Bolo de Banana Caramelizada, Chocolate e Iogurte


Pondero. Avalio. Olho para trás sem arrependimentos. Dos nãos que disse e das oportunidades que deixei para trás. Das coisas (pessoas) a quem dei prioridade. Não me arrependo. Mesmo que as oportunidades nunca mais me voltem a bater à porta. Mesmo que outros me “passem à frente”. Não me arrependo. 
Acredito numa frase que um dia alguém me disse: "se é para acontecer, vai acontecer quando chegar o dia. Se não, é porque não era para acontecer". Respiro e olho para os meus pequeninos: um a brincar e o outro a dormir a meu lado. Sorrio e quase que me vêm as lágrimas aos olhos. Eles são a minha prioridade, eles são o principal motivo de todas as minhas escolhas e ponderações. Porque primeiro está o bem estar deles.
Olho para eles. Enquanto chove lá fora e o dia está cinzento e não podemos sair de casa eles brincam ao meu lado. E eu bebo uma chávena de chá e folheio uma das últimas revista de culinária que comprei. Sorrio e dou mais uma garfada na fatia de bolo.
Pondero. Avalio. E sei que tomei as decisões acertadas. Volto a sorrir e a comer a última garfada de bolo, enquanto me levanto para ir buscar só mais um bocadinho.

Ingredientes:

125g de iogurte natural
4 ovos
3 copos de iogurte de farinha
2 copos de iogurte de açúcar amarelo
2/3 copo de óleo de girassol
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de essencia de baunilha
3 bananas pequenas
100g de chocolate partido em pequenos pedaços
caramelo líquido q.b.

Preparação:

Numa taça coloque os ovos, o iogurte, o açúcar, a baunilha, o óleo, a farinha e o fermento e misture bem até obter uma mistura homogénea. Acrescente depois o chocolate em pedaços e misture bem.
Unte uma forma redonda sem buraco e coloque no fundo o caramelo líquido. Descasque e corte as bananas no sentido do comprimento e forre com elas o fundo da forma. Coloque depois a mistura sobre as bananas, e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozinhado.
Retire depois o bolo do forno e desenforme-o logo de seguida deixando arrefecer completamente.
Polvilhe depois com açúcar em pó


Bom Apetite!

46 comentários :

  1. Anónimo10:39

    Aqui está um bolinho muito apetitoso para alegrar um dia feio! As nossas decisões, boas ou más, dizem respeito a nós (sejam o contexto em que foram tomadas, motivos pessoais/profissionais, etc), e temos de viver de acordo com elas. E se nos sentirmos realizadas com elas, melhor ainda! Caso contrário, tem-se que avaliar o que correu mal, viver de acordo com o novo contexto, mas sempre com uma atitude positiva de modo a encontrar uma solução, ou dar a volta à situação. Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,
      Este bolo é realmente muito bom. E alegra qualquer dia.
      As decisões são o que são. Não há que correr mal ou bem. Perderam-se oportunidades que podem não voltar - e que outros aproveitaram obviamente. Mas eu tenho outras prioridades. E não me arrependo nada dessas decisões.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Que bolinho tão reconfortante! E, já agora, parabéns pelas escolhas que colocam sempre os filhos em primeiro lugar!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:20

    Viver em paz com as nossas escolhas, com os caminhos que decidimos trilhar, com a consciência de que a porta que decidimos fechar (ou só encostar...) nos permitiu abrir várias janelas que nos enchem a vida de sol...também é assim que gosto de encarar os acontecimentos da Vida, acho que poderemos assim viver menos angustiados ou ansiosos.
    Parabéns Joana, por viver serena com as escolhas que fez (e que bom que pode desfrutar assim dos seus filhotes).
    Quanto ao bolo, parece-me delicioso e fácil de fazer, vou anotar para o fim de semana.

    Um beijinho,
    Raquel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raquel,

      Sempre em paz com as escolhas. :)
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Que delicia de aspecto e de sabor então.... Humm...
    Já ia uma fatia desse bolinho.. mnham, mnham...
    E, sim... os filhos são a nossa prioridade nº 1. Sem dúvida :)

    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tânia,

      Um bolo simples e rápido para o fim de semana.
      Vale a pena fazer.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Um bolo simples e delicioso, uma escolha acertada para um dia de chuva. Brevemente esse bolinho será comido a quatro, porque quando fazemos as escolhas certas e optamos por prioridades lindas como os nossos filhos, um dos maiores prazeres que temos é partilhar com eles os paladares da vida. Beijinhos, Titá

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Titá,

      Obrigada pelas lindas palavras.
      Não me arrependo de nada. Não gosto é de ouvir algumas pessoas a "cantar de galo" por terem certas oportunidades, quando o que lhes permitiu terem-nas foi o facto de eu não as ter aceite. :)
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Cristina14:02

    Huummm!! Que apetitoso!
    Tão bom, quando podemos desfrutar serenamente dos nossos filhos.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cristina.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  7. Bem, deve ser delicioso!

    ResponderEliminar
  8. Este deve estar soberbo Adorei!

    ResponderEliminar
  9. aiiiiiiiiiii Joana o que me foste fazer?!?!?! Vou ter de provar esta delícia... Quando tiver menos 5 kgs vou comemorar com ele e depois esquecer- me dele novamene 😉

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,
      Faz e prova um bocadinho e oferece o resto!
      Quantas vezes de faz isto cá em casa.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
    2. É isso mesmo que se passa cá em casa... faço para o senhor marido e eu fico-me pela alegria de o fazer feliz e provo um pedacinho. Para tudo é necessário equilíbrio e entendo muito bem as tuas decisoes porque também eu disse adeus a uma vida de ateliers sem horários, sem direito a vida própria (com mais dinheiro é certo) para ser dona de mim em todos os sentidos. A felicidade nao tem preço e esses momentos em que os vês crescer devem ser impagáveis! Boa escolha <3

      Eliminar
  10. Altamente! Vou fazer este, mas sem a banana, pq ñ gosto :) Fica assim 'simples' ou então coloco maçã, q tb combina bem c chocolate :) Bjinhos, bom fds e be happy :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anjo de mel,

      Se não gostas da banana eu optava por colocar pêra em vez de maça que fica divinal com chocolate e caramelo.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  11. Gosto muito de bolos de banana caramelizados :)
    Gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu!
      Este é delicioso!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  12. Que bom aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  13. Bom aspeto... só uma aparte, tem a política de não dar doces ou evitar ao máximo dar ao seu filho contudo já reparou que lhe dá maus exemplos... faz frequentemente doces e come os mesmos ao pé dele... é o mesmo que dizer filho isto faz muito mal, mas a mamã come ok... atenção eu como doces e a minha filha ocasionalmente, mas tento dar os melhores exemplos para ela e tem a idade do seu.. não lhe digo tens de comer a maçã e não podes comer bolachas ao lanche, e eu estar a deliciar-me com bolachas... tenho de começar por mim também...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nicole,

      É pertinente a sua questão. Além de nunca ninguém me ter dito que eu sou um mau exemplo para os meus filhos...
      Faço doces com alguma frequência? Nas festas e faço normalmente um bolo todas as semanas. Comer ao pé dele? Ocasionalmente. Até porque muitas vezes, o bolo do fim de semana é comido pelos amigos que passam cá para lanchar, tomar café ou jantar. Muitas vezes eu coo apenas uma fatia para experimentar como ficou...
      Eu nunca proibi o meu filho de comer nada. Aliás até há bem pouco tempo ele podia ver-nos a comer bolo e nunca pedia. Só recentemente começou a pedir. E sabe o que eu faço de cada vez que ele pede? Dou-lhe um bocadinho para ele experimentar. Porque não é assim tão frequente as vezes que eu como bolo....
      E sim, acredite que eu dou os melhores exemplos ao meu filho. Todos os dias vê o pai e a mãe a comer sopa, fruta, iogurtes sem açúcar, saladas e legumes, peixe e carne. Raramente comemos fritos em casa, e o que vem para a mesa é igual para todos. Quantas famílias podem dizer isso?
      Cá em casa não se comem bolachas - aliás, nem tenho em casa - e os meus lanches e pequenos almoços são tantas e tantas vezes exatamente iguais ao dele.
      Quantos pais podem dizer isso? Que lancham iogurte natural com fruta e granola caseira, e os filhos também? Que fazem papas de aveia para o pequeno almoço para toda a família?
      Sim, o exemplo está em nós enquanto pais e educadores. Nunca recusei nada ao meu filho, porque os nossos exemplos são equilibrados e saudáveis.
      Sim. Há bolo cá em casa quase todos os fins de semana. E ele, raramente nos pede. Mas quando pede damos-lhe um pedacinho.
      Porque não faz mal, e ele tem eventualmente de começar a comer e a saber fazer escolhas. Também é isso que lhe pretendo ensinar.
      A sua questão foi extremamente pertinente, porque na realidade como podemos querer que o nosso filho coma sopa e legumes se nós não sós comemos? Mas realmente não é o caso cá em casa.
      Nunca disse ao meu filho que faz mal mas a mamã pode comer. Nunca. Nem nunca o direi porque o considero uma má política! Eu começo por mim.
      Nunca pensei que alguém viesse aqui dizer-me que eu sou um mau exemplo para o meu filho porque de vez em quando como um pouco de bolo ao pé dele, quando na verdade nunca lhe neguei nada. Até porque o processo de não lhe dar açúcar foi sempre muito natural e de acordo com a alimentação que fazemos cá em casa.
      A leitora acha que eu frequentemente faço doces. E que os como todos os sias deliciada ao lado dele enquanto a criança chora e me pede bolo e eu o obrigo a comer pão e leite... Não é o caso. Mas como poderia saber se não mora cá em casa?
      Tenho realmente pena que, tentando dar bons exemplos - exemplos para a vida ao meu filho - e partilhar com outras pessoas que tenham os mesmos interesses , haja quem ache que lhe estou a dar maus exemplos... E se sinta no direito de questionar o que eu como e quando como. Mais ainda, que questione a forma de educar o meu filho.
      Mas é a sua opinião, que respeito, apesar de estar redondamente enganada acerca da nossa realidade.
      Mais valia questionar os pais que enchem os filhos de gomas, chocolates e chupas, batatas fritas e comida congelada... mas provavelmente esses é que dão bons exemplos, porque não negam aos filhos e que também comem.

      Joana Roque

      Eliminar
    2. Não há mesmo pachorra Joana!

      Beijinhos e bom fim de semana :)

      Eliminar
    3. Anónimo11:49

      Joana,

      Realmente as pessoas não têm mais o que fazer. Fiquei sinceramente indignada quando li o comentário desta leitora do blogue. Como se pode questionar as pessoas desta forma leviana?! Como se pode achar que se sabe da vida das pessoas e julgar e condenar?!?
      Gabo-lhe a paciência para estas "espinhas"...

      Um beijinho e um bom fim de semana,
      Raquel

      Eliminar
  14. Excelente aspecto! Parabéns pelo blog, que visito religiosamente todos os dias :). Aguardo com ansiedade o próximo livro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luísa,

      Obrigada.
      O próximo livro deverá sair em Março.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  15. Joana,

    Pudesse eu trabalhar a partir de casa diariamente e não hesitaria em ficar com os meus filhos.
    Costumo dizer que pagamos no infantário a quem fique com os nossos filhos, quando ficariamos de bom grado com eles sem remuneração!
    Infelizmente, o orçamento familiar não me permite e tenho que sair para trabalhar...
    Aproveite o máximo que pode, enquanto são tão pequeninos, tão nossos!
    Beijinho grande e felicidades
    Marlene

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marlene,

      Por acaso não estava a falar exatamente dessas escolhas, porque essa surgiu muito naturalmente, mas não deixa também de ser algo que se enquadra no que escrevi.
      Obrigada pelas palavras.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  16. Joana, esse livro antes de dia 9 de Março, sff, que eu preciso de ter o meu presente de aniversário a tempo e horas :) :) :) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nêta,

      Provavelmente só sai depois dessa data...
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  17. Anónimo16:44

    Já é o terceiro blog que visito hoje, um de moda e outro de puericultura, com comentários desta natureza. Não temos de concordar uns com os outros em tudo, mas parece-me que, mesmo quando a nossa opinião diverge, podemos emiti-la de forma polida e educada! Passa-se qualquer coisa com as pessoas! Já agora, só cá vim pelo blog e pelo bolo da Joana, que tem óptimo aspecto...mas como o Zé Maria, fico só a olhar para a imagem, porque estou de dieta. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um bom bolo para fazer quando puder dar uma facadista na dieta.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  18. Anónimo16:45

    Realmente, quando escrevemos para os outros, ficamos expostos às suas opiniões, - que nem sempre são as melhores, muitas vezes por não nos terem compreendido,- mas é a partir daí que tudo se pode então explicar.
    Que isso nunca a desanime, e encontre sempre as melhores palavras, para explicar de novo! pois é muito bom essa partilha com seus leitores, desses momentos com seus filhos pequenos. Aproveite! que eles crescem e depois fica grande saudade desses tempos!

    ResponderEliminar
  19. A Joana é a maior e um exemplo para todos..não ligue !!já me estou a babar a olhar para o bolo ! que venha o novo livro, estou desejosa !!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Está neste momento no forno :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana,

      Espero que tenha ficado bom!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  21. Olá Joana!
    Fiz o bolinho no fim de semana, ficou delicioso mas qto ao aspecto já n se pode dizer o mesmo devo ter cometido algum erro pois o chocolate foi todo para o fundo e qdo o desenformei ficou uma grande parte do chocolate e da banana agarrado ao fundo embora a massa do bolo estivesse cozida! claro que como estava quente eu raspei da forma e dei um jeito...mas se fosse para sair de casa n estava em condições :)mas obrigada pela receita e vou repetir
    Madalena

    ResponderEliminar
  22. Acabei de fazer o bolo...está com um aspecto delicioso, o sabor ainda não sei pois estou à espera que arrefeça. Fiz com pera, pois era o que cá tinha mais maduro. Também me aconteceu o mesmo que já foi dito acima, o chocolate ficou todo junto numa parte do bolo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficou delicioso apesar do chocolate ter ficado todo junto, essa parte ficou para a pequenota mais gulosa :-)

      Eliminar
  23. Tem muito bom aspecto!!! O caramelo líquido é de compra?

    ResponderEliminar
  24. Sara Fernandes10:33

    Joana, estou a pensar fazer este bolo para 16 pessoas aprox.
    Acha suficiente ou devo duplicar a receita?
    Obrigada.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar

Imprimir