quarta-feira, Julho 12, 2006

Doce de Pêssego

Fazer doces, ou melhor compotas, é uma boa solução para aproveitar fruta. Neste caso foi para aproveitar uma cesta de pêssegos que os meus avós me deram. Pêssegos do seu quintal, mas que os pássaros já tinham feito o favor de começar a debicar.
Portanto, deitei mãos à obra e lá fiz a dita compota!

Ingredientes:

Pêssegos
Acúcar
Casca de limão

Preparação:

Arranje os pêssegos e corte-os em pedaços não muito pequenos. Pese a fruta arranjada e coloque dentro de um tacho, onde tudo caiba à vontade, juntamente com o mesmo peso em acúcar (eu costumo sempre "roubar" um bocadito no açúcar, mas não muito, porque senão o doce estraga mais depressa). Junte a casca de limão e leve ao lume. Assim que levantar fervura, mude para o lume mais pequeno que tiver e ponha no mínimo de modo a que mal se note que o doce está a ferver. Deixe ir cozinhando assim lentamente até o doce estar no ponto. E não se esqueça de ir mexendo!
Estará no "ponto de estrada" quando, colocando um pouco de doce num prato e lhe passar o dedo depois de arrefecido fique uma "estrada aberta", ou seja as duas metades do doce não se juntam logo.
Depois de ter o doce no ponto deixe arrefecer e coloque em frascos previamente fervidos e enxutos. Tape os frascos apenas quando o doce estiver frio, rotule e guarde em local fresco!

Bom Apetite!

5 comentários:

  1. Um dia que tiver paciência experimente o meu método de compotas, com frutas aromáticas, alperces, pêssegos, peras. É certo que não servem para pôr no pão, só para sobremesa(s).

    ResponderEliminar
  2. Estive para fazer com os alperces, mas só os encontrei já demasiado maduros. Mas pode ter a certeza que vou mesmo experimentar esse seu método. É como diz, nunca se ouviu falar em tal coisa.
    Mas para pôr no pão, acompanhar um belo requeijão (do caseiro), ou até outros queijos, este ainda é o método melhor. E uns scones com doce caseiro?

    ResponderEliminar
  3. Brida14:09

    Venho tentando fazer doce de pêssegos
    mas a fruta q tem no meu pomar e muito azeda e soltam uma nódoa muito forte.
    O que vcs me aconselham?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo20:17

    Olá!! Antes de mais parabéns porque adoro o seu blog!! Vejo-o imensas vezes... Tenho aqui uma data de pêssegos e pensei fazer uma compota... mas não percebi: devo tapar os frascos e virar para baixo para ganhar vácuo natural, certo? mas com o doce quente ou frio??? Obrigada, Ana

    ResponderEliminar
  5. Anónimo20:17

    Olá!! Antes de mais parabéns porque adoro o seu blog!! Vejo-o imensas vezes... Tenho aqui uma data de pêssegos e pensei fazer uma compota... mas não percebi: devo tapar os frascos e virar para baixo para ganhar vácuo natural, certo? mas com o doce quente ou frio??? Obrigada, Ana

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin