Bochechas de Porco Braseadas no Forno


Se há coisa que prezo, é utilizar ingredientes de confiança, de qualidade e de origem nacional, idealmente local. Com o tempo fui aprendendo a fazer melhor escolhas. Um cabaz biológico local de entrega em casa, e as “faltas” compradas na frutaria de rua, com produtos nacionais de pequenos produtores. Frangos e ovos caseiros comprados a uma pessoa de confiança, de uma aldeia das redondezas, um cabaz de carne de vaca de uma associação de produtores também locais, cabaz de peixe da fresco da lota da Figueira da Foz, ... e as idas normais ao supermercado para comprar as restantes coisas, e a procura constante por estes produtos que, ao contrário do que possam pensar ficam na maioria das vezes mais barato que os habituais produtos do supermercado.
E depois  sempre a questão dos produtos nacionais. Sempre a ver as etiquetas e embalagens porque quero dar preferência aos produtos nacionais (e aos nossos produtores)  seja carne, peixe, legumes, fruta ou carne. E em relação à carne de porco, sempre a perguntar a origem quando esta não vem referenciada e sempre a procurar carne de porco nacional, e em algumas ocasiões a não comprar a carne por esta não ter uma origem (nascido, criado e abatido) nacional.
Foi por isso que aceitei prontamente preparar uma receita com carne de porco 100% nacional e certificada, com origem em animais alimentados à base de cereais. Uma certificação que todos nós devemos ficar a conhecer, pois quando virmos o selo porco.pt, poderemos ter a certeza da qualidade e origem do que estamos a consumir. Porque consumir produtos de origem nacional e certificados deveria ser uma preocupação de todos. Acabei a preparar umas bochechas de porco, porque além da preocupação de consumir nacional (quando possível local) e certificado, também gosto da abordagem de se “respeitar” o animal, consumindo tudo, da “cabeça aos pés”. E muitas vezes estes cortes de carne menos nobre ficam esquecidos. E na maioria das vezes as pessoas não sabem como prepará-los, nem como são saborosos e maravilhosos. 

Ingredientes para 4 pessoas:

1kg de bochechas de porco limpas
300ml de vinho tinto
50ml de vinho do porto
1 haste de alecrim fresco
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.
2 cenouras
2 cebolas pequenas
1 colher de chá de colorau em pó
1/2 colher de chá de cominhos em pó
1/2 colher de chá de noz moscada

Preparação:

Leve um tacho ( ou tacho de ferro) com tampa e que depois possa ir ao forno, ao lume com um pouco de azeite e deixe aquecer. Sele as bochechas de porco no azeite, de ambos os lados até que fiquem douradas.
Pique grosseiramente as cebolas e descasque as cenouras e corte-as em cubos pequenos. Junte às bochechas no tacho e envolva bem. Junte o vinho tinto, o vinho do Porto, a haste de alecrim e tempere com sal, pimenta, a noz moscada, o colorau e os cominhos. Deixe levantar fervura e coloque a tampa no tacho, desligando do fogão e colocando tuno no forno (dentro do tacho tapado) previamente aquecido a 160ºC durante cerca de 2h30 a 3h, de modo a que as bochechas fiquem tão macias que não seja preciso nada mais do que uma colher para as comer e cortar.
Sirva depois com puré de batata e couves salteadas.


Bom Apetite!

3 comentários :

  1. Anónimo17:39

    Estão com um ar apetitoso!
    É algo para experimentar, assim que as veja à venda.
    Há cortes menos nobres, que não são usados por desconhecimento, por não serem fáceis de encontrar à venda no comércio, por não serem habituais em casa, ou a própria forma de preparação (que pode ser mais demorada que as outras carnes) .
    No meu caso, desconheço-as completamente, da mesma forma que há alguns produtos da terra do meu pai que desconheço (Butelo, casulas) e outros conheço vagamente (rabas), devido à distância geográfica e a própria oferta/disponibilidade à venda.
    Tirando as frutas/legumes e peixe fresco nacionais na praça ou frutaria, tenho mais dificuldade com as carne (apesar de escolher nacionais). O sistema de cabazes (frutas/legumes, carne ou peixe) com entrega ao domicílio, é algo que de momento não funciona comigo, devido às incompatibilidades com horários de entrega e chegada a casa (ou ter alguém para receber a encomenda).
    No entanto, irei estar atenta às bochechas, para experimentar em casa.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Hi You !

    Your blog is very exciting. i also blog and i'm blogger. this is my blog : địa điểm du lịch

    If you want to visit Viet Nam. Let't contact or send message for me

    ResponderEliminar
  3. I really appreciate your professional approach. These are pieces of very useful information that will be of great use for me in future.

    ResponderEliminar

Imprimir