Filetes de Peixe com Ervas da Provença e Salada de Panzanela


Voltar às origens. Cozinhar de forma simples. Ultimamente tem sido assim a minha cozinha. Influenciada pelos ingredientes da época, pelo calor, pela barriga a crescer e o maior cansaço.
E porque é preciso descomplicar. Depois de conversar com os leitores do blogue, com as pessoas que me seguem regularmente, chego sempre à mesma conclusão. As receitas mais simples são quase sempre as favoritas. Coisas pouco complicadas que facilmente pomos em prática.
Claro que todos gostamos de, de vez em quando, preparar receitas mais elaboradas, mas no fundo, gostamos de voltar às origens. de Cozinhar de forma simples, sem alterar muito os ingredientes. Sem grandes molhos ou condimentos. Sentir o sabor quase original do peixe, do tomate e do pão.
Esta é uma receita de sabores originais. Quase puros. E que é verão num prato.

(E peço desculpa por não responder aos vossos comentários nestes últimos dias, mas não sei porquê o blogger não me permite fazê-lo. De qualquer maneira fiquem a saber que tenho lido, como habitual, todos os comentários!)


Ingredientes para 2 pessoas:
(adaptado de “Good Food” Julho 2015, página 97)

4 filetes de peixe (qualquer peixe branco a gosto)
sal e pimenta q.b.
1 colher de chá de ervas da provença
azeite q.b.

Para a salada:
200g de tomates cereja (usei várias variedades diferentes)
2 fatias de pão tipo alentejano
4 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de vinagre
2 colheres de chá de alcaparras
2 colheres de sopa de salsa picada
5 colheres de sopa de azeite

Preparação:

Tempere o peixe com sal, pimenta e as ervas da provença e reserve.
Entretanto prepare a salada.
Corte o pão em cubos não muito grandes.
Leve uma frigideira ao lume com 3 colheres de sopa de azeite e dois dentes de alho picados e acrescente o pão. Envolva bem e deixe o pão, tempere com um pouco de sal, e deixe o pão saltear nesta mistura até que fique dourado e chocante. Retire e coloque sobre papel absorvente.
Entretanto corte o tomate cereja ao meio e coloque numa saladeira. Acrescente as alcaparras também picadas grosseiramente e tempere com os restantes dentes de alho esmagados numa papa, o restante azeite, sal e pimenta a gosto e o vinagre. Envolva bem e acrescente também a salsa picada.
Leve outra frigideira ao lume com um pouco de azeite e deixe aquecer bem. Junte os filetes de peixe e deixe-os alourar de ambos os lados, até ficarem cozinhados e coloque-os depois no prato de servir.
Junte os cubos de pão à salada de tomate e envolva bem para começar a absorver os sucos dos mesmos.
Sirva de imediato os filetes de peixe acompanhados da salada de tomate e pão.


Bom Apetite!

3 comentários :

  1. Amiga o simples por vezes é mesmo o melhor, pelo aspecto que tem, nem parece ser tão fácil. O cansaço esse compensa tudo mesmo hehehehe, beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  2. Anónimo09:49

    Adoro esta sugestão e deverá ser testada em breve! Para quê complicar? Porque não deixar os alimentos, e os seus sabores, "falarem" por si? Não sou contra as receitas mais demoradas / elaboradas, mas essas são para aquelas alturas em que uma pessoa tenha disponibilidade de tempo e vontade (muito importante, senão corre tudo mal!), para além dos ingredientes necessários (e respectiva preparação). Simplicidade e sazonalidade, são ideias-chave a reter para o dia-a-dia agitado, aproveitar o melhor de cada época do ano (os alimentos são mais saborosos). Estou a voltar a redescobrir o feijão maduro e as beldroegas, que aparecem no Verão e que comia quando era pequena, sempre em preparações simples para não "esconder" os seus sabores. Continue com estas inspirações! Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar

Imprimir