Caril Rápido de Legumes (receita também em vídeo)


Que me desculpem todas as pessoas para quem podia ser verão o ano inteiro. Eu pessoalmente estou farta deste calor. Quero mesmo que venham o dias frios, quero vestir casacos, acender lareiras e ligar (ainda mais vezes) o forno. Quero tempo de Novembro em Portugal. Não tempo de Novembro Australiano ou Brasileiro.... Eu sei que há quem ache este calor maravilhoso mas, como sabem não faço parte desse clube, e quase que tive vontade de chorar quando ontem ouvi dizer que hoje e amanhã se previam temperaturas perto dos 30ºC. 
Com o tempo assim além de nunca saber o que vestir, e o que vestir nos miúdos, até a preparar refeições e ementas semanais tenho alguma dificuldade.
Dou por mim a sugerir comida de conforto com temperaturas de saladas frias e de gelados...
Hoje a sugestão é um reconfortante caril de legumes. Mais para dias frios, mas que se come alegremente mesmo nos dias mais quentes!
E estão abertas as inscrições para mais workshops. 
Em Coimbra, na Baking Day, no dia 6 de Novembro, das 10h às 13h, vamos fazer "Presentes de Comer" para vos inspirar para os cabazes de Natal. (Inscrições e informações para bakingday@hotmail.com)
No Porto, nos Workshops pop-up, dia 19 de Novembro, das 15h às 18h, para "Mais Receitas Rápidas e Económicas para Impressionar". O ultimo workshop esgotou num instante e eu vou voltar com novas receitas. Inscrevam-se quanto antes para não ficarem de fora! (Inscrições e informações para info@workshops-popup.com)




Ingredientes para 4 pessoas:

1 lata de leite de coco
1 dente de alho
1 cebola
1 pedaço de gengibre com cerca de 2 cm
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de pó de caril de boa qualidade
1 batata doce
100g de abóbora manteiga
1/2 couve flor pequena
150g de feijão verde
sal q.b.
picante (opcional)

Preparação:

Prepare os legumes. Descasque a batata doce e a abóbora e corte-as em cubinhos do mesmo tamanho. Retire as pontas ao feijão verde e corte-o em dois ou três pedaços. Separe a couve flor em floretes. Reserve.
Pique a cebola com o dente de alho e o gengibre num robot de cozinha e leve a um wok ou tacho juntamente com o azeite. Deixe começar a fritar e acrescente o caril, deixando depois fritar em lume alto até começar a libertar os aromas. Junte depois o leite de coco e tempere com sal. Quando levantar fervura acrescente os legumes, tape e deixe cozinhar até que estes estejam macios. Retifique de sal e, se gostar acrescente um pouco de picante ou piri piri a gosto.
Sirva com arroz jasmim.


Bom Apetite!

5 comentários :

  1. Anónimo11:04

    Mais uma boa sugestão para variar os legumes, um pouco "todo terreno" para temperaturas instáveis!
    Confesso que tenho saudades das estações do ano, cada uma com o seu "tempo" específico.
    Agora está tudo trocado, e reflete-se em tudo. Seja nas plantas que florescem fora da época, nas árvores de fruta que perdem as flores com as chuvas fora da época, a roupa para vestir, as próprias atividades que possamos ter e que ficam condicionadas (passeios, cuidar do jardim, etc), além das mudanças bruscas de temperatura que dão origens a constipações (e outras maleitas).
    Tenho pena que não existam workshops para Lisboa, pois acho que poderia ter a casa cheia. O Porto e Coimbra são longe, embora pudessem ser um bom pretexto para as revisitar, se tivesse tempo disponível para tal.

    Um grande beijinho,

    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Adoro caril.
    Excelente sugestão.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/10/macarrao-de-abobora-e-grao.html

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:18

    Boa tarde,
    Eu gosto de todas as estaçoes, mas desde que moro na Suiça, receio um pouco o Inverno por causa da neve, na montanha é bonito e nao me importo, mas ca em baixo é sempre um martirio, é so escorregar (mesmo com boas botas), entao os acidentes de carro nem se fala. Mas desde meio de setembro que as temperaturas de outono começaram a chegar, durante o dia no maximo faz 17 graus, tendo em conta que moro num distrito rodeado de montanhas.
    Ana Bonvin

    ResponderEliminar
  4. Joana,
    Que delícia de receita,vou provar com certeza.
    Aqui na Espanha o calor também teima em não ir embora,essa semana tivemos 30 graus,um forno, super abafado.Onde moro já é quente por natureza, mas geralmente em novembro já estávamos dormindo com edredon e usando jaquetinha fina.Que venha um friozinho, né?
    Besitos e tenha um fim de semana abençoado

    ResponderEliminar
  5. Verdade, tb ñ sei bem o q vestir e tenho saudades das camisolas e casacos mais grossos ;) Além de q ñ me sinto mt bem c o calor, sinto fraqueza e ainda mais com calor fora de época - nem cabeça nem corpo estão preparados p algo assim... Mas lembro-me q há dois anos, por esta altura, foi assim tb! Bjinhos e venham as comidas de conforto :)

    ResponderEliminar

Imprimir