Tábua de Entradas para as Festividades




Não há nada melhor do que receber pessoas em casa. Nos aniversários, em jantares de amigos, em almoços e família, no Natal e no fim de ano. E nem sempre há tempo para fazer grandes coisas. por isso, nada melhor do que uma tábua de partilha: Simples e fácil de fazer e apenas com a imaginação e o gosto de cada um. Queijos, compotas, mel, frutos secos, charcutaria, fruta variada, tostas e pães a gosto, azeitonas, pickles, chutneys, e depois mais um ou outro petisco que facilmente se incluem...
Hoje deixo-vos uma sugestão perfeita para esta altura de festas, muito simples de realizar e que compõe uma mesa num instante.
Espero que gostem da sugestão.

Patê de salmão fumado
200g de salmão fumado
200g de queijo creme para barrar à temperatura ambiente tipo Philadelphia

Preparação:

Pique finamente o salmão fumado ou use o robot de cozinha ou uma picadora. 
Numa taça junte o queijo creme à temperatura ambiente e junte o salmão fumado previamente picado. Misture bem para ficar bem envolvido e decore a gosto.
Sirva com tostinhas ou pão.

Petisco de Farinheira
1 farinheira
6 ovos
flôr de sal
pimenta de moinho

Preparação:

Faça um golpe a toda a volta da farinheira e leve-a a fritar numa frigideira anti aderente até a pele se soltar. Com a colher de pau vá desfazendo a farinheira até estar estar cozinhada e torradinha.
Bata os 6 ovos com um pouco de flôr de sal e pimenta a gosto e junte à farinheira.
Vá mexendo até os ovos estarem cozinhados.
Sirva morno barrado em tostinhas ou pão fresco.

Mozarella Marinada
200g de mini-mozarellas frescas em bolinhas
azeite q.b.
1 malagueta vermelha chilli
1 mão cheia de folhas de manjericão fresco
2 dentes de alho
Pimenta q.b.

Preparação:

Descasque e pique os dentes de alho. Corte também a malagueta numa juliana fininha assim como o manjericão fresco. Coloque tudo numa tacinha e acrescente o azeite. Junte depois as bolinhas de mozarela bem escorridas e envolva bem no azeite temperando com um pouco de pimenta. Deixe marinar algumas horas (ou de um dia para o outro) antes de servir. Sirva com pão fresco embebendo o pão no azeite aromatizado.

Manteiga de Ervas
100g de manteiga à temperatura
4 colheres de sopa de coentros frescos picados

Preparação:

Bata a manteiga com a ajuda de um garfo e misture os coentros picados. Coloque a mistura numa película aderente e enrole de modo a formar um rolo. Leve ao frigorífico para que ganhe firmeza.
Sirva depois com tostinhas e pão.

Componha depois a tábua com as entradas, pão, tostas e alguma fruta.


Bom Apetite!

Escangalhado de Curd de Limão, Ananás e Arandos


É sem dúvida a época destas coisas. De experimentar receitas novas, de fazer uma espécie de “bolo rei” alternativo.
Neste caso a inspiração veio do instagram de uma amiga, de escangalhado de ananás, e lembrei-me de fazer uma coisa do género para o lanche! Uma massa semi doce leveda normal de trança, umas sobras de curd de limão que tinha congelada, e o ananás que deu o mote a tudo. Enriqueci com arandos e amêndoas porque faz parte desta altura do ano. 
E no final não podia ter ficado melhor. Quer dizer, podia ter ficado mais bonito se a massa não tivesse crescido imenso e a minha espécie de trança ter ficado um bocadinho desajeitada, mas posso garantir que o sabor estava delicioso e que se comeu num instante. Porque não é nem demasiado doce, nem demasiado enjoativo, e até ao pequeno almoo, com um pouco de queijo ou manteiga ficou delicioso!
Espero que gostem desta sugestão e se inspirem noutras combinações.

Ingredientes:

Massa:
(adaptado de “Bimby - receitas essenciais - página 58)
250g de leite
100g de manteiga
50g de açúcar
1 saqueta de 7g de levedura seca
2 ovos
700g de farinha
sal q.b.
gema para pincelar

Recheio:
300g de ananás fresco cortado em pedaços finos
75g de arandos secos
75g de amêndoas peladas

Açúcar em pó, fios de ovos e groselhas frescas para decorar

Preparação:

Comece por fazer a massa.Misture o leite morno com a manteiga derretida e o açúcar. Junte depois o fermento e os ovos batidos e isture com uma vara de arames. Acrescente depois a farinha e uma pitada de sal e amasse bem à mão ou com a ajuda de uma batedeira ou robot de cozinha. Deixe depois a levedar  cerca de 30 minutos num local morno.
Ao fim desse tempo, estique a massa com a ajuda de um rolo. Espalhe por cima o curd de limão e disponha depois as fatias finas de ananás e polvilhe depois com os arandos e as amêndoas inteiras. Enrole depois cuidadosamente como se fosse uma torta. 
Coloque o rolo sobre um tabuleiro grande forrado com papel vegetal. Corte depois o rolo ao meio, no sentido do comprimento, expondo todo o recheio do rolo. (Atenção que é normal começar a sair um pouco de recheio!) Com cuidado vá entrançando as duas partes do rolo até formar uma espécie de trança. Pincele depois com um pouco de gema de ovo, tape com um pano e deixe novamente a levedar até dobrar de volume num local afastado de correntes de ar. (Atenção que cresce bastante!)
Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Depois de cozinhado deixe arrefecer e decore a gosto com fios de ovos, açúcar em pó e groselhas frescas.


Bom Apetite!

“Donuts” Rápidos de Laranja e Canela (Receita também em video)


Inspiração para o Natal. Faltam só 10 dias. E por aqui está tudo calmo, com quase tudo preparado ou em andamento. Tenho apenas os cabazes para acabar, mas sinto que, pela primeira vez nos últimos anos tenho tudo controlado. Presentes comprados e embrulhados (apesar de este ano terem sido muito pouco originais!), postais quase prontos a enviar, ementas pensadas, mimos de comer para os cabazes pensados... Afinal acabou por compensar ter começado tão cedo a pensar em tudo, a decorar a casa, a comprar presentes....
E portanto, com esta parte orientada, conseguimos viver melhor esta época do ano. Com mais calma e serenidade a pensar em tudo o que é importante, e a viver em família o que realmente interessa. Fins de semana mais calmos, lareira acesa, as velas do advento, chá e bolo, filmes em família, decorar postais, fazer bolachinhas com os miúdos... Tudo isto em vez de deixar o natal passar a correr atrás de presentes e coisas....
E para não fugir à temática da época, uma espécie de donuts  rápidos (mais pesados do que os habituais sonhos), para fazer e comer ainda quentinhos, no último fim de semana antes do natal.



(A receita completa com os ingredientes está no video, e na descrição do mesmo!)


Bom Apetite!

Bolinhos de Cacau, Canela e Iogurte


Quase no Natal. Começam portanto os jantares de natal, os lanches de natal e a vontade de tudo ser alusivo ao natal! Aqui por casa o fim de semana comprido de chuva e frio, dá sempre lugar à vontade de fazer um bolo. Principalmente quando se tem amigos para lanchar.
Desta vez algo muito simples e que se prepara em poucos minutos. Cacau e canela numa combinação que fica sempre bem e nuns bolinhos pequenos e mimosos que também ficam lindos vestidos de festa.
Que em dizem?

Ingredientes:

4 ovos
40g de cacau
125g de iogurte natural
150g de manteiga
200g de açúcar
250g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela me pó

Preparação:

Numa taça coloque a manteiga amolecida, o açúcar, o iogurte, os ovos inteiros, o cacau, a canela e bata com a ajuda da batedeira durante cerca de 2 ou 3 minutos. Junte depois a farinha e o fermento e volte a bater apenas para misturar.
Coloque depois a mistura numa forma previamente untada com manteiga (ou use 6 mini formas) e leve a cozinhar em forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos (se for um bolo grande) ou 15 a 20 minutos se usar as mini formas.
Retire do forno, desenforme, deixe arrefecer sobre uma grelha e decore com um pouco de açúcar em pó e frutos vermelhos!


Bom Apetite!

Bochechas de Porco Braseadas no Forno


Se há coisa que prezo, é utilizar ingredientes de confiança, de qualidade e de origem nacional, idealmente local. Com o tempo fui aprendendo a fazer melhor escolhas. Um cabaz biológico local de entrega em casa, e as “faltas” compradas na frutaria de rua, com produtos nacionais de pequenos produtores. Frangos e ovos caseiros comprados a uma pessoa de confiança, de uma aldeia das redondezas, um cabaz de carne de vaca de uma associação de produtores também locais, cabaz de peixe da fresco da lota da Figueira da Foz, ... e as idas normais ao supermercado para comprar as restantes coisas, e a procura constante por estes produtos que, ao contrário do que possam pensar ficam na maioria das vezes mais barato que os habituais produtos do supermercado.
E depois  sempre a questão dos produtos nacionais. Sempre a ver as etiquetas e embalagens porque quero dar preferência aos produtos nacionais (e aos nossos produtores)  seja carne, peixe, legumes, fruta ou carne. E em relação à carne de porco, sempre a perguntar a origem quando esta não vem referenciada e sempre a procurar carne de porco nacional, e em algumas ocasiões a não comprar a carne por esta não ter uma origem (nascido, criado e abatido) nacional.
Foi por isso que aceitei prontamente preparar uma receita com carne de porco 100% nacional e certificada, com origem em animais alimentados à base de cereais. Uma certificação que todos nós devemos ficar a conhecer, pois quando virmos o selo porco.pt, poderemos ter a certeza da qualidade e origem do que estamos a consumir. Porque consumir produtos de origem nacional e certificados deveria ser uma preocupação de todos. Acabei a preparar umas bochechas de porco, porque além da preocupação de consumir nacional (quando possível local) e certificado, também gosto da abordagem de se “respeitar” o animal, consumindo tudo, da “cabeça aos pés”. E muitas vezes estes cortes de carne menos nobre ficam esquecidos. E na maioria das vezes as pessoas não sabem como prepará-los, nem como são saborosos e maravilhosos. 

Ingredientes para 4 pessoas:

1kg de bochechas de porco limpas
300ml de vinho tinto
50ml de vinho do porto
1 haste de alecrim fresco
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
2 cenouras
2 cebolas pequenas
1 colher de chá de colorau em pó
1/2 colher de chá de cominhos em pó
1/2 colher de chá de noz moscada

Preparação:

Leve um tacho ( ou tacho de ferro) com tampa e que depois possa ir ao forno, ao lume com um pouco de azeite e deixe aquecer. Sele as bochechas de porco no azeite, de ambos os lados até que fiquem douradas.
Pique grosseiramente as cebolas e descasque as cenouras e corte-as em cubos pequenos. Junte às bochechas no tacho e envolva bem. Junte o vinho tinto, o vinho do Porto, a haste de alecrim e tempere com sal, pimenta, a noz moscada, o colorau e os cominhos. Deixe levantar fervura e coloque a tampa no tacho, desligando do fogão e colocando tuno no forno (dentro do tacho tapado) previamente aquecido a 160ºC durante cerca de 2h30 a 3h, de modo a que as bochechas fiquem tão macias que não seja preciso nada mais do que uma colher para as comer e cortar.
Sirva depois com puré de batata e couves salteadas.


Bom Apetite!

Risotto de Lentilhas com Ovo Cozido e Coentros


Uma segunda feira que começa com uma receita sem carne nem peixe. Uma espécie de risotto de lentilhas que acompanhamos com ovo cozido - mais por causa dos miúdos que adoram.
Num dia em que andava de volta da despensa em arrumações e reparo num frasco com um resto de arroz para risotto, e um resto de lentilhas. A ideia ficou-me de imediato.
Foi colocar as lentilhas e demolhar e esperar pela hora de jantar...
Enquanto fazia esta especie de risotto, mexendo o arroz para ficar o mais cremoso possível (mas um risotto que não leva queijo....) ainda estive na preparação dos meus cabazes de natal e fiz mais uma dose de doce de abóbora. E ainda fiz sopa cremosa e reconfortante para combater o dia frio que estava lá fora, e granola caseira - com gegibre e canela e frutos secos - e uma dose de iogurtes caseiros naturais... Um fim de tarde entre tachos e tabuleiros, com os miúdos a brincarem por perto... Mesmo durante a semana, parece que Dezembro traz dias mágicos....

Ingredientes para 4 pessoas (2 adultos e 2 crianças) - com sobras

2 alhos franceses pequenos
2 dentes de alho
1 lata pequena de tomate pelado
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de cominhos em pó
250g de lentilhas castanhas previamente demolhadas
1/2 chávena de arroz para risotto
água quente q.b. (ou podem usar caldo caseiro)
azeite q.b.
4 ovos cozidos
coentros picados q.b.

Preparação:

Pique os dentes de alho. Corte o alho francês em rodelas finas e lave-o bem.
Leve ao lume um tacho com um pouco de azeite e acrescente os dentes de alho picados e o alho francês e deixe refogar um pouco até que comece a murchas. Junte depois o tomate pelado e os cominhos e envolva bem deixando levantar fervura. Acrescente depois as lentilhas previamente demolhadas e tempere a gosto com sal e pimenta. Acrescente dois copos de água e deixe cozinhar em lume brando até as lentilhas estarem macias, mas não a desfazerem-se, cerca de 40 minutos (atenção que pode ter necessidade de acrescentar mais água. Deverá fazê-lo aos poucos)
Junte depois o arroz e envolva bem com as lentilhas. Como num risotto, vá acrescentado a água quente, aos poucos e poucos, juntando mais apenas quando a anterior tiver sido absorvida, e mexendo o arroz de modo a que fique cremoso, o que poderá demorar aproximadaente 30 a 40 minutos em lume brando. Retifique  de sal e pimenta.
Sirva o risotto polvilhado com os coentros picados e os ovos cozidos cortados ao meio.


Bom Apetite!

Cogumelos Enrolados em Bacon (Receita também em video)


Há umas semanas atrás foi desafiada pela Primor a fazer uma receita com Bacon de Peru. A época das festividades de natal e de fim de ano ditou o que queria fazer: uma entrada simples e deliciosa para receber, à volta da mesa, quem amamos: os nossos amigos e a nossa família.
Chega esta altura do ano e sucedem-se os jantares e almoços de natal, com os colegas de trabalho, com os amigos, e muitas vezes também com alguma família mais afastada. E depois queremos ideias, coisas boas e rápidas, que se façam rapidamente e sem ingredientes muito estranhos, muito complicados, muito caros.
Ora o mote estava dado, assim como um dos ingredientes a utilizar. E o resto veio naturalmente, numa entrada simples de preparar, para muitas pessoas ou só para algumas, mas que não precisa de muita preparação prévia, e que enche uma mesa.
Uns cogumelos enrolados em tiras de bacon de peru, são uma das minhas sugestões para estas mesas de festas, e a minha sugestão para a Primor.
E vocês, já começaram a pensar nas ementas desta altura do ano? Aventuram-se ou optam por coisas mais tradicionais?



Ingredientes para 4 pessoas (como entrada):

8 cogumelos de Paris
8 fatias de bacon de Peru Primor
50g de queijo ralado
1/2 cebola
1 dentes de alho
1 colher de sopa de maionese
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Lave os cogumelos e retire-lhes os chapéus.
Pique a cebola juntamente com os pés dos cogumelos, o dente de alho e leve a refogar num pouco de azeite. Tempere com sal e pimenta . Junte depois metade do queijo ralado e a maionese  e envolva bem.
Recheie os cogumelos com o preparado anterior, e envolva-os depois numa fatia de bacon prendendo com um palito ou pau de bambu.
Coloque os cogumelos num tabuleiro que possa ir ao forno e termine com o restante queijo ralado.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos, ou até os cogumelos estarem cozinhados e o bacon crocante.


Bom Apetite!

Imprimir