Galette de Amoras


Quase no fim de semana. E não há melhor forma de começar o fim de semana do que com uma coisa doce.  Uma gelette de amoras, preparada com amoras que a Beira Baga simpáticamente fez chegar cá a casa - além de mirtilos e framboesas - sabendo que os miúdos são pequenos devoradores dos mesmos.
Ora as amoras apesar de deliciosas ficaram-me debaixo de olho para uma sobremesa e assim nasceu esta galette, rapidamente preparada e que fez parte da minha mesa, no jantar do dia do primeiro jogo de Portugal no Mundial.
A massa, com farinha de espelta (mas podem usar farinha normal) e manteiga desfaz-se na boca, e a doçura e ligeira acidez do recheio de amoras fazem um contraste delicioso. Acredito que com um pouco de gelado ou natas batidas também deve ficar deliciosa.
E portanto, é com este sobremesa que entramos em modo fim de semana, apesar deste tempo estranho de verão!

Workshops:

Dia 30 de Junho, às 15h, no Porto, nos Workshops Pop Up - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em info@workshops-popup.com

Dia 1 de Julho, às 10h, no Furadouro - Ovar, na Colher de Chá - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em geral@colherdecha.pt

Ingredientes:

Massa:
250g de farinha de espelta integral
1 colher de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de fermento em pó
180g de manteiga fria 
60ml de água fria

Recheio:
400g de amoras frescas
2 colheres de sopa de açúcar 
2 colheres de sopa de farinha de trigo

Preparação:

Comece por fazer a massa no robot de cozinha. Junte a farinha com o açúcar e o fermento e misture bem. Acrescente a manteiga em cubos e ligue o robot, em velocidade baixa, deixando que a massa se vá formando de modo a que se assemelhe a migalhas grossas. Com o robot a funcionar, junte a água em fio e deixe que se forma uma massa lisa.
Retire a massa do robot e embrulhe-a em película aderente, formando um disco. Leve ao frigorífico pelo menos 30 minutos a repousar antes de usar.
Prepare o recheio. Numa taça coloque as amoras e junte o açúcar e a farinha envolvendo bem. Reserve.
Depois de repousar, retire a massa do frigorífico e estenda-a entre duas folhas de papel vegetal. de modo a obter um circulo com cerca de 30cm de diâmetro. Coloque a massa num tabuleiro - com o papel vegetal por baixo, e espalhe a mistura de amoras sobre a massa, deixando uma borda de cerca de 4cm.
Dobre ou enrole depois as pontas da massa para cima das amoras e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos ou até a massa estar dourada e cozinhada.


Bom Apetite!

Salada de Quinoa com Cogumelos, Tomate e Queijo da Ilha (receita também em video)


Aos poucos a quinoa tem entrado na nossa alimentação. Os miúdos não são fãs, o Miguel gosta (ou come e não reclama!) e eu gosto bastante, principalmente assim em saladas, e misturada com várias coisas, porque por si só a quinoa não tem grande sabor, mas resulta muito bem assim nestas saladas. Ultimamente até costumo cozer em maior quantidade e depois aproveito para usar assim numas saladas que fazem um almoço rápido para um, juntando sobras de carne, legumes, e até atum.
Desta vez numa versão sem carne nem peixe, com os legumes e queijo, que para mim serve muito bem de refeição, principalmente agora que o calor chegou e chama por estas coisas mais frescas.
Espero que gostem e, principalmente que o video vos tire qualquer dúvida que tenham em relação à preparação da quinoa.

Workshops:

Dia 30 de Junho, às 15h, no Porto, nos Workshops Pop Up - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em info@workshops-popup.com

Dia 1 de Julho, às 10h, no Furadouro - Ovar, na Colher de Chá - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em geral@colherdecha.pt

Ingredientes para 2 pessoas:

1 chávena (pequena) de quinoa
2 chávena de água - a mesma medida de chávena da quinoa
150g de cogumelos
2 dentes de alho
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
1 tomate maduro
100g de queijo da ilha 
manjricão fresco q.b.

Preparação:

Siga as indicações do video:




Ou então:
Comece por cozinhar a quinoa. Leve um tacho ao lume com as duas chávenas de água e tempere com sal. Junte a quinoa e deixe cozinhar em lume brando até a quinoa ter absorvido toda a água e estar macia e “aberta”. Reserve.
Leve depois uma frigideira ao lume com dois dentes de alho laminados e um pouco de azeite e salteie os cogumelos previamente laminados, temperando-os de sal e pimenta. Junte depois os cogumelos salteados à quinoa, assim como o tomate previamente cortado em cubinhos.
Acrescente o queijo da ilha ralado e algum manjericão fresco picado.
Envolva bem e sirva como prato principal ou acompanhamento.


Bom Apetite

Bolo de Laranja e Azeite


Duas laranjas a ficarem murchas na fruteira, e uma receita que me chamou a atenção, de um bolo de azeite e de laranja. Se há pessoa que não precisa de desculpas para cozinhar sou eu, e acordar a uma sexta feira com vontade de cozinhar sabendo que nesse dia até vamos ter a casa cheia, quer dizer que vão sair diversas iguarias da cozinha. E foi mesmo o caso. Um bolo, uma galette, umas asas de frango deliciosas e muitos outros petiscos que encheram a nossa mesa em dia de jogo de Portugal na entrada do mundial. Uma mesa cheia de comida e rodeada de  amigos, e um bolo que não durou muito.

Workshops:

Dia 30 de Junho, às 15h, no Porto, nos Workshops Pop Up - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em info@workshops-popup.com


Dia 1 de Julho, às 10h, no Furadouro - Ovar, na Colher de Chá - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em geral@colherdecha.pt
Ingredientes:
(in “Continente MAGAZINE”,  nº 93, Junho de 2018, página 55)

5 ovos
200g de açúcar
raspa da casca de duas laranjas
130g de azeite
160ml de sumo de laranja
280g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:

Numa taça bata, com a batedeira eléctrica, os ovos com o açúcar e a raspa de laranja até duplicarem de volume. Junte depois o azeite e o sumo de laranja e bata um pouco mais.
Adicione o fermento e a farinha e envolva bem até ficar com uma mistura homogénea e sem grumos.
Coloque o preparado numa forma de chaminé (ou forma com buraco, ou bundt) previamente untada e polvilhada com farinha e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos ou até o bolo estar cozinhado.
Retire do forno e deixe arrefecer uns minutos antes de desenformar e arrefecer completamente sobre uma grelha.

Bom Apetite!


Bolinhos de Arroz


Da saga nada se perde e tudo se transforma. Assim nasceram estes bolinhos de arroz, de sobras de arroz branco que estavam no frigorífico e de um resto de milho doce que também tinha de ser gasto. Juntei mais uma cenoura, mas podia ter juntado fiambre picado, chouriço, bacon, sobras de carne desfiada e até atum e ervas aromáticas. Basicamente juntar qualquer outra coisa, misturar bem e fritar, para que de sobras de arroz e de outra coisa qualquer nasçam uns saborosos bolos de arroz. A receita foi uma das mais pedidas depois de publicar no instagram os meus petiscos para o dia do primeiro jogo de Portugal no mundial. E aqui fica a singela receita, diretamente das minhas memórias de aproveitamentos que a avó Cila fazia.
Ingredientes para 8 bolinhos:

1 taça com sobras de arroz cozido (arroz branco)
1/2 lata pequena de milho doce
1 cenoura pequena
2 colheres de sopa de farinha
1 ovo
4 colheres de sopa de água
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Numa taça misturar o arroz com o milho doce e a cenoura cortada em cubinhos ou ralada. Juntar depois a farinha, o ovo batido e temperar a gosto com sal e pimenta. Misturar também cerca de 4 colheres de sopa de água para ligar tudo.
Levar uma frigideira anti aderente ao lume com um pouco de azeite e fritar colheradas de massa, até que fiquem douradas. Virar e cozinhar do outro lado.
Deixar escorrer sobre papel absorvente. 
Serve como petisco ou até como refeição principal acompanhada de uma salada.


Bom Apetite! 

Moqueca de Camarão


Faço tantas vezes moqueca de peixe ou de camarão, ou de uma mistura dos dois, que quando uma leitora referiu que me faltava a receita no blogue nem queria acreditar. Ao fim de 12 anos, tento que não existam receitas repetidas, e estou sempre a tentar mostrar coisas novas, mas por vezes já me perco neste “jogo”, e dou por mim muitas vezes a vir consultar as minhas próprias receitas para não acabar a repetir receitas.
Quanto à moqueca, era afinal uma enorme folha, pois pensava que já a tinha publicado
.Aqui fica, na versão de camarão, e podem ver que se prepara num instante e é perfeita para as refeições da semana, com ou sem preparação semanal.
Por aqui só os miúdos não vão muito “à bola” com camarão e é nestas alturas em que ou comem alguma sobra de outra refeição, ou simplesmente arroz com ovo mexido que é uma refeição de emergência que adoram!

Ingredientes para 2 pessoas:

350g de miolo de camarão (não muito pequeno)
1 pimento vermelho 
2 tomates
200ml de leite de coco
sal e pimenta q.b.
1 malagueta (opcional)
2 colheres de sopa de óleo de coco (na verdadeira moqueca leva azeite de dendé)
1 cebola grande
Coentros frescos

Preparação:

Pique grosseiramente a cebola e leve-a ao lume a refogar com o óleo de coco. Junte depois o tomate e o pimento em em cubinhos, e a malagueta e deixe refogar até estar macio. Junte o miolo de camarão e tempere de sal e pimenta. Assim que o camarão esteja cozinhado - demora apenas alguns minutos - junte o leite de coco e retifique de sal e pimenta. Deixe levantar fervura e polvilhe com coentros frescos picados.
Sirva de imediato com arroz bem soltinho.


Bom Apetite!

Panquecas de Red Velvet com Queijo Creme e Morangos (Receita também em video)


O video já foi filmado há uns tempos, mas nesse dia não resisti a partilhar uma foto destas deliciosas panquecas. Houve imensos pedidos de receita, até porque houve quem pensasse que eram panquecas de beterraba... Afinal eram apenas umas fantásticas panquecas de red velvet com uma gulosa cobertura de queijo creme. E acho que são também a sugestão ideal para o fim de semana, para um lanche ou pequeno almoço muito guloso.
A receita é simples de fazer, e se não tiverem corante podem não colocar, sabendo já que não vão ter a característica cor do red velvet, mas de sabor serão exatamente a mesma coisa.
Bom fim de semana a todos!

Ingredientes:

Cobertura:
50 g manteiga amolecida
75 g queijo creme à temperatura ambiente
100 g açúcar em pó

Panquecas:
175 ml leite
25 ml vinagre ou sumo de limão
125 g farinha sem fermento
1 c. fermento
1/2 c. bicarbonato de sódio
20 g cacau
35 g açúcar
1 ovo
40 g manteiga sem sal, derretida
1/2 c. corante vermelho, em gel

morangos q.b.

Preparação:

Ver o vídeo:


Ou seguir a receita:
Comece por preparar a cobertura. Numa taça misture bem o queijo creme com o açúcar em pó e a manteiga amolecida.  Reserve.
Para as panquecas misture o leite com o vinagre ou sumo de limão e deixe repousar cerca de 5 minutos para que talhe. Junte numa outra taça  a farinha, o fermento, o cacau, uma pitada de sal e o açúcar.
Bata depois o ovo com a manteiga e junte ao leite talhado. Misture agora tudo e acrescente o corante misturando bem.
Unte uma frigideira com um pouco de manteiga e vá colocando porções de massa, Deixe cozinhar em lume brando de um lado até virar e deixar cozinhar do outro. Repita até esgotar a massa.
Sirva mornas com a cobertura de queijo creme  e morangos.


Bom Apetite!

Espetadas de Frango à Grega com Tzatziki


O tão aguardado calor parece estar a chegar. E portanto parece-me bem partilhar receitas que convidem a refeições mais frescas. Aqui por casa adoramos receitas simples, que se comem à mão, que se partilham à volta da mesa, e com o tempo quente são as melhores para receber os amigos.
Estas espetadas fazem sucesso à nossa mesa em diversas ocasiões, e foram também umas das receitas favoritas dos workshops de receitas de verão do ano passado. Parece-me agora a altura ideal de a partilhar. E depois de ontem foram bastantes os pedidos de receitas de comida para comer com as mãos para os dias de jogos de futebol, e estas espetadas sempre são uma alternativa às pizzas, cachorros e hamburgueres.
Só uma pequena nota - a receita está pensada para fazer em casa, usando o forno, mas podem cozinhar no churrasco, ou num grelhador no fogão, tendo apenas em atenção para não deixarem cozinhar demais para a carne não ficar seca.
Espero que gostem!

Ingredientes para 4 pessoas:

3 peitos de frango
4 colheres de sopa de azeite
2 colheres de chá de orégão secos
1 colher de chá de cominhos em pó
1 colher de chá de coentros em pó
1 colher de chá de colorau
1/2 colher de chá de canela
1 limão
4 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
wraps, pão pita ou chapatis para servir

Tzatziki:
1/2 pepino
200g de iogurte grego
hortelã q.b.
1 dente de alho
1/2 limão

Wraps ou pitas para servir

Preparação:

Corte o peito de Frango em tiras e acrescente o azeite, todas as especiarias, a raspa e sumo de limão, os dentes de alho esmagados e tempere com um pouco de sal e de pimenta. Deixe marinar.
Entretanto prepare o tzatziki. Retire as sementes ao pepino e pique-o finamente ao rale-o. Junte depois com o iogurte grego, a hortelã picada, o dente de alho esmagado e o sumo do limão. Misture bem e retifique de sal. Guarde no frigorífico até servir.
Coloque depois as tiras de frango em espetos de espetadas e coloque-as sobre um tabuleiro que possa ir ao forno previamente forrado com papel de alumínio. (As espetadas devem pousar nas bordas do tabuleiro). Leve-as a cozinhar em forno previamente aquecido a 240ºC com grill, cerca de 15 a 20 minutos, até que fiquem douradas.
Sirva as espetadas o Tzatziki, um pouco de tomate, alface e cebola e os wraps ou pitas.


Bom Apetite!

Imprimir