Panquecas do Alho


Daquelas coisas curiosas que acontecem... Numa das contas de instagram que sigo, neste caso do “Alho Francês” (https://www.instagram.com/alhofrances/), de receitas vegan - e já aqui vos disse que apesar de não ser vegan nem nada parecido, se aprendem muitas coisas “fugindo” à da nossa zona de conforto, mais tradicional e habitual - vi umas panquecas apelidadas de “as melhores do mundo”. Ora isto foi logo coisa para me deixar desconfiada... Tinha de experimentar, e lá pedi a receita. Mas mais uma daquelas coisas que acontecem. Por engano a minha mensagem foi apagada. Mas o “Alho”, lá reparou no erro, e depois de mais uma troca de mensagens, lá chegou a receita que coloquei muito rapidamente em prática.
As panquecas são boas. Mesmo boas. E talvez as melhores que já provei sem ovos e sem laticínios. Os miúdos comeram e repetiram, e nesse dia foram também o meu pequeno almoço.
Partilho-as aqui por vários motivos. Para além de serem maravilhosas, e todos gostarmos de receitas boas e deliciosas, e porque sei que há sempre pessoas que, não sendo vegan têm filhos ou são elas próprias alérgicas a ovos (recebo imensos pedidos de receitas sem recorrer a ovos para pessoas intolerantes) aqui fica a receita para comprovarem por vocês mesmos!

Dia 30 de Junho, às 15h, no Porto, nos Workshops Pop Up - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em info@workshops-popup.com

Dia 1 de Julho, às 10h, no Furadouro - Ovar, na Colher de Chá - “Receitas Simples e Rápidas para as Festas de Verão”. Inscrições e informações em geral@colherdecha.pt


Ingredientes para 12 panquecas:

150gr Farinha Trigo t65 (podem usar qualquer farinha, eu fiz com farinha de espelta)
1 colher de sobremesa Bicarbonato de sódio
1 colher de sobremesa Fermento em pó
1 colher de sopa Açúcar Mascavado (usei açúcar de coco na mesma quantidade)
1 colher de sopa  Vinagre Vinho Branco
50ml Óleo Vegetal (usei óleo de coco)
250ml Bebida Vegetal (usei bebida de aveia)

Preparação:

Numa taça junte a farinha, o bicarbonato , o fermento e o açúcar e misture bem. Junte depois o vinagre, o óleo e a bebida vegetal e misture bem até formar uma massa líquida e homogénea.
Leve depois uma frigideira anti aderente ao lume e deixe aquecer bem. Coloque colheradas de massa e vire com uma espátula quando terminar de fazer bolhas. Deixe depois cozinhar do outro lado até ficarem douradas.
Repita até esgotar a massa e sirva com acompanhamentos a gosto. Cá em casa iogurte natural e frutos vermelhos são sempre os acompanhamnetos favoritos, e eu também gosto com um pouco de maple Syrup.


Bom Apetite!

4 comentários :

  1. Anónimo12:05

    Estão muito apetitosas!
    Hoje em dia, com tantas influências/inspirações diversas é quase "impossível" cair na monotonia, em termos de alimentação.
    O saber não ocupa lugar, muitas das coisas que faço atualmente, ou aplico em caso, aprendi em livros ou blogs diversos (sejam vegan, vegetarianos, sem lactose, ou outros).
    Já recorri aos "ovos de linhaça" para "desenrascar" uma receita de bolo, pois não tinha ovos em casa, usei vinagre para dar leveza a uma massa de bolos/biscoitos, aprendi a conhecer as várias farinhas com/sem glúten (sabores e texturas), usei tipos de adoçante/alternativas, experimentei a mousse de chocolate feita com aquafaba. Estas foram algumas das experiências, mas há algo a ser aprendido.
    Há que manter um espírito aberto e aventureiro para novos sabores/texturas, fugindo um pouco à nossa zona de conforto.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Estava com esperança que levassem alho... :)

    ResponderEliminar
  3. Vi na Net e tb fiquei curiosa, apesar de não ser consumidora habitual de panquecas... Tudo o q sejam alternativas, tem o meu voto :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  4. Só agora é que 'caiu a ficha'! Li a receita trÊs vezes a ver onde estava o alho e só depois percebi o nome :) Bela receita!

    ResponderEliminar

Imprimir