sexta-feira, março 02, 2012

Bolo Encharcado de Côco

Um bolo com uma história. Este natal a minha mãe decidiu finalmente não trocar prendas com a comadre F. Uma decisão que ambas falavam há anos, mas que só então decidiram pôr em prática. Apesar de não haver prendas, houve mimos. A minha mãe preparou um pequeno cabaz com compota, azeite aromatizado para massas, marmelada e chocolatinhos caseiros (Com quem terá aprendido? Ou terá sido o contrário!?) Um cabaz bonito e delicioso fechado com papel celofane e uma fita natalícia. Na véspera de natal, pouco antes do jantar, chegou o agradecimento, também em forma de mimo. Este bolo, ou melhor, um bolo igual a este, numa travessa natalícia e com um pequeno bilhete de Boas Festas, onde se podia ler em post scriptum "Para além do bolo, o prato também faz parte deste natal".
Na nossa mesa, para além de outras iguarias lá estava o bolo que foi também foi prenda de natal. Por todos foi apreciado e elogiado, a receita partilhada. Pela F. à minha mãe. Da minha mãe para mim. E agora com todos vocês.
Bom fim de semana!

Ingredientes:

3 ovos
o peso dos ovos em açúcar
o peso dos ovos em farinha com fermento
2 colheres de sopa de leite
2 colheres de sopa de côco ralado
125g de manteiga

300 ml de leite
côco para polvilhar

Preparação:

Bata a manteiga com o açúcar até ficar bem cremosa. Adicione depois as gemas e o leite e misture bem.
Bata as claras em castelo e misture a farinha com o côco. Alternadamente junte as claras e a farinha com o cõco  à mistura das gemas.
Unte uma forma rectangular de bolo inglês com manteiga e polvilhe com farinha. Coloque a mistura na forma e leve a cozer em forno médio (180ºC) durante cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozido.
Deixe depois o bolo arrefecer dentro da forma e pique-o todo muito bem com um pequeno espeto.
Aqueça bem os 300 ml de leite e verta-o sobre o bolo de modo a que este embeba todo o leite. Ao início poderá parece-lhe que o bolo não tem capacidade para embeber todo o leite, mas é mesmo assim. Deixe arrefecer novamente e desenforme cuidadosamente o bolo colocandoo no prato de servir.
Polvilhe então com côco ralado a gosto.

Bom Apetite!

33 comentários:

  1. Penso que o importante é a troca de afeto, carinhos envolvendo a troca de presentes.
    Mas o bolo encarcado de coco, tem uma apresentação que convida a se repetir, parece delicioso.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderEliminar
  2. Anónimo08:12

    Este bolo faz parte da minha infancia. Penso que a receita é da Teleculinária daquelas bem antiguinhas e e era muitas vezes feito lá em casa. Só não me lembrava de levar manteiga porque eu, pequenita, lembro-me de ajudar a minha mãe a pesar os ovos para pesar depois a farinha e o açucar! Este bolo, não sei se já experimentou, fica ainda melhor no dia seguinte!
    Daniela

    ResponderEliminar
  3. Um bolo perfeito, mesmo ao meu gosto.

    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Que bolinho delicioso... adorei!

    Beijinhos MissB
    http://arcoirisnacozinha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Ótima receita. No Brasil, chamamos esse bolo de "toalha felpuda".

    ResponderEliminar
  6. Cristina Martins10:05

    Eu tenho esta receita! Este bolo tem o mesmo aspeto de um que em tempos ofereci à minha sogra... É mesmo bom! Tenho que voltar a fazer...A fotografia da Joana chama por mim...Está mesmo apetitosa!

    ResponderEliminar
  7. Um belissimo presente de natal, não hajam dúvidas :)

    ResponderEliminar
  8. Fez-me lembrar um bolo de coco humido que a minha tia fazia na minha infância, também regadinho com leite e que era uma delicia.... Foi bom recordar esse tempo, vou anotar a receita para fazer um dia destes. Beijokas

    ResponderEliminar
  9. eu acho que essas prendas são as melhores, são feitas com carinho e alegram a quadra.
    a receita é realmente muito fácil, vou levá-la comigo.

    ResponderEliminar
  10. hmmm que bom, já tirei uma fatia :)

    ResponderEliminar
  11. Esta receita é mesmo daquelas antigas :)
    Tal como outras pessoas comentaram também me lembro da minha avó fazer este bolo, e de o mesmo ser uma delicia.
    Claro que a receita já veio para às mãos da neta, que volta e meia lá faz esta brilhante e deliciosa receita.
    Recomendo a 100%

    ResponderEliminar
  12. Desde que o vi de manhã que percebi que tinha MSM de o fazer... que aspecto delicioso!!
    o meu já está no forno :) vamos lá ver!!

    Beijinho
    http://ecoisasassim.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Ficou fantástico.
    Simples mas, muito apetitoso.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. Não vou descansar enquanto não puder provar uma fatia desse bolo :-)

    Beijos!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo13:52

    Actividades para as crianças http://recreiodospapas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. também eu este ano tive de volta dos meu cabazes para oferecer à familia e amigos e não me importava nada de ter recebido uma prenda dessas em troca, deve ser delicioso!

    ResponderEliminar
  17. Cristina14:19

    Este bolo é presença obrigatória em todos os aniversários da minha casa.
    A receita vem numa teleculinária muito antiga e que guardo com muito carinho junto de outras da mesma época.
    É delicioso e é verdade que fica ainda melhor no dia seguinte.
    Além disso, pode ser aumentado, sem erro, desde que se usem mais ovos.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo15:35

    Quando se dá a travessa ou o prato onde vai o bolo, ou a cesta e os frascos onde vai o cabaz, acaba por se gastar dinheiro e fazendo as contas é tanto quanto uma prenda considerável. Portanto isso do "nao dar prenda" para poupar nao é bem assim.

    ResponderEliminar
  19. Gostei e nunca tinha visto embeber o bolo assim com leite!

    Daniela
    http://aroundterapiadafala.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Este bolo é feito cé emcasa desde que me lembro de ser gente. E é delicioso e muito fácil de fazer.

    ResponderEliminar
  21. Deve ser super gostoso! Adorei!

    ResponderEliminar
  22. Ai, agora fiquei indecisa entre fazer este ou o de laranja q publicaste na ementa semanal... :D Farei os 2, mas não na mesma altura, hehe! Bjinhos.

    ResponderEliminar
  23. já experimentei ,ficou igualzinho .é delicioso e rápido não dá muito trabalho,obrigada.

    ResponderEliminar
  24. Adorei a história, e a receita do bolo. Partilhada com afecto, tenho a certeza ;)
    Babette

    ResponderEliminar
  25. Super lovely blog!

    xoxo,

    colormenana.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. Caro anónimo:

    Não sei onde que leu (aqui neste post) que não se trocavam prendas para poupar. A questão não era essa, mas sim deixar de ter a obrigação de comprar uma prenda no natal, de evitar o consumismo, de dar o que não se necessita. Foi por isso que trocaram mimos, cabazes e bolos.
    Na verdade os cabazes foram preparados com coisas reutilizadas, entre frascos, garrafas e caixas usadas. E o prato, provavelmente foi comprado, mas agora, de cada vez que se usar terá uma história para comprar.
    Sabe caro anónimo, o mal desta "moda" dos cabazes de natal, é não se perceber que os cabazes não são preparados para "poupar" ou para gastar menos em prendas de natal. A principal razão de os preparar é poder dar uma prenda feita por nós, com amor, carinho e amizade. Oferecer algo único e diferente. Oferecer um pouco de nós.
    Espero que tenha ficado esclarecido.
    Joana

    ResponderEliminar
  27. Olá Joana... Gostei já fiz este bolo e gostei muito... obrigada pela receita... meti o link desta receita no meu facebook... Bjs

    ResponderEliminar
  28. Cristina Martins15:54

    "os cabazes não são preparados para "poupar" ou para gastar menos em prendas de natal. A principal razão de os preparar é poder dar uma prenda feita por nós, com amor, carinho e amizade. Oferecer algo único e diferente. Oferecer um pouco de nós."

    PERFEITO, Joana! Nem mais! A minha filha de 7 anos quis oferecer um presente de Natal a uma pessoa especial para ela, sem que esse desejo tivesse a mínima influência da minha parte. Eu consenti, mas disse que tínhamos que ser nós as duas a fazê-lo. E assim "nasceu" o nosso "1º cabaz" (que na realidade era uma tampa de caixa de sapatos forrada com papel de embrulho usado). Quando o oferecemos, a pessoa que o recebeu teve uma reação que me deixou com vontade de repetir a experiência muitas e muitas vezes... E depois enviou-me uma mensagem onde, entre outras coisas que não me canso de ler, escreveu "Achei a sua oferta muito especial, marcou pela diferença".
    Ela sim, percebeu a essência!! E eu nunca conseguirei descrever como isso me deixou feliz!...

    ResponderEliminar
  29. Mais amor para todos e direitos iguais também.

    Muito bom o seu blog adorei parabéns.

    Receitas

    Até mais!

    ResponderEliminar
  30. Tem tão bom aspecto este teu bolinho de coco...ontem fiz um de chocolate!
    vou comprar coco para experimentar este!!

    ResponderEliminar
  31. Anónimo19:48

    Se nao tiver como pesar os ovos, quanto devo usar de acucar e farinha? :)

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin