terça-feira, Novembro 29, 2011

Gratinado de Batatas e Cenouras

No nosso jantar de Acção de Graças, claro que não podia faltar o peru.  Em vez de comprar o peru inteiro, que não consegui arranjar, e ainda me valeu uns olhares estranhos e observações de que "até ao Natal ainda tem muito tempo para comprar o peru", comprei apenas perninhas que assei segundo uma receita já aqui publicada. Depois foi fazer muitos acompanhamentos, alguns muito apreciados como é o caso destas batatas, uma adaptação com cenouras das clássicas batatas dauphinoise, e outros que nem vale a pena aqui falar, como foi o caso da couve-roxa estufada em vinho tinto que não reuniu admiradores. Houve ainda um molho de frutos vermelhos para acompanhar o peru que, apesar das adaptações fez uma combinação muito agradável com o peru e que valerá a pena repetir.

 Ingredientes para 6 pessoas:

2 cenouras grandes
4 batatas grandes
200ml de natas
100ml de leite
200g de queijo ralado
sal e pimenta q.b.
1 dente de alho
1 folha de louro

Preparação:

Leve as natas e o leite ao lume, num tachinho, juntamente com a folha de louro e o dente de alho esmagado. Deixe começar a ferver, desligue e deixe em infusão.
Entretanto descasque as batatas e as cenouras e corte-as com a mandolina.
Num pirex coloque uma camada de queijo. Por cima do queijo disponha as rodelas de batatas, uma por uma e  ligeiramente sobrepostas. Coloque depois uma camada de cenoura e tempere com um pouco de sal e pimenta e queijo ralado. Coloque novamente uma camada de batata e outras de queijo temperando com o sal e pimenta e o queijo e termine com uma ultima camada de batata e queijo. Verta depois a mistura de natas sobre as camadas de legumes e pressione de modo a que as natas de espalhem por todo o prato.
Termine com um pouco mais de queijo e leve ao forno aquecido (180ºC) durante 40 minutos ou quando espetando a ponta de uma faca nas batatas estas estejam macias.
É um óptimo acompanhamento para a carnes assadas e será perfeito, por exemplo, para uma mesa de natal ou de ano novo.

Bom Apetite!

8 comentários:

  1. Tudo o que não é habitual é anormal...
    Belíssimo e delicioso o gratinado.
    Beijo
    Vânia

    ResponderEliminar
  2. este blogue é verdadeiramente uma musa inspiradora! Cada receita, cada experiência, um sucesso!!
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Este gratinado faz-me lembrar Londres: quando lá vivia, um dos pratos vegetarianos da cantina do College era o gratinado de batata e couve-flor, e por acaso era muito saboroso. Fiquei com saudades :)

    ResponderEliminar
  4. FICOU UM GRATINADO MUITO BONITO E SEM DUVIDA MUITO BOM? GOSTEI!

    BEIJINHOS

    ResponderEliminar
  5. Olá Joana

    Sugiro que experimente fazer a couve roxa estufada com maçã reineta. Penso que poderá haver mais adeptos...
    beijo
    Ana

    ResponderEliminar
  6. realmente é um acompanhamento ideal para uma mesa festiva, cá em casa gostamos de tudo o que seja gratinado.
    beijocas

    ResponderEliminar
  7. Parabéns pelo blog! Genial, também tenho um de cozinha, partilho convosco...
    http://cozinharcomjoao.blogspot.com/
    Xi

    ResponderEliminar
  8. Hummmm tenho mesmo que experimentar esta receita! É a minha cara, amo gratinados! :

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin