Mousse de Nutella


Ontem o Miguel fez 41 anos e fizemos o mesmo de quase sempre. Um jantar para a família mais chegada. Por força de muitas circunstâncias, decidimos praticamente tudo na véspera, como a ementa e outros pormenores. De manhã, entre outras coisas fomos às compras, depois, e para comemorar o dia fomos almoçar os dois (ou melhor os 3, que a Benedita também foi, apesar de ter dormido o almoço quase todo!)
Eram 15h30 quando cheguei a casa, e com 16 pessoas para jantar dali a algumas horas. Não me preocupei muito! Como tudo na vida, a prática de fazer estas coisas habitualmente, e com a experiência que os workshops me dão,  permite-me ser rápida. Mas também ajuda, e muito, fazer coisas realmente simples. Daquelas que todos gostam e que são rápidas. Só sou rápida, porque também simplifico. E foi algo que a experiência de vários anos a fazer festas de aniversário para uma família grande me trouxe: simplificar, simplificar, simplificar!
Sendo assim, a ementa não podia ser mais simplificada: pratos de entradas com queijo, pão, enchidos e apenas uns pastelinhos feitos por mim, um caril, tipo Korma de Frango, arroz basmati, e as sobremesas de misturar - mousses e natas do céu e uma tarte de limão que ao simplificar ainda mais deu asneira, apesar de estar maravilhosa de sabor. E claro, o bolo de anos que também simplifiquei porque me vez de fazer o doce de ovos, usei um potinho de ovos moles de compra que comprei juntamente com os fios de ovos!
Porque não há pessoas perfeitas. Só há quem seja mais desenrascado!!
 E porque os curiosos foram muitos, deixo-vos mais uma receita de dois ingredientes, óptimas para estas pressas e dias como os de ontem, e que só assim me permitiram fazer tantas coisas em tão pouco tempo!!!

MAIS DATAS DO WORKSHOP  “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep” Em LISBOA E NO PORTO

LISBOA - 13 de Abril : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

PORTO - 14 de Abril:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes:

300g de nutella (ou outro creme de barrar semelhante) à temperatura ambiente
400ml de natas frescas

Preparação:

Bata as natas (sem adicionar açúcar) até que fiquem firmes.
Numa taça coloque a nutella - ou semelhante - e bata bem para que fique mais cremoso e solto. Envolva cuidadosamente as natas batidas de maneira a que fique bem incorporado.
Coloque numa taça e leve ao frigorífico pelo menos durante 2 horas antes de servir.
Acompanhe com morangos ou outros frutos vermelhos, se gostar!


Bom Apetite!

41 do Pai Cá de Casa


Ontem foi dia do pai. De todos os pais. Mas hoje é realmente o dia do pai cá de casa!
Não me lembro muito bem da primeira vez que te cantei os parabéns! Terias feito 15 ou 16 anos? Foi uns anos antes de começamos a namorar. Lembro-me da festa na garagem. Da bola de espelhos pendurada, luzes e musica da altura. Provavelmente um churrasco no jardim e pizzas caseiras.
Lembro-me de estarem todos os teus vizinhos. O Gonçalo, o Nuno, o Pedrito. Todos os teus tios e primos muito deles bem pequeninos... Lembro-me de ir com a Paula e a Rita, de termos demorado imenso tempo a encontrar a casa porque, naquela altura, parecia que moravas no fim do mundo, e não havia GPS, nem telemóvel, e ia-se à descoberta de ruas e casas....
Foi a primeira vez. Sei que estava fascinada com a tua enorme família - eu, que vinha de uma família sem tios ou primos direitos, de pais filhos únicos! E estaria longe de imaginar o que o futuro nos reservava, e que aquela seria a primeira de vez muitas a cantar-te os parabéns, a conhecer os teus tios e primos e amigos que mais tarde  seriam como meus primos, meus tios e meus amigos.
O ano passado a festa foi grande - celebramos os teus 40 com todos e batizámos o António e a Benedita. Este ano a coisa é mais modesta, mas o sentimento é sempre o mesmo.
Desejar-te um feliz aniversário, junto dos que amas e um ano feliz. E todos os anos, poder desejar-te mais um ano feliz, assim, até sermos velhinhos, a nossa vida toda. 

Feliz dia meu amor! 

Rolo de Carne de Vaca com Espinafres, Alheira e Queijo


Hoje é dia do pai. E é sempre dia de um jantar um bocadinho mais especial. Mesmo a meio da semana, com pouco tempo, entre banhos, e trabalhos de casa e outras tarefas de casa.
Um rolo de carne é sempre uma receita “especial” e que se prepara em pouco tempo, podendo até ser preparada de véspera. E quanto aos recheios... é inventar!!
Desta vez alheira e espinafres frescos e um bocadinho de queijo para ficar mais guloso.
Porque os pais, o que erram e não são perfeitos, mas que nos amam incondicionamente merecem!

MAIS DATAS DO WORKSHOP  “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep” Em LISBOA E NO PORTO

LISBOA - 13 de Abril : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

PORTO - 14 de Abril:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes para 4 pessoas:

500g de carne de vaca picada
sal e pimenta q.b.
1 gema de ovo
4 colheres de sopa de pão ralado ou farinha de mandioca
1 colher de chá de alho em pó
1 colher de sopa de oregãos
1 alheira
50g de queijo ralado a gosto
1 mão cheia de folhas de espinafres

Preparação:

Numa taça coloque a carne picada e junte depois o sal e a pimenta,, a gema de ovo, a farinha de mandioca ou o pão ralado, o alho em pó eos oregãos. Misture tudo muito bem com a ajuda de uma colher de pau, até a mistura de despegar das paredes da taça e estar unida e uniforme.
Faça um rectângulo com a carne picada e, a meio coloque os espinafres frescos. Por cima destes disponha a alheira já sem a película de fora e termine com o queijo ralado. Enrole depois a carne sobre o recheio e aperte bem.
Coloque numa assadeira ou tabuleiro, regue com um fio de azeite e leve ao forno já aquecido a 180ºC durante cerca de 1hora, tapado com papel de alumínio.
Sirva com batata doce assada em palitos e uma salada verde.

Bom Apetite!


Lombinhos de Pescada Gratinados com Espinafres e Camarão


A semana começa com a receita de um dos jantares favoritas da semana passada. Uns simples lombinhos de pescada, mas tão simples e rápidos de preparar, que parecem quase comida de dia especial.
E por acaso hoje é um dia especial. Porque hoje faz exatamente 13 anos que me casei. Se às vezes ainda parece que foi ontem, é estranho pensar que já se passaram tantos anos, e tanta coisa aconteceu depois disso. 13 anos é uma vida! E depois ponho-me a pensar que o meu casamento tem tantos anos como este blogue que, não tarda, também fará 13 anos. É inacreditável!
Quanto aos 13 anos de casamento só tenho a agradecer ao meu melhor amigo, companheiro de batalhas, parceiro na parentalidade, braço direito no meu trabalho, com quem tenho a sorte e o privilégio de dividir a minha vida, o meu coração e os nossos filhos. 13 anos com curvas e contracurvas como todos os casamentos, mas com muita estrada para andar porque todos os caminhos se fazem caminhando. E eu escolhi, há muitos anos, caminhar com ele, lado a lado!
Parabéns para nós!

MAIS DATAS DO WORKSHOP  “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep” Em LISBOA E NO PORTO

LISBOA - 13 de Abril : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

PORTO - 14 de Abril:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Ingredientes para 4 pessoas: 

6 lombinhos de pescada (sem peles nem espinhas)
250g de miolo de camarão
200g de espinafres baby frescos
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
alho em pó q.b.
azeite q.b.
sumo de limão q.b.
200ml de natas frescas (ou 100ml de natas frescas + 100ml de creme fraiche)

Preparação:

Tempere os lombinhos de pescada com sal, pimenta, alho em pó e sumo de limão.
Entretanto lamine os dentes de alho e leve-os ao lume, numa frigideira com um fio de azeite e deixe aquecer. Junte depois os espinafres frescos e deixe saltear. Tempere com uma pitada de sal.
Coloque depois os espinafres no fundo de um tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa. Por cima disponha os lombinhos de pescada e por cima destes o miolo de camarão. Verta de seguida as natas sobre o peixe e leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos, até que esteja dourado e o peixe macio.
Sirva com acompanhamentos a gosto!


Bom Apetite!

Creme de Couve flor com Fios de Bacon Crocantes



Não me canso de dizer que o bacon torna tudo mais apetitoso! 
E ainda por cima se usarmos Bacon da Primor que, mais uma vez, e pelo 6º ano consecutivo, ganha o prémio de “Escolha do Consumidor”.
Desta vez a Primor desafiou-me a fazer uma receita com estes fios de bacon. Pensei em muitas coisas, panquecas de bacon e queijo, ovos com fios de bacon e espinafres, numa pizza, em massas gratinadas....  mas a receita saiu, instintivamente, e quase sem pensar muito nisso.
Estava eu a fazer sopa, uma sopinha bem básica, quando olho com outros olhos para a embalagem de fios de bacon no frigorífico e foi assim como se, de repente, tivesse a certeza da combinação que ia usar.
Um creme de couve flor enriquecido com os fios de bacon. E uma maneira muito agradável de começar uma refeição.

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Ingredientes para 4 pessoas:

1 couve flor pequena
1 courgete pequena
1 cebola
sal q.b.
azeite q.b.
150g de fios de bacon Primor
coentros frescos q.b.

Preparação:

Separe a couve flor em raminhos e lave bem. Descasque a courgete e corte-a em pedaços, assim como a cebola.
Leve um tacho ao lume com um pouco de azeite e junte os legumes e deixe-os refogar ligeiramente durante uns 5 minutos. Acrescente depois de água até cobrir os legumes, tempere de sal, e deixe cozinhar em lume brando até os legumes estarem macios.
Triture depois a sopa, e acrescente água até ter a consistência desejada, uma sopa cremoso e não muito líquida. Retifique de sal e deixe levantar fervura novamente. Desligue.
Entretanto leve uma frigideira anti aderente ao lume sem adicionar gordura e deixe aquecer. Junte depois os fios de bacon e deixe fritar até que fiquem crocantes. Retire e deixe escorrer sobre papel absorvente.
Sirva a sopa bem quente com os fios de bacon crocante e os coentros frescos picados.


Bom Apetite!

Copinhos de Chocolate com Mousse de Mascarpone e Morangos


Desde que mostrei no instagram (para me seguirem ou verem as minhas publicações é aqui: https://www.instagram.com/joanacostaroque/) os copinhos de chocolateque costumo comprar no Aldi, para ter em casa e desenrascar sobremesas de ultima hora, surgiram muitas perguntas acerca do que colocar nos copinhos de chocolate. Uma das coisas que gosto é de os servir como na receita que vos trago hoje. Mas ficam igualmente deliciosos com doce de ovos ou com mousse de lima, por exemplo.
No entanto esta é uma combinação vencedora, e com os morangos que começam já a aparecer bem docinhos fica maravilhosa, e é uma optima sobremesa para dar as boas vindas à primavera que está quase a chegar!

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes:

20 copinhos de chocolate (compro no Aldi, mas há no Jumbo e no Supercor)
250g de mascarpone
75g de açúcar em pó
150g de iogurte grego
limão q.b.

3 morangos grandes
hortelã q.b.

Preparação:

Numa taça bata o amscarpone com o iogurte grego e o açúcar em pó. Misture bem e acrescente a raspa de limão. Guarde no frigorífico.
Antes de servir coloque a mistura nos copinhos e decore com hortelã e com os morangos partidos em pedacinhos pequenos.


Bom Apetite!

Bolo de Natas à Antiga


Há anos que não fazia este bolo. É daqueles bolos muito tradicionais, básicos até. Os chamados bolos de chá, ou para o lanche.
Neste caso, as natas - que não são usadas batidas, mas sim diretamente da embalagem - são a gordura usada para fazer o bolo, em vez de manteiga ou óleo/azeite.
Se não me engano esta era a “receita” que a madrinha da minha irmã fazia tantas vezes, e que tantas vezes comi em casa dela.
Lembrei-me de fazer este bolo para receber uns amigos. E ficou a ideia, de poder fazer este simples bolo para o dia do pai, já dia 19 de Março, com a ajuda dos miúdos. (Na verdade é o que costumamos fazer aqui em casa! Apenas um simples bolinho para comemorar o dia do pai!)
E como as coisas simples ficam especiais com outras coisas simples, para o dia do pai podem decorar com este lindo cake topper! (O cake topper veio da @rocknbakebysp e é onde encomendo todos os meus toppers de bolo)

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Ingredientes:

250g de açúcar
4 ovos grandes
2 colheres de sopa de manteiga
200ml de natas
250g de farinha de trigo
1 colher de chá bem cheia de fermento

Preparação:

Derreta a manteiga e reserve. Misture a farinha com o fermento.
Bata as gemas com o açúcar, com a ajuda de uma batedeira, até obter um creme branco. Junte a manteiga derretida e continue a bater. Junte as natas, diretamente do pacote e misture bem.
Entretanto bata as claras em castelo.
Adicione depois alternadamente as claras e a mistura de farinha e fermento, envolvendo suavemente.
Coloque a mistura numa forma previamente untada e polvilhada e leve a cozinhar em forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 1 hora.
Retire da forma e deixe arrefecer uns minutos antes de desenformar. Deixe arrefecer sobre uma grelha.


Bom Apetite!

Cachaço de Porco com Sidra e Maçãs Assadas


Gosto de receitas assim, com poucos ingredientes e que se fazem sozinhas. Nos fins de semana frenéticos de workshops seguidos são estas receitas que mais facilmente se fazem por aqui para, mesmo com menos tempo, conseguirmos aproveitar todos os momentos ao máximo.
Desta vez carne assada com maçã - porque os miúdos adoram puré de maçã - e este é um acompanhamento clássico de carne de porco. Ao assar carne de porco com as maçãs, lembrei-me que juntar sidra (bebida alcoólica fermentada de maçã) em vez de vinho branco poderia fazer a diferença. E fez!
Aprovada por aqui, e uma receita perfeita para os fins de semana!

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes para 4 pessoas (com sobras)

1 cachaço de porco, com osso, com cerca de 1,5kg
4 maçãs
sal e pimenta q.b.
2 dentes de alho picados
1 cebola
1 colher de sopa de pimentão fumado (ou colorau normal)
150ml de sidra de maçã 
alecrim fresco q.b.

Preparação:

Coloque a carne numa assadeira ou pirex e tempere com sal, pimenta, os dentes de alho esmagados ou picados, e o pimentão fumado.
Lave bem as maçãs e retire o interior (caroço). Com uma faca afiada faça um golpe a toda a volta, na casca, apenas para evitar que a maçã “rebente” durante o tempo a assar.
Junte as maçãs à carne, assim como a cebola descascada e cortada em quartos, e regue tudo com a sidra e junte o alecrim.
Tape bem, fechando, com papel de alumínio, e leve a assar, em forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 2h00, 
Sirva acompanhado com salada de folhas verdes ou brócolos cozidos e batatas assadas.


Bom Apetite! 

Bebida Vegetal de Noz


Por motivos que não sei bem explicar, ainda estava grávida do António, quando o leite me passou a causar enorme mau estar. Na altura ainda pensei que fosse por causa da gravidez, mas mesmo depois de ele nascer, nunca mais pude beber leite sem ter imensos efeitos secundários, e por isso deixei. No entanto os queijos e iogurtes continuam a fazer parte da minha alimentação, mas passei a consumir, de tempos a tempos algumas bebidas vegetais. Os miúdos gostam muito da bebida de aveia, que costumo comprar, mas eu confesso que gosto mais das bebidas vegetais de frutos secos e, como raramente consumo, costumava comprar. 
Mas, se há coisas que me fazem alguma confusão é o preço das bebidas vegetais de frutos secos. Principalmente porque são simples e rápidas de preparar e casa e, apesar do preço de alguns frutos secos, ficam muito mais baratas quando as fazemos em casa.
Gosto de usar as bebidas vegetais para papas de aveia por exemplo, e para preparar algumas coisas como pudins de chia ou receitas de inspiração vegetariana ou vegan.
Apesar das mais conhecidas serem de amêndoa, arroz, coco ou aveia, a noz, principalmente para quem tem nogueiras e nozes de forma “grátis”, fazem uma bebida vegetal muito saborosa e realmente económica.
(Só uma nota, todas as bebidas vegetais de frutos secos se fazem da mesma maneira!)

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)


Ingredientes para cerca de 750ml de bebida vegetal:

250g de miolo de noz
750ml de água
1 colher de sobremesa de mel ou 1 tâmara (opcional)

Preparação:

De véspera demolhe as nozes em água (até cobrir os frutos secos na totalidade). 
No dia seguinte, escorra o miolo de noz, descarte a água onde demolharam e coloque os frutos secos numa liquifificadora ou robot de cozinha. Acrescente a água e a tamara ou o mel e triture bem durante 1 minuto.
Forre um coador com gaze (eu uso gaze que compro na farmácia) e coloque-o sobre uma taça ou outro recipiente. Verta a mistura sobre o coador e deixe escorrer na totalidade. Ficará com a polpa da noz no coador, que pode aproveitar para fazer outras preparações, bolos ou bolachas, por exemplo, e na taça a bebida vegetal. 
Coloque a bebida numa garrafa e guarde no frigorífico e consuma no espaço de 3/4 dias.


Bom Apetite!

Bolachas “muito melhores que uma Maria”


Nada melhor do que uma sexta feira com bolachinhas saborosas. Os miúdos gostam destes mimos, e eu gosto de lhes poder fazer bolachas melhores, em alternativa às que se compram e, portanto, ando sempre à procura de melhores versões.
Desde que a Joana Moura publicou esta receita (@jocooking), que a guardei para fazer assim que tivesse oportunidade, mas foi a falta de lembrança que fez a receita ficar esquecida... Até que finalmente me lembrei e tive disponibilidade para as preparar.
Confesso que achei a massa difícil de trabalhar...parece que se esfarela e é difícil de esticar - tem mesmo de se esticar entre duas folhas de papel vegetal, e também as achei muito delicadas, partindo  com alguma facilidade, mesmo depois de cozinhadas. Mas são realmente boas e simples de preparar. E foram aprovadas pelos mais pequenos. 
E com ingredientes que não assusta dar aos mais pequenos!

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes:
(receita @jocooking)

100g farinha aveia
100g farinha amêndoa (ou avelã)
100g polvilho doce
50g açúcar de coco 
100g manteiga derretida
1 c.chá extracto baunilha
1 pitada de flor de sal
½ c.café bicarbonato

Preparação:

Misture bem todos os ingredientes, até formar uma bola de massa homogénea. Pode amassar à mão ou usar um robot de cozinha.
Coloque depois a massa entre duas folhas de papel vegetal, e, com a ajuda do rolo da massa estique a massa de modo a que fique uma camada uniforme.
Com uma faca corte a massa de modo a fazer bolachas quadradas ou retangulares e com a a ajuda de uma espátula coloque-as no tabuleiro forrado com papel vegetal ligeiramente separadas.
Leve ao forno pré-aquecido a 170ºC e coza cerca de 10 minutos ou até que comecem a ficar douradas nas pontas. Retire as bolachas e deixe arrefecer até que fiquem crocantes, Guarde depois num frasco fechado.


Bom Apetite!

Pão de Espelta, Sarraceno e Aveia


Desde que comecei o fazer o conhecido pão da Titá, não voltei  a mais nenhuma outra receita de pão. Fazer pão em casa não podia ser mais simples do que usar esta receita que pode ter todas as caras que queremos, porque basta ir variando nas farinhas que usamos.
Conheci esta receita e passei a ter uma máquina de pão que nunca mais usei (aliás, desde que mudei de casa que a máquina continua na caixa onde veio e já aqui estou há quase 4 anos!)
Entretanto, tenho tentado - até ao momento sem resultados positivos - fazer pão usando massa mãe. Mas acho que nada poderá ser mais fácil do que este pão. Talvez uma das minhas receita favoritas de sempre, e que nunca, mas nunca me deixa ficar mal.
A cada nova combinação de farinhas e partilha no instagram, há sempre imensas pessoas a pedir a receita. E eu sinto sempre a responsabilidade de ter de partilhar as muitas variações.
Esta é apenas outra variação, mas das minhas preferidas!

NOVO WORKSHOP “Receitas Simples e Rápidas para Organizar a Semana - Meal Prep”

FURADOURO- OVAR - 17 de Março: Colher de chá, 10h - inscrições geral@colherdecha.pt

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes para 1 pão:

250g de farinha de espelta biológica
150g de farinha de trigo sarraceno biológica
100g de farinha de aveia biológica
1 colher de sobremesa de sementes de linhaça castanha
1 colher de sobremesa de sementes de girassol
1 colher de sobremesa de sementes de abóbora
1 colher de sobremesa de sementes de chia
sal marinho q.b.
7g de levedura seca (uso fermipan)
500ml de água tépida

Preparação:

Numa taça grande colocar as farinhas, as sementes, a levedura e o sal e misturar com a colher de pau. Adicionar a água e misturar novamente com a colher até tudo estar envolvido. (Não é para amassar, é só mesmo para misturar. E a mistura fica meia líquida: é mesmo assim!)
Tapar com um pano ou película aderente e deixar levedar no mínimo 1 hora e no máxima até 24 horas.
Ligue depois o  forno a 220ºC e lá dentro coloque o tacho de barro, o pirex ou uma ultrapro, sempre com tampa, para aquecer ao mesmo tempo que o forno aquece. Quando o forno estiver na temperatura desejada, retire cuidadosamente o recipiente do forno e polvilhe o fundo com um pouco de farinha. Verta a massa para dentro do recipiente que estiver a utilizar e polvilhe com um pouco mais de farinha, e polvilhe com umas sementes a gosto.. Tape com a tampa e coloque no forno deixado cozinhar cerca de 45 minutos, sempre tapado. Ao fim desse tempo pode retirar a tampa e deixar estar mais uns 5 minutos, se quiser uma crosta mais dourada. 
Retire depois do forno, desenforme e deixe arrefecer sobre uma grelha. Evite cortar ainda quente. Pode congelar o pão fatiado.



Bom Apetite!

Creme de Abacate com Leite de Coco e Cacau


Gosto sempre muito de variar os meus pequenos almoços. E vou descobrindo coisas diferentes para ir experimentando, combinações melhores ou piores, e vão fazendo uma lista dos meus favoritos!
Esta combinação, é mais para dias de calor do que para dias cinzentos como o de hoje, mas para mim é maravilhosa em qualquer altura, até porque tenho feito imensas vezes.
A base é sempre a mesma, de abacate e leite de coco, e depois é misturar outras coisas a gosto. 

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes para 2 pessoas:

1 abacate grande
100ml de leite de coco (de lata)
1 banana pequena
1 colher de sobremesa de cacau cru em pó

morangos q.b.
pepitas de cacau q.b.
sementes a gosto q.b.
1 colher de sopa de manteiga de amêndoa
coco ralado q.b.

Preparação:

Descasque o acabate e a banana e coloque no copo da varinha mágica. Junte o leite de coco e o cacau em pó e triture bem até obter uma mistura cremosa.
Divida por duas taças e coloque os toppings a gosto.
Sirva de imediato.


Bom Apetite!

“Lasanha” de Beringela com Molho Branco de Natas


Há algumas receitas atrás, falei-vos da receita da minha carne de vaca favorita preparada na slowcooker. E esta é uma das receitas que gosto de fazer com essa carne.
Como a carne fica desfiada, é perfeita para preparar este tipo de receitas.
Neste caso, uma espécie de lasanha com beringela (que se preferirem podem usar courgete, batata ou batata doce em fatias ou até a tradicional massa!). 
Eu acho que fica realmente gulosa e deliciosa e até os miudos gostam! (So não sabem é que estão a comer beringela, mas isso é outra questão!)

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

PORTO - 16 de Março:  Workshops Pop Up Porto, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

LISBOA - 30 de Março : Workshops Pop Up Chiado, 11h30 - (INSCRIÇÕES AQUI)

Ingredientes:

1 receita de carne de vaca preparada na slowcooker 
1 lata de tomate pelado
1 cebola pequena
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
2 beringelas não muito grandes
100ml de natas
100ml de creme fraiche
1 bola de mozarella fresca

Preparação:

Comece por preparar um molho de tomate rapido. Pique a cebola finamente e reserve. Triture depois uma lata de tomate pelado. Num tacho coloque a cebola picada, o tomate triturado, um fio de azeite, sal e pimenta e mexa. Leve ao lume brando deixando cozinhar cerca de 15 minutos. Reserve.
Entretanto descasque as beringelas. Corte-as depois em fatias não muito grossas (em altura) e tempere-as com uma pitada de sal e azeite. Grelhe depois as fatias de beringela até ficarem macias. Reserve.
Misture o creme fraiche e as natas.
Num tabuleiro que vá ao forno e à mesa coloque um pouco da mistura de carne no fundo. Cubra com folhas de lasanha. Por cima disponha mais carne e um pouco de molho de tomate. Cubra com mais berigela e repita até esgotar os ingredientes.
Cubra tudo com o queijo mozarella cortado em fatias e com a mistura de queijo creme e natas. 
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos até ficar dourado e o queijo derretido.


Bom Apetite!

Imprimir