Receitas que não podem faltar no Natal


A azáfama é total! Para quem ainda não decidiu que receitas fazer este natal, e chega aqui à procura delas, não faltam sugestões. E há também compilações das melhores receitas (na minha opinião) que fazem parte do natal, bem como de pequenas inovações e apontamentos que podemos fazer, mantendo o natal mais tradicional e com um pequeno “twist”.
Deixo-vos aqui o link dos post dessas mesmas compilações de receitas natalícias dos últimos anos para se inspirarem para as vossas ementas deste ano:



E ficam aqui também as receitas do que este ano vai sair da minha cozinha. Do que vai ser partilhado em duas familias, entre outras pessoas. Porque o natal é isto mesmo. Partilha e família. Um que leva o bacalhau, e outro que leva o polvo. O que leva o cabrito, e o que leva o peru. O que faz os sonhos, e o que faz as rabanadas. E quem nunca se esquece de comprar o bolo Rei!
Na partilha das famílias e nas receitas que fazem as tradições. A bebinca que é tradicional no natal em casa do Miguel. Os bolinhos de bacalhau que não podem faltar na minha consoada. As rabanadas que são simbolo de natal. Os sonhos da avó Cila. Os bilharacos que são a avó Celeste na mesa de natal. A torta de laranja que agora simboliza a família nova da minha irmã. Porque isto é natal. 
Não importa que a “minha” tradição é assim, e a “tua” é de outra maneira.
Natal é comunhão de famílias e comunhão de tradições. Tudo junto numa partilha à volta da mesa. O cabrito de casa dos meus pais, de dia 25, convive no mesmo espaço com o peru de casa dos meus sogros. Ganhámos o Bolo Principe.
Mas mais importante de tudo. Ganhamos-nos uns aos outros.
Se isto não é natal....então não sei o que será!







Bom Apetite! Boas Festas!

3 comentários :

  1. Anónimo17:56

    O Natal é isso: partilha de tradições familiares, cada uma diferente entre si, regional ou familiar.
    A minha mãe fazia sempre pelo Natal e Páscoa, o pão de ló e a torta abafada, sendo algo que costumo fazer para as festas, além das filhoses à moda da Beira (com um pouco de abóbora) no Natal. No entanto, pode aparecer o pudim de ovos (ou gemas que sobraram do molotof), a torta de laranja, o Bolo Inglês ou o Bolo Alberto (com fruta cristalizada e especiarias), a tarte de maçã, entre outras coisa, repartido entre o Natal e Ano Novo.
    Em termos de pratos era o polvo cozido com batatas e couve (atualmente é o bacalhau, porque quase ninguém gosta de polvo), e um pato/frango assado da criação dos meus pais (hoje em dia pode ser uma perna de perú ou mesmo pá/lombo de porco).
    Mas independentemente dos pratos e doçarias, o importante é o convívio e estarmos com a família.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. I want to always read your blogs. I love them Are you also searching for Accounting Homework Help? we are the best solution for you. Contact us today and get the best. +1-(951)-468-9855 info@cheapassignmentwriters.com

    ResponderEliminar
  3. Congratulations. Good blog. Keep sharing. I love them Are you also searching for book review help? we are the best solution for you. We are best known for delivering book review writing services to students without having to break the bank

    ResponderEliminar

Imprimir