Almôndegas no Tacho em Molho de Tomate Assado com Mozarella



O fim de semana passa sempre depressa demais! E já estamos novamente na segunda feira! As semanas sucedem-se e novembro está mesmo a chegar.

Dou por mim a pensar já no natal, e em presentes de comer a a fazer listas de tudo e mais alguma coisa!

E por falar em listas, a que nunca falha, é a minha lista de inventário do congelador. E é por isso que depois acabam por sair umas receitas bem simples que não dão grande trabalho! Tudo porque o congelador acaba a estar preparado para dias assim.

Há uns tempos comprei carne picada e preparei almôndegas para congelar, assim como bolonhesa. Na abundância do tomate preparei molho de tomate assado que também congelei. E numa ida ao supermercado, trouxe mozarela fresca de etiqueta laranja que também acabaram congelados.

Tudo junto determinou um jantar delicioso e caseiro e onde tudo saiu do congelador.

Portanto, tornem o congelador um amigo!


Ingredientes:


500g de carne de vaca picada

sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de mistura de ervas secas a gosto

1 colher de sobremesa de alho em pó


400ml de molho de tomate assado (podem encontrar a receita aqui)

1 bola de mozarella fresca


Preparação:


Comece por preparar as almôndegas. Numa taça coloque a carne picada e misture-a bem com o sal, a pimenta, as ervas secas e o alho em pó. Amasse bem com as mãos para ligar bem a carne, e forme depois as almôndegas. ( Normalmente depois de formar as almôndegas congelo-as numa caixa de congelação, para depois as usar quando necessário depois de congeladas ou ainda congeladas!) Leve um pouco ao frigorífico para ganharem firmeza.

Leve depois um tacho ao lume com o molho já pronto, e deixe levantar fervura. Acrescente depois as almôndegas, e deixe estufar em lume brando cerca de 35 minutos. mexendo de vez em quando.

Entretanto corte a mozarela em fatias ou cubos.

Quando as almôndegas estiverem cozinhadas, desligue-as do lume, cubra com a mozarela fresca, tape o tacho e deixe derreter. Junte umas folhinhas de manjericão frescas e sirva com espaguete ou outra massa à sua escolha.


Bom Apetite!

 


Scones de Abóbora



A receitas destes scones não é nova, por aqui. Faço-os muitas vezes com batata doce, a receita original da Sofia, do Blog da Spice. Mas ficam igualmente deliciosos com abóbora, e eu até acho que gosto mais deles assim. Com a chuva dos últimos dias, parece que não há nada mais perfeito do que uma chávena de chá e um scone.

Gosto também de os preparar para a lancheira do Zé Maria, porque ele adora estes scones, e eles aguentam bem numa caixa hermética por alguns dias. Em opção também os pode congelar e ir retirando conforme as necessidades.

E com o fim de semana à porta, nada melhor do que porem esta receita em prática!


Ingredientes para 8 scones


300g farinha espelta

50g farinha de coco 

1 + 1/2 c.sopa fermento

4 c sopa açúcar coco ou mascavado (mais para polvilhar)

75g óleo de coco sólido  (ou manteiga)

175ml bebida vegetal

1 c. chá vinagre sidra

1/4 de chávena de abóbora cozida a vapor ou assada 


Preparação:


Numa taça misture bem a farinha de espelta com a farinha de coco, o fermento e o açúcar de coco. Junte depois o óleo de coco sólido, e esfarele com as mãos nos ingredientes secos até ficarem bem incorporado em toda a farinha. Junte depois a bebida vegetal com o vinagre e a abóbora bem cozida e escorrida amassada com as mãos, e amasse bem todos os ingredientes até obter uma massa que se descola das paredes da taça. Amasse um pouco na banca da cozinha e forme um bola que depois achata num circulo. Corte depois em 8 pedaços iguais. Coloque os scones num tabuleiro forrado com papel vegetal e polvilhe-os com um pouco mais de açúcar de coco.

Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15minutos.


Bom Apetite!

Pernas de Frango com Aromáticas, Batatas e Cerveja



Receitas de domingo em minutos. Tudo numa assadeira, tempero básico e forno. E enquanto está no forno tempo para fazer outras coisas. Para mim o ideal de um almoço de domingo. Enquanto este almoço ficou no forno, eu saí de casa e fui à minha caminhada. E o almoço ficou a fazer-se sozinho.

Servem estas receitas quase automáticas para termos tempo para fazer outras coisas, Seja ajudar os miúdos nos trabalhos de casa, brincar com eles, ler, passar a ferro ou arrumar alguma coisa.

Há por aí fãs destas receitas?


Ingredientes:


6 pernas de frango inteiras (com coxa)

2 raminhos de tomilho fresco

2 pés de alecrim fresco

2 folhas de louro

1 cabeça de alho

sal e pimenta  q.b.

200ml de cerveja

800g de batatas

1 colher de sobremesa de colorau

1/2 limão


Preparação:


Descasque as batatas e corte-as em cubos. Coloque no fundo de um tabuleiro. Por cima disponha as pernas de frango. Tempere depois com sal, pimenta e corte a cabeça de alho ao meio, e junte-a também no tabuleiro.

Polvilhe com o colorau e junte o tomilho, o alecrim e o louro e as rodelas de limão.

Regue com a cerveja, tape com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 2 horas.

Ao fim desse tempo retire o papel e deixe tostar uns minutos.

Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!


Hambúrgueres de Batata Doce e Atum

Andava há imenso tempo a magicar estes hambúrgueres. Ficaram muito bons, e apesar de não o ter feito, é uma receita que dá para ter no congelador para aqueles dias mais complicados e sem horários, prontos para as emergências.



Se preferirem podem usar batata normal, ou até uma mistura de batata e cenoura, mas eu gosto muito da combinação de batata doce e peixe, principalmente atum ou bacalhau.

Estes hambúrgueres não ficam totalmente firmes - são um pouco mais moles do que o habitual, a nível de textura, mas não se desfazem e são fáceis de virar. É mesmo importante que a batata esteja bem escorrida para a consistÊncia da receita ser a certa!

Espero que gostem.


Ingredientes para 10 hambúrgueres:


 3 latas de atum em azeite

1 batata doce grande laranja

1 batata doce média amarela

sal e pimenta q.b.

1 ovo

1 cebola picada

75g de mozarella ralada

azeite q.b.


pão ralado + ovo batido para panar


Preparação:


Descasque as batatas doce, corte-as em cubos e coza a vapor ou normalmente em água, até que fique macia. Retire, escorra bem e reserve.

Pique uma cebola finamente e escorra o azeite do atum, Coloque tudo numa taça. Entretanto esmague a  batata doce com a ajuda de um garfo ou de esmagador próprio e junte à mistura de cebola e atum. Acrescente o ovo, tempere de sal e pimenta a gosto e misture bem. Acrescente depois o queijo ralado, e se sentir a mistura muito molhada, acrescente 1 colher de sopa de pão ralado.

Divida depois a massa e forme 10 hambúrgueres do mesmo tamanho. Passe -os por ovo batido e pão ralado e leve a cozinhar de ambos os lados,  numa frigideira anti aderente quente com um pouco de azeite, até que fiquem dourados.

Sirva depois com uma salada verde ou legumes cozidos ou salteadas.


Bom Apetite!


Ovos Mexicanos no Forno



Às vezes é preciso fazer um exercício mental para fazer receitas sem carne nem peixe, que agradem a todos cá em casa. Os miúdos têm dias que gostam mais, e outros que gostam menos, é normal. Mas isso não me demove de continuar a fazer receitas diferentes. de diminuir o nosso consumo de carne ou de peixe, e de planear receitas semanalmente que não incluam nem uma coisa nem outra.

Desta vez a receita foi do agrado de todos. Muito simples de preparar, económica até, e que podem adaptar com um ou outro ingrediente.


Ingredientes:

(adaptado a partir de uma receita dp Gordon Ramsay)


400g de feijão preto cozido

1 alho francês grande

2 dentes de alho

2 tomates (frescos ou pelados)

malagueta seca (opcional)

azeite q.b.

1 colher de chá de cominhos

sal e pimenta q.b.

200g de queijo ralado

5 ovos

Tortilhas de milho (Nachos) opcional


Preparação:


Corte o alho francês em rodelas finas e lave-o bem. Pique os dentes de alho.

Leve uma frigideira ou wok ao lume com um pouco de azeite. Junte depois o alho francês e os dentes de alho picados e deixe refogar durante uns 5 minutos, mexendo de vez em quando. Acrescente depois os cominhos e tempere de sal.  

Corte depois os tomates em cubinhos pequenos e junte ao refogado, juntamente com un pouco de sal, a malagueta seca, se usar, e o feijão preto escorrido.  Deixe cozinhar uns minutos até o tomate e o alho francês estarem macios. 

Coloque depois esta mistura no fundo de um tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa. Abra umas pequenas cavidades e abra os ovos aí para dentro. Cubra com o queijo ralado, e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC cerca de 20 minutos, até o queijo estar derretido e o ovos no ponto que mais gosta. (mais ou menos cozinhados)

Retire do forno e polvilhe com um pouco de coentros picados ou outra erva fresca. Junte depois os machos, espetando-os sobre a mistura. 

Sirva com arroz branco ou com mais tortilhas.


Bom Apetite!

Frango “Teriaki"

Depois de um fim de semana intenso e atarefado, com workshops adaptados a estas novas condições, mas que correram muito bem, trago-vos uma receita de frango um bocadinho diferente do habitual.

O frango é um bocadinho como o bacalhau, há 1001 receitas de como preparar, e é também muito versátil e permite imensas coisas diferentes.

Desta vez experimentei a versão “teriaki”, mas um bocadinho adaptada, porque decidi fazer o meu próprio “teriaki” em vez de usar os molhos que habitualmente encontram à venda em qualquer supermercado. 

Sendo assim esta é uma versão de “teriaki” adaptada aos ingredientes mais simples de encontrar e ter em casa.


Ingredientes para 4 pessoas:


500g de peito de frango

sal q.b.

3 dentes de alhos

1 pedacinho de gengibre fresco

1 colher de sobremesa de gengibre em pó

1 colher de sobremesa de alho em pó

50ml de molho de soja

50ml de vinho do porto

2 colheres de sopa de mel ou de açúcar mascavado

água q.b.

1 colher de sobremesa de amido de milho (maisena)

óleo de sésamo prensado a frio


Preparação:


Corte o frango em cubos e tempere com o alho e o gengibre em pó, e com um pouco de molho de soja e sal. Misture bem e reserve. Pode ficar assim no frigorífico de um dia para o outro.

Numa taça misture cerca de 25ml de água com a farinha maisena, deixando dissolver. Junte depois o restante molho de soja, o vinho do porto, os dentes de alho esmagados, o gengibre bem picadinho, o açúcar ou mel e misture tudo muito bem até ficar tudo bem misturado. Reserve.

Leve depois um wok ao lume com um pouco de óleo de sésamo. Deixe aquecer bem e junte o frango, deixando saltear. uns minutos. Quando o frango começar a ganhar cor, junte a mistura anterior e deixe cozinhar assim uns minutos, de molho a que o frango ganhe sabor e o molho engrosse um pouco.

Sirva com arroz basmati e com legumes salteados.


Bom Apetite!


Tarte Queijada de Requeijão


Nada melhor do que partilhar uma receita doce à sexta feira.  Desta vez de uma tarte “queijada” de requeijão, para aproveitar dois requeijões que tinha congelados.

E assim saiu uma  sobremesa para o almoço de domingo.

Para quem gosta de queijadas e de requeijão, garanto que não se vão arrepender. Aproveitem o fim de semana para fazer esta receita, ou para experimentar receitas novas e também para prepararem a vossa ementa semanal, organizarem o congelador e a despensa e fazerem a vossa lista de compras.


Ingredientes:


Massa:


220 g farinha

100 g manteiga

20 g açúcar

1 gema de ovo

1 colher de sopa de leite


Recheio:

2 requeijões de Seia (cerca de 180g cada)

2 ovos

2 gemas

200g de açúcar

1 colher de sopa de manteiga (cerca de 30 gramas)

30g de farinha

1/2 colher de chá de canela


Preparação: 


Comece por fazer a massa. Coloque a farinha, a manteiga, o açúcar e a gema de ovo no robot de cozinha e misture até obter uma massa lisa. Se necessário junte o leite. Embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico alguns 30 minutos.

Entretanto prepare o recheio. Num copo de varinha mágica ou no robot de cozinha coloque o requeijão, os ovos inteiros, as gemas, o açucar, a manteiga derretida, a farinha e a canela e triture bem (com a varinha mágica ou no robot) a mistura até esta ter uma consistência homogénea. Coloque num jarro e reserve.

Entretanto estique a massa até que esta fique fina e forre uma tarteira. Pique o fundo com um garfo e leve a massa ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos para pré cozinhar.

Retire a massa do forno, e junte o recheio cuidadosamente. Leve novamente ao forno, e deixe cozinhar mais 35 minutos, até a massa estar cozinhada e o recheio firme e dourado.

Retire do forno e deixe arrefecer antes de desenformar.


Bom Apetite!


Bacalhau com Broa, Grão de Bico, Ovo Cozido e Azeitonas



Começam mesmo a apetecer as comidas de forno. Aquelas comidas que aquecem o corpo. Os dias já se notam cada vez mais pequenos, o tempo já arrefeceu, e faltam 72 dias para o natal!

Por isso, no fim de semana passado, saiu para o almoço de domingo um bacalhau no forno com broa. Estava de tal maneira a apetecer-me este tipo de comida de conforto, que  como não tinha broa em casa, em vez de ir comprar, acabei também a fazer a broa….

Tirando esse pormenor, a receita é muito simples de preparar e óptima para receber a família!


Ingredientes para 4 pessoas:


3 lombos grandes de bacalhau

6 dentes de alho

2 folha de louro

grão de pimenta q.b.

sal e pimenta q.b.

1/2 broa de milho

1 cebola grande

1 molinho de coentros ou salsa

350g de grão de bico cozido

4 ovos cozidos

150g de azeitonas pretas descaroçadas


Preparação:


Comece por preparar o bacalhau. Leve um tacho ao lume com água, 1 folha de louro, 2 dentes de alho e alguns grão de pimenta. Assim que a água levantar fervura, desligue e junte os lombos de bacalhau. Tape, e deixe ficar 30 minutos. Ao fim desse tempo retire os lombos e limpe-os de peles e espinhas. Reserve.

Aproveite a mesma água para cozer os ovos. Retire-os, descasque-os e corte-os em rodelas. Reserve.

Pique depois a cebola juntamente com 2 dentes de alho e leve ao lume, numa frigideira juntamente com azeite. Deixe refogar e junte o bacalhau em envolvendo bem, Retifique de sal e de pimenta.

No fundo de um tabuleiro que vá ao forno e à mesa, coloque o grão de bico escorrido. Por cima disponha o bacalhau e por cima deste as rodelas de ovo cozido e as azeitonas também cortadas em rodelas.

Pique depois a broa com os restantes dentes de alho, os coentros, e junte um pouco de azeite, e coloque por cima do bacalhau cobrindo tudo.

Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos, apenas para tostar a broa. Se necessário, regue com um pouco mais de azeite.

Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!


Tarte de Maçã e Amoras



Às vezes há receita que surgem do nada, ou do quase nada. Da receita da pot pie, sobrou massa que aproveitei para fazer uma mini tarte de maçã de amoras, e que ficou deliciosa. Tão deliciosa que é para repetir e tinha mesmo que figurar por aqui, neste livro de receitas e anotações, de forma a não cair no esquecimento. 

Uma receita mesmo Outonal, daquelas que se come com uma chávena de chá e uma mantinha pelos joelhos, coisas que eu começo a sentir vontade. Naquele conforto que e ambiente que só o Outono nos sabe dar.

Fica a receita.


Massa quebrada (usem a receita da massa da pot pie do post anterior, ou podem usar massa de compra)

1kg de maçã rijas e sumarentas como a Golden

125g de amoras 

100g de açúcar mascavado

3 colheres de sopa de farinha

1 colher de chá de canela


Preparação:


Retire a massa do frigorífico e, se usar massa feita em casa, estique-a com a ajuda de um rolo da massa. Forre uma tarteira de 22cm de diâmetro, de preferência de fundo amovível, com a massa e pique-a com um garfo. Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante 15 minutos para pré cozinhar.

Entretanto descasque e retire os caroços às maçãs, e corte-as em meias luas finas. Coloque as maçãs numa taça, acrescente o açúcar, a canela e a farinha e misture tudo bem.

Retire a tarteita do forno e recheie com a mistura de maças e dos restantes ingredientes. Por cima disponha as amoras, e leve novamente ao forno, mais 35 minutos ou até a maçãs estar cozinhada e a tarte parecer ter uma espécie de creme.

Retire, deixe arrefecer e desenforme para o prato de servir.


Bom Apetite!


Pot Pie de Frango, Cenoura e Ervilhas



As vezes, quando andamos a dar volta à cabeça, para criar refeições apenas com o que temos em casa, parece que nos lembramos sempre de coisas diferentes. Nem me lembrava de fazer uma Pot Pie, que na verdade é uma coisa tão simples de fazer, e se torna numa refeição muito agradável e até diferente.

Eu fiz a minha própria massa, mas podem sempre usar versões de massa folhada ou massa quebrada que podem comprar em qualquer supermercado.

E sempre é uma maneira de ainda simplificarem mais todo o processo.

Cá em casa a refeição foi um sucesso, e os miúdos gostarem imenso! Espero que gostem também!


Ingredientes para 4 pessoas:


Massa quebrada


200g farinha de esperta

100g manteiga cortada em pedaços

50ml de água

sal q.b.


Recheio:


200g de ervilhas congeladas

1 cebola pequena

2 dentes de alho

400g de peito de frango cortado em tirinhas pequenas

1 cenoura grande

sal e pimenta q.b.

50g de farinha

300ml de caldo de frango caseiro

1 colher de sobremesa de ervas secas a gosto

1 ovo batido para pincelar


Preparação:


Pique finamente a cebola com os dentes de alho e leve a alourar num pouco de azeite. Acrescente depois o frango em tirinhas e deixe cozinhar. 

Entretanto corte a cenoura em cubinhos e acrescente ao frango, assim como as ervilhas ainda congeladas. Envolva bem. Tempere de sal, pimenta e ervas secas a gosto e deixe cozinhar em lume brando alguns minutos. Polvilhe depois com a farinha, envolva bem e acrescente aos poucos o caldo de frango, deixe engrossar, de modo a criar uma espécie de molho cremoso. Retifique os temperos e reserve.

Para a massa, coloque todos os ingredientes num robot de cozinha ou processador de alimentos e triture até obter uma mistura grossa Retire e una numa bola com as mãos. Se necessário amasse um pouco mais. Se não tiver um processador de alimentos misture a farinha com a manteiga e os restantes ingredientes à mão, até obter uma massa lisa e homogénea. Deixe repousar no frigorífico, envolta em película aderente, pelo menos 30 minutos antes de usar.

Para montar a pot pie, coloque o recheio de frango numa tarteira, pirex ou tabuleiro.

Estique depois, com a ajuda de um rolo da massa, a massa quebrada, e cubra o recheio de frango, cenouras e ervilhas, pressionando bem as bordas. Com uma faca afiada faça um pequeno orifício ao meio para sair o vapor durante a cozedura da mesma.

Pincele depois com o ovo batido e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos, até a massa estar bem cozinhada e dourada.

Sirva depois com uma salada verde.


Bom Apetite!


Marmelada de Marmelo e Maçã



Este fim de semana, e depois de mais uma oferta de marmelos, aproveitei para fazer mais umas tacanhas de marmelada.

Os marmelos não eram muitos, mas mesmo assim ainda bem umas quantas tacanhas, e também decidi experimentar uma versão de marmelada com marmelo e maçã. Fica igualmente deliciosa, para mais molinha. O que é ideal para quem gosta da marmelada mais em versão de barrar do que de cortar à fatia!

Fica a sugestão! E um excelente início de semana para todos!


Ingredientes:


400g Marmelos (já lavados, cortados em pedaços com casca mas sem caroço)

400g Maçãs (já lavadas, cortadas em pedaços com casca mas sem caroço)

600g de açúcar


Preparação:


Na panela de pressão coloque todos os ingredientes e junte também 100ml de água.

Feche-a bem. Leve ao lume e assim que a válvula de pressão estiver no máximo (quando começar a deitar vapor) deixe cozinhar 10 minutos. Apague o lume e deixe a panela perder a pressão antes de a abrir.

Passe depois tudo com a varinha mágica e coloque depois a marmelada em tacinhas para secar. Ao fim de alguns dias embeba um pouco de gaze ou algodão em aguardente e passe sobre a marmelada cobrindo de seguida com papel vegetal. Guarde num local fresco e seco até consumir.


Bom Apetite!

Arroz de Grão de Bico com Especiarias. Tomate e Queijo Feta



A semana está a acabar, e partilho aqui a receita sem carne nem peixe desta semana.Depois de uma semana a dar uso ao que havia no congelador e a apenas ter comprado alguma fruta, dou conta que nós temos quase sempre muitas mais coisas em casa do que o que pensamos inicialmente, e se colocarmos a imaginação a trabalhar, se nos inspirarmos no sítio certo, conseguimos “criar” receitas diferentes e ter refeições igualmente deliciosas.

O arroz que temos quase sempre na despensa. E o grão de bico. O último tomate e um pacote de feta quase a passar a validade. E que, com umas especiarias se transformam mesmo numa refeição cheia de sabor.

Deixo-vos a ideia para o fim de semana! Dar uma volta ao vosso congelador. Verem tudo o que anda por lá! Fazerem uma lista. E planearem a partir do que já têm em casa em vez de comprarem coisas que até podem ter congeladas! Vamos a isso?


Ingredientes para 4 pessoas:


1 chávena de arroz basmati (podem sem sobras de arroz que tenham)

350g de grão de bico cozido

200g de queijo feta

1 tomate

1 cebola pequena

1 colher de sobremesa de pó de caril ou de outras especiarias à escolha

sal e pimenta q.b.

azeite q.b.


Preparação:


Comece por fazer o arroz, cozendo-o como se fosse massa. Leve um tacho ao lume com água abundante e tempere com um fio de azeite e com sal. Quando a agua levantar fervura, junte o arroz e deixe cozinhar, e lume brando e destapado até o arroz estar cozinhado, cerca de 10 minutos. Escorra depois o arroz e reserve.

Entretanto pique a cebola e leve-a a alourar numa frigideira com  um pouco de azeite. Junte depois o caril ou as especiarias e envolva bem deixando cozinhar uns minutos, Acrescente o grão escorrido e envolva deixando cozinhar uns minutos. Junte agora o arroz e envolva tudo. Reserve.

Corte o tomate em cubinhos pequenos, assim como o feta e envolva no arroz.

Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!


Barritas de Aveia e Mel



Esta semana fiz umas barritas de aveia e mel, para ir colocando na lancheira dos miúdos. Usei ingredientes muito simples porque era basicamente o que tinha em casa, mas podem fazer alterações a vosso gosto, em vez de caju usar amêndoas ou amendoins, em vez das passas, alperces secos, tâmaras, figos, bagas goji… Em vez das sementes de sésamo, sementes de abóbora ou até coco ralado…. Adaptem com o que têm em casa e de certeza que vão ficar deliciosas!


Ingredientes para cerca de 10 barritas:


80g de cajus

200g de flocos de aveia

30g de sementes de sésamo

75g de passas

100g de mel

100g de manteiga


Preparação:


Leve um tacho ao lume com a manteiga e com o mel até que estes derretam. Reserve.

Numa taça misture os flocos de aveia com as sementes de sésamo, os cajus grosseiramente picados e as passas. Envolva muito bem a mistura de mel e manteiga, e coloque num tabuleiro (30x20cm) previamente forrado com papel vegetal e pressionando bem.

Leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos até que fiquem dourados.

Deixe arrefecer completamente antes de desenformar. Corte depois em retângulos, e guarde numa caixa hermética e num local fresco e seco, retirando as barrigas conforme as necessidades.


Bom Apetite


Queques de Batata Doce, Tangerina e Aveia



Faço regularmente estes miminhos para o Zé levar para o lanche da escola. Não era preciso, mas eu gosto, e ele gosta, e enquanto estas pequenas coisas se puderem fazer, vale tudo muito a pena! Basta ver os olhinhos delem quando vê estes mimos na lancheira. 

Normalmente aproveito uma altura em que tenho outras coisas para fazer no forno, para também fazer  pão, um bolo, bolachas ou queques… Tudo de forma a rentabilizar não só o forno, mas também o meu tempo.

Assim ontem, enquanto o jantar de fazia no forno, saíram os queques, saiu um pão e saíram ainda umas barrinhas de aveia e mel,  a pensar nestes lanches que os meus filhos tanto gostam!


Ingredientes para 6 unidades:


80g de batata doce laranja assada

1 ovo

30ml de leite ou bebida vegetal

50g de farinha de espelta ou trigo

35g de farinha de aveia 

raspa da casca de 1 tangerina

1/2 colher de chá de canela em pó

1/2 colher de chá de fermento em pó

60g de açúcar de coco ou mascavado

50g de óleo de coco


Preparação:


No robot de cozinha ou copo liquidificador coloque todos os ingredientes bata bem até ficar com um creme uniforme. 

Divida a massa por 6 forminhas de queques e leve ao forno, pre aquecido a 180ºC  durante cerca de 25 minutos.

Retire os queques do forno, desenforme e coloque numa grelha a arrefecer. Guarde num caixa hermética ou congele, e retire conforme necessitar.


Bom Apetite!


Bifinhos de Frango Gratinados com Alho Frances e Espinafres



Foi um fim de semana de passeio e descanso, e com vistas para o mar. Por vezes é preciso desligar e mudar um bocadinho. e este ano, para além das férias ainda não tínhamos tirados uns dias assim, ao contrário do que fazemos habitualmente. Foi agora, foi muito bom, e deu para respirar um pouco e ganhar forças para mais uns dias!

E hoje, tudo volta outra vez ao normal. Mochilas preparadas, levar os miúdos à escola e caminhadas com o Benedita se o tempo o deixar! Estes hábitos já tão nossos, e que são parte das nossas rotinas!

E para esta semana mais curta, uma receita deliciosa de bifinhos de frango!

Vamos a isso! 


Ingredientes para 4 pessoas:


450g de bifinhos de frango

limão q.b.

sal e pimenta q.b.

2 dentes de alho

200g de espinafres

2 alhos franceses

azeite q.b.

200ml de natas frescas

200g de queijo mozarela


Preparação:


Tempere os bifinhos de branco com sal, pimenta e um pouco de sumo de limão. Reserve.

Corte os alhos franceses em rodelas finas, lave-os bem, assim como os espinafres.

Leve um frigideira ao lume com um pouco de azeite, acrescente os dentes de alho picados, e salteie os espinafres e o alho francês até ficarem macios, Tempere de sal e pimenta e cubra com eles o fundo de um tabuleiro que vá ao forno e à mesa.

Por cima da mistura de espinafres e alho francês, coloque numa camada os bifinhos de frango (crus), e verta depois as natas e cubra com o queijo ralado.

Tape com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.

Ao fim desse tempo retire o papel e deixe tostar mais uns minutos.

Sirva com uma salada verde e massa ou arroz.


Bom Apetite!


Tarte Folhada com Pesto, Mozarella, Tomate e Presunto



Com Outubro começa a fechar-se o ciclo do Verão. É tempo de despedidas. E porque me pediram muito, uma receita dos workshops que tinha também preparado para o aniversário do Zé Maria. Uma simples tarte folhada, mas com uma preparação um pouco diferente das convencionais. Uma desculpa para os último tomates doces e sumarentos e a receita perfeita para nos despedirmos definitivamente do verão, dos tomates, das refeições mais leves e frescas.

Vamos então dar inicio a este fim de semana que até é um bocadinho maior do que o habitual!


Ingredientes:

 

1 base de massa folhada refrigerada

1 bola de mozarella fresca

1 tomate 

fatias finas de presunto q.b.

manjericão q

rucula q.b.

pesto caseiro ou de compra


Preparação:


Desenrole a massa folhada e coloque-a num tabuleiro forrado com papel vegetal  e leve-a a cozinhar cerca de 30 minutos até estar bem folhada. Retire e deixe arrefecer completamente.

Corte depois o tomate em fatias assim como a mozarela fresca.

Coloque sobre a base de massa folhada um pouco de rúcula e disponha depois as fatias de tomate e mozarela e por fim o presunto rasgado com as mãos.

Coloque depois um pouco de pesto e se necessário tempere com um pouco de sal e pimenta e com um fio de azeite.


Bom Apetite!


Borrego no Tacho com Batatas



Outubro chegou. E com ele, apesar de os dias ainda mornos, a lembrança do Outono que está a chegar. De repente já se pensa em marmelos, abóboras, castanhas e dióspiros. Já se afasta e ideia de verão, e se começa a pensar no Natal. Já sonho com chá quente e lareiras acessas.

Outubro chegou e trás com ele a calma dos meses de Outono, que são dos meus preferidos. Imagino já o cheiro da terra molhada, e de repente vem-me à memórias recordações de tempos passados que nunca mais de vão repetir. De cheiros e de lugares que onde eu provavelmente não vou voltar, e se voltar nunca será da mesma maneira. 

De repente penso no borrego da avó, em arroz doce, em queijo da serra, bolo de laranja, em pão de azeite e em requeijão com doce de abóbora…

Para já, enquanto a abóbora não chega para os doces, o borrego já esteve à mesa.


Ingredientes para 4 pessoas:


650g de borrego cortado em pedaços (usei parte do peito e costela, mas podem usar as partes que preferirem)

8 batatas médias

1 cebola grande

2 folhas de louro

1 limão

sal e pimenta q.b.

2 dentes de alho

200ml de vinho branco

1 colher de chá de colorau em pó

coentros frescos picados

azeite q.b.


Preparação:


Comece por temperar o borrego, o que poderá fazer de véspera e depois acondicionar no frigorífico durante a noite, devidamente tapado. Tempere-o de sal, pimenta, sumo de limão, 50ml de vinho branco e os dentes de alho picadinhos.

Leve depois um tacho ao lume com um pouco de azeite, o louro e a cebola cortada em meias luas finas, e deixe refogar. Junte depois o borrego escorrido da marinada e envolva no refogado, deixando-o dourar durante alguns minutos. Junte depois  a marinada, o resto do vinho branco e o colorau. Mexa e tape o tacho, deixando o borrego cozinhar cerca de 45 minutos ou até ficar macio.

Entretanto descasque as batatas e corte-as em rodelas grossas. Acrescente-as ao borrego. Envolva bem e polvilhe com alguns coentros picados e ratifique de sal. Tape novamente o tacho e deixe cozinhar até que as batatas estejam macias.

Sirva depois, polvilhado com mais coentros picados. 

Acompanhe com legumes cozidos ou uma salada!


Bom Apetite!

Imprimir