terça-feira, Setembro 21, 2010

Compota de Pêra e Ameixa com Especiarias e Amêndoas

Mais uma compota que saiu desta cozinha! Desta vez com as pêras e as ameixas que estavam a ficar demasiado maduras. E como tudo se deve aproveitar lá se fez mais uma.
Em vez de usar açúcar branco, acabei por usar açúcar amarelo... Deixei acabar o açúcar cá em casa e nem tinha reparado. É o que dá nem eu nem o M. usarmos açúcar em nada, a não ser para cozinhar!

Ingredientes para 4 frascos pequenos:

500g de pêra (já arranjada)
500gr de ameixas (já arranjadas)
700gr de açúcar amarelo
1 colher de chá de mistura de especiarias (usei canela, cravinho, cardamomo e gengibre)
sumo de 1/2 limão
75 g de amêndoa laminada

Preparação:

Numa panela coloque a pêra e as ameixas partidas em pequenos pedaços. Junte o açúcar, o sumo de limão e as especiarias. Misture bem e leve a lume brando mexendo de vez em quando. Deixe o doce cozinhar até atingir o ponto de estrada (para saber se já está em ponto de estrada: coloque um pouco de doce num prato e passe-lhe com o dedo ou a ponta de uma faca. Se abrir uma "estrada" que não se feche de imediato, o doce está pronto.)
Passe depois o doce com a varinha mágica, junte as amêndoas e deixe ferver mais 2 minutos. Coloque-o ainda quente em frascos de vidro previamente esterilizados e bem secos e tape-os bem. Ponha-os depois de cabeça para baixo de modo a criarem um vácuo natural e assim se conservarem mais tempo. Depois de frios guarde-os num local fresco e seco - como uma despensa ou armário.

Bom Apetite!

20 comentários:

  1. Mais uma combinação deliciosa!!!
    Babette

    ResponderEliminar
  2. A cor está fenomenal, e esse toque das amêndoas é perfeito!

    ResponderEliminar
  3. Sónia11:03

    Deve de ser delicioso.
    Eu utilizo sempre açucar amarelo nas compotas, manias minhas.
    Sónia

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:38

    Olá,

    Sou sua seguidora há já algum tempo e já experimentei algumas das suas receitas, além de gostar bastante das suas dicas.
    Comecei a experimentar as compotas/doces, já fiz a de tomate com pau de canela e casca de limão, que ficou uma delicia e toda a gente elogiou, mas a semana passada tentei fazer a de abóbora, canela e casca de laranja. O cheiro é divinal e o sabor também mas algo correu mal porque depois de arrefecer ficou muito rija, estilo pedra...resultado foi fora
    :(. Não percebi o que correu mal, será que deixei passar do ponto de estrada. Já lhe aconteceu isto alguma vez?

    Obrigada e continue com as suas receitas e dicas. Esta compota tem um aspecto delicioso mas agora até tenho receio de continuar com as minhas aventuras nas compotas...

    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que pena, podia ter deitado e volta ao tacho e juntar um pouco de água e sumo de limão e mal fervesse desligava e repetia o processo de pasteurização. Fica boa na mesma!

      Eliminar
  5. Adorei este docinho.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. que beleza, deve ter ficado com um sabor delicioso

    ResponderEliminar
  7. Está oficialmente aberta a época das compotas!
    Eu costumo sempre usar açúcar amarelo para as compotas, por isso tenho a certeza que esta ficou muito boa.

    ResponderEliminar
  8. Cara Sandra:

    Provavelmente deixou passar o ponto no doce de abóbora e por isso ele ficou muito rijo. Para a próxima não deite o doce fora e volte-o a colocar na panela juntamente com um pouco de água. Deixe ferver e tente desta vez não deixar passar o ponto.
    Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
  9. Que combinação deliciosa.
    Adorei.
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo17:56

    Pena ter deitado o que ficou rijo fora...pelo menos se voltar a acontecer, espero bem que não, já sei como corrigir.

    Obrigada pela ajuda e dica.
    Sandra

    ResponderEliminar
  12. Que delicia!! Nham, nham

    ResponderEliminar
  13. Que delicia!!!

    Estou a fazer um passatempo no meu blog subordinado
    a temática da cozinha tradicional portuguesa!
    Participa!
    http://cincosentidosnacozinha.blogspot.com/2010/09/semana-da-cozinha-tradicional.html

    ResponderEliminar
  14. É a primeira vez que entro em seu blog.
    Adorei, estou aqui do Brasil curtindo cada receita, me inspirei para testar uma, depois te conto como ficou.

    ResponderEliminar
  15. Estou viciada neste blog! Vou experientar esta receita, só não conheço o cardamomo...

    ResponderEliminar
  16. Já agora, uma pergunta: como usou o cardamomo, até porque diz que triturou tudo? Eu uso muito cardamomo na cozinha ( assim como gengibre fresco), mas por vezes não sei se devo usar a vagem inteira ou abri-la e usar só os grãozinhos. Como fez aqui? Porque o gengibre eu uso, ralado, no doce de abóbora, juntamente com casca de laranja também ralada. Aguardo a sua resposta e agradeço a simpatia.

    ResponderEliminar
  17. Cristina12:22

    Já fiz, mas sem amêndoa e só com canela e cravinho, porque não tinha as outras especiarias em casa. Nunca usei cardamomo e não o encontro nos meus locais usuais de compras...
    Não tirei a casca à ameixas. Acho que é por isso que o doce fica com um toquezinho de acidez, mas eu gosto muito.
    Obrigada, Joana! A receita é ótima!

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin