Batatas Temperadas no Forno


Com o tempo que se tem feito, está oficialmente aberta a época de churrasco cá por casa. E lá começo eu, a tentar fazer acompanhamentos diferentes, para não acabarmos sempre entre o feijão preto e arroz branco, o arroz de feijão e as batatas fritas. 
No último churrasco já começamos a juntar ananás grelhado e banana assada com casca, que fica depois mole e é um bom acompanhamento. A laranja em rodela já costumamos fazer, assim como as salada de couve com maçã, cenoura e hortelã, e saladas de tomate variado e manjericão. Outros dos acompanhamentos que também faço são batatas assadas inteiras (doce ou normal) com raitha (molho de iogurte grego, pepino e hortelã) quando está muito calor, fica muito bom e refrescante. A salada de pimento assado é um clássico. Portanto, com tantas coisas que se podem fazer, aborrece-me fazer sempre os mesmos acompanhamentos.
No passado fim de semana, num churrasco com a família, houve mais uma deliciosa salada de couve, maçã e hortelã, mas também um tabuleiro de batata assada temperada, que tiveram muitos elogios. (Usei batatas novas, muito boas e saborosas e tinham vindo no meu cabaz biológico da Dona Rosa - https://www.facebook.com/dona.rosa.bio/?fref=ts)
Ah... e as batatas ficam maravilhosas com uma maionese caseira de alho e azeite!

Ingredientes para 6 pessoas:

14 batatas novas (não muito grandes)
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de colorau (ou colorau fumado)
1 colher de chá de alho em pó
1 colher de sopa de oregãos secos
1 colher de chá de tomilho seco
azeite q.b.
2 colheres de sopa cheias de farinha de mandica ou pão ralado

Preparação:

Leve bem as batatas e corte-as em quartos. Coloque as batatas num tabuleiro que vá ao forno e à mesa e tempere-as com o sal e a pimenta, o colorau, o alho em pó, os oregãos secos, o tomilho e regue com azeite. Envolva bem todos os ingredientes nas batatas e por fim, acrescente a farinha de mandioca ou o pão ralado, e envolva tudo muito bem novamente (Juntar a farinha de mandioca ou o pão ralado ajuda as batatas a ficarem com uma camada crocante!).
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC  - e de preferência com ventilação - durante cerca de 1hora, misturando as batatas de vez em quando para que cozinhem mais uniformemente.
Sirva como acompanhamento de churrasco ou de carnes assadas.


Bom Apetite!

5 comentários :

  1. Anónimo12:07

    Adoro batatas assadas!
    Costumo acompanhar os grelhados com batatas a murro, assadas numa camada generosa de sal, e saladas variadas.
    Mas para acompanhar os assados em geral, faço umas batatas parecidas com estas, às vezes misturadas com batata doce ou legumes, ou juntando alguns dentes de alho inteiros com a pele (depende do que houver ou da inspiração).
    Seja como for, gosto destas ideias, nem que seja para variar os aromas, e se as batatas forem de boa qualidade (e saborosas), melhor ainda!
    Mais uma ideia para usar nas batatas que vieram na cesta da Fruta Feia, cujo sabor lembram as plantadas pelo meu pai.
    Acredito que fiquem maravilhosas com a maionese de azeite e alho! Não faço maionese em casa, porque consumo pouco e depois fica esquecida no frigorífico. No entanto, o tempo já pede comidas mais leves, com algum complemento especial, e talvez saia um destes dias, nem que seja para acompanhar a batata assada ou dar um toque especial à clássica "salada russa".

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,
      Estas batatas ficam mesmo boas. Para mim a grande diferença está na farinha de mandioca ou pão ralado que ajuda a ficarem crocantes e absorvem o excesso de liquido que possa existir...
      Sim, com maionese de alho ficam top!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Experimentei hoje esta receita para o nosso almoco! De lamber os dedos!! E com molhinho de maionese e alho, que delicia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaram! Fico mesmo feliz!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Olá Joana,
    Adorei estas batatas. Experimentei fazê-las este domingo e realmente o pão ralado (usei panko) fez com que ficassem crocantes e absolutamente deliciosas. Uma receita a fazer muitas vezes, com certeza.
    Obrigada pela partilha.
    Sónia

    ResponderEliminar

Imprimir