Frango Estufado com Ervilhas e Cogumelos e Noodles de Batata Doce


Segunda feira. Agosto à porta. A escola dos miúdos quase a acabar. O tempo que está estranho e dá para fazer poucos planos porque ora chove, ora faz calor. Eu na reta final de um trabalho. Nós sem planos para metade das nossas férias e sem cabeça para sequer pensar nisso. Rotinas habituais quase tudo em modo “piloto automático”.
Vai daí que sai um frango estufado para o jantar - que foi teve direito a sobras para nem ter que pensar no almoço do dia seguinte. Básico mais básico não há!
E finalmente a usar os noodles de Batata Doce que comprei no Supermercado Chen do Martim Moniz. 

Ingredientes para 4 pessoas:

1kg de frango partido em pedaços e sem pele (usei pernas e coxas)
azeite q.b.
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
1 chávena de ervilhas congeladas
150g de cogumelos laminados
100ml de vinho branco
sal e pimenta q.b.
1/2 colher de chá de cravinho
1/2 colher de chá de cominhos
100g de noodles de batata doce (podem usar noodles de arroz)

Preparação:

Pique a cebola com os dentes de alho e leve a alourar num pouco de azeite e juntamente com a afolha de louro. Junte depois o frango em pedaços e tempere com sal, pimenta, os cominhos e o cravinho e o vinho branco. Deixe estufar cerca de 20 minutos. Junte depois  os cogumelos e as ervilhas e deixe estufar mais uns 15 minutos, em lume brando,  até o frango estar macio. 
Acrescente depois água e retifique os temperos. Deixe levantar fervura e  acrescente os noodles de  batata doce e deixe cozinhar cerca de 8 minutos até que estejam macios.
Sirva de imediato.


Bom Apetite!

5 comentários :

  1. Interessante :) Gosto da combinação! Bjinhos, boa semana e boas férias! O tempo pode não ajudar, mas sempre dá p descansar e/ou relaxar alguma coisa ;)

    ResponderEliminar
  2. Anónimo19:58

    Gosto deste tipo de receitas básicas!
    Faço algo parecido, tipo jardineira, com batata ou massa.
    Os temperos são diferentes dos que costumo usar, mas é uma forma de variar o frango. Conheço os noodles de arroz, mas não os uso desta forma.
    Para experimentar, pois é uma forma de fugir aos temperos tradicionais e mudar a apresentação da massa.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar

  3. muito legal seu texto. parabéns amigo pelo lindo blog.

    ResponderEliminar

Imprimir