Quinoa com Feta, Coentros e Frango com Tomilho



Não achei janeiro um mês interminável! Tal como os outros passou a correr entre muitas coisas e afazeres. 

Depois das festas que na nossa família ditam o fim de Janeiro, voltamos às rotinas habituais, ao planeamento e à organização que me fazem tanto sentido!

Começo Fevereiro com uma receita de frango e quinoa muito saborosa e óptima para variar de combinações mais comuns.

Espero que gostem!


Ingredientes para 2 pessoas:


100g de quinoa

1 molhinho de coentros

Sal q.b.

Pimenta q.b.

50g de queijo feta

200g de peito de frango (2 peitos pequenos)

Tomilho fresco

Alho em pó

Azeite q.b.


Preparação:


Tempere o peito de frango com sal, pimenta, alho em pó e as folhinhas de tomilho e leve-o a assar até que fique macio (180ºC durante 18 minutos na Airfryer ou durante 35 minutos em forno previamente aquecido a 180ºC)

Entretanto prepare a quinoa. Lave-a e escorra bem.

Coloque-a num tacho, acrescente o dobro da quantidade de quinoa em água, tempere de sal, e deixe levantar fervura. Quando começar a ferver tape, reduza o lume para o mínimo e deixe cozinhar até a agua ser toda absorvida, tal como se fosse arroz.

Assim que a quinoa estiver cozida, coloque-a num prato ou taça de servir, acrescente os coentros picados e o queijo esfarelado e envolva bem.

Deixe o frango repousar uns minutos antes de o cortar em fatias e disponha sobre a quinoa.

Sirva com uma salada ou brócolos cozidos.


Bom Apetite!


Brigadeiros de Festa



Para a festa dos 5 anos da Benedita, fiz algo que não fazia há anos. Brigadeiros, que cobri com confeites coloridos só para dar um ar de graça à mesa dos doces.

A receita é classica e basica e não tem nada que enganar, O truque para que os brigadeiros fiquem mesmo rijinhos, é deixar cozinhar e caramelizar bem o leite condensado… o que nem sempre é fácil!


Ingredientes para cerca de 24 brigadeiros:


1 lata de leite condensado normal

1 colher de sopa bem cheia de chocolate em pó

1 colher de sopa de manteiga

Drageias coloridas para enrolar

Forminhas de papel frisado


Preparação:


Misture o leite condensado com a manteiga e o chocolate em pó e leve a lume brando, mexendo sempre, até engrossar e caramelizar, cerca de 10 a 15 minutos. Coloque depois a mistura num prato untado com um pouco de óleo e manteiga e deixe arrefecer.

Molde depois em bolinhas, com as mão previamente untadas com óleo vegetal e enrole-as sobre as drageias de modo a ficarem cobertas. Coloque nas formigas de papel e leve ao frigorífico até servir.


Bom Apetite!


Pão de Jamon



Ontem a minha Benedita fez 5 anos! Como é possível já terem passado 5 anos e esta miúda gira estar cada vez mais fofa, mais rainha da asneira, mas querida, mais tudo…

Houve então festa cá em casa para a família, amigos mais próximos e amigos da escola da B.. Quase 50 pessoas em casa num lanche ajantarado onde não fiz nada de especial ou de muito diferente!

Coisas que todos gostam e que resultam sempre. Tábuas de queijos e enchidos, folhados mistos, folhadinhos de salsichas, hummus e guacamole, requeijão com mel, queijo creme e geleia de pimento vermelho, pão de queijos…. E as sobremesas clássicas de sempre além do bolo de anos escolhido pela Benedita.

A principal novidade foi o pão de jamon, uma especialidade venezuelana, de uma espécie de bola de carnes com passas e azeitonas que eu pessoalmente adoro.

Fica a receita!


Ingredientes para a massa:


500g de farinha

7 g de levedura seca (tipo fermipan)

1 ovo

70g de açúcar

70g de manteiga

160ml de leite ou bebida vegetal

1 gema


Ingredientes para o recheio:

300g de fiambre

200g de bacon

150 g de chourição

150 g de paio

150g de azeitonas verdes recheadas com pimento vermelho

100g de passas


Preparação:


Numa taça coloque a farinha, o açúcar, a levedura e misture bem. Abra uma cova ao meio e adicione o leite morno (não muito quente), o ovo e a manteiga amolecida e amasse bem até obter uma massa lisa que de desprenda das paredes da tigela. 

(Se tiver um robot de cozinha tipo Bimby, basta colocar todos os ingredientes da massa e programar 20s/velocidade 4, e depois velocidade espiga durante 3 minutos)

Deixe depois levedar num local longe de correntes de ar, bem tapado, até dobrar de volume (eu gosto de colocar dentro do microondas sem o ligar, obviamente)

Estenda depois a massa, em forma de retângulo. Ao centro da massa coloque metade das carnes, e metade das passas e das azeitonas cortadas  e dobre depois metade da massa sobre as carnes. Coloque as restantes carnes, passas e azeitonas, sobre a massa que acabou de colocar sobre as outras carnes, e dobre a restante massa sobre estas carnes. Aperte bem as pontas da massa.

Coloque depois num tabuleiro forrado com papel vegetal, pincele com gema de ovo e leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 35 minutos.

Retire e deixe arrefecer antes de cortar.


Bom Apetite!


Crepe de Claras com Banana e Manteiga de Amendoim



As muitas claras que habitam no meu congelador depois de muitos workshops de natal em que usamos muitas gemas, têm gostado muito desta receita.

Adicionar claras a papas de aveia ou omeletes, ovos mexidos ou simplesmente comer assim, neste crepe de claras é uma forma de gastar claras que se tenham em excesso, sem, ser apenas para fazer suspiros, pavlovas ou tortas de claras enroladas.

Para quem faz muito desporto, pode também ser uma forma de ingerir mais proteína, caso isso seja uma necessidade.


Ingredientes para 1 pessoas:


100g de claras

1 banana

10g de manteiga de amendoim

Canela em pó q.b.


Preparação:


Sem bater, coloque as claras num prato de sopa e leve ao microondas durante 2 minutos até que as claras cozinhem.

Retire e espalhe a manteiga de amendoim e as rodelas de banana previamente cortada. Polvilhe com canela!


Bom Apetite!


Pudins de Quark e Gelatina para os Snacks



Todas as semana, de cada vez que faço esta receita, é raro o dia em que não me perguntam, como faço.

Apesar de ser adaptada de uma receita que já publiquei usando skyr, há sempre perguntas, e portanto acho que é mais do que tempo de partilhar aqui a versão como faço regularmente todas as semanas para os lanches da tarde do marido. É na teoria uma tentativa de um lanche mais proteico, e daí usar o queijo quark para fazer estes pudins, assim como gelatinas sem adição de açúcar. Fica a nota que não resulta de igual forma com gelatinas de origem vegetal.


Ingredientes para 6 doses:


1 saqueta de gelatina no sabor à escolha 0% açúcar *

500ml de água a ferver

500g de queijo quark natural


Preparação:


Coloque o conteúdo da saqueta de gelatina numa taça e acrescente a água a ferver dissolvendo muito bem. Junte depois o quark e misture até ficar com uma mistura lisa e sem grumos.

Divida por 6 tacinhas, tape e leve ao frigorífico até prender.


Bom Apetite!


* Convém ler as instruções da gelatina. Para esta quantidade de líquido poderão ser necessárias duas jaquetas. O objectivo é fazer a gelatina conforme as instruções do pacote. Junta-se a água a ferver na quantidade recomendada mas, EM VEZ DA ÁGUA FRIA, junta-se a mesma quantidade de quark. 


Chow Mein de Peru e Cenoura



As pessoas surpreendem-me todos os dias. E a maioria das pessoas que me surpreende tem sido pelos motivos mais bonitos, mais empáticos e mais verdadeiros. Quando se dá e partilha sem esperar nada em troca, apenas porque gostamos das pessoas genuinamente e estamos lá para elas, saem as coisas mais bonitas, mais honestas, mais verdadeiras. Tenho conhecido pessoas incríveis. Com histórias de vida incríveis. Que num ponto seguro e muito seguras de si e do que conquistaram se têm revelado. E que de um grupo de quase desconhecidos se formam afetos honestos e generosos e empáticos. 

Também há as outras. Que me surpreendem, não necessariamente pela negativa. Mas me surpreendem, porque não se deixam descobrir. Não avançam, não são empáticas nem generosas e que continuam centradas no seu umbigo. Pessoas a quem a vida também ensina, mas que ignoram essas mudanças. Mantendo-se sempre iguais, sempre no mesmo marasmo, nas mesmas conversas, nas mesmas dinâmicas de sempre. Pessoas onde eu já não encaixo (ou onde provavelmente nunca encaixei) e onde estive provavelmente demasiado esforçada em encaixar. Como calçar uns sapatos que pensamos que são o nosso número, são ligeiramente desconfortáveis e pensamos que com o tempo ficam melhor, porque simplesmente os adoramos, mas quando os tiramos percebemos que gostar deles não é suficiente para os usar. Porque simplesmente não  cabemos lá!


Ingredientes para 4 pessoas:


400g de bifes de peru

Sal e pimenta q.b.

Alho em pó q.b.

Sumo de limão

2 cenouras

2 dentes de alho

1 cebola

Azeite q.b.

75ml de molho de soja

1 colher de sopa de gengibre ralado

2 colheres de sopa de coentros picados

2 colheres de sopa de farinha maisena

250g de noodles de ovo


Preparação:


Corte os bifinhos de peru em tiras e tempere com sal, pimenta, alho em pó e sumo de limão. Deixe marinar.

Rale grosseiramente as cenouras, pique os dentes de alho e corte a cebola em meias luas.

Leve uma frigideira ou wok largo ao lume e junte 1 colher de sopa de azeite e deixe aquecer bem. Junte depois as tiras de peru bem escorridas e deixe saltear uns minutos. Retire e reserve. Na mesma frigideira junte depois o alho, cenoura e cebola e deixe saltear também até começarem a ganhar cor. Junte o peru salteado.

À parte misture o molho de soja com o gengibre fresco ralado, os coentros picados, e a maisena e 30ml de água. Misture bem e verta sobre a mistura de legumes e peru, com lume não muito forte, deixando que o molho engrosse. Retifique temperos. 

Coza os noodles de ovo durante 2 ou 3 minutos em água abundante e a ferver, escorra bem e junte à carne com os legumes e molho. Envolva e sirva de imediato.


Bom Apetite!


Arroz Cremoso de Cogumelos e Tomilho



Foi um domingo em cheio, o dia de ontem!

Obrigada a todos os que estiveram presentes no lançamento do “Cozinhar com Sobras”, e fizeram questão de partilhar comigo este momento.

É sempre bom poder estar com quem realmente lê e faz as receitas que partilho, e ver caras por detrás das redes sociais. Obrigada principalmente a quem veio de fora e fez questão de estar lá para mim apesar dos quilómetros. Há gestos que valem mesmo muito.


Entretanto aqui por casa as coisas vão se mantendo na mesma. Escola, miúdos e actividades. Casa e trabalho.

E como receitas práticas nunca são demais, um arroz cremoso delicioso e reconfortante para dias frios como estes!


Ingredientes para 4 pessoas:


1 cebola

2 dentes de alho

Azeite q.b.

Tomilho fresco q.b.

350g de cogumelos castanhos

250g de arroz para risoto

300ml de vinho branco

500ml de caldo de legumes caseiro ou outro (ou água)

Sal e pimenta q.b.

1 colher de sopa de manteiga


Preparação:


Pique a cebola e os  dentes de alho e leve ao lume num tacho com 1 colher de sopa de azeite, e um raminho de tomilho fresco.

Deixe refogar até a cebola começar a caramelizar, e acrescente os cogumelos castanhos previamente laminados e limpos. Deixe refogar uns minutos, acrescente o arroz para risoto, e envolva no refogado.

Junte depois o vinho branco e reduza o lume, mexendo sempre o arroz envolvendo bem, até o vinho evaporar. Acrescente depois cerca de 500ml de caldo de legumes, aos poucos e poucos, mexendo sempre o arroz, de modo a que seja todo absorvido e o arroz cozinhado. Se ainda estiver o arroz rijo, acrescente mais caldo, até o arroz estar cozinhado.

Retifique de sal e pimenta, junte 1 colher de sopa de manteiga e envolva bem.

Sirva de imediato polvilhando com um pouco mais de tomilho fresco.


Bom Apetite!


Imprimir