quinta-feira, maio 21, 2009

Carnes na Pedra

Pensei várias vezes sobre esta postagem antes de a colocar aqui. Afinal toda a gente sabe fazer carne na pedra, não tem nada que saber... E depois, pensei melhor, e achei que apesar de tudo poderia ser uma ajuda para muitos colocar aqui esta postagem.
Para dar umas dicas sobre os acompanhamentos, e sobre os molhos caseiros que podem fazer em casa... Para simplificar a vida daqueles que gostam de receber, mas não gostam ou não sabem o que cozinhar.
E porque esta é uma excelente (e simples, e rápida) refeição para conviver com os amigos ou a família, aqui fica.
(Deixo apenas ideias e sugestões de como podem fazer. Deixem-se levar pela imaginação e preparem os vosso próprios molhos e decidam outros acompanhamentos.)

Ingredientes para 4 pessoas:

2 bifes grandes de vaca, cortados em pequenos lombinhos
2 lombinhos de porco, cortados em pequenos bifinhos
1 chouriço de carne em rodelas
sal q.b.
alho em pó q.b.

Para os molhos:
1 ovo
sal e pimenta q.b.
óleo q.b.
sumo de limão
1 colher de chá de mostarda
1 colher de sopa de ketchup
molho inglês q.b.
1 colher de sopa de salsa picada
1 dente de alho picado
1 colher de sobremesa de pó de caril
1 colher de chá de cominhos
1 colher de chá de cravinho
1 colher de chá de açafrão das indias
1 colher de chá de coentros em pó

Para os acompanhamentos:

1 embalagem de batatinhas noisette (congeladas)
2 laranjas
1 pimento verde
salada de alface, couve roxa e cenoura

Preparação:

Comece por aquecer a pedra no forno durante 30 minutos a cerca de 200ºC.
Prepare depois os molhos. Num copo alto coloque o ovo inteiro, a mostarda, um pouco de sumo de limão, tempere de sal e pimenta e coloque um pouco de óleo. Com a varinha mágica bata a mistura até esta ficar cremosa, e vá acrescentando mais óleo, e batendo com a varinha até obter uma maionese, que servirá de molho base.
Divida esta mistura por quatro tacinhas. A uma delas acrescente o pó de caril, e terá um molho de caril. À seguinte acrescente o alho e a salsa picada e terá um molho de alho. Na terceira tacinha junte o ketchup e umas gotas de molho inglês e terá molho coktail. Na ultima tacinha junte os cominhos, o cravinho, os coentros em pó e o açafrão e terá um delicioso molho oriente.
Prepare depois a salada de alface que vai servir como acompanhamento juntamente com a couve roxa e a cenoura ralada. Descasque as laranjas e corte-as em rodelas. Corte o pimento em tiras para o grelhar também na pedra. Frite ou asse no forno as batatinhas noisettes.
Coloque cada um destes acompanhamentos numa tacinha diferente e leve para a mesa juntamente com os molhos, para que depois cada um dos convidados se sirva.
Tempere as carnes me separado com o alho e o sal. Leve também para a mesa em recipientes separados, bem como o chouriço cortado em rodelas.
Chame para a mesa e, cuidadosamente, retire a pedra do forno e coloque-a sobre a mesa, no suporte próprio com as lamparinas já acesas.

Bom Apetite!

17 comentários:

  1. Adorei o seu post... tenho uma pedra que me ofereceram, e ainda só utilizei uma vez...
    Agora fiquei cm vontade de voltar a usar.. transforma um jantar de amigos super agradavél...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Eu não conhecia as carnes na pedra! Acho que por aqui não se usa muito penso eu. Mas gostei!

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito da ideia de reunir os amigos a volta da mesa e ir cozinhando.

    ResponderEliminar
  4. Adoro carne na pedra mas nunca comi assim com esses acompanhamentos deliciosos! Adorei os molhos :)

    ResponderEliminar
  5. Há muito tempo que não faço, por causa dos miúdos (tinha medo que se queimassem), mas acho que vou fazer este fim de semana! Esta foto despertou-me a vontade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Achei óptimo este post. Toda a gente sabe fazer, mas muitas pessoas têm a pedra e não fazem pois nem sequer se lembram (e o mesmo acontece com o fondue). Além disso, geralmente as pessoas limitam-se a comprar molhos já feitos e o segredo deste tipo de pratos é mesmo o tempo que investimos nos molhos. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Oque seria essa pedra? Fiquei curiosissima, é tipo uma chapa? Muito bom. Grande beijo

    ResponderEliminar
  8. Gostei das sugestões dos molhos.

    ResponderEliminar
  9. fizeste muito bem em colocar este post... é um regalo para a vista!!!

    ResponderEliminar
  10. Ando há imenso tempo indecisa se valerá a pena adquirir a "pedra" mas agora acho que me convenceu..Beijinhos e muito orbigado pelo post...

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns pelo post, e obrigada pelas dicas. Fiquei com vontade de arranjar também uma pedra destas. Só tenho um fondue que raramente uso, porque não acho graça nenhuma à quantidade de óleo que é necessário. Esta é sem dúvida, uma alternativa muito mais saudável.

    ResponderEliminar
  13. se ha coisa qu adoro e este tipos de almoços. e uma coisa qu quando tiver a minha casa comprarei de certeza. nada melhor qu um almoço assim.bijinhos

    ResponderEliminar
  14. A pedra tem de ser untada?

    Existem sempre dúvidas, logo este post vem mesmo a calhar ;)

    ResponderEliminar
  15. Anónimo18:49

    Adorei as dicas de molhos!
    A pedra que eu tenho nao é de aquecer no forno... é ligada na luz, em 10 minutos está quente!
    É muito bom pq nao precisa utilizar oleo nas receitas... alem dos alimentos ficarem mais saudáveis, ficam também mais saborosos! Abraços

    ResponderEliminar
  16. Anónimo13:53

    Desculpa a minha ignorância mas ofereceram-me agora uma pedra dessas e aquilo nem traz livro de instruções.
    O que se põe para acender as lamparinas? e onde se compra?

    Cátia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:13

      Cátia....há um Gel próprio para as lamparina (quer de Fondue, quer da Pedra) á venda nos Hipermercados.

      Eliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin