Estaladiços de Queijo com Mel, Romã e Tomilho


Dou por mim a pensar o que são receitas de natal. Para mim as receitas de natal estão associadas a tradição, a conforto, a família e a amigos.
Mais do que isso, as receitas de natal são mais do que apenas receitas tradicionais, sempre iguais todos os anos. Se por um lado na mesa da consoada não podem faltar as coisas tradicionais (ou que são tradição à minha mesa), o bacalhau cozido, as rabanadas, o bolo rei, o queijo da serra, os sonhos, os filhós, os bolos de bacalhau …, por outro há maneiras de conciliar as receitas tradicionais com as menos convencionais.
Porque podemos ter as rabanadas e os sonhos e uma tarte de chocolate e natas ou um rolo de chocolate recheado de framboesas. Podemos ter o cabrito assado e começar a refeição com uma sopa de abóbora assada com uma salda de tomate e coentros. E ainda de receber os nossos convidados com os tradicionais frutos secos mas também uns estaladiços de queijo.
E todas podem ser receitas de natal se apelarem aos nossos sentidos do que devem ser as receitas de natal, e o que nos devem transmitir essas receitas.
A propósito do pequeno workshop de ontem, na “minha” Igreja de S. José, em Coimbra com o tema Receitas de Natal - e que correu lindamente, com casa cheia e momentos muito divertidos - saíram receitas mais e menos tradicionais, mas todas com um sentido de natal: família, conforto, partilha e tradição.
E do workshop saíram estes estaladiços de queijo que, não sendo nem uma receita muito inovadora, nem uma receita muito tradicional e muito menos uma receita “desconhecida”, vestiram-se de festa e a rigor, com as cores de natal - o verde e o vermelho - para poderem estar presentes nesta época tão especial.
Uma receita para receber os convidados e a família na época de natal.


Ingredientes:

1 rolo de massa filo
azeite ou manteiga q.b.
1 rolo de queijo de Cabra - chévre
mel q.b.
1 romã descascada
1 raminho de tomilho

Preparação:

Corte o queijo de cabra em rodelas e reserve.
Corte as folhas de massa filo em pedaços mais pequenos e pincele-as bem com a manteiga ou o azeite. 
Coloque uma fatia de queijo de cabra num pedaço de massa e envolva bem dobrando as pontas. Repita até esgotar os ingredientes, e coloque num tabuleiro previamente forrado com papel vegetal.
Leve o queijo com a massa ao forno previamente aquecido a 180ºC até que fiquem bem dourados e estaladiços.
Retire do forno e coloque no prato de servir. Regue depois com o mel e decore com os bagos de romã e as folhinhas de tomilho para um ar mais natalício.


Bom Apetite!

13 comentários :

  1. Assim tão simples mas tão agradavel, e tão bons para a ceia!
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mariana,

      E bonitos!!!

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Susy,

      Na verdade são mesmo simples e ficam sempre bem, não é?

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Anónimo09:45

    Bom dia. Antes de mais, quero pedir desculpa pela insistência no assunto do "amigo secreto", pois desconhecia que não tinha recebido o e-mail. Já está tudo feito e pronto para ser enviado ao destinatário. Hoje em dia, com tantas influências, é difícil ter uma mesa "100% tradicional", pois muitas vezes as pessoas cansam-se de comer sempre as mesmas coisas. Há que encontrar um equilíbrio entre a tradição, o gosto pessoal, e inovação. Adoro a sua sugestão, simples e saborosa. Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,

      Não tem mal nenhum. Fez bem em insistir, uma vez que eu não tinha recebido o seu mail.
      A sugestão é simples, mas acho que pode ter lugar em qualquer mesa de natal juntamente com o tradicional e convencional.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Cristina09:52

    Provei e fiquei fã! Tão fácil e tão bom!
    Joana, gostei mesmo de ter participado. Por várias razões, foram momentos especiais para mim.
    Obrigada pela oportunidade.
    Peço desculpa por ter saído a correr, mas as pequenas estavam à espera das panquecas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cristina,

      Gostei muito de a ter por lá.
      E não tem mal ter saído a correr. As pequenas e as panquecas são o mais importante.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Anónimo10:11

    Vou experimentar de certeza... São estas receitas simples e rápidas, que me tornaram fã da Joana ;)
    Vou aproveitar para fazer um pedido...
    Procurei aqui no blogue e não encontro nenhuma receita de rabanadas de chá ou de leite ... Tem alguma?
    São as minhas preferidas... Embora tenha visto a receita das de doce de ovos e vou experimentar!
    Obrigado
    Ana Tavares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,

      Obrigada pelas suas palavras.
      Não sei o que entende como rabanadas de chá - que não conheço, ou de leite. é o líquido de emebeber o pão antes de as fritar?
      Eu faço sempre as minhas rabanadas passando o pão já rijo por leite quente com um pouco de açúcar e canela e eventualmente vinho do porto, e depois por ovo batido.
      é isso que procura?

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Já experimentei várias vezes e o queijo derretido acaba por sair sempre para fora do folhado. Como é q devo embrulhar para evitar que isso aconteça?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana,

      O que eu costumo fazer, e como acho que é melhor para o queijo não sair para fora é enrolar o queijo na massa, dobrando várias vezes, e depois voltar as pontas para dentro, para ficarem dobradas por debaixo do folhado.
      Resulta melhor com massa filo do que com massa folhada. Na massa folhada como tem mais gordura é mais normal derreter e escapar...

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
    2. Muito obrigada! Vou experimentar! Costumo fazer volta e meia aquela receita que colocou aqui há uns tempos com tomilho e Sumo de limão junto ao queijo!
      Um beijinho

      Eliminar

Imprimir