sexta-feira, julho 28, 2006

Sugestões de Apresentação

Vou de férias durante 1 semana... Volto dia 7 de Agosto.
Deixo duas sugestões de apresentação:


Queijo da Serra com Tostinhas e Compotas Caseiras



Prato de Frutas

Bom Apetite!

quinta-feira, julho 27, 2006

Fetuccini Itália



Esta receita é mais uma das minhas inspirações. Costumo ir a um restaurante italiano que tem, na minha opinião "pastas"muito boas!
O Fetuccini Itália é uma delas. Massa cozinhada "al dente" com um molho bastante cremoso por cima... com natas! E eu como ando sempre a tentar fugir às calorias, dei-lhe a volta, fazendo o molho sem natas. Fica bom, mas com natas é melhor!
Deixo-vos a receita. Se quiserem juntem as natas em vez do vinho branco!

Ingredientes:

Fetuccini
azeite
ervilhas
fiambre aos cubinhos
cogumelos laminados
cebola
vinho branco (ou natas)
sal e pimenta
polpa de tomate


Preparação:

Numa panela larga coloque água a ferver temperada com sal e 1 fio de azeite. Quando a água começar a ferver coloque a massa e deixe cozinhar até ficar "al dente".
Entretanto prepare o molho: num tachinho leve azeite ao lume e deixe refogar ligeiramente a cebola. Junte os cogumelos laminados, o fiambre aos cubinhos, as ervilhas e o vinho branco e deixe estufar em lume brando. Quando as ervilhas e os cogumelos estiverem cozinhados junte um pouco de polpa de tomate e rectifique os temperos. Se quiser juntar as natas, agora é o momento!
Deixe cozinhar mais 5 minutos em lume brando e desligue.
Quando a massa estiver "al dente", escorra e passe por água fria para parar a cozedura. Junte o molho, e sirva imediatamente.

Bom Apetite!

quarta-feira, julho 26, 2006

Pizza Caseira


Quem me conhece bem, sabe a minha "aversão" a comida pré-feita, congelada e afins. Normalmente não incluo as pizzas nessa categoria. Ou as como em restaurantes, encomendadas das cadeias de Fast Food, ou das congeladas que costumo ter em casa.
Mas quando estou para aí virada, sim, porque isto é de dias, resolvo-me a fazê-las de raíz, desde a massa ao molho de tomate. Realmente valem o esforço!

Massa para Pizza ( dá para 4 Pizzas grandes)

Ingredientes:

500g de farinha (talvez um bocadito mais!)
40g de fermento de padeiro
4dl de água morna
4clh sopa de azeite
sal q.b.

Preparação:

Desfaça o fermento na água morna e junte um pouco de farinha. Deixe levedar 10 minutos.
Peneire a restante farinha. Junte o sal, o azeite e o fermento e bata muito bem até obter uma massa fofa que se despegue da tigela. Se necessário junte mais farinha até ficar com a consistÊncia desejada.
Faça uma bola, cubra com um pano e deixe levedar em lugar ameno cerca de uma a duas horas.

Molho de Tomate

Ingredientes:

1 lata de tomate pelado (Se tiver tomate madurinho ainda melhor)
1 cebola média
2 dentes de alho
Sal
Polpa de tomate
azeite
oregãos

Preparação:

Pique a cebola e os dentes de alho e leve a refogar num pouco de azeite. Quando a cebola começar a ficar translúcida, sem queimar, junte o tomate pelado cortado em pedacinhos, e deixe levantar fervura. Tempere com sal e oregãos e com um pouco de polpa de tomate. Deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 20 minutos.

Agora é só estender a massa, cobrir com o molho de tomate e rechear com o que se quiser: as minhas foram recheadas com queijo mozzarela ralado, fiambre e cogumelos, e a outra, metade com com cebola, pimento, frango desfiado e queijo mozzarela, e a outra metado com chouriço, fiembre, mozzarela e cogumelos.

Bom Apetite!

terça-feira, julho 25, 2006

Bolo de Chocolate Recheado


Não é um Bolo de Chocolate fantástico! É um bolo simpático, muito fácil e rápido de fazer, bom para servir aos amigos com um cafezinho.
Como podem ver pela foto usei uma forma grande demais, e , como é um bolo pequeno, ficou muito baixinho. Sugiro que utilizem uma forma não maior que diâmetro 20.

Ingredientes:

3 ovos
125g açúcar
150g de chocolate culinária em barra
3clh sopa de leite
125g de farinha
125g de manteiga

Para o creme de chocolate:
100g de chocolate culinária em barra
1 dl de leite
20g de manteiga
30g de açúcar
1clh sopa de natas

Preparação:

Aqueça o forno a 200C. Unte com manteiga uma forma para bolos. Separe as gemas dos ovos e bata-as com o açúcar até ficarem cremosas. Derreta o chocolate em banho-maria, juntamente com o leite. Acrescente a manteiga e misture até ficar tudo bem ligado. Bata as claras em castelo.
Junte, numa tigela, a mistura de chocolate e os ovos batidos com o açúcar e mexa tudo.
Por fim, adicione a farinha aos poucos, para ligar bem. Coloque na forma e leve ao forno durante 35 minutos.
Prepare o creme: derreta o chocolate com o leite e a manteiga em banho-maria, envolvendo bem, e, quando estiver pronto, acrescente o açúcar e as natas. Com o bolo arrefecido, corte-o ao meio.
Recheie a parte de baixo com metade do chocolate, cubra com a outra metade e barre-a com o chocolate restante.Enfeite com o granulado de chocolate.

Bom Apetite!

segunda-feira, julho 24, 2006

Ovinhos de codorniz recheados


Esta receita é, nada mais nada menos, que a receita de ovos verdes, que é feita com ovos de galinha, feita com ovinhos de codorniz. Fiz a experiência para um almoço que dei em casa e os ovinhos eram uma das entradinhas frias.
Ficaram tão bons como os originais, dão só um bocadinho mais de trabalho, mas tornam-se mais "bonitinhos" para servir como entrada.

Ingredientes:

12 ovos de codorniz
1 lata de atum
maionese
salsa picada
mostarda
azeitonas pretas descaroçadas
1 ovo batido + farinha

Preparação:

Coza os ovos em água temperada com sal e deixe arrefecer. Descasque-os e, com cuidado corte os ovos ao meio, no sentido do comprimento e retire-lhes a gemas, sem estragar a clara.
Esmague as gemas juntamente com o atum e misture-lhes 4 a 6 colheres de sopa de maionese, salsa picada, 1 colher de sopa de mostarda e as azeitonas cortadas aos pedaços. Misture bem.
Coloque o recheio dentro da cavidade das claras com cuidado.
Passe cada ½ ovo por farinha e ovo batido e frite em óleo quente.
Sirva frio!

Bom Apetite!

sexta-feira, julho 21, 2006

Bolos de Bacalhau


Há quem os compre já feitos e congelados e seja só fritar! Eu pessoalmente não gosto. Prefiro o "prazer" de os fazer, apesar de também guarda alguns para congelar.
Esta é a receita que a minha avó costuma fazer, e que me ensinou. É sempre assim que os faço. Só sei que nunca me rebentaram, abriram ou qualquer outra coisa. Saem-me sempre bem! Se é da receita ou da cozinheira, já não posso afirmar!

Ingredientes:

750g de bacalhau grosso
1,200kg de batatas
4 ovos
1 cebola média
1 ramo de salsa picada
pimenta q.b.

Preparação:

Cozem-se as batatas com o bacalhau. Depois de cozido, escorre-se tudo muito bem. O bacalhau limpa-se de peles e espinhas e embrulha-se num pano, fazendo uma bola, e esfrega-se e aperta-se sobre a mesa, até ficar desfeito.
As batatas, depois de escorridas, põe-se novamente na panela, onde vão ao lume para ficarem bem secas. Passam-se então pelo passe-vite.
Junta-se as batatas ao bacalhau, a cebola e a salsa, mexe-se bem e tempera-se com pimenta.
Seguidamente juntam-se os ovos e amassa-se tudo muito bem. Moldam-se os bolinhos com a ajuda de 2 colheres de sopa e fritam-se em óleo bem quente. Acompanha com uma salada verde, ou, melhor ainda com uma Saladinha de Feijão frade ensalsado!

Bom Apetite!

quinta-feira, julho 20, 2006

Crepes de Laranja à Moda da Júlia



A Júlia foi empregada em casa do M. Chegou a trabalhar num restaurante e fazia doces como ninguém. Nunca revelava as suas receitas. Fazia uns crepes com laranja realmente muito bons. Claro que nunca me deu a receita, e os que eu costumo fazer são apenas uma tentativa de aproximação aos crepes dela.

Massa crepes:
2 ovos
120g de farinha
3clh sopa de açúcar em pó
3dl de leite
3clh sopa de margarina

Recheio:
raspa de 2 laranjas
3 ovos inteiros + 3 gemas
75g de açúcar em pó
2dl de leite

Calda:
125g de açúcar em pó
2dl de água
1,5dl de sumo de laranja
2clh sopa de vinho do Porto


Cobertura:
1 pacote de natas
açúcar em pó

Preparação:

Comece por fazer os crepes. Junte aos ovos inteiros o açúcar, a farinha e mexa bem. Vá juntando pouco a pouco o leite, de modo a ficar com uma massa líquida e sem grumos.
Leve ao lume uma frigideira antiaderente, e derreta aí a margarina. Junte-a depois à massa dos crepes. Com uma concha coloque um pouco de massa na frigideira, de modo a cobrir todo o fundo da frigideira, tentando deixar o mais fino possível. Deixe cozer, e vire para o outro lado. Repita todo o processo até ficar sem massa.
Se vir que a frigideira está seca, coloque um pouco de margarina antes de colocar a massa.
Prepare então o recheio: num tachinho junte os ovos, as gemas, as raspas da laranja, o açúcar e o leite. Leve ao lume a engrossar mexendo sempre.
Para a calda, coloque a água, o sumo de laranja, o açúcar e o vinho do Porto num tachinho e deixe ferver até reduzir, e ter uma consistência “xaroposa”.
Recheie cada um dos crepes com o creme de laranja e enrole. Coloque todos os crepes enrolados, lado a lado, num parto de servir. Regue-os todos por igual com a calda.
Antes de servir, cubra-os com as natas batidas com o açúcar e polvilhe com amêndoa ralada torrada.

quarta-feira, julho 19, 2006

Esparguete com Tomate Cherry, Mozzarela e Mangericão



Mais uma das minhas "invenções", inspiradas em comida italiana!
No sábado à noite tive umas visitas mais ou menos inesperadas ao fim da tarde. Não ficaram para jantar, mas foram embora já passava das 20h30. Não tinha ainda pensado em nada para o jantar, e não me apetecia perder muito tempo com isso. Abro o frigorífico e vejo a rirem-se para mim uns tomatinhos cereja (ou cherry) e uma embalagem de Mozarella comprada numa promoção do Continente, pague 1 - leve 2 (estavam com pouco prazo!). O mangericão também lá estava, pois quando se compra Mozarella, tem que se levar também o melhor amigo.
Ora bem, isto foi o que saiu! Só demora o tempo de cozer a massa!

Ingredientes:

Esparguete
mangericão
tomate Cherry
Mozzarela
Sal e pimenta
azeite

Preparação:

Coza esparguete "al dente" em água abundante temperada de sal e com um fio de azeite.
Enquanto o esparguete coze, lave bem os tomatinhos e o mangericão. Corte os tomates ao meio, e a mozzarela em cubos. Junte as folhas de mangericão partidas em pedaços grandes e tempere tudo com sal e pimenta moída na ocasião e azeite! Mexa bem.
Escorra o esparguete depois de cozido e passe por água fria para parar a cozedura. Junte a mitura de tomate, mozzarela e mangericão, e está pronto a servir!

Bom Apetite!

terça-feira, julho 18, 2006

Bolo de Laranja

Esta foi a primeira receita que fiz sozinha. Ensinada pela minha avó, ou não fosse este bolo receita dela. Foi com ela, e com a minha mãe que aprendi, não só a cozinhar, mas a gostar de cozinhar!
Não há comemoração familiar onde este bolo não esteja, normalmente a acompanhar queijo da serra. Além de ser o bolo favorito dela, é dos poucos que ela continua a fazer. Recordo os tempos em que ainda não trabalhava e em que ia a casa dela tomar cafezinho depois do almoço, sempre acompanhado com bolo de laranja. Deixei de ter tempo para esse cafezinho, com muita pena minha e dela.
Deixo-vos a receita, não só com o desejo que a experimentem, mas também com o intuito de ensinarem os vossos filhos, netos, sobrinhos,...a brincadeira que é de cozinhar, principalmente em familia!

Ingredientes:

1,5 chávena de açúcar
1,5 chávena de farinha
¾ chávena de óleo
sumo de 1 laranja
raspa de 1 laranja
6 ovos
2clh chá de fermento

Preparação:

Bate-se o açúcar com a farinha. Junta-se as gemas, depois o óleo, o sumo, as raspas de laranja e o fermento.
Batem-se as claras em castelo e juntam-se ao preparado.
Vai a cozer em forma untada e polvilhada.

Bom Apetite!

quinta-feira, julho 13, 2006

Lentilhas com Ovos Escalfados


Devo confesar que sou uma grande fã de leguminosas: feijão, grão de bico, ervilhas, favas.... gosto de tudo, mas as minhas preferidas são as lentilhas.
Não são propriamente muito comuns na nossa alimentação, apesar de serem facilmente encontradas em qualquer supermercado. São mais características de paises do Médio Oriente, creio eu, e são também bastante populares por entre a comunidade vegetariana.
De qualquer maneira deixo aqui a receita. Haverá muitos modos de as preparar, eu faço quase sempre assim, com uma ou outra variação, e normalmente acompanho com arroz, o que, juntamente com os ovos perfaz uma refeição equilibrada, sem recorrer a carne ou peixe.

Ingredientes:

lentilhas
chouriço (eu uso alentejano, nada daquele chouriço de "plástico" corrente)
Alho francês
cebola
tomate pelado
azeite
louro
ovos
sal
vinho branco

Preparação:

Começe por deixar ficar as lentilhas de molho. Não é preciso de um dia para o outro 1 hora ou duas bastam.
Corte o alho francês em rodelas e lave-o bem para retirar toda a terra. Corte a cebola em meias luas e leve tudo a refogar ligeiramente num pouco de azeite juntamente com a folha de louro e umas rodelinhas de chouriço. Junte então o tomate pelado cortado em cubos e um pouco da calda do tomate (ou polpa de tomate), e um gole de vinho branco. Deixe estufar tapado, em lume brando durante uns 5 minutos. Ao fim deste tempo junte as lentinhas, tempere de sal e djunte um pouco de água. Deixe cozer em lume brando e com o tacho tapado. Vá verificando a água, pois é ser preciso ir acrescentando, de modo a ficar com um pouco de caldo.
Quando as lentinhas estiverem quase cozidas, o que deve demorar uns 40 minutos, parta os ovos lá para dentro, um por um, e deixe-os cozinhar.
Sirva com arroz e, se gostar, uma saladinha de tomate cherry temperada com vinagre balsâmico.

Bom Apetite!

quarta-feira, julho 12, 2006

Doce de Cerejas com Canela


No mesmo dia em que fiz o Doce de Pêssego, fiz também este Doce de Cerejas com Canela. É mais trabalhoso porque presupõe que se tirem os caroços às cerejas, tarefa bastante simplificada quando se usa um descaroçador de cerejas e azeitonas. O meu contratempo foi terem-me oferecido umas cerejas do Fundão tão grandes e gordas que não couberam no meu descaroçador, obrigando-me à tarefa inglória de as descaroçar à mão cortando-as ao meio e retirando o caroço.
Trabalhos à parte deu um excelente doce!

Ingredientes:

Cerejas
Acúcar
Pau de canela
água

Preparação:

Depois de descaroçadas, pese as cerejas, e num tacho onde tudo caiba à vontade coloque as cerejas e a mesma quantidade de açúcar (ou um pouquinho menos), 1 pau de canela e 2dl de água por cada quilo de cerejas. Leve ao lume e proceda do mesmo modo como para o Doce de Pêssego: assim que levantar fervura baixe para o lume para o mínimo no bico mais pequeno do fogão e deixe apurar, mexendo de vez em quando. Quando estiver no ponto, deixar arrefecer, colocar nos frascos esterilizados, rotular e guardar em local fresco!

Bom Apetite!

Doce de Pêssego

Fazer doces, ou melhor compotas, é uma boa solução para aproveitar fruta. Neste caso foi para aproveitar uma cesta de pêssegos que os meus avós me deram. Pêssegos do seu quintal, mas que os pássaros já tinham feito o favor de começar a debicar.
Portanto, deitei mãos à obra e lá fiz a dita compota!

Ingredientes:

Pêssegos
Acúcar
Casca de limão

Preparação:

Arranje os pêssegos e corte-os em pedaços não muito pequenos. Pese a fruta arranjada e coloque dentro de um tacho, onde tudo caiba à vontade, juntamente com o mesmo peso em acúcar (eu costumo sempre "roubar" um bocadito no açúcar, mas não muito, porque senão o doce estraga mais depressa). Junte a casca de limão e leve ao lume. Assim que levantar fervura, mude para o lume mais pequeno que tiver e ponha no mínimo de modo a que mal se note que o doce está a ferver. Deixe ir cozinhando assim lentamente até o doce estar no ponto. E não se esqueça de ir mexendo!
Estará no "ponto de estrada" quando, colocando um pouco de doce num prato e lhe passar o dedo depois de arrefecido fique uma "estrada aberta", ou seja as duas metades do doce não se juntam logo.
Depois de ter o doce no ponto deixe arrefecer e coloque em frascos previamente fervidos e enxutos. Tape os frascos apenas quando o doce estiver frio, rotule e guarde em local fresco!

Bom Apetite!

terça-feira, julho 11, 2006

Sardinhas Fritas com Molho de Escabeche


É um petisco tão bom! Como entrada, num lanche ajantarado, num piquenique... Não se esqueçam é de o fazer de véspera, fica sempre melhor, e não precisa de ser escabeche de sardinhas, pode ser com "jaquinzinhos", ou até com peixe grelhado que tenha sobrado.
Em cima de uma fatia de broa, ou de pão alentejano.... é mesmo um excelente petisco!

Ingredientes:

Sardinhas
cebola
louro
alho
azeite
vinagre
sal
pimenta
óleo (para fritar as sardinhas)


Preparação:

Começe por amanhar as sardinhas e tempere-as de sal. Enxugue-as bem e leve-as a fritar em óleo quente, depois de as passar por farinha. Reserve.
Numa frigideira disponha a cebola cortada em meias luas, os alhos cortados em rodelas finas e a folha de louro e regue com bastante azeite. Tempere com umas pedrinhas de sal e pimenta e leve a fritar. Quando a cebola estiver fritinha, mas sem estar muito caramelizada, regue com um bom esguicho de vinagre. Deixe levantar fervura novamente e desligue o lume. Regue as sardinhas com este preparado, e coma, de preferência, no dia seguinte!

Bom Apetite!

sábado, julho 08, 2006

Frango com Amêndoas e Arroz Chau-Chau

Não é que a comida chinesa seja alvo das minhas preferências gastronómicas, mas sabe sempre bem variar de vez em quando. No dia da desilusão portuguesa, a derrota 1 - 0 frente à França, tive cá em casa uns amigos para ver o jogo.
Tinha que ter qualquer coisa para jantar que fosse do agrado de todos, e, principalmente que desse para comer enquanto dava o jogo.
Ao procurar uma receita nos meus cadernos, dei de caras com este Frango com Amêndoas que já não fazia há algum tempo. Tinha encontrado o menú ideal!

Ingredientes:

peitinhos de frango
cogumelos
cenoura
pimento verde
cebola
molho de soja
vinho do Porto branco seco
1 clh sopa de maisena
1 clh chá de Aji-no-Moto (sal chinês)
100g de amêndoas
4clh sopa de óleo vegetal
1 dente de alho
½clh café de gengibre em pó

Preparação:

Corte os peitos de frango em tirinhas. Numa tigela, misture o frango com um pouco do vinho, 1 colher de sopa de molho de soja e a maisena. Deixe marinar, pelo menos durante 1 hora.
Entretanto escalde as amêndoas, retire a pele e enxugue-as. Aloure-as num pouco de óleo quente e pique grosseiramente metade delas.
Descasque e corte a cebola em tiras finas e os cogumelos em lâminas. Descasque e corte a cenoura em rodelas finas, e o pimento em tiras.
Deite o óleo numa frigideira grande, junte o alho e leve ao lume. Quando estiver louro, retire-o e deite no óleo no frango bem escorrido.
Quando começar a alourar junte os legumes, mexa e deixe refogar 3 minutos. Junte então a marinada do frango, o molho de soja e o vinho, as amêndoas picadas, o sal e o gengibre e deixe apurar mais 3 minutos.
Sirva polvilhado com as restantes amêndoas inteiras e com arroz chau-chau.

Para o Arroz Chau-Chau :

Ingredientes:

1 chávena de arroz agulha cozido
1 ovo feito em omoleta fina e cortado em fatias fininhas
1/3 chávena de ervilhas
100g de fiambre aos cubinhos
óleo Vegetal

Preparação:

Num tacho leve ao lume a aquecer o óleo. Junte o arroz e mexa um pouco. Junte depois as ervilhas, o fiambre e o ovo, e mexa até o arroz estar bem sequinho.

Bom Apetite!

sexta-feira, julho 07, 2006

Salada de Alface e Rucula com Nozes e Parmesão



Mais outra das minhas invenções.... Esta foi para o jantar...Não foi adaptada de nenhuma receita em particular, mas dela fazem parte ingredientes recorrentes nas saladas italianas.
Faço apenas questão de chamar a atenção para o queijo parmesão. Quando o comprarem, não o comprem já ralado, e comprem, de preferência uma boa marca. A diferença é grande, garanto-vos!
Adianto já que fui preguiçosa, e usei daquelas saladas já embaladas com mistura de alfaces e rúcula. Eu pessoalmente gosto delas, e, as que costumo comprar são de boa qualidade! Há vários tipos de misturas à escolha, de acordo com preferências e gostos!

Ingredientes:

Alface
Alface Roxa
Rúcula
Nozes partidas em bocados
Queijo parmesão
Vinagre Balsâmico
Azeite
Pimenta moída na ocasião

Preparação:

Arranje as alfaces e a rucula, lave e seque bem. Em pratos individuais ou numa saladeira disponha as folhas, as nozes partidas, e o parmesão em lascas, (para fazer as lascas eu uso o descascador de vegetais). Tempere, mesmo antes de servir, com um molho feito com vinagre balsâmico e azeite de boa qualidade, e com pimenta moída na ocasião.

Bom Apetite!

Salada de Tomate e Queijo Fresco à Portuguesa

Este fim de semana deu-me para fazer umas entradas saudáveis para o almoço e jantar de sábado.
São adaptações de saladas italianas. Não que os ingredientes das italianas sejam difíceis de encontrar (qualquer supermercado razoável vende, actualmente, esses ingredientes), mas, por vezes é preciso ser inventivo, e resolver o almoço e o jantar com aquilo q temos no frigorífico.
A versão original desta salada é feita com tomate, mozzarella e mangericão fresco. Adaptou-se com o queijinho fresco e com os oregãos! Experimentem as duas!

Ingredientes:

Tomate vermelhinho, mas q não esteja muito maduro
Queijo fresco
pimenta moída na ocasião
sal
oregãos
azeite

Preparação:

Cortar em rodelas o tomate e o queijinho fresco. Em pratos individuais, ou numa travessa, como preferirem, coloquem as rodelas de tomate, e por cima destas, 1 rodela de queijo fresco.
Temperem com oregãos, a pimenta moída na ocasião, sal e um fio de azeite (bom!)
Servir fresquinha, de preferência como entrada!

Bom Apetite!

terça-feira, julho 04, 2006

Salada Grega


Ingredientes:

1 alface
12 tomates cherry
1 pimento
1 pepino
15 azeitonas pretas descaroçadas
200g de queijo de cabra ou feta
4 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
sal e pimenta

Preparação:

Lave muito bem a alface e enxugue o melhor que puder. Lave e corte os tomatinhos ao meio. Corte o pimento em cubinhos e o pepino em pequenos pedaços, depois de lhe tirar as sementes e a casca.
Numa saladeira disponha a alface ripada, o tomate, o pimento, o pepino e as azeitonas.
Desfaça o queijo com as mãos e junte-o à salada.
Faça o molho: misture o azeite com o vinagre e tempere de sal e pimenta.
Imediatamente antes de servir coloque o molho sobre a salada.

Bom Apetite!

domingo, julho 02, 2006

Bola de Carne Rápida



Ingredientes:

1 chávena de farinha
2clh chá de fermento em pó
1 chávena de leite
3 ovos
250 gr de carnes variadas

Preparação:

Numa tigela deite a farinha peneirada com o fermento. Junte o leite, pouco a pouco, batendo bem, de modo a obter uma massa lisa e uniforme.
Adicione os ovos batidos e misture bem.
Unte com margarina e polvilhe com farinha uma forma tipo bolo inglês. Ponha 1 camada da mistura na forma e cubra com 1 camada generosa de carnes. Volte a colocar 1 camada de massa, outra camada de carnes e termine com 1 camada de massa.
Leve a cozer em forno quente (200ºC).

Quiche de Queijo, Fiambre e Cogumelos



Fiquei incumbida de preparar umas coisinhas para o lanche , para depois do jogo Portugal - Inglaterra... Neste país tudo gira em volta da mesa...até um jogo de futebol!
Entre outras coisas resolvi fazer uma quiche que fica sempre bem. Pode também servir como uma refeição ligeira servida com uma salada verde de alface e rúcula, temperada com uma vinagreta de vinagre balsâmico...

Ingredientes:

1 rolo de massa quebrada (existe em supermercados na zona dos frios e/ou congelados)
6 fatias de fiambre
4 fatias de queijo
1 lata pequena de cogumelos laminados
3 ovos
1 chávena de leite
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Forrar uma tarteira de fundo amovível com a massa e cortar a borda excedente. Cortar o fiambre em tiras e o queijo em quadradinhos. Escorrer a lata de cogumelos. Dentro da tarteira já forrada espalhar o queijo, o fiambre e os cogumelos. Bater 3 ovos com o leite e temperar com sal e pimenta moída na ocasião. Deitar por cima da tarte.
Levar a forno quente (180 Cº) durante cerca de 35 minutos, ou até a mistura estar firme e dourada.

Para tornar esta quiche mais light, usei leite magro, queijo magro e fiembre de peru. E como podem ver, não precisamos de usar natas para fazer quiche!

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin