área de comidas internacionais dos supermercados. Já vem prontos a servir - é apenas necessário aquecer um pouco no forno, mas depende das marcas)

300g de carne à bolonhesa caseira

1 abacate

1 tomate grande

alface ripada q.b.

1 bola de mozarella fresca

natas ácidas ou queijo creme para servir

coentros picados


Preparação:


Prepare a alface. Descasque o abacate e corte-o em fatias finas. Corte a mozarella em cubinhos, assim como o tomate e coloque tudo separado em tacinhas, assim como os coentros picados.

Aqueça a carne deixando-a ferver e se necessário aqueças as tacos shells de acordo com as indicações da embalagem.

Para servir coloque no fundo de cada taco shell um pouco de bolonhesa. Depois junte a alface, tomate, mozarela e abacate e termine com um pouco de natas ácidas.


Bom Apetite!


Sopa de Cougete e Couve Flor



Se há coisa que raramente falta aqui em casa é sopa. Vou fazendo ao sabor dos ingredientes da estação e do que vou tendo em casa. Uma coisa que raramente coloco na sopa é batata, mas de resto vale quase tudo, e normalmente ficam sempre deliciosas e cremosas sopas.

Gosto de fazer os legumes suados num pouco de azeite, porque acho que as sopas ficam muito mais saborosas feitas assim.

E nas vossas casas há sempre sopa, ou mais ou menos?


Ingredientes para cerca de 2 litros de sopa (8 doses)


1 courgete média 

350g de floretes de couve flor 

3 cenouras médias

150g de nabo

sal q.b.

20ml de azeite 


Preparação:


Lave bem os legumes. Corte a courgete em pedaços  não precisa de tirae a casca. Descasque e corte também a cenoura e o nabo e separe a couve flor em raminhos.

Coloque o azeite no fundo de um tacho (ou da bimby) e coloque todos os legumes. Deixe suar os legumes um pouco, em lume brando e com a tampa, mexendo de vez em quando - cerca de 10.minutos. (Na bimby, coloco a 100ºC, 15m, velocidade colher - sem água, só os legumes e azeite).

Ao fim desse tempo, cubra os legumes com água, só mesmo até cobrir, tempere de sal, e deixe cozinhar até os legumes estarem macios. (Na bimby, mais 15m, temperatura 100ºC, velocidade colher) Quando os legumes estiverem macios, triture a sopa até que fique bem cremosa.

Acrescente agora água, se necessário até a sopa ficar com a consistência desejada - cremosa, mas não muito grossa - e deixe levantar fervura. Retifique de sal.

Sirva quente, polvilhada com coentros frescos se gostar.


Bom Apetite!

Empadão de Bacalhau com Puré de Batata e Couve Flor e Cebolada de Pimentos



Esta semana parece que só falo de aproveitamentos por aqui! Mas esta receita também saiu para aproveitar um lombo bem jeitoso de bacalhau que tinha sobrado de outra refeição.

Nós nem sempre pensamos assim, mas preparar a mais numa refeição com o objectivo de usar numa refeição seguinte, não apenas requentado, mas transformado numa coisa completamente diferente, é uma excelente estratégia de planeamento de refeições,

Fica então esta versão de empadão de bacalhau!


Ingredientes para 4 pessoas:


750g de batatas descascadas 

250g de floretes de couve flor

sal e pimenta q.b.

azeite q.b.

200ml de leite

noz moscada q.b.

300g de bacalhau previamente cozido e lascado

1 pimento 

1 folha de louro

2 cebolas médias

2 dentes de alho

1 ovo


Preparação:


Corte as batatas em cubinhos pequenos e separe os raminho de couve flor e coza a vapor ou em água em sal e escorra bem. Esmague bem as batatas e couve flor e junte depois o azeite, o leite e ratifique de sal, pimenta e noz moscada e leve ao lume a engrossar e de modo a ficar com um puré aveludado. Reserve.

Entretanto lamine os dentes de alho, descasque as cebolas e corte-as em meias luas. Corte também o pimento em tirinhas,

Leve depois uma frigideira ao lume com um pouco de azeite e deixe aquecer. Junte a cebola, os dentes de alho, a folha de louro e o pimento e deixe refogar em lume brando até a cebola começar a ficar caramelizada. Acrescente depois o bacalhau lascado, envolva bem e tempere de sal e pimenta.

No fundo de um pirex coloque a mistura de bacalhau e por cima cubra com o puré de batata e couve flor.

Pincele tudo com o ovo batido, e teve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos ate estar dourado.

Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!


Coxas de Frango com Limão e Alecrim



Quando faço as minhas “meal prep”, as pre preparações para as refeições da semana, uma das coisas que gosto de fazer é aproveitar o forno quente para cozinhar coxas ou pernas de frango a mais para depois poder usar noutras coisas mais rápidas durante a semana. Uma espécie de sobras propositadas que permitem fazer uma espécie de marmitas e de refeições rápidas durante a semana.

Podem fazer cozinhando a mais de um jantar da semana, mas podem simplesmente fazer um tabuleiro de frango, desfiar e depois usar em bowls, saladas quente ou frias, massas, wraps, e no que mais quiserem.

Deixo-vos uma simples versão das coxas assadas que faço muitas vezes e que permitem depois as mais variadas combinações e receitas.


Ingredientes para 4 pessoas:


8 coxas de frango

1 limão

2 pés de alecrim fresco

sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de alho em pó

1 colher de sopa de colorau


Preparação:


Numa assadeira, tabuleiro ou pirex, coloque as coxas de frango. Tempere de sal, pimenta alho em pó e o colorau. Corte o limão em rodelas e coloque sobre as coxas de frango assim com os raminhos de alecrim fresco.

Tape com papel de alumínio e leve ao forno pre aquecido a 180ºC durante cerca de 1h. Ao fim desse tempo retire o papel e deixe alourar mais cerca de 20 minutos.

Sirva com acompanhamentos a gosto ou use nas suas saladas ou wraps para as marmitas da semana!


Bom Apetite!


Massa Gratinada de Aproveitamento



Já sabem que o lema cá de casa é que nenhuma comida se desperdiça, e portanto nascem imensas receitas diferentes com sobras de outras refeições. Umas são coisas mais habituais, outras mais elaboradas. E depois há aquelas que ficam sempre bem, como esta massa gratinada com sobras de frango e peru assada e com os legumes já meio passados na gaveta do frigorífico!


Ingredientes para 4 pessoas:


250g de massa curta

200ml de natas (usei natas com menor teor de gordura, mas podem usar qualquer versão e até vegetais)

300g de sobras de carne desfiada

2 alhos franceses 

1 mão cheia de espinafres frescos

1 colher de sopa de azeite

sal e pimenta q.b.


Preparação:


Leve um tacho ao lume com água temperada de sal e assim que levantar fervura junte a massa deixando cozinhar até que fique al dente. Escorra, regue com um fio de azeite e reserve.

Entretanto corte o alho francês em fatias finas e lave bem, escorrendo de seguida.

Leve uma frigideira ao lume com o azeite e junte o alho francês deixando refogar bem. Acrescente depois os espinafres e tempere com um pouco de sal e pimenta. Junte depois a carne desfiada e envolva bem, Retifique temperos, e junte  a massa envolvendo tudo para misturar.

Numa assadeira que vá ao forno e à mesa, coloque a mistura e carne e massa. Por cima acrescente as natas de modo a cobrir tudo.

Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos até gratinar.

Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!

Imprimir