quinta-feira, setembro 02, 2010

Compota de Figos com Pêra e Baunilha

Quando são quase 3 da manhã de um sábado calorento e estão às voltas na cama sem conseguir dormir, o que fazem? Uns decidem ler, outros ver televisão ou ouvir música e há quem conte ovelhas Eu estive entretida a imaginar combinações de compotas até finalmente adormecer. E de manhã ao acordar, ainda antes do pequeno almoço, já estava de volta desta compota cuja combinação me tinha parecido perfeita na noite anterior. E não me enganei!

Ingredientes para cerca de 4 frascos (200ml cada):

800g de figos pingo de mel
400g de pêra (peso da fruta já descascada e arranjada)
1 vagem de baunilha
800g de açúcar

Preparação:

Numa panela coloque os figos com a pele e partidos em pequenos pedaços, bem como a pêra. Junte o açúcar e a vagem de baunilha aberta ao meio. Misture bem e leve a lume brando mexendo de vez em quando. Deixe o doce cozinhar até atingir o ponto de estrada (para saber se já está em ponto de estrada: coloque um pouco de doce num prato e passe-lhe com o dedo ou a ponta de uma faca. Se abrir uma "estrada" que não se feche de imediato, o doce está pronto.)
Passe o doce com a varinha mágica (tire a vagem de baunilha primeiro) e coloque-o ainda quente em frascos de vidro previamente esterilizados e bem secos e tape-os bem. Ponha-os depois de cabeça para baixo de modo a criarem um vácuo natural e assim se conservarem mais tempo. Depois de frios guarde-os num local fresco e seco - como uma despensa ou armário.

Bom Apetite!

19 comentários:

  1. tenho tantos figos na figueira...ach que vou imitar esta receitinha. nao gosto muito de doce de só figo!!

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Mas que doce com tão bom aspecto amiga,adorooooo jinhoss

    ResponderEliminar
  3. Estou cheia de inveja: Já tentei fazer doces antes, mas deixo sempre passar o ponto certo e, em vez de compotas, saem-me sempre pirulitos. Da última vez a tentativa foi geleia de cereja e começou a ficar duro assim que tirei do lume. Resolvi enrolar papel vegetal em cone, deitar o "doce" lá para dentro, coloquei uma palhinha no meio e ficou mesmo um rebuçado...
    quanto tempo, mais ou menos, tem de ficar no lume até ao ponto de estrada? E tem de ser sempre lume brando, não é?

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que não sou a única a pensar em comida quando tenho insónia! Mas que grande ideia esta tua! Deve ser uma maravilha! Pena não ter uma figueira...seria o seu destino mais certo!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo10:24

    Deve ser deliciosa esta compota!! Gostaria de saber, tal como a Isabel do coment. anterior, quanto tempo tem de ficar no lume até atingir o ponto de estrada (+/-). E se tem de ser cozinhado em lume brando e estar sempre a mexer.
    Mais uma vez OBRIGADA pela sua ajuda diária nas refeições da minha casa.
    A.Neto

    ResponderEliminar
  6. Esta quantidade de doce, em lume brando demora cerca de 1 hora a 1h30 a atingir o ponto. Não é preciso estar sempre a mexer, mas de vez em quando. É preciso ir tomando conta e não nos esquecer-mos dele.
    espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
  7. Q aspecto fantástico!! Adoro figos :)
    Gostava de lhe perguntar o que acha de fazer compotas na MFP???

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito de figos.pena que por aqui seja difícil encontrá-los saborosos. Estou encantada com as tuas compota. E ainda mais de imaginar que foi resultado de uma noite de 'maquinação'.

    ResponderEliminar
  9. Tenho muitas peras rocha. Será que servem, ou é preferível peras mais sumarentas e perfumadas?

    ResponderEliminar
  10. O resultado dessa insónia ficou perfeito!!!
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  11. Duas frutas que eu aprecio numa só compota... acho bem :)

    ResponderEliminar
  12. Boa combinação, duas frutas óptimas.
    Obrigado pela sugestão!
    Miguel
    http://cozinha-sem-tabus.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Tenho mesmo de experimentar! Deve ser tão bommmmmmmmm!

    bjos

    ResponderEliminar
  14. Bem eu outro dia também não dormia e deu-me para planear mudar os quartos cá de casa .
    No outro dia foi dito e feito,só faltam os retoque finais que ficam para a proxima insonia.
    Gostei muito das tuas receitas e vou fazer a do tomate e dos figos
    Obrigado pela sugestão

    ResponderEliminar
  15. Dulce16:34

    Estou tentada a fazer esta compota mas fiquei com uma dúvida: se usar essência de baunilha, será que o resultado é o mesmo? Ou terei mesmo que comprar uma vagem de baunilha? É que tenho lá um frasco de essência quase cheio...

    ResponderEliminar
  16. Bem acabei agora de fazer a minha compota igual à tua, agora só falta saber como ficou!~
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. A época dos figos está de volta...também já fiz doce de figo e pêra...fica delicioso...mas agora tenho tantos figos que é mesmo só de figo mas para cortar um pouco, o doce do figo acrescento uma ou 2 laranjas e/ou limão cortados em rodelas muito fininhas ou só umas tirinhas da casca, fica muito bom.....parabêns pelo site....

    ResponderEliminar
  18. Esta compota fica tão gulosa :D
    Acho que a minha ficou um pouco doce demais. Usei figo que já estavam mesmo muito madurinhos, talvez por isso. Dai usa-la bastante numa outra receita daqui, com queijo de cabra.
    Já tenho feito algumas compotas, umas acerto melhor no ponto estrada do que outras. Nesta por acaso ficou um pouco antes da estrada.
    É possível/aconselhável, leva-la novamente ao lume? Como não ferveu bem, tem alguma tendência para ficar com uns bocadinhos de bolor. Nada que não se tire e se coma à volta :p

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin