Coxas de Frango com Beringela à Parmegiana


As cores e sabores do verão e da primavera, estão já em grande. Tomate, beringelas e manjericão. Roxo, vermelho e verde.
Os produtos que enchem o meu frigorífico a par de tantos outros são agora usados para que as refeições cá de casa tenham ainda mais sabor.
Desta vez as coxas de frango, tão banais, acabaram com honras de uma refeição muito mais pomposa, com a junção de outros ingredientes da época, em vez de assadas ou grelhadas, o que costuma ser o mais comum dos seus destinos.
Tenho pena que a pressa da hora de almoço, onde umas sardinhas panadas fizeram companhia a uma salada de batata morna, não tenha dado oportunidade para umas fotos, mas essa salada de batata também terá de ser partilhada, depois de feita a repetição, num destes dias, por ser também uma receita ideal para dias de calor e para acompanhar churrascos ou até piqueniques.
Destas pequenas coisas é feita a abundância das cores e sabores que chegam com o tempo mais quente.
Das vossas cozinhas, o que tem saído com estes ingredientes que chegam com o calor? (Contem-me tudo, que eu tenho-me sentido um bocadinho “abandonada” nestes últimos dias. Acho que está tudo de férias e que ando estou aqui mais sozinha! - hormonas de grávida a falar!)

Ingredientes para 2 pessoas:

4 coxas de frango pequenas
1/2 beringela
4 fatias de fiambre
4 fatias de queijo mozarella
2 tomates maduros
1/2 limão
2 dentes de alho
1 cebola pequena
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
1 colher de chá de oregãos
queijo parmesão ralado na hora q.b.
folhas de manjericão para servir

Preparação:

Retire a pele às coxas de frango e com uma faca afiada retire-lhes o osso. Abra-a as coxas um pouco mais, se necessário, para que a carne fique toda da mesma espessura. Tempere com sal, pimenta, os dentes de alho picadinhos e sumo de limão.
Entretanto corte a beringela em 4 fatias redondas e tempere-as também com um pouco de sal.
Leve ao lume uma frigideira anti aderente com um pouco de azeite e deixe aquecer. Cozinhe as fatias de beringela de ambos os lados até começarem a ficar douradas, e reserve. Na mesma frigideira, acrescentando mais um fio de azeite, cozinhe também as coxas de frango de ambos os lados até que fiquem douradas. (Não necessitam de ficar totalmente cozinhadas, pois vão acabar por cozinhar no forno.)
Num prato que possa ir ao forno, coloque as fatias de beringela, e por cima destas as coxas de frango. Disponha depois sobre cada uma uma fatia de fiambre e depois, uma fatia de queijo mozarella.
Entretanto prepare um molho de tomate simples e rápido. Retire a pele ao tomate e pique-o grosseiramente, assim como a cebola. Leve um tachinho ao lume com um fio de azeite e deixe aquecer. Junte a mistura de cebola e tomate, tempere de sal e pimenta e acrescente os oregãos. Deixe ferver cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando, e verta depois sobre o frango. Polvilhe ainda com um pouco de parmesão ralado na hora.
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca e 20 minutos.
Decore depois com as folhas de manjericão e sirva com massa ou arroz e uma salada.


Bom Apetite!

22 comentários :

  1. Que coxas de frango apetitosas,..
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mary,

      Ficaram deliciosas. Aconselho.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Olha, este fim de Primavera já tenho conseguido usar da horta vagens, pimentos de Padrón, couves e alfaces de vários tipos, rúcula, espinafres, cenouras e beterrabas e ontem vi a luzir duas beringelas que depois me esqueci de apanhar mas que deste fim de semana não escapam!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria,
      Não há nada como ter uma horta e esperar que as coisas cresçam para as podermos finalmente usar.
      Eu pelo menos adoro.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Anónimo10:04

    Bom dia Joana,

    Não está nada sozinha (como deve perceber pelo "sitemer" ;) ). Eu venho visitá-la todos os dias. Apesar de nem sempre dizer alguma coisa não posso deixar de aqui passar.
    Quanto a esta receita, que me parece bem saborosa, poderá substituir-se a coxa de frango por outra peça? Ficará bom também com um pedaço do peito?

    Um beijinho,
    Raquel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raquel,

      Quando digo sozinha (e não tem a ver com estatísticas de sitemeter ou afins que eu não ligo muito a isso) é por achar que de uma maneira geral, parece que está tudo de férias, e o "pessoa" anda mais deligado da cozinha.
      E claro que pode substituir a coxa por peito de frango. A única desvantagem é poder ser mais seco.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Essa refeição ficou com um aspecto delicioso.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/06/quiche-de-delicias-do-mar-e-espinafres.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Clarinha.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Rosa Pinto13:51

    Olá! Abandonada?? Nem pense!!! Todos os dias se pica o ponto por aqui ;-)
    Hoje o jantar será uma receita que ando a "namorar" há algum tempo: "FRango assado com molho picante". O forno a trabalhar enquanto a dona faz a caminhada habitual... Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada elas palavras Rosa.
      Depois diga como correu a receita. E quanto ao forno a trabalhar por nós, já sabe como eu sou adepta disso.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Sozinha? Nunca! Esta semana já fiz algumas receitas do livro "O que faço hoje para jantar" e têm sido aprovadas cá em casa. Consigo que a minha gente coma courgete, mas beringela e beterraba não consigo que comam. Pode ser que com esta receita resulte, beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Querida Eunice.
      Eu bem acho que as vezes são as hormonal de grávida a falar.
      Pode experimentar fazer esta receita, mas em vez da beringela colocar courgete.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  7. Marta14:26

    Não está sozinha, não! Visito o seu blogue todos os dias. E não só! Ainda ontem fiz o Bolo D. Lurdes do seu livro "Feito em Casa". Foi a sobremesa ao jantar, acompanhado de uns morangos... delicioso! Seguiu hoje na lancheira do marido para snack no trabalho e na sacola da miúda para o lanche na escolinha! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta,

      Obrigada pelas suas palavras.
      Eu há já muito tempo que não faço essa receita. Mas adoro esse bolo.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  8. Que delícia! A apresentação está impecável, abre o apetite! :)
    Beijinhos
    Ana Filipa Costa || Petiscana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana Filipa.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  9. que deliciaaa :p
    tenho de experimentar :)
    beijinhos
    Carla
    http://cromasdacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,
      Eu sou suspeita, mas acho que vale mesmo a pena experimentar.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  10. Anónimo21:13

    Que bela ideia para as coxas de frango! E muito colorida, como se quer! Infelizmente, não tenho nada na horta, pois o calor queimou tudo (mesmo plantas do jardim que resistiram ao frio), as framboeseiras também ficaram meias "chamuscadas". Em compensação, este ano vou ter romãs bem antes do tempo (possivelmente em Agosto/Setembro) , e as maçãs estão quase lá. O que começou a sair da cozinha com produtos da época, começaram a ser algumas compotas para ter em casa e para algumas ofertas: alperce/damasco, morango e cereja (muito pouca, porque dá trabalho tirar os caroços!). Para além das imensas saladas compostas com legumes e outros ingredientes. A última das quais, com pão seco, tinha o gosto do gaspacho e parecia ligeiramente a "panzanella". Uma vulgaríssima salada de tomate, pepino, pimentos e pão seco, tudo cortado em quadrados não muito pequenos, temperado com sal, pimenta, azeite, vinagre, e um pouco de orégãos secos. Ficou um pouco a tomar gosto (e o pão a embeber um pouco, mas sem ficar empapado). Posso dizer que ficou muito boa, e foi uma boa maneira de usar o pão que estava seco (estava calor e não apetecia fazer açorda/migas). Não se sinta "abandonada", há muitas leitoras a consultarem este cantinho. Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,
      Que pena a horta estar assim... Mas infelizmente este tempo maluco acaba por estragar muitas coisas.
      Na minha horta este ano ainda está tudo um bocadinho atrasado, exatamente por causa do tempo e porque se semearam e plantaram as coisas mais tarde.
      Quanto a receita ue aí deixou parece.me lindamente. Ainda não comi gaspacho este ano. Estou à espera dos meus tomates da horta para os usar.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  11. Anónimo09:01

    Nadinha sozinha... continuamos a vir cá espreitar, como deixar de o fazer com tantas ideias boas? Eu só sinto falta de mais ideias para comidas frescas. Saladas de legumes variados e de feijão é o que mais faço mas gostava de mais novidades. Forno ou receitas com bastante fogão envolvido com este calor não consigo.
    Beijinhos e obrigada pelas ideias (e textos, desabafos, inspirações...)
    Ana Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      Vou levar em conta as suas sugestões. Eu confesso que como me sinto mais cansada ultimamente, me deixo levar pelo facilitismo de ter o forno a cozinhar para mim... Mas prometo receitas mais frescas!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar

Imprimir