Sardinhas Fritas em Escabeche de Legumes


Aqui em casa o escabeche é uma receita recorrente. Até porque é a refeição ideal para se fazer de véspera e comer à temperatura ambiente no dia seguinte, com uma salada e eventualmente umas batatinhas novas cozidas.
Normalmente faço escabeche com cavala em filetes (peço sempre na peixaria para os prepararem assim!), mas desta vez preparei com sardinhas (que comprei também sem cabeça e espinhas, a chamadas “costeletas” de sardinha). Assim que olhei para elas na peixaria tive vontade de trazer e de as preparar assim.
E para o escabeche, juntei pimento, que não costumo colocar, mas que é um dos legumes de verão e que vale a pena aproveita ao máxima nesta altura.
Fica a sugestão para mais uma boa receita para as férias!

Ingredientes para 2 a 4 pessoas:

10 sardinhas em “costeletas” (abertas ao meio, sem cabeça e sem a espinha central)
farinha de milho q.b.
sal q.b.

Para o escabeche de Legumes:
1 cebola grande
2 cenouras pequenas
1 pimento vermelho pequeno
2 dentes de alho
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.
1 folha de louro
3 colheres de sopa de vinagre de vinho branco

Preparação:

Comece por preparar o escabeche. Corte a cebola em meias luas fininas, o cenoura em palitos fininhos e o pimento em tiras finas também. Lamine os dentes de alho.
Leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite. Junte os legumes, os dentes de alho e a folha de louro. Tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar em lume brando até os legumes estarem macios. Junte depois o vinagre, deixe levantar fervura e desligue o lume.
Entretanto tempere as sardinhas com sal. Passe-as pela farinha de milho e frite-as em azeite até que fiquem douradas. Escorra sobre papel absorvente e coloque-as depois num prato de servir. Por cima disponha o escabeche e espero pelo menos 4 horas antes de servir, idealmente umas 12 a 24 horas.


Bom Apetite!

1 comentário :

  1. Anónimo15:06

    Aqui está algo que comia de vez em quando quando era pequena, quando a minha mãe fazia (normalmente com carapaus).
    É algo que gosto, mas não faço, pois o que conhecia era bastante avinagrado e "intenso", que deixava "marcas" na digestão no dia em que era consumido.
    No entanto, o paladar muda, e este parece ter pouco vinagre, logo será para experimentar com sardinhas ou outro peixe frito.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar

Imprimir