Pannacota de Coco com Cerejas


Em vésperas de fim de semana, que dizem por aí, que vai ser de muito calor, a sugestão não é um bolo, mas sim uma sobremesa fresca.
A acompanhar a pannacota, uma espécie de compota de cerejas, preparada com as cerejas que a minha cunhada de ofereceu e que são deliciosas. Tão deliciosas que merecem uma receita boa onde possam brilhar.
A pannacota não tem nada de extraordinário, continua a ser uma das sobremesas mais simples e rápidas de preparar (se com isto não contarmos o tempo de refrigeração)e para quem tem dificuldades em desenformar, a solução é nem sequer tentar e servir nuns copinhos transparentes cobertos com a calda escolhida.
Só para ser um bocadinho diferente, esta pannacota leva, além das natas leite de coco, o que lhe dá um sabor mais delicado e muito subtil a coco. E além disso, o coco e as cerejas são uma boa combinação, pelo que a calda escolhida recaiu sobre as cerejas que, como já tinha dito, queria usar numa sobremesa desde que chegaram acabadas de apanhar, cá a casa.
Uma sobremesa fresca, perfeita para o verão. E a minha sugestão para este fim de semana. Quem sabe para comer depois de um churrasco ou sardinhada!



Ingredientes para 4 pessoas:

200ml de natas
200ml de leite de coco
5 colheres de sopa (rasas) de açúcar
2 folhas de gelatina

calda de cerejas:
150g de cerejas
3 colheres de sopa de açúcar
50ml de água
1 colher de sopa de sumo de limão

cerejas e hortelã para decorar

Preparação:

Para a pannacota coloque as natas (diretamente do pacote) num tacho e acrescente o leite de coco e o açúcar. Leve ao lume até levantar fervura e o açúcar estar bem dissolvido, mas não necessitam de ferver.
Entretanto demolhe (hidrate) as folhas de gelatina em água fria. Quando estiverem moles escorra-as bem, apertando-as na mãos para que libertem a máxima quantidade de água e junte-as à mistura quente. Como a mistura para a pannacota está quente as folhas de gelatina derretem de imediato, e não há perigo de talharem como pode acontecer quando se acrescentam depois de derretidas a coisas frias. Mexa bem e divida a mistura por quatro corpinhos ou formas.
Leve ao frigorífico algumas horas (mínimo de 4, idealmente de um dia para o outro) até ficarem firmes.
Entretanto retire o caroço às cerejas e coloque-as num tacho com a água, o açúcar e o sumo de limão e leve a cozinhar cerca de 8 minutos até obter uma calda xaroposa. Retire e deixe arrefecer completamente.
Para servir, retire as pannacotas do frigorífico e divida a calda pelos corpinhos - ou desenforme-as primeiro e cubra com a calda - e decore a gosto com cerejas frescas e uma folhinhas de hortelã.


Bom Apetite!

12 comentários :

  1. Anónimo09:13

    Joana, venho cá todos os dias, mesmo quando estou de férias! cá de casa ainda saem ingredientes de inverno! ultimamente muito feijão! Mas estas panacotas vão ser já a sobremesa para um jantar de uma amiga para logo onde tenho que levar uma sobremesa!!! os gelados com morango fizeram um sucesso lá por casa e já comprei outras frutas para repetir!
    Muito obrigada por esta imaginação partilhada!
    Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida,
      Obrigada pelas suas palavras. Curiosamente o Miguel não gostou nada dos gelados e sou eu que os tenho comido... Quanto às panacotas ficaram mais do ue aprovadas e acho mesmo a sobremesa perfeita para o verão.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Anónimo11:52

    As sobremesas frescas são muito bem-vindas! As pannacotas são simples de fazer (levam é tempo a solidificar), e podem ter o aroma que nós quisermos, e brilham com a cobertura utilizada, especialmente as de fruta. E esta deve ser especial, pelo aroma suave do coco e pela calda de cerejas. Para mim, as pannacotas são uma descoberta "quase recente", e gostei muito de uma que fiz com iogurte (do livro "Apetite Saudável" do Gordon Ramsay) e morangos assados no forno (ideia tirada do Technicolor Kitchen). Um grande beijinho e um bom fim de semana, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,

      Também costumo fazer uma versão com iogurte - não sei se será ou não parecida com a do Gordon Ramsay - que todos adoram e que sirvo com várias coberturas, sendo a que faz mais sucesso é polpa de maracujá (fresco, não de conserva).
      Simples e muito saboroso.
      Eu gosto muito de panacottas e acho que são definitivamente uma receita para dias de sol.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Joana, q maravilha mesmo :) E sim, só apetece algo fresco e frutado por estes dias! Vou fazer com certeza, mais lá p a frente no verão, qd começarem as 'festividades' (aniversários, almoços de amigos/família,...). Bjinhos e bom fds (ao fresco, se possível)!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anjo de Mel,

      Faz mesmo porque tenho a certeza de que serão um sucesso. é difícil alguém não gostar de uma pannacota.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Tem um ótimo aspeto e, claro, terei de testar! :)
    Beijinho
    Cris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cris,
      Teste e tenho a certeza de que não se arrependerá.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Deve ser bem leve esta sobremesa. Só fiz pannacota uma vez e não adorei o resultado, acho que tenho que voltar a testar e esta receita parece-me uma excelente opção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silvia,

      Eu acho que é uma daquelas sobremesas que se adora ou se detesta!
      Eu pessoalmente acho esta versão deliciosa!
      Experimente, pode ser que mude de ideias.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Lígia15:12

    Olá!

    Gosto muito das suas receitas e repito-as várias vezes.
    Desta vez, fiz a pannacota, mas não consegui que solidificasse... Usei as duas folhas de gelatina que menciona na receita, mas nem estando no frigorífico de um dia para o outro solidificou.
    Tentarei de novo, mas usando mais gelatina. Que acha?
    Obrigada pelas partilhas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ligia,

      Obrigada pelas suas palavras.
      Acho muito estranho que a panacota não tenha solidificado. Faço sempre este racho 400ml de líquido para 2 folhas de gelatina e nunca tive nenhuma panacota que não solidificasse bem...
      Se usar muita gelatina a panacota fica muito dura e não com a consistência pretendida.
      Seguiu todos os passos corretamente? A gelatina estava dentro da validade?
      É que eu já fiz tantas vezes e nunca me correu mal...
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar

Imprimir