Tarte Pastel de Nata


Quem tem o meu primeiro livro, sabe que esta tarte foi, durante muito tempo o meu “calcanhar de Aquiles”, e uma receita que raramente me saía bem.
Muitas receitas partilharam comigo, muitas receitas experimentei e testei e tive imensos resultados desastrosos e outros bem melhores.
Esta é a versão que mais vezes faço, apesar de achar que a massa não fica nunca tão crocante como eu gostava, e muitas vezes pre-cozinho ligeiramente a massa para que esta não fique amolecida, coisa que não gosto nada.
No entanto, não há quem não goste de uma deliciosa tarte de pastel de nata. Eu prefiro a minha fatia morna e polvilhada com canela.
E vocês? Como preferem a vossa fatia?

Próximos Workshops:

“Receitas para a Páscoa”

OVAR - Furadouro - 7 de Abril : Colher de Chá, 10h - inscrições em geral@colherdecha.pt

Ingredientes:
(receita original em - https://www.teleculinaria.pt/receitas/doces-e-sobremesas/tarte-de-pastel-de-nata/)

1 rolo de massa folhada pronta a usar
280 g de açúcar
70 g de farinha
6 gemas
500ml de  leite
250ml de água
1 pau de canela
casca de limão

Preparação:

Coloque, num tacho, o leite, o açúcar, a água, a farinha, as gemas, o pau canela e a casca de limão. Mexa bem até estar bem incorporado.
Leve depois ao lume e deixe engrossar, mexendo sempre. Retire do lume, e descarte o pau de canela e a casca de limão e deixe arrefecer completamente.
Forre uma tarteira de fundo amovível com a massa folhada, e recheie depois a massa com o creme já frio. Leve depois ao forno previamente aquecido a 220ºC durante cerca de 25 minutos.
Desenforme depois de frio.
Sirva em fatias, e se gostar polvilhado com canela!


Bom Apetite!

8 comentários :

  1. Deu vontade de provar!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  2. Nunca fiz este tipo de tarte, mas nunca é tarde e este fim de semana de mais frio será a altura ideal ;)
    Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
  3. Olá Joana, eu costumo fazer essa tarte mas com massa quebrada. Chama-se tarte bom bocado (a "prima" do pastel de nata). Fica bem mais crocante.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo19:01

    Esta tarte está com um ar muito guloso!
    O creme em si, e a sua forma de preparação, é o dos pastéis de nata (há muitas receitas, quase semelhantes entre si, podendo diferir nas quantidades dos ingredientes).
    Quanto à massa crocante, poderá depender da qualidade da massa (pessoalmente gosto da massa folhada rectangular do Continente ou Lidl, pois acho que "folha" melhor que a redonda) e talvez da temperatura do forno (tal como nos pastéis de nata, poderá haver pequenos pormenores que escapam).
    Em alternativa, poderá usar massa de tarte, dando um pre-cozedura, obtendo uma tarte bom bocado. Em qualquer caso, ambas são deliciosas!
    Vai ser algo para fazer, e quem sabe se não aparece para adoçar o próximo fim de semana?

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Joana,
    Sou visitante assídua mas costumo entrar muda e sair calada. Este fim de semana fiz esta tarte e o pessoal adorou. Ficou deliciosa e bonita e foi comida morna sim, e com canela :)
    Nunca digo mas fica agora: muito obrigada pela disponibilidade e pela partilha.
    Beijinho,
    Paula

    ResponderEliminar
  6. Olá!
    Este fim-de-semana aproveitei a dica e fiz atarde pastel de nata! Gostei muito. Só que o recheio empolou muito e depois quando desceu ficou por cima do rebordo de massa...
    Algum truque?
    Obrigada por tantas partilhas!
    Beijinhos e boa Páscoa

    ResponderEliminar
  7. Eheh finalmente conseguiu depois de muita frustração

    ResponderEliminar

Imprimir