Bolo de Laranja, Iogurte e Aveia


Sexta feira é dia de bolo, certo? E de bolos simples, sem claras em castelo, daqueles de misturar tudo e já está. 
Desta vez com laranja e iogurte e uma mistura de farinhas menos habitual, mas nesta coisa da cozinha, experimentar alternativas diferentes para ver se resultam é engraçado. O bolo ficou aprovado e quase não sobreviveu ao fim de semana.....
Deixo-vos a sugestão e a dica. Não tenham receio de experimentar receitas diferentes, novos ingredientes e de se aventurarem em culinárias mais desconhecidas!
Bom fim de semana.

Ingredientes para 1 bolo pequeno:

1 laranja pequena
125g de açúcar mascavado ou de coco (podem usar outros açúcares)
3 ovos
100g de farinha de aveia (aveia triturada)
100g de fubá de mandioca (ou outra farinha a gosto)
80g de óleo vegetal (usei óleo de coco)
125g de iogurte natural
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:

Com a ajuda de uma batedeira bata o açúcar com os ovos e com a raspa da laranja até obter um creme fofo. Junte depois as farinhas, o fermento, o iogurte e o óleo e bata mais 1 minuto ou 2 até ficar tudo bem incorporado.
Coloque a massa numa forma de bolo previamente untada e polvilhada e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Deixe arrefecer uns minutos na forma antes de desenformar.


Bom Apetite!

Flan Salgado de Brócolos e Alho Francês


Já estamos em contagem decrescente para as férias. Ainda falta um bocadinho, mas os miúdos já começam a perguntar pela praia, e a ficar cansado das rotinas que ainda mantêm, apesar de tentarmos ter sempre planos diferentes para o fim de semana que incluam locais e coisas diferentes para eles.
De resto as coisas continuam mais ou menos na mesa, aproveitanto sempre para fazer receitas novas, como este flan salgado de inspiração da Joana Moura, e tentando organizar as coisas aqui por casa, tarefa que parece nunca ter fim...

Ingredientes:

350g de brócolos
2 alhos franceses
sal e pimenta q.b.
200ml de natas (usei natas ácidas, mas podem usar natas normais)
6 ovos
noz moscada q.b

Preparação:

Separe os brócolos em raminhos e  leve-as a cozinhar a vapor mais deixando-os ficar ainda um bocadinho “al dente”.
Entretanto bata os ovos inteiros com as natas e tempere com sal, pimenta e noz moscada, colocando a mistura num tabuleiro que vá ao forno e à mesa ou um pirex.
Corte o alho francês em pedaços e lave bem, escorendo-o. Pique o alho francês grosseiramente, assim como os brócolos e junte-os à mistura de ovos e natas.
Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Sirva como prato principal ou acompanhamento. (Aqui acompanhamos com costeletas grelhadas) e uma salada verde.


Bom Apetite!

Courgete Patisson Recheada com Frango


Perguntam-me vezes sem conta se os miúdos comem o mesmo que nós. A resposta é quase sempre sim, tirando raras excepções. A diferença é que muitas vezes, e apesar de comerem exatamente a mesma coisa que nós, descontruímos o prato deles... Em vez de uma salada de frango, por exemplo, em que no nosso prato tudo está misturado, no prato deles os alimentos são colocados naqueles pratinhos com divisórias e estão separados. E muitas vezes ajusto os vegetais e legumes a coisas que eles gostam mais - não são, para já, grandes fãs de folhas verdes como alface e espinafres...
Mas os legumes recheados têm sido muito bem vindos cá em casa. Acham piada ao “capéuzinho”, gostam de abrir para ver o que está lá dentro e comem o recheio - apesar de muitas vezes não comerem o exterior (neste caso comeram o recheio todo da courgete, mas não a “casca”) Estas courgetes e o tomate são para já os mais bem recebidos.
E é também uma boa forma de comer legumes e despachar sobras de carne.

Ingredientes para 4 unidades:

4 courgetes patisson (se não encontrarem destas courgetes, podem usar qualquer outra variedade)
250g de peito de frango já cozinhada e desfiado
1 cebola
2 dentes de alho
200ml leite de coco (podem usar natas ou natas vegetais ou iogurte se preferirem)
ervas secas a gosto
sal e pimenta q.b.
noz moscada q.b.
queijo ralado a gosto
azeite q.b.

Preparação:

Cuidadosamente retire a tampa às courgetes (se usar courgetes normais, corte-as longitudinalmente) e cuidadosamente e, com a ajuda de uma colher de sopa, escave o interior sem rasgar a casca. Reserve.
Coloque as courgetes escavadas num tabuleiro que vá ao forno regue com um fio de azeite e tempere com uma pitada de sal.
Entretanto pique a cebola com os dentes de alho e leve ao lume num tacho ou numa frigideira juntamento com um pouco de azeite e deixe refogar um pouco. Junte depois o interior das courgetes também picado e deixe estufar. Tempere  gosto com um pouco de sal pimenta, noz moscada e as ervas aromáticas e deixe cozinhar uns 5 minutos em lume brando. Junte depois o frango desfiado e o leite de coco, envolva bem e deixe levantar fervura.
Recheie as courgetes com o preparado de frango e por cima disponha um pouco de queijo ralado e se quiser um pouco mais de ervas secas.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos ou até as courgetes estarem cozinhadas.
Sirva com uma salada verde ou outra a gosto.


Bom Apetite!

Quinoto de Tomate


Não é a primeira vez que faço uma espécie de risoto de quinoa (quinoto), mas já não fazia há muito tempo. Desta vez aproveitei meio frasco que estava aberto no frigorifico do nosso molho caseiro de tomate sete vegetais, mas podem usar qualquer outro molho de tomate ou juntar tomate fresco e maduro ao refogado de cebola, tendo apenas o cuidado de aumentar a quantidae de água.
É uma maneira diferente de fazer a quinoa, e é um acompanhamento diferente e surpreendente. Além disso fica optimo aquecido no dia seguinte, pelo que se pode fazer a mais para a marmita do dia seguinte, ou simplesmente para estar “despachado” para outra refeição.
Aqui em casa foi muito apreciado, e comemos a acompanhar uns “jaquinzinhos” fritos. Mas gostei mais no dia seguinte, simplesmente com um ovo escalfado.

Ingredientes para 2 adultos e 2 crianças:

150g de quinoa
250ml de água
200ml de molho de tomate pronto (usei o molho de tomate 7 vegetais caseiro)
50g de queijo parmesão ralado na hora
azeite q.b.
50ml de vinho branco
1 cebola
sal e pimenta q.b.
centro frescos q.b.

Preparação:

Pique a cebola e leve-a a alourar num pouco de azeite até que fique translúcida. Junte depois a quinoa e envolva bem. Acrescente o vinho branco e deixe cozinhar uns dois minutos em lume brando, mexendo de vez em quando. 
Acrescente depois o molho de tomate e a água, retifique de sal e pimenta e deixe levantar fervura. Coloque no mínimo e vá mexendo de vez em quando, durante cerca de 25 minutos, até a quinoa estar cozinhada e ainda com molho, como se fosse um risotto.
Misture o queijo parmesão, envolva bem e desligue. Deixe repousar 5 minutos.
Retire do tacho e envolva os coentros.
Sirva de imediato, simples, como ovo escalfado, ou como acompanhamento de, por exemplo, carapauzinho frito.


Bom Apetite!

Salada de Massa Espiral, Rúcula e Frango com Leite de Coco


Há sempre muitas perguntas, nesta altura do ano, acerca de refeições para as férias. E também há sempre muitas perguntas acerca de rentabilizar refeições e acerca de economia doméstica. 
Cá em casa, quando assamos frango, optamos sempre por frangos grandes caseiros ou do campo. Já sabemos que sobra (os miúdos ainda comem relativamente pouca proteína) e por isso, quando parto o frango para levar para a mesa, separo quase sempre o peito - porque aqui em casa é a parte que ninguém gosta. Depois com o peito há sempre outras refeições que se fazem. Desta vez o frango desfiado juntamente com um pouco de liete de coco (que também podiam ser natas normais ou vegetais)  foi parar a uma salada de massa com rúcula aqui do jardim, numa refeição que se pode comer fria, ideal para as férias e para marmitas (e excelente para sobras de frango de churrasco também!!)
Então aqui fica uma receita simples e prática para as férias, e ao mesmo tempo perfeita para aproveitar sobras. Claro que podem complementar com outras coisas, mas com estes poucos ingredientes também fica deliciosa. Na cozinha, muitas vezes menos também é mais!
Boa semana!

Ingredientes:

200g de frango desfiado (sobras de frango assado)
1 cebola pequena
1 dente de alho
1 folha de louro
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
100ml de leite de coco (de lata)
200g de massa espiral (qualquer variedade - integral, normal, sem glúten.....)
2 mãos cheias de rúcula selvagem
queijo cheddar ralado q.b. (ou outra variedade a gosto)

Preparação:

Coza a massa em água a ferver temperada de sal até ficar al dente. Retire, escorra e reserve.
Entretanto pique a cebola e o alho e leve ao lume, numa frigideira com um pouco de azeite e a folha de louro. Junte depois o frango desfiado, envolva bem e acrescente o leite de coco e retifique de sal e pimenta.
Envolva o frango na massa, junte a rucula e envolva bem. Antes de servir junte o queijo ralado.


Bom Apetite!

Bolo de Banana e Sarraceno


Vi este bolo no blogue do meu querido Célio (Sweet Gula) e fiquei logo apaixonada - o que me acontece quase sempre que vou ao blogue dele, porque as fotografias são simplesmente maravilhosas! 
Achei curioso a versão “saudável” do bolo, mais pelo uso integral de farinha de trigo sarraceno, do que propriamente por não usar açúcar refinado, mas achei quer era interessante experimentar este bolo, cuja receita original é da Sara, do blogue “Nem acredito que é saudável”!
O bolo é muito fácil de fazer um bolo que na sua totalidade só tem farinha de trigo sarraceno (uma farinha sem glúten, para quem não saiba) tem um sabor muito peculiar e que pode não agradar a todos. Eu gostei, mas os meus filhos disseram que não gostaram do bolo e tenho a certeza que foi por causa do sabor forte do sarraceno, que mesmo com a banana, a amêndoa e o chocolate o tornam demasiado intenso e possível de não agradar a todos.
No entanto, se gostam do sabor mais forte do sarraceno, vale a pena experimentar estar versão. Fiquei no entanto a pensar como ficaria trocando uma parte da farinha de trigo sarraceno por farinha normal, ou até de aveia ou espelta.
Fica aqui a receita porque, miúdos à parte, eu gostei bastante do bolo.

Ingredientes:
(receita adaptada do blog da Sara "Nem Acredito Que é Saudável” )

230 g de farinha de trigo sarraceno
 1/2 c. (chá) de fermento
1/2 c. (chá) de sal
80 g açúcar de coco
2 bananas em puré
20 g de manteiga de amêndoa
50 g de óleo de coco
1 c. (chá) de essência de baunilha
50 ml de bebida de aveia
2 ovos
40 g de amêndoas, picadas
60 g de chocolate com 70% de cacau, picado
1 banana em fatias
1 c. (sopa) de açúcar de coco

Preparação:

Numa taça misture a farinha, o fermento, o sal e o açúcar de coco. Noutra taça misture as bananas em puré, a manteiga de amêndoa , o óleo de coco, a essência de baunilha, a bebida de aveia e os ovos. Bata tudo até ficar bem misturado.
Junte depois as duas coisas e misture novamente. Envolva depois as amêndoas picadas e o chocolate.
Unte com óleo de coco uma forma de aro amovível com 20cm de diâmetro e forre-a com papel vegetal e volte a untar com óleo de coco. No fundo coloque as bananas fatiadas e polvilhe com açúcar de coco.
Coloque a massa do bolo sobre as fatias de banana e leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC durante 40-45 minutos, até o bolo estar cozido no centro.
Retire do forno, deixe arrefecer alguns minutos e depois desenforme.


Bom Apetite!

Tacinhas de morango e cenoura (Receita também em video)


Aqui por casa estas tacinhas, com todas as variações possíveis e imaginárias, têm sido o pequeno almoço favoritos dos miúdos. Acham piada ajudar a fazer, escolher as frutas e por vezes os legumes e misturar tudo. E gostam também de “decorar” cada um a sua taça, a gosto, com as suas coisas favoritas, que na maioria dos casos são cajus, mirtilos e framboesas.
Deixo-vos esta sugestão, que não tem nada que saber, mas que são alternativas frescas e nutritivas, perfeitas para toda a família e que se prepara em poucos minutos. Uma variante de pequenos almoços convencionais, e um complemento delicioso para pequenos almoços demorados de férias.
A receita também está em video, para quem gosta desta versão de receitas em video.

Ingredientes para 2 pessoas:

150g de morangos congelados
1 cenoura cozida  
1 colher de sopa de mel ou maple Syrup (ou nada)
50ml de leite de coco ou iogurte natural
sementes a gosto ou frutos secos
lascas de coco a gosto
frutos vermelhos q.b.

Preparação:

Ver o vídeo:


Ou:

No copo da liquidificadora ou robot de cozinha coloque os morangos, a cenoura cozida, o iogurte ou leite de coco e adoce com o mel ou maple syrup, se necessário. Triture bem até obter uma mistura homogénea
Divida a mistura pelas taças e coloque os toppings a gosto.
Sirva de imediato.


Bom Apetite!

Salada de Tomate Assado, Mozarella e Azeite de Manjericão


Para quem ainda não foi de férias, como é o meu caso, é tempo de começar a pensar mais seriamente no assunto... Já não falta tudo! Os miúdos já falam muito na praia, e nas brincadeiras que fazem por lá, eu já só consigo pensar nas mil malas para fazer e na tralha toda que ainda temos de levar atrás - e também nos livros que gostaria de ler.... - e também deixo a imaginação divagar nas receitas mais frescas que gostamos de ter à nossa mesa nas férias: peixe grelhado, saladas frescas e variadas e muita fruta colorida.
E esta salada é um exemplo perfeito de uma mesa de férias! Espero que gostem!

Ingredientes:

400g de tomate cereja em rama
2 dentes de alho
azeite q.b.
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
manjericão fresco q.b.
sumo e raspa de 1 limão
90g de rucula selvagem
2 bolas de mozarella fresca 
cajus ou pinhões ou amêndoa tostados q.b.


Preparação:

Coloque o tomate e os dentes de alho picados num tabuleiro e acrescente um fio de azeite e um pouco de pimenta. Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos. Retire do forno, regue com o vinagre balsâmico e deixe arrefecer.
No copo da varinha mágica coloque o manjericão, o sumo e raspa de limão e acrescente azeite. Tempere com sal, pimenta . Reserve.
Numa travessa coloque os tomates assados e a rúcula. Por cima disponha a mozarella fresca. Termine com  o azeite de manjericão, os cajus ou pinhões tostados e mais umas folhas frescas de manjericão.
Sirva com pão ou focaccia.


Bom Apetite!

Portobelos Recheados com Espinafres e Cheddar


Esperamos pelos dias de férias, ansiosamente. Confesso que me sinto bastante cansada e, apesar de ter sido uma decisão minha ficar em casa com os meus filhos até aos 3 anos, conto os dias para que Setembro chegue e o António vá para o Jardim de Infância com o irmão Zé! Há alturas em que sei que não chego a tudo. As obrigações de trabalho (e com ela a gestão de tudo o que isso implica), dois filhos pequenos que necessitam e exigem muito de mim, e tudo o resto que compõe a nossa vida. Tenho obrigatoriamente de deixar algumas coisas para trás. Até porque temos de reconhecer quando não conseguimos, quando temos de parar um pouco, quando precisamos de dar dois passos atrás para depois darmos três ou quatro em frente.
Estou nessa fase. Assoberbada. (Não é para terem pena, porque não se trata de pena, mas sim de constatar factos, e de tentar explicar aos meus queridos leitores algumas ausências!)
De resto há receita de cogumelos recheados. Desta vez recheados com espinafres e queijo cheddar, que gostamos muito cá me casa, e foram mais uma variante para uma das nossas refeições sem carne e sem peixe que, apesar de nem sempre irem aparecendo, continuam a fazer parte das nossas receitas da semana.

Ingredientes para 2 pessoas como prato principal, ou 4 como entrada:

4 cogumelos portobelo grandes
75g de espinafres frescos
1 cebola
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
manjericão seco q.b. (ou outra erva seca a gosto)
150g de queijo cheddar

Preparação:

Limpe bem ou lave os cogumelos e seque-os. Cuidadosamente retire os pés aos cogumelos e com a ajuda de uma colher escave o interior, de modo a que sejam mais simples de rechear. 
Pique finamente a cebola e também os pés e o interior dos cogumelos.
Leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite e junte a cebola deixando fritar um pouco. Acrescente depois os pés dos cogumelos e deixe refogar mais uns minutos. Finalmente acrescente as folhas de espinafres e envolva tudo muito bem. Tempere de sal e pimenta a gosto e deixe estufar um pouco até as folhas de espinafres estarem murchas. Desligue, acrescente metade do queijo cheddar previamente ralado e envolva bem.
Coloque os cogumelos escavados num prato que vá ao forno e tempere-os com um pouco de sal e um fio de azeite. Divida o recheio pelos cogumelos, e por cima disponha o restante queijo. Polvilhe com o manjericão seco e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos.
Sirva os cogumelos com uma salada verde.


Bom Apetite!

Dip de Atum e Abacate


Dias ainda “grandes”, sol e ao que parece finalmente calor. Parece que finalmente podemos aproveitar os fins de semana na rua. E este foi mesmo maravilhoso com direito a feira popular, carroceis e farturas, concerto dos The Gift ao ar livre das festas da cidade, banho de “piscina” no jardim, sardinhada e churrasco e sunset de final do dia também no jardim...
E por isso as receitinhas dos últimos dias, espelham este nosso fim de semana. A começar com este patê de atu, um bocadinho diferente do convencional!

Ingredientes:

1 lata de atum em azeite
1/2 abacate maduro
2 colheres de sopa de pickles picados
1 colher de sopa de coentros picados
chips de milho para servir

Preparação:

Abrir o atum e escorrer o azeite. Colocar numa taça.
Entretanto esmagar o abacate e junte com o atum. Adicionar os pickles e os coentros picados e envolver bem.
Servir com chips de milho e uma bebida bem fresca.


Bom Apetite!

Bolo de Espumante com Buttercream de Queijo Creme e Maracujá


Foi para comemorar o aniversário da minha irmã. Ela pediu-me para fazer o bolo, e mesmo com um fim de semana preenchido com workshops, não lhe podia dizer que não. Mais difícil foi escolher o bolo, mas uma das minhas revista de culinária trazia a receita de um bolo com espumante que achei muito curiosa, e achei também que com um buttercream de maracujá ia ficar bem. Para decorar lembrei-me das flores comestíveis da Dona Rosa (onde encomendo praticamente todas as semanas o meu cabaz de hortícolas), e assim, pareceu-me ter o bolo ideal para lhe cantar os parabéns.
Mas a coisa não foi pacífica, que os percalços acontecem a todos. Tive de fazer duas vezes o bolo porque só uma receita não ia fazer o bolo ficar como queria, e o meu buttercream talhou um bocadinho e ficou um pouco granuloso... No final, o bolo não estava perfeito - mas eu também não sou boleira nem faço bolos para vender, e para nós, da casa, estava bem apesar das imperfeições - mas ficou deveras saboroso, e até bonitinho, e a combinação de espumante e maracujá ficou deliciosa, tal como tinha imaginado. Apesar de tudo, no final, o resultado não foi dos piores.
Deixo as receitas, e a sugestão!

Bolo de Espumante:
(Revista “delicious”, maio de 2018, página 74)

85g de manteiga amolecida
145g de açúcar
125g de farinha
20g de amido de milho (maisena)
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 ovos 
25ml de óleo vegetal
1/4 de colher de chá de pasta ou extrato de baunilha
120ml de iogurte
50ml de espumante de boa qualidade

(ATENÇÃO: PARA O BOLO DA FOTO FIZ DUAS VEZES ESTA RECEITA)

Buttercream de Queijo Creme e Maracujá:

200g de açúcar em pó
200g de queijo creme (tipo philadelphia) à temperatura ambiente
150g de manteiga à temperatura ambiente
polpa de 4 maracujás (coada para ficar sem as grainhas)

Decoração:

frutos vermelhos a gosto
flores comestíveis (usei amores-perfeitos)
hortelã fresca

Preparação:

Numa taça coloque a manteiga e o açúcar e com a batedeira misture até ficar com uma mistura pálida e fofa - cerca de 5 minutos. Noutra taça misture a farinha, com o amido de milho, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reserve.
Assim que a manteiga estiver bem misturada com o açúcar, e continuando a bater com a batedeira, adicione os ovos, um a um, esperando que o primeiro esteja bem misturado antes de adicionar o segundo. Misture depois o óleo vegetal e a baunilha.
Junte agora 1/3 da mistura da farinha - sempre a misturar com a batedeira, agora a uma velocidade baixa - junte depois o iogurte, e em seguida, mais um terço da mistura de farinha.
Finalmente junte o espumante e a restante farinha, mas apenas até tudo estar incorporado. Não misture demasiado.
Divida a mistura por duas formas de mola com cerca de 20cm de diametro, previamente untada e forradas com papel vegetal no fundo. Alise o topo e leve ao forno previamente aquecido a 170ºC durante cerca de 25 minutos. Deixe arrefecer 10 minutos antes de desenformar e deixar arrefecer completamente sobre uma grelha. (Como fiz duas vezes a receita fiquei com 4 bolos!)
Prepare depois o buttercream. Junte o queijo, o açúcar e a polpa do maracujá numa taça e bata com a batedeira até obter uma mistura cremosa. Junte depois a manteiga e bata mais um pouco até estar bem incorporado. 
Depois dos bolos bem arrefecidos, acerte-os com uma faca afiada, para que fiquem direitos. Terá quatro bolos.
Coloque um dos bolos no prato de servir (para não sujar o prato coloque papel vegetal sobre as bordas, que depois poderá puxar sem estragar o bolo). Coloque depois o buttercream num saco pasteleiro, ou apenas com uma colher e coloque-o a meio do bolo, a uns centímetros das bordas.
Por cima coloque outro bolo  e volte a colocar buttercream, e repita até ter empilhado os quatro bolos. No fim cubra tudo com o restante buttercream, alisando o topo e os lados com uma espátula. Leve ao frigorífico.
Retire o bolo do frigorífico 10 minutos antes de servir e decore-o a gosto com os frutos e as flores. 


Bom Apetite!

Sumo de Ananás e Espinafre da Paula


Não sou nada destas coisas de sumos detox, mas a minha amiga Paula garantiu-me que era delicioso e refrescante e que quando estava calor era uma das maneiras que ela gostava de começar o dia...  Nestas coisas não há nada melhor do que experimentar, até porque a receita leva hortelã chocolate, e a minha cresce a olhos visto, e eu praticamente só uso para decorar sobremesas e refrescos.
Realmente é delicioso, e para mim uma boa ideia para variar, principalmente agora com o tempo quente (?) nos nossos pequenos almoços mais demorados de verão.
A receita não tem mesmo nada que fazer. Mas talvez por ser tão simples e bastar um robot ou liquidificadora (ou até o copo da varinha mágica) para fazer, vos inspire a avançar e mudar um pouco os vossos pequenos almoços e lanches da tarde.
Aqui fica a receita da Paula!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 rodelas de ananás
1 mão cheia de espinafres
1 rodela de gengibre fresco
1 pernada de hortelã chocolate


Preparação:




Colocar tudo no copo da liquidificadora ou robot de cozinha e triturar bem, juntando água até ter a consistência desejada.
Beber de imediato.

Bom Apetite!

Camarão no Forno com Pimentão Fumado e Vinho Branco


Hoje é feriado em Coimbra. O feriado da cidade. Para mim é dia de ficar em casa com os 3 pequenos e de ter programa de fim de semana com eles. Brincar no jardim, talvez irmos passear ao parque. Também é de comermos panquecas ao pequeno almoço, e de , quem sabe sabermos um bolo ou bolachinhas. 
Talvez por isso a receita de hoje é a pensar em receitas de fim de semana, para fazer rapidamente e comer com calma, com torradinhas de bom pão com manteiga e uma taça de espumante ou um bom copo de vinho.
Uns camarões no forno vêm sempre a calhar, e estes nunca desiludem. Espero que vos inspire para as tardes quentes de verão que tardam em chegar.

Ingredientes:

1kg de camarão
5 dentes de alho
1/2 malagueta "chilli" vermelha
5 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de Pimenton de la Vera (paprika fumada)
sal e pimenta q.b.
100ml de vinho branco

Preparação:

Descasque os camarões, mantendo a cabeça e o rabo e coloque-os numa assadeira. Tempere com um pouco de sal.
Descasque os dentes de alho e corte-os em rodelas finas. Retire as sementes à malagueta e corte-a em tirinhas finas. Numa frigideira coloque o azeite e acrescente a alho e a malagueta laminados. Deixe começar a fritar e acrescente o Pimenton de la Vera. Mexa bem e acrescente  o vinho branco e deixe levantar fervura. 
Regue os camarões com esta mistura  e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC até que os camarões estejam rosados.
Retire, polvilhe com ervas frescas e sirva.


Bom Apetite!

Salada de Cavala com Feijão Verde e Quinoa


O verão (ainda que este ande esquisito!) é sempre tempo de saladas e comidas mais leves. Aqui por casa não é excepção, e são também, muitas vezes os meus almoços nos dias em que estou sozinha por aqui (quer dizer, sozinha sem outros adultos!)
Ando a descobrir melhor a versatilidade da quinoa e do millet. Apesar de já usar quinoa há alguns anos, desde que provei num quinoto (que tem receita aqui no blogue), não consumimos de forma regular. Os miúdos por enquanto não lhe acham muita piada, eu começo a usar com maior regularidade. Gosto principalmente em saladas e menos como acompanhamneto normal....
Por aí usam?

Ingredientes para 2 pessoas:

1chávena pequena de quinoa branca
2 chávenas pequenas de água (o dobro da quantidade de quinoa)
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de curcuma
1 colher de chá de alho em pó
250g de feijão verde
1 tomate maduro
1 lata de cavala em azeite ou óleo vegetal
2 ovos cozidos
azeitonas q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Num tacho coloque a água, tempere de sal, alho em pó e a curcuma e junte a quinoa. Mexa bem e leve ao lume. Assim que levantar fervura reduza para o mínimo e deixe cozinhar até a água evaporar e a quinoa estra cozinhada. Reserve.
Entretanto prepare o feijão verde, tirando as pontas e o “fio”, caso tenha, e partindo-o ao meio. Leve outro tacho ao lume com água e sal, junte os ovos para cozerem, e quando levantar fervura acrescente o feijão verde, deixando cozinhar. Retire, descasque os ovos e reserve tudo.
Corte o tomate em cubinhos e escorra os filetes de cavala.
No prato de servir disponha a quinoa no fundo. Por cima coloque os filetes de cavala e o tomate em cubos. Junte o feijão verde cozido, os ovos em pedaços e termine com algumas azeitonas e com um fio de azeite. Sirva morna ou à temperatura ambiente.


Bom Apetite!

Bolo Salgado de Linguiça, Bacon e Queijo da Ilha


Na sexta feira foi a festa de final de ano do Jardim de Infância do Zé Maria. Por lá, depois das apresentações dos meninos, há sempre um jantar partilhado por todos - pais, avós irmãos, educadores e, apesar da festa ser organizada pelas educadoras, e pelas pais dos “finalistas”, todos contribuem: alguns com doces, outros com salgados e bebidas, criteriosamente distribuídos pelas educadoras (presumo que seja assim quase em todo o lado!)
Desta vez fui responsável por levar um salgado, e desta vez a minha escolha recaiu sobre um bolo salgado, cuja receita tinha usado num workshop, e que tinha sido muito apreciada.
Na verdade não é nada mais do que uma bola rápida, feita numa forma de bolo, que, à primeira vista nos deixa na dúvida acerca do que estamos a comer.
Aqui fica a receita.

Ingredientes:

150g de linguiça
150g de bacon
50g de queijo da ilha
5 ovos
sal q.b.
1/2 chávena de azeite
1 chávena de leite
1 chávena de farinha de trigo
1 chávena de farinha de espelta
1 colher de chá de fermento

Preparação:

Bata os ovos com uma pitada de sal e junte o leite e o azeite. Acrescente depoias as carnes frias  picadas na picadora e o queijo previamente ralado e envolva bem.
Junte depois as farinhas e o fermento e misture.
Coloque numa forma untada e polvilhada e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 45 minutos.
Desenforme e deixe arrefecer antes de cortar em fatias.


Bom Apetite!

Geladinhos de Beterraba e Morango


Assim que o calor começou a aparecer, e o sol a espreitar, o Zé Maria começou a pedir gelados da mãe, daqueles com o “pauzinho”. Prometi que lhe fazia.
Pediu-me com morango e banana e framboesas. Mas a mãe é de inventar. E nessa semana tinha assado beterrabas que tinham vindo com o cabaz de hortícolas  semanal. Andei a fazer para mim, ao pequeno almoço, uma espécie de “bowl”, com beterraba assada, maça, laranja e morangos, que terminava com granola caseira, iogurte e mais frutos vermelhos, e aquilo andava-me a saber maravilhosamente. 
Como ainda tinha beterrabas assadas, e como já tinha percebido como ficavam bem com os morangos, decidi arriscar e inventar para ele uns geladinhos com beterraba e morangos.
O Miguel torceu logo o nariz à combinação e só em perguntava porque é que eu não tinha feito uma coisa “normal” (mas afinal, o que é que esta tem de “anormal”?), mas eu mantive-me na minha e sabia que o miúdo ia gostar. E não me enganei porque os geladinhos de beterraba e morango foram aprovados à primeira dentada.
Deixo a receita para quem quiser experimentar, deixando a ressalva que são mesmo deliciosos.

Dia 30 de Junho, às 15h, no Porto, nos Workshops Pop Up - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em info@workshops-popup.com

Dia 1 de Julho, às 10h, no Furadouro - Ovar, na Colher de Chá - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em geral@colherdecha.pt

Ingredientes para 8 geladinhos:

150g beterraba assada (ser assada faz a diferença)
250g de morangos
50 g de maple syrup (podem adoçar com outro tipo de adoçante se preferirem)
125ml de leite de coco (ou iogurte natural ou natas sem serem batidas)

Preparação:

No copo da liquidificadora ou robot de cozinha coloque a baterraba assada cortada em pedaços, os morangos previamente lavados e sem os pés, o maple syrup ou outro adoçante a gosto e o leite de coco. Triture tudo muito bem a uma velocidade alta até obter uma mistura super homogénea e cremosa. (Como sabem uso a Bimby, e triturei cerca de 1 minuto na velocidade máxima, pois quero uam textura o mais cremosa e homogénea possível).
Verta depois a mistura para as forminhas de gelados (atenção que não deve encher até cima para ter espaço para o líquido expandir) e leve ao congelador cerca de 6 horas ou de um dia para o outro.
Desenforme e sirva.

Bom Apetite!


(Nota: Eu depois de prontos desenformo os gelados todos de uma vez e guardo-os envolvidos em papel vegetal numa caixa plástica no congelador)

Imprimir