Bolachinhas de Aveia, Mel e Passas


A minha querida leitora Sara, chamou-me a atenção para estas bolachas. E eu, assim que tive oportunidade de as fazer, coloquei mãos à obra.
Sábado de manhã, miúdos entretidos com os legos no sotão. Forno quente porque tinha estado a fazer e ia fazer a queijada de batata doce... Era desculpa sustentável para rentabilizar o forno e assim fazer ainda as bolachas da Leonor do Flagrante Delícia!
As bolachas são realmente deliciosas e viciantes. E vale muito a pena duplicar a receita, porque estas vão embora num instante!
E eu, que há tanto tempo não fazia bolachas, recomecei com uma receita maravilhosa!

“Mesas para Refeições ao Ar Livre “

OVAR - Furadouro - 30 de Junho: Colher de Chá, 10h - inscrições em geral@colherdecha.pt

Ingredientes para cerca de 16 bolachas:

100g de manteiga amolecida
45g de açúcar
45g de flocos de aveia finos
45g de passas
50g de mel
1\2 colher de chá de bicarbonato de sódio
120g de farinha

Preparação:

Coloque a manteiga e o açúcar numa taça e bata com uma colher de pau até obter uma mistura cremosa. Junte depois a aveia, as passas e o mel e misture bem.
Junte depois a farinha e o bicarbonato e envolva bem até obter uma massa homogénea,
Coloque a massa em papel vegetal, formando um rolo com cerca de 20 cm de comprimento. Enrole bem a massa no papel vegetal e leve ao frigorífico até que fique bem firme
Corte depois o rolo da massa em fatias do mesmo tamanho e coloque, sem sem necessário ficarem muito espaçadas num tabuleiro previamente forrado com papel vegetal. Prense as bolachas com um garfo. 
Leve a cozinha,r em forno previamente aquecido a 180ºC, durante cerca de 12 minutos.
Retire do forno, coloque com a ajuda de uma espátula sobre uma grelha e deixe arrefecer completamente antes de as guardar num recipiente hermético.


Bom Apetite!

3 comentários :

  1. Esta é outra a fazer com certeza e brevemente :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:40

    Ainda bem que gostou delas!
    Quando as vi publicadas no Flagrante Delícia, fiquei com a ideia de as fazer quando tivesse oportunidade. E ainda bem que o fiz, pois lembraram umas que a minha mãe costumava comprar há muitos anos atrás numa antiga casa de chás e cafés.
    E sim, convém dobrar a receita, pois é daquelas bolachas que "vicia", e são uma companhia para uma chávena de café ou chá.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  3. Bonita está relação com os leitores... Ficamos todos a ganhar... Beijinhos a todos. Também vou experimentar

    ResponderEliminar

Imprimir