Tabuleiro de Batata e Barriga de Porco


Estes últimos tempos têm sido de muito trabalho. Preparar o Natal - mesmo começando com antecedência, há muito a fazer, os workshops, os miúdos, e a vida normal de todos nós...
Eu sei que o problema é sempre o mesmo. Eu que tento “tocar demasiados burros ao mesmo tempo”, e esqueço-me, ou faço-me de esquecida, que neste momento não tenho a mesma energia, mas principalmente a mesma mobilidade. E o que é que acontece? Ultimamente muito pouca vontade de cozinhar. No outro dia a resposta veio pronta, na ponta da língua, por parte do Miguel: “Se não te apetece fazer o jantar, pega no que já tens e coloca no forno!” Pois, foi mesmo isso que fiz.
E o jantar que estava para ser não foi, e este acabou a fazer-se “sozinho”, para alimentar a minha preguiça.... 

(Apesar de já ter esgotado, houve agora umas desistências para o workshop de Lisboa, já no dia 1 de Dezembro. Quem ainda estiver interessado pode-se inscrever quanto antes para ficar com estas vagas de última hora. Não me digam que eu vou de Coimbra a Lisboa e não esgoto o meu último workshop dos próximos meses!
Inscrições e informações em chiado@workshops-popup.com Obrigada!)

Ingredientes para 4 pessoas (2 crianças e 2 adultos):

500g de entremeada cortada em cubinhos
500g de batatinhas tipo Primor
3 dentes de alho
sal e pimenta
2 colheres de sopa de massa de pimentão
100ml de vinho branco

Preparação:

Num tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa coloque as batatas cortadas ao meio e a carne em cubinhos. Tempere com um pouco de sal e pimenta, os dentes de alho laminados. Acrescente a massa e pimentão e o vinho branco e envolva bem.
Tape com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca e 1h30 até a carne e as batatas estarem macias, e retirando o papel de alumínio nos últimos 20 minutos para que fique mais tostadinho.
Sirva com couve salteada, brócolos ou uma salada verde.


Bom Apetite!

4 comentários :

  1. Anónimo12:09

    Gosto destas ideias no forno!
    É o que me salva quando estou com falta de tempo/paciência para fazer coisas elaboradas (em separado), e além disso, a comida de forno agrada a todos, e "cozinha-se" sozinha, dando tempo para preparar os acompanhamentos ou fazer outras coisas.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:51

    pois eu respondia-lhe: não me apetece fazer o jantar, que tal fazeres tu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria maravilhoso dar essa resposta se tivesse um marido que estivesse em casa a tempo de fazer o jantar! Não é o caso.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Vou fazer, mas com batata doce. bjs

    ResponderEliminar

Imprimir