Galette de Figos e Amêndoas


Tal como no ano passado, o regresso de férias tem direito a receita com figos. Figos, que tal como os do ano passado vieram de casa da Tia Tilita, aquando da estadia do avô por lá. Se os anteriores acabaram numa memorável compota de figos com vinho do porto, estes não lhe ficaram atrás e depois dos que comemos, ainda sobraram alguns para esta maravilhosa galette - que é basicamente uma tarte de forma livre, sem ser necessário o uso de uma tarteira.
A combinação dos figos com a amêndoa é clássica, e o uso desta massa que mal leva açúcar torna o equilibrio perfeito. Além disso leva mesmo muito pouco açúcar - até porque os figos já são suficientemente doces - o que não a torna enjoativa como poderia parecer à primeira vista.
Uma sugestão para este fim de semana que, para já, se mostra bastante cinzento!

E já sabem que amanhã podem sempre ir até à Figueira da Foz, onde estarei pelas 17h30 para vos conhecer!



Ingredientes:

Massa:
250g de farinha 
1 colher de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de fermento em pó
180g de manteiga fria 
80ml de água fria

Recheio:
60g de amêndoa (usei com casca)
50g de açúcar
8 figos
açúcar demerara para polvilhar (opcional)

Preparação:

Comece por fazer a massa no robot de cozinha. Junte a farinha com o açúcar e o fermento e misture bem. Acrescente a manteiga em cubos e ligue o robot, em velocidade baixa, deixando que a massa se vá formando de modo a que se assemelhe a migalhas grossas. Com o robot a funcionar, junte a água em fio e deixe que se forma uma massa lisa.
Retire a massa do robot e embrulhe-a em película aderente, formando um disco. Leve ao frigorífico pelo menos 30 minutos a repousar antes de usar.
Prepare o recheio. Triture as amêndoas com o açúcar até formar uma espécie de farinha fina. Reserve.
Lave os figos, seque-os e corte-os em fatias mais ou menos da mesma espessura.
Depois de repousar, retire a massa do frigorífico e estenda-a entre duas folhas de papel vegetal. de modo a obter um circulo com cerca de 30cm de diêmetro. Coloque a massa num tabuleiro - com o papel vegetal por baixo, e espalhe a mistura de amêndoa e açúcar sobre a massa, deixando uma borda de cerca de 4cm.
Por cima disponha os figos previamente cortados. Dobre depois as pontas da massa para cima dos figos e polvilhe tudo com um pouco de açúcar demerara (ou outro).
Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 40 minutos ou até a massa estar dourada e cozinhada.
Para uma sobremesa mais especial, sirva ainda morna com uma bola de gelado de baunilha.

Bom Apetite!


6 comentários :

  1. Bom dia... para quem gosta... aqui está uma verdadeira perdição... FIGOS. Bj

    ResponderEliminar
  2. Anónimo09:56

    Olá lindeza! Que bela visão numa manhã de Sexta-feira!
    Está muito apetitosa e adoro a a fotografia do Zé Maria a cheirar a tarte, como se estivesse a fazer o "teste de qualidade"! Esta vai ser para experimentar, quando encontrar figos à venda na praça (pretos, pingo de mel, o que houver).
    Um grande beijinho e um bom fim de semana, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  3. Olá, já tinha ficado a salivar quando vi a foto no facebook. Estou desejosa de experimentar, só tenho mesmo de trepar a minha figueira para ir buscar alguns figos.
    Beijinhos e adoro as suas receitas.
    Catarina

    ResponderEliminar
  4. Oh, my GOD!!!! Babei... :) :)

    ResponderEliminar
  5. Sou fã incondicional de figos, tive que fazer! É mesmo muito bom!! O meu marido que só gosta do sabor mas detesta a textura, disse que é a primeira vez que come figos com gosto:) A repetir enquanto houver figos....

    ResponderEliminar

Imprimir