Pá de Porco Assada com Pimentão e Maionese de Harissa e Mel


Foi difícil decidir o que fazer para o jantar de aniversário do Zé Maria. Pensei em muitas coisas (e porque não me posso afastar muito do porco ou frango ou bacalhau) e parecia que era desta que a família chegava e não havia nada para comer. A ideia inicial foi bacalhau com broa que o Miguel rejeitou de imediato o que me deixou logo um vazio. Nunca me tinha acontecido tal coisa… na quarta-feira à tarde ainda não sabia o que fazer para o jantar do dia seguinte.
Folheei dezenas de revistas. Abri outro tanto de livros e, quando já me sentia quase derrotada, vi a receita que poderia agradar a todos - e também a mim. O Gordon Ramsay veio em meu auxilio, numa receita que eu até já tinha marcada como “a fazer”. A grande vantagem nesta receita é que é realmente perfeita para muita gente. Rende imenso e faz-se praticamente sozinha. Só não podem estar muito preocupados com o tempo de forno, porque são cerca de 4 horas a assar lentamente e que fazem a diferença.
No dia, a carne foi servida com salada de tomate da minha horta e batatinhas assadas, além da maionese de harissa, mostarda e mel, mas as sobras (e olhem que sobrou bastante!) serviram para sábado, na outra festa do Zé Maria, servir com pãezinhos e salada verde, como complemento ao lanche da tarde para quem ficou até mais tarde e foi também bastante elogiada.
Aqui fica então a receita do Gordon Ramsay.

Ingredientes para 10 a 14 pessoas:
(adaptado de “Gordon Ramsay - Comida Caseira, página 232)

4 colheres de sopa de pimentão fumado (usei Pimenton de La Vera)
3 colheres de sopa de açúcar amarelo
6 dentes de alho descascados e esmagados
4 pés de tomilho com as folhas picadas 
azeite q.b.
4kg de pá de porco com osso
sal e pimenta q.b.
Maionese de Harissa, Mel e Mostarda:
300g de maionese de boa qualidade
2 colheres de sobremesa de Harissa (ou outra pasta de malagueta)
1 colher de sobremesa de mel
1 colher de sobremesa de mostarda de grão à antiga

Preparação:

Misture o pimentão, o açúcar, o alho e o tomilho numa taça. Tempere com sal e pimenta e junte um pouco de azeite para obter uma pasta. Esfregue bem esta mistura na carne massajando bem e coloque num tabuleiro forrado com papel de alumínio (para ser mais fácil de limpar no fim). Deixe ficar algumas horas, de um dia para o outro, ou cozinhe de imediato.
Coloque depois a carne a assar no forno previamente aquecido a 160ºC e deixe cozinhar uma hora. Ao fim desse tempo tape a carne com papel de alumínio e deixe cozinhar mais 3 - 4 horas  até a carne se separar do osso.
Entretanto prepare a maionese de harissa juntando todos os ingredientes numa taça e misturando bem.
Quando a carne estiver pronta deixe repousar cerca de 30 minutos até a cortar em pedaços, deixando-a “desfazer” em fios (o chamado pulled pork)
Sirva com a maionese e com pãezinhos, como apresentado na foto, ou com uma salada verde e batatinhas assadas.


Bom Apetite!

17 comentários :

  1. Olá Joana, realmente deveria estar deliciosa, e agora com este frio já sabe bem ligar o forno!!
    Ainda não experimentei a maionese, pois por aqui não sei onde encontrar a Harissa, será que a podemos substituir por outra coisa?!
    Beijinhos
    http://cozinha100maneiras.blogspot.de/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel,

      Poderá substituir a Harissa por qualquer outra pasta de malagueta, mesmo que seja feita em casa.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Manuela09:37

    Só uma dúvida, as mais 3 - 4 horas no forno são ainda a 160º? Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuela,

      Sim, deverá manter a temperatura do forno. Assim a carne fica zupe suculenta e quase a desfazer-se.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Vi o programa em que o Gordon prepara esta carne, fiquei com água na boca para experimentar. O seu lanchinho parece delicioso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Patrícia.
      Ficou realmente muito bom.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. A sua receita tem um aspecto muito delicioso, de fazer água na boca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Senta-te e Prova.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Realmente a carne assada lentamente fica macia, húmida e muito saborosa. Rende bastante. Também costumo usar pá de porco ou pernil, fica delicioso. Fiz agora com peru.
    Em vez de assar no forno uso a panela slow cooker, é perfeita para este pulled pork.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Também tenho uma slw cooker - tem mais de 35 anos - mas nem me lembro de a usar.
      Excelente ideia.
      Obrigada.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Olá,
    antes de mais dou-lhe os parabéns pelo blog.
    Já fiz esta receita a partir do livro do Gordon, mas o meu estômago não reage bem ao picante.
    Recomenda outro tempero igualmente saboroso mas que não seja picante?
    Obrigada e beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imperatriz,
      Experimente um molho mais simples como maionese de abacate - há receita aqui no blogue - ou fazer o molho sem a harissa e juntar um pouco de sumo de limão para lhe dar uma acidez.
      Espero ter ajudado.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  7. Olá Joana, obrigada pela resposta. Contudo na minha questão eu não fui clara. Na maionese usei maionese normal, mas o tempero que achei picante foi o tempero da propria carne. Dá-me uma dica de tempero para esta carne que fique saborosa sem ser picante?
    Obrigada e beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imperatriz,

      Na verdade a carne não leva nenhum componente picante, apesar de o pimentão fumado, em algumas variedades poder ser mais picante. Eu usaria o pimentão ou colorau normal - e talvez em menor quantidade.
      Espero (agora sim!) ter ajudado.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  8. Olá Joana a pá de porco deve ser com ou sem pele? compra a peça inteira certo? é que dá-me ideia que geralmente vendem 1/2 pá com cerca de 2kg, mas concerteza terão pás inteiras lá dentro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catia,

      Eu usei pá de porco sem pele. E comprei a peça inteira que tinha cerca de 4kg. Basta pedir no talho uma pá grande.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
    2. Obrigada, beijinhos!

      Eliminar

Imprimir