Pataniscas de Polvo


10 dias para o natal! A contagem decrescente continua, e por aqui parece que os dias não têm horas que cheguem para tudo. 
Ontem foi o dia da festa de natal da escola do Zé Maria, e lá estava ele, vestido de bola de cristal, muito compenetrado no seu papel. Tão compenetrado que mal cantava ou dançava, sempre muito atento às pessoas que estavam a assistir...
Eu é que sinto que não chego a tudo. Dois dias inteiros fora de casa nesta semana e ainda muitas coisas para fazer e presentes para embrulhar. Hoje é dia de parar para tentar organizar-me e orientar as coisas para os próximos dias.
Mas, mesmo nos dias com menos tempo e menos vontade há algo que não muda. Há sempre a necessidade de cozinhar para que juntos, em família, possamos ter uma refeição calma e passarmos um bocadinho juntos e saber como correu o dia de cada um.
Desta vez o jantar foram pataniscas de polvo!

Ingredientes para 2 pessoas:

200g de polvo cozido (podem ser sobras de polvo à lagareiro ou até de salada de polvo)
1 cebola pequena
1 ovo
3 colheres de sopa de farinha
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
água q.b.

Preparação:

Pique a cebola finamente e corte o polvo em rodelas.
Numa taça misture a farinha com o ovo, um fio de azeite e um pouco de água até formar uma polme não muito fina. Acrescente depois o polvo e a cebola e tempere  gosto com sal e pimenta. Misture bem - se necessário acrescente um pouco mais de água ou de farinha.
Leve a fritar em óleo ou azeite quente, às colheradas até que fiquem douradas de ambos os lados.
Sirva com arroz de tomate e grelos salteados!


Bom Apetite!

4 comentários :

  1. Anónimo11:01

    Uma boa ideia para aproveitar as sobras do polvo cozido da ceia de Natal (se sobrar, é claro)!
    As pataniscas são sempre bem vindas, e mesmo não tendo polvo, irei fazer com umas sobras de bacalhau e de atum assado (o maravilhoso exercício de aproveitar os restinhos). "Fast food" caseiro, é o que é!
    Este ano estou a lutar com a falta de tempo, e estou como a Joana, sinto que não chego a tudo. Foi um ano atípico, cheio de demasiados contratempos, todos aos mesmo tempo e sem tempo para respirar.
    Este fim de semana, tenho que resgatar o espírito natalício, pois parece que fugiu para parte incerta. Vamos ver como corre, pois gosto de fazer os cabazes com os miminhos para oferecer.
    Bem...respirar fundo e "bola para a frente"!

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. tenho que experimentar,...FICARAM LINDAS E concerteza deliciosas,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar

Imprimir