Empada de Frango e Cogumelos


Ainda do aniversário do Zé Maria, a receita que recebeu mais elogios e a mais apreciada pelos adultos. Uma empada de frango - para a qual usei sobras de frango assado que tinham sobrado de um jantar da semana - com cogumelos Shitake deliciosos, que costumo comprar à Ana, do Mercadinho Biológico do Botânico, em Coimbra. Segundo os convidados, foram os cogumelos que tornaram esta empada tão especial. Além dos cogumelos, eu acho que a massa caseira também contou -e muito - para o resultado final.
Fica então a receita, ideal para transformar sobras de frango numa nova e especial refeição.

Ingredientes para uma empada “familiar”

Massa:

300g de farinha
1 ovo + 1 gema para pincelar
30ml de água morna
40ml de vinho branco
30g de manteiga amolecida + 2 colheres de sopa de azeite
sal q.b.
1 saqueta de levedura seca - usei fermipan

Recheio:

300g de sobras de frango assado, desfiadas e limpas de pele e ossos
250g de cogumelos shitake frescos (ou use outros a gosto)
4 cenouras (as minhas eram muito pequenas - use 1 grande)
1 cebola
2 dentes de alho
azeite q.b.
Tomilho fresco q.b.
sal e pimenta q.b.
50ml de vinho branco
2 colheres de sopa de farinha
150ml de leite

Preparação:

Comece por preparar a massa. Numa taça coloque a água morna, o vinho branco, a manteiga, o azeite, um pouco de sal e a levedura seca. Misture bem até que tudo se dissolva mais ou menos. Junte depois a farinha e o ovo inteiro e amasse bem durante alguns minutos até obter uma bola de massa lisa e elástica (poderá amassar com a batedeira usado para isso as pás próprias). Forme uma bola, coloque numa taça, tape com um pano e deixe repousar 30 minutos.
Entretanto prepare o recheio. Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os a alourar num pouco de azeite. Junte depois as cenouras previamente cortadas em cubinhos e os cogumelos shitake laminados. Tempere com um pouco de sal e pimenta, junte as folhas de tomilho fresco e refresque com o vinho branco. Deixe cozinhar uns minutos e acrescente depois o frango desfiado envolvendo bem. Polvilhe com a farinha e acrescente o leite de modo a ficar com um recheio cremoso. Retifique de sal e pimenta. Reserve e deixe arrefecer completamente antes de usar.
Divida a massa em dois pedaços iguais e estique-os bem de modo a obter uma base de massa redonda e fina.
Forre uma tarteira de pirex ou louça (22cm de diâmetro) com um dos discos de massa e recheie com o preparado de frango e cogumelos, que deverá encher a forma. Coloque por cima o outro disco de massa e corte o excesso. Dobre bem as bordas da massa, pressionando de modo a que fiquem bem coladas. Faça, com a ajuda de uma faca ou tesoura um pequeno orifício ao centro da empada para que o vapor escape durante a cozedura.
Pincele depois a empada com a gema de ovo batida com uma colherzinha de água ou leite, e leve a cozinhar no forno previamente aquecido a 200ºC durante cerca de 30 minutos ou até que a massa esteja bem cozinhada e dourada. (Se necessário coloque uma folha de papel de alumínio sobre a empada para que a massa não queime.)
Retire do forno e deixe arrefecer completamente antes de desenformar.
Sirva em fatias com um salada para uma refeição completa.


Bom Apetite!

27 comentários :

  1. Que ricas empadas! Concordo com os seus convidados: os cogumelos deram um toque especial!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dão mesmo flor de sal.
      Fizeram a diferença.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Bom dia Joana!:)
    Cá por casa também costumo fazer tartes para gastar sobras de frango, mas da próxima vou usar esses cogumelos, certamente lhe darão um toque bem especial!!
    Beijinhos
    http://cozinha100maneiras.blogspot.de/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel,

      Nada melhor do que as tartes, quiches e empadas para aproveitar tudo.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. hummm...fiquei com vontade de ir p'rá cozinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. C,

      Vá lá experimentar e depois diga qq coisa!

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Para os meus dotes culinários não é uma receita fácil. Mas tenho a certeza que é deliciosa. O aspeto quase dá vontade de entrar no computador só para a provar.

    Isabel Gomes

    http://osmeusremedioscaseiros.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel,

      Arrisque e experimente. É mais fácil do que pode parecer!

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. que maravilha!!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana.

      Um beijinho.
      Joana

      Eliminar
  6. Anónimo09:36

    ola realmente esses cogumelos são muito bons, eu sou produtora de cogumelos shitake.são uma boa opção

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. Gosto muito de usar cogumelos shitake, pois dar realmente um toque muito especial a tudo.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  7. A sua tarte tem um aspecto divino!
    Espero experimentar em breve esta receita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimente que não se vai arrepender!

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  8. Anónimo15:10

    Olá Joana,
    A úlima que fiz foi para o jogo Sporting/Chelsea e claro que tive de a decorar com um SCP em restos de massa. Sigo uma receita da bimby muito idêntica à sua e faz-se num ápice, mas para a próxima vou juntar os cogumelos shitake...ah e acabou num instante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!

      Acho mesmo que o segredo está na massa. Quando a massa leva uma gordura como manteiga ou banha, e vinho branco, não tem nada que enganar. E os cogumelos deram mesmo outro sabor.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  9. Olá Joana,

    Hoje aproveito para comentar, algo que não faço muito apesar de ser visita assídua. Sem saber o que fazer a um frango com manga que tinha já preparado lembrei-me desta receita a propósito dos anos do seu filho. Esta massa é divinal, até a minha mãe me pediu a receita (Algo que não é habitual).

    Bom fim de semana cheio de aventuras culinárias! Eu vou-me aventurar num bolo de aniversário/batizado e nos mini cupcakes !

    Diana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diana,
      Ainda bem que gostaram! Esta massa é realmente deliciosa.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  10. Hmm, q delícia! Bjinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anjo-de-Mel, tens mesmo que experimentar.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  11. Anónimo18:29

    Olá Joana! Tomei a liberdade de alterar a receita para usar o que tinha em casa :) Coloquei alecrim e folhas de aipo bem picadinhas ao invés de tomilho e coloquei um pouco de alho francês laminado e o recheio ficou fantástico :P Só falta ir ao forno e ver o guloso cá de casa todo feliz :P Beijinhos
    Daniela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daniela,
      Parece-me igualmente deliciosa...aliás, eu fiz o mesmo, "criei" a receita com o que tinha por aqui.
      Espero que tenha ficado boa.
      Um beijinho, Joana

      Eliminar
    2. Anónimo22:32

      Joana,
      ficou óptima! A massa é fantástica e o recheio igualmente :) Obrigada por estas receitas fantásticas!
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Daniela,
      Fico mesmo feliz que tenha gostado.
      E eu estou tão fã desta massa que a vou levar para partilhar no workshop de Coimbra.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  12. Esta receita serviu de inspiração para o meu jantar de ontem. O resultado foi ótimo, mas o que gostei mesmo, foi da massa. Para além de super saborosa, é maravilhosa de esticar. Não custou nada.

    Parabéns!

    http://fogaomeu.blogspot.pt/2015/01/empada-de-frango-assado.html

    ResponderEliminar
  13. Anónimo15:28

    Boa tarde Joana!

    Diga-me uma coisa. Fez a empada no próprio dia ou no dia anterior?! Queria muito fazer esta empada para uma festa que vou dar em breve, mas teria de a fazer no dia anterior e tenho receio de não ficar tão boa como no próprio dia.

    Obrigada!
    Patrícia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patrícia,

      Eu faço quase sempre tudo de véspera! E esta tarte foi feita no dia anterior a ser servida.
      Deixo apenas para o dia coisas com frutas ou saladas e finalizar coisas no forno ou no fogão. É que no dia há sempre tanta coisa para fazer que se estiver a cozinhar acabo por não conseguir desfrutar de nada da festa.

      Um beijinho,
      joana

      Eliminar

Imprimir