Pão Meio Integral com Sementes

As fotos de comida que tenho colocado via instagram (para me seguirem é aqui: http://instagram.com/joanaroque78 ) têm gerado muitos comentários e pedidos de receitas de coisas que eu não costumo colocar no blogue, apesar de as fazer várias vezes. É o caso do pão que tenho feito ultimamente e que, ao publicar uma foto do mesmo acabado de sair do forno, gerou uma onda de “desilusão” por a receita não se encontrar no blogue e por isso vários pedidos para partilhar a receita. Por aqui só não faço por vocês o que não posso, e se queriam a receita, aqui está ela.

Gosto muito de saber que há mais pessoas a gostarem de fazer o seu pão em casa… Os pequenos almoços – e como eu gosto do pequeno almoço – são sempre mais saborosos acompanhados por uma fatia de pão caseiro, ainda que feito no forno elétrico de uma apartamento…
(E desculpem lá o ar queimado do meu querido pão, mas só me lembrei dele quando me começou a cheirar a queimado. Era quase meia-noite e eu estava na sala a ver o Masterchef e a responder a mails...)

Ingredientes para 1 pão:

275ml de água morna (aproximadamente 37ºC)
250g de farinha integral
250g de farinha de trigo (de preferência tipo 65, mas ao menos que não seja fina para bolos!)
1 saqueta de levedura seca – tipo fermento de padeiro seco (cerca de 5g)
1 colher de sopa de sementes de linhaça trituradas
1 colher de sopa de sementes de sésamo
2 colheres de sopa de sementes de girassol
Sal q.b.

Preparação:

Numa taça grande coloque as duas farinhas, o sal, as sementes e o fermento. Misture bem e abra uma covinha ao centro. Vá juntando a água aos poucos e envolvendo a farinha, de modo a formar uma massa. Coloque a massa na bancada enfarinhada e amasse durante alguns minutos batendo a massa com os nós dos dedos e esticando-a com as palmas das mãos. Se não quer amassar a massa à mão, pode sempre optar por amassar na máquina de pão, se tiver, ou com as pás próprias de amassar de uma batedeira elétrica.
Forme uma bola com a massa e coloque dentro de uma taça ou forma enfarinhada a levedar.
Quando a massa tiver dobrado de volume, vire-a sobre um tabuleiro também enfarinhado e dê-lhe a forma de um pão tentando mexer na massa o menos possível. Polvilhe com um pouco mais de farinha e deixe levedar mais um pouco.
Faça depois uns cortes no pão com uma faca afiada – é mais uma questão estética que outra coisa, polvilhe com um pouco de farinha e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC.
Assim que coloca o pão no forno – que deverá colocar em uma das prateleiras do forno, coloque também água fria no tabuleiro do forno. Como este está quente, em contato com a água fria vai criar vapor que, dizem os entendidos, ajuda o pão a ficar com uma crosta mais estaladiça.
Deixe o pão cozinhar cerca de 30 a 40 minutos, até ficar dourado.
Retire e deixe arrefecer sobre uma grelha. Idealmente deverá ser cortado em fatias depois de frio, mas há quem não resista a pão quente com manteiga.

Bom Apetite!

10 comentários :

  1. Anónimo08:06

    Queimado o teu pão está lindo e apetitoso ,hoje tarde vou fazer adoro pão escuro.Jinhos da Lua...

    ResponderEliminar
  2. Tenho uma MFP, mas tenho que me dedicar a fazer o ppão no forno.
    Não gosto do resultado do pão na máquina. Vou usá-la só para amassar e o resto vou fazer da força tradicional.
    Integral fica sempre mais escurinho, quase nem se nota o tostado :-)

    ResponderEliminar
  3. Ficou escurinho como eu gosto.
    Bjs, Susana

    ResponderEliminar
  4. Adoro pão fresco e integral anda mais, mas nunca faço pão em casa. Mas tem óptimo aspecto :)

    ResponderEliminar
  5. Olá,

    Está a decorre um passatempo no meu blogue, para sortear um template grátis para um blogue.
    Se quiser participar é só seguir o link:

    thecotton-sky.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Parece muito bom.Beijos

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pela partilha! Vou experimentar em breve!

    ResponderEliminar
  8. Olá Joana. Tentei fazer esta receita mas não correu bem. Aqui o fermento também é o fermipan? A quantidade de água está correta? Fiquei com uma massa muito dura que nao levedou :(

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16:12

    Olá Joana,
    Por coincidência esta é a receita que costumo fazer, a única diferença é que últimamente acrescento mais variedade de sementes como a chia, flocos de aveia ou ainda farelo de trigo.
    Até deixei de comprar a farinha para pão, já com mistura de sementes.
    Bjs,
    Teresa C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa,

      Por acaso, flocos de aveia por vezes também junto. Já a chia prefiro colocar no iogurte ou na granola.
      Eu também não compro farinhas já misturadas. Fica mais caro e acho que não compensa.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar

Imprimir