Carne de Vaca Estufada na Slow Cooker


Já aqui falei algumas vezes da minha panela slowcooker, e de algumas coisas que lá gosto de fazer. No entanto há sempre muitas pessoas a questionarem-me acerca da slowcooker e das receitas que lá faço.
Na verdade não faço assim muitas coisas. Mas há duas ou três que ficam maravilhosas cozinhadas lá, e portanto, como os pedidos são vários para partilhar essas receitas, vou também colocar aqui.
O que é uma panela slowcooker? É uma panela de cozedura lenta e demorada. O objectivo é mesmo ser lento e demorado. Potenciar sabor e, em alguns casos, tornar muito mais macios alguns cortes de carne menos nobre. E isso é exatamente uma das coisas para que mais uso a minha slowcooker: para cozinhar a carne de vaca de cozer, estufar ou assar que costuma vir no meu cabaz de carne marinhoa (www.carnemarinhoa.pt) Aqueles cortes menos nobres, depois de 6 a 8 horas a cozinhar na slowcooker ficam super deliciosos, a desfazerem-se. E resultado igual, só num tacho tapado a assar lentamente no forno durante o mesmo tempo. A grande vantagem da slowcooker é que gasta mesmo muito pouco energia, portanto não se assustem com estes tempos.... 
Há algumas regras para se cozinhar com a slowcooker, principalmente na adição de líquidos - que devem ser poucos ou nenhuns. (Há também um post antigo no Economia cá de Casa a falar sobre a slowcooker e onde podem encontrar receitas e dicas)
Portanto segue a receita da minha carne de vaca favorita, cozinhada na slowcooker, e depois uso como uma qualquer carne picada, com puré de batata, massa ou até puré de abóbora, ou para rechear legumes, empadão, lasanhas, recheio de empadas....

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Ingredientes:

1,5g de carne de vaca cortada cubos não muito grandes (idealmente cortes mais “rijos” e pouco nobres como chambão, aba da costela....)
4 cenouras pequenas
2 alhos franceses
2 folhas de louro
sal e pimenta q.b.
1 pé de tomilho ou alecrim fresco

Preparação:

Descasque as cenouras e corte-as em rodelas não muito grossas. Corte o alho francês em rodelas e lave-as bem para libertar todas as impurezas que possam ter.
Coloque os legumes na panela slowcooker, assim como a carne em cubos. Tempere de sal e pimenta a gosto, junte as folhas de louro e o alecrim o tominho. Envolva bem. (Não é necessário nenhum tipo de gordura ou líquido)
Tape a panela e ligue-a em low ou high. Se usar low cozinhe a carne durante cerca de 8 horas. Se usar high cozinhe cerca de 4 horas. (Eu prefiro o modo low.)
Ao fim desse tempo a carne estará macia e a desfazer-se completamente, desfiada, perfeita para lasanhas, empadão, recheio de empadas, canelones, para servir com puré ou massa....
Use-a como preferir.

(Nota: Normalmente faço uma quantidade grande de cada vez, congelando, depois de pronto o excedente, para usar mais tarde!)


Bom Apetite!



4 comentários :

  1. Anónimo09:51

    Essa carne estufada está com um aspeto delicioso!
    Estou a ponderar a compra de uma slowcooker, comparando preços e estar atenta aos folhetos do Lidl ou Aldi (aparecem de vez em quando nas campanhas semanais).
    Tenho visto muitas receitas para esta panela, nomeadamente em blogs americanos, desde sopas a "manteigas" de frutos, passando por carnes estufadas/assadas. Parece ser bastante útil para aquelas carnes menos "nobres", poupando tempo mas exigindo algum planeamento para o prato em questão (preparar durante a noite ou manhã/dia, dependendo da hora a que seja servida a refeição em questão).
    Fico com a sugestão, e a ver se ganho coragem para adquirir a uma panela deste género, dada a sua utilidade.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Gostava de saber qual a marca da panela que usa, se puder dizer. Obrigada

    ResponderEliminar
  3. Maria Carolina10:01

    Bom dia, Joana,

    Sigo diariamente o seu blog, que adoro verdadeiramente. Gostaria de lhe colocar duas questões, se não se importar: na próxima semana, haverá no stock off do Lidl da minha região uma slow cooker por cerca de 15 euros; o preço é óptimo, mas receio ficar com mais um mamarracho na cozinha; considera ser uma mais-valia ou nem por isso? A outra questão é: os seus workshops no Norte costumam ser onde? Só tenho visto nos arredores do Porto, certo?
    Obrigada por tudo.

    ResponderEliminar

Imprimir