Tarte de Legumes com Queijo-Creme

Também eu sou preguiçosa. Também eu, muitas vezes, escolho os atalhos, os caminhos mais rápidos e que me fazem perder menos tempo na cozinha. Mas há coisas que eu sei que não compensam, e mesmo sabendo isso, continuo a usar atalhos que não são, nem mais baratos, nem mais saborosos… É o que tem acontecido com as massas pré-prontas e refrigeradas para tartes. Não, não me refiro à massa folhada (por enquanto), mas a massa quebrada, doce ou salgada, que normalmente todos ou quase todos compramos. Podemos dizer que é mais pratico, que está sempre à mão, …., mas o que é certo é que é super rápida de fazer e casa e fica bastante mais saborosa. A massa quebrada doce há muito que faço, em segundos, usando para isso um básico robot de cozinha, versão que aprendi com o querido Jamie Oliver. Mas a preguiça levou-me a deixar de fazer o mesmo com a versão salgada. De há uns tempos para cá decidi que era um disparate gastar dinheiro com massa quebrada de compra. E deixei de comprar. Pelo o preço de um pequeno rolo, faço 3 ou 4 bases em casa e não demoro mais de 1 minuto. Compensa, acreditem. E sim, faço com a ajuda de um simples e rápido robot de cozinha. Alguém já faz o mesmo? Fica muito melhor não fica?
E pronto, com uma base preparada em casa a melhor tarte de legumes de sempre, em versão muito diferente das habituais quiches, e sem natas, ovos ou leite.

Ingredientes para 1 tarte:

Massa quebrada
150g de farinha de trigo
70g de manteiga ou margarina
60ml de água
Sal q.b.

Recheio
1 curgete
10 tomates cereja
1 pimento vermelho
1 cebola
2 dentes de alho
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de orégãos secos
2 colheres de sopa de queijo creme
2 colheres de sopa de queijo da serra ralado na hora (ou outro queijo de sabor forte)
Algumas rodelas de chouriço ou fuet ou salpicão

Preparação:

Comece por fazer a massa. No robot de cozinha coloque a farinha, o sal, a água e a manteiga ou margarina partida em pedacinhos. Ligue o robot de cozinha e deixe trabalhar até que a massa esteja formada numa bola. (Demora apenas alguns segundos!)
Retire a massa para uma superfície enfarinhada, tenda numa bola mais perfeitinha, e com a ajuda do rolo da massa estique-a e forre com a massa uma tarteira. Pique a massa com um garfo e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos (Isto ajuda que a massa não fique mal cozinhada, depois de lhe colocar o recheio).
Enquanto a massa coze, prepare o recheio. Descasque a curgete e corte-a depois em quartos e lamine-a depois finamente. (Não deixe pedaços muito grandes). Corte a cebola em rodelas finas, o pimento cubos pequenos, e os tomates cereja ao meio. Reserve.
Leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite e acrescente os dentes de alho previamente picados. Junte depois a cebola e deixe refogar uns minutos. Acrescente a curgete e o pimento e envolva bem no refogado. Tempere com os orégãos, o sal e a pimenta e deixe cozinhar até que os legumes comecem a ficar macios.
Acrescente depois o tomate cereja e o queijo creme e envolva bem.
Espalhe o recheio de legumes pela base da tarte e polvilhe com o queijo da serra ralado. Cubra com umas rodelinhas de chouriço e leve novamente ao forno (180ºC) para gratinar os queijos e dourar o chouriço, cerca de 10/15 minutos
Sirva em fatias, quente ou fria, com uma salada verde.

Bom Apetite!

5 comentários :

  1. Olá, ficou linda sua torta e deve ser deliciosa. Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Hoje nas compras lembrei-me deste post e pousei a massa quebrada no lugar! :D

    ResponderEliminar
  3. Oi, li alguns posts do seu blog e achei muito interessante,com certeza você tem potencial, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, sei que será um grande blog pois é de fácil entendimento e o conteúdo é gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderEliminar
  4. Olá Joana,

    Esta receita deixou-me mesmo a pensar sobre a questão da massa..
    Eu não faço massa caseira porque não tenho um robot de cozinha. Pode dizer-me qual é que usa, ou se dará para fazer com uma batedeira normal?

    Obrigada!

    Inês Grijó

    ResponderEliminar
  5. Hmm, parece-me bem, até pq ñ gosto de quiches, deve ser por causa dos ovos e/ou leite e afins... Esta tarte hei de fazer qq dia :) Bjinhos e a preguiça tb é precisa :)

    ResponderEliminar

Imprimir