Fanecas Fritas com Arroz de Grelos


Não sei bem porque é que as fanecas são um peixe tão pouco apreciado. Talvez seja porque faneca que é faneca se come frita - e Deus nos livre do peixe frito - ou porque tem algumas espinhas e claro que é sempre melhor o peixe com menos espinhas, principalmente para arranjar para as crianças. Ainda assim, a faneca tem outras vantagens que para mim se sobrepõem grandemente a estas “desvantagens”. É um peixe de mar, da nossa costa, e é um peixe de pequeno porte e portanto menos sujeito às “contaminações” dos peixes de grande porte, como o atum, salmão e outros. Além disso é um peixe que, sendo peixe de mar, é bastante em conta. Ah, mas tem de se comer frito... Confesso que não conheço outra maneira de fazer fanecas - se alguém conhecer agradeço as partilhas! Mas cá em casa, entre comer peixe de mar frito (e nós fritamos peixe em azeite!) a comer continuamente peixe de aquicultura grelhado, damos a mão à palmatória e lá comemos umas fanecas fritas de vez em quando. Porque é óptimo variar nas espécies de peixe que consumimos, e ter atenção a não consumir apenas peixes de aquicultura. Sardinhas, cavala, carapau, faneca,... são peixes até bastante em conta, e sempre se varia do salmão, robalo e dourada de aquicultura que continuam a ser dos preferidos da maioria dos consumidores. Deixo-vos a sugestão de darem uma oportunidades à faneca. Estas vieram da Peixinho da Lota e em conversa, percebi que são peixe “non grata”. Acho que vou criar o #GIVEACHANCETOFANECA

ingredientes para 4 pessoas:

800g de fanecas amanhadas
sal q.b.
farinha de milho q.b.
azeite para fritar

Arroz de grelos
1 cebola pequena
2 dentes de alho
200g de grelos já cozidos e escorridos
1 chávena (220ml) de arroz carolino
3 chávenas (220ml) de água a ferver
azeite q.b.
sal q.b.

Preparação:

Comece por fazer o arroz de grelos. Leve um tacho ao lume com um pouco de azeite e junte a cebola e os dentes de alho picados. Deixe refogar um pouco e junte o arroz. Deixe fritar tudo por uns minutos e junte depois os grelos cozidos. Envolva bem, junte a água a ferver, tempere de sal. Reduza o lume para o mínimo e deixe cozinhar cerca de 10 a 15 minutos ou até o arroz estar cozido.
Entretanto tempere as fanecas de sal. Passe-as depois pela farinha de milho e leve-as a fritar em azeite quente até que fiquem bem douradas de ambos os lados. Escorra sobre papel absorvente.
Sirva as fanecas fritas com o arroz de grelos e uma salada de tomate. 


Bom Apetite!

Salada de Figos Frescos, Burrata e Presunto


Mais receitas frescas para as férias. Mais uma “salada” que serve de entrada e petisco ao entardecer. Sem uso de fogão e que se prepara em minutos.
Doce, salgada e cremosa tudo num só.
Uma das minhas opções favoritas para mesas de férias sem trabalho e com alimentos frescos e saborosos e outra das nossas preferidas.
Nada a saber, mas aqui fica a sugestão.
Quem se atreve a fazer e partilhar?

Ingredientes para 2 a 4 pessoas:

1 burrata (se não encontrarem usem mozarella fresca)
8 fatias finas de presunto
8 figos frescos
folhas de manjericão fresco q.b.
azeite extra virgem q.b.

Preparação:

Lave bem os figos e corte-os em quartos dispondo-os numa travessa ou prato de servir.  Rasgue depois, com as mãos a burrata e espalhe-a pelos figos. Faça o mesmo depois com as fatias de presunto, rasgando-as sobre os outros elementos da salada.
Por fim, disponha as folhas de manjericão e regue com o fio de azeite e se quiser uma pitada de pimenta moída na hora.
Sirva de imediato.


Bom Apetite!

Waffles de Banana e Milho


As panquecas e as waffles tornaram-se parte das nossas rotinas de pequenos almoços de fim de semana e de férias. Os miúdos gostam bastante, ficam saciados por imenso tempo, e são simples de preparar sem recorrer a açúcar ou ingredientes menos bons. Estas têm na base apenas 3 ingredientes, apesar de ter juntado umas framboesas que estavam perdidas no congelador à massa - o que é opcional).
Eu fiz na máquina das waffles, mas poderiam ter sido feitas como panquecas na frigideira anti aderente. Podem ser feitas de véspera e servidas na manhã seguinte. Ou congeladas entre folhas de papel vegetal e aquecidas diretamente na torradeira. (Uma dica para os tempo de regresso à escola e ao trabalho!)
Uma pequena dica para a farinha de milho. Se puderem, e porque a maioria do milho que consumimos actualmente é transgénico, optem por farinha de milho biológica que em principio não será de milho modificado geneticamente....

Ingredientes para 6 waffles:

3 ovos
2 bananas médias
6 colheres de sopa de farinha de milho
50g de framboesas congeladas (opcional)

Preparação:

No copo da varinha mágica coloque as bananas partidas em pedaços, os ovos e a farinha e triture com a varinha até ter uma mistura homogéna e relativamente grossa. Se estiver demasiado grossa junte um pouco e líquido (leite, água, ou bebida vegetal). Acrescente as framboesas e envolva com a colher de pau.
Aqueça a máquina das waffles e pincele as placas com um pouco de azeite. Verta a mistura, feche a máquina e deixe cozinhar. Repita até esgotar a massa.
Sirva as waffles simples, ou com um pouco de calda de framboesas ou compota a gosto. (Fiz a calda de framboesas fervendo as framboesas congeladas com sumo de limão e uma colher de mel.)


Bom Apetite!

Salada de Grão com Bacalhau e Pimento Assado


Outra receita que é um clássico de verão aqui por casa, além de ser uma receita que faço muitas vezes como entrada em festas em que tenho muita gente em casa. Fiz por exemplo o ano passado, para o aniversário dos miúdos - era uma das muitas entradas - e foi apreciada. Não tem nada que enganar e é muito tradicional portuguesa. Mais uma daquelas coisas que se podem preparar de véspera e ter prontas para o jantar ou almoço quando chegamos a casa depois de uma manhã/ dia de praia. É também excelente para marmitar na praia ou num piquenique. Aqui fica outra receita de férias, para as férias!
Espero que gostem!

Ingredientes para 4 pessoas:

350g de grão de bico cozido
2 ovos 
400g de bacalhau (podem usar migas de bacalhau)
2 tomates médios
100g de azeitonas pretas
100g de pimento assado
1 cebola pequena picada
1 raminho de salsa
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
vinagre q.b.

Preparação:

Coza o bacalhau e os ovos em água temperada com umas pedrinhas de sal.
Corte o tomate em cubinhos, assim como o pimento assado  e pique a salsa, a ecbola e os dentes de alho finamente.
Quando o bacalhau estiver cozinhado, desfaça-o em pedaços e se necessário retire as espinhas. 
Numa saladeira junte o grão de bico cozido, o bacalhau desfiado, o tomate e o pimento em cubos, a salsa, a cebola e o alho picados, e as azeitonas e os ovos em rodelas.
 Tempere, se necessário, com umas pedrinhas de sal, um pouco de pimenta e regue generosamente com azeite e um pouco de vinagre. Envolva bem todos os ingredientes e deixe a ganhar sabor pelo menos uma hora antes de servir.


Bom Apetite!

Sardinhas Fritas em Escabeche de Legumes


Aqui em casa o escabeche é uma receita recorrente. Até porque é a refeição ideal para se fazer de véspera e comer à temperatura ambiente no dia seguinte, com uma salada e eventualmente umas batatinhas novas cozidas.
Normalmente faço escabeche com cavala em filetes (peço sempre na peixaria para os prepararem assim!), mas desta vez preparei com sardinhas (que comprei também sem cabeça e espinhas, a chamadas “costeletas” de sardinha). Assim que olhei para elas na peixaria tive vontade de trazer e de as preparar assim.
E para o escabeche, juntei pimento, que não costumo colocar, mas que é um dos legumes de verão e que vale a pena aproveita ao máxima nesta altura.
Fica a sugestão para mais uma boa receita para as férias!

Ingredientes para 2 a 4 pessoas:

10 sardinhas em “costeletas” (abertas ao meio, sem cabeça e sem a espinha central)
farinha de milho q.b.
sal q.b.

Para o escabeche de Legumes:
1 cebola grande
2 cenouras pequenas
1 pimento vermelho pequeno
2 dentes de alho
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.
1 folha de louro
3 colheres de sopa de vinagre de vinho branco

Preparação:

Comece por preparar o escabeche. Corte a cebola em meias luas fininas, o cenoura em palitos fininhos e o pimento em tiras finas também. Lamine os dentes de alho.
Leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite. Junte os legumes, os dentes de alho e a folha de louro. Tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar em lume brando até os legumes estarem macios. Junte depois o vinagre, deixe levantar fervura e desligue o lume.
Entretanto tempere as sardinhas com sal. Passe-as pela farinha de milho e frite-as em azeite até que fiquem douradas. Escorra sobre papel absorvente e coloque-as depois num prato de servir. Por cima disponha o escabeche e espero pelo menos 4 horas antes de servir, idealmente umas 12 a 24 horas.


Bom Apetite!

Salada de Feta, Azeitonas e Pimento Vermelho


Mais receitas a pedido! Coisas frescas e rápidas para as férias, sem ligar o fogão. Faço imensas “saladas” que servem de acompanhamentos para carne ou peixe, principalmente grelhados como mais consumimos nas férias, mas também servem para montar uma mesa de petiscos frescos para um jantar pós praia preparado em minutos.
Esta tem sido a descoberta deste ano, e tanto eu como o Miguel estamos viciados nisto. Até os miúdos petiscam.
Mais uma vez são combinações de ingredientes que podem parecer estranhas, mas que resultam lindamente e fazem as nossas delícias. Perfeita também como uma pequena entrada ou para acompanhar uma bebida fresca.
Fica mais esta sugestão para experimentarem nas férias!

Ingredientes:

200g de queijo feta
1/2 frasco de azeitonas verdes descaroçadas (cerca de 100g)
1/2 pimento vermelho
1 colher de sobremesa de oregãos
azeite extra virgem q.b.

Preparação:

Corte o queijo em cubos e coloque-o numa pequena travessa. Por cima disponha as azeitonas descaroçadas.
Corte o pimento em tiras finas e junte-as ao queijo e azeitonas. Tempere com os oregãos e termine com um fio de azeite.


Bom Apetite!

Torrada com Pasta de Abacate e Ovo Mexido


Recebo sempre muitas perguntas acerca dos meus pequenos almoços. E muitos pedidos para as receitas. Não há grandes receitas. São quase sempre uma junção de ingredientes saborosos (pelo menos para mim) e frescos. Ovo quase sempre e alguma fruta, abacate e legumes - que podem ser folhas verdes, tomate ou cenoura. Alguns frutos secos ou sementes. Eventualmente umas panquecas, granola caseira e iogurte... e pão a sério, feito por mim, ou de fermentação lenta. E café, sempre café. 
Não há receitas, há variedade. E pensar um bocadinho diferente... Sim, e um conceito dentro da Paleo, mas desde que comecei com este tipo de pequenos almoços, e já lá vão quase 3 anos, é impensável para mim voltar aos pequenos almoços convencionais.... Eu adoro. E deixo-vos o desafio de experimentarem, pelo menos durante as vossas férias!
Voltado às receitas, a pasta de abacate que costumo fazer - é muito simples - mas suscita sempre muitas perguntas. Aqui fica então um dos meus pequenos almoços preferidos!

Ingredientes para 1 pessoa:

Pasta de abacate:
1/2 abacate
1/4 de cebola pequena
flor de sal q.b.
sumo de limão q.b.

1 fatia de pão a gosto (de preferência pão de qualidade e de fermentação lenta, este é pão da Garfa Padaria)
1 ovo
1 colher de chá de mistura de sementes trituradas (opcional)

Preparação:

Pique finamente a cebola. Esmague a polpa do abacate com a ajuda de um garfo e misture a cebola picada, a flor de sal e o sumo de limão a gosto.
Torre ligeiramente a fatia de pão e barre generosamente com a pasta de abacate. Por cima disponha a mistura de sementes trituradas.
Para o ovo mexido - um pequeno truque. Aqueça bem a frigideira anti aderente sem adicionar gordura - não é necessário. Bata bem o ovo com um garfo. Retire a frigideira do lume e junte o ovo batido, mexendo. Coloque o ovo mexido no prato. A frigideira não volta ao lume depois de juntar o ovo. O calor residual é suficiente para cozinhar o ovo de modo a que este fique cremoso e não muito seco...
Junte a torrada com a pasta de abacate, tomate partido e acompanhe com fruta a gosto e café - ou outra bebida.


Bom Apetite!

Imprimir