sexta-feira, setembro 02, 2011

Licor Caseiro de Cerejas

O que partilho aqui hoje, já foi preparado em Junho, na altura em que as cerejas encheram a minha cozinha. E como eram tantas, para além de termos comido muitas resolvi continuar os meus preparativos para o Natal. Resolvi então preparar um licor caseiro de cerejas usando um rácio muito simples que a minha avó me ensinou. O único obstáculo que tive foi com o alcool a utilizar. A minha avó falou-me em aguardente (preferencialmente caseira).Como não tinha aguardente para utilizarde utilizar, e após algumas pesquisas, descobri que podemos usar a vodka como base e em substituição da aguardente. Foi o que fiz.
Passado quase 3 meses, tenho um lindo licor de cerejas devidamente engarrafado e etiquetado, prontinho para colocar em alguns dos meus cabazes de Natal.
Apesar de ter feito com cerejas, segundo a minha avó podemos utilizar outro fruto como amoras silvestres, morangos, alperces, ou até cascas de tangerina, limão ou laranja, pau de canela, grãos de café... É uma questão de inventar, experimentar e testar!

Ingredientes:

1 medida de açúcar
2 medidas de cerejas (usei com caroço)
3 medidas de vodka

Preparação:

Num frasco (ou qualquer outro recipiente de vidro e com tampa) devidamente esterilizado, colocar todos os ingredientes e agitar bem para misturar. Guardar num sitio fresco e escuro como uma despensa e, durante os primeiros dias ir agitanto para ajudar a dissolver o açúcar. Deixar repousar cerca de 2 meses.
Ao fim desse tempo coar o licor para garrafas (eu esterilizei as minhas e deixei sacar bem) e está pronto a consumir.

Bom Apetite!

36 comentários:

  1. Teoricamente a melhor vodka é a tridestilada.
    O licor é uma receita simples, sem nada de complexo, agora é esperar o resultado.

    ResponderEliminar
  2. É simples essa maneira de se medir as quantidades.Ainda se vai a tempo de fazer uns licor para os cabazes é só escolher a fruta.
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:46

    Como as coisas se estão a por, acho que vai ser a única pessoa do país a dar presentes este Natal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:47

      Mauzinho com humor negro.

      Eliminar
  4. Olá Joana
    Eu apesar de não ter nunca tido uma tradição, goste de fazer muita coisa em casa. Os licores cehgaram à minha vida depois da mina Amiga Grace me dar a provar o licor de canela que ela tão bem faz. Assim tenho feito imensos desde o ano passado. Neste momento estou a fazer de amora e brevemente vou fazer o de tangerina. Eu comprei aguardente e faço com acucar amarelo. Muitos sucessos Celia Ribeiro

    ResponderEliminar
  5. É uma excelente bebida sem álcool.
    As garrafas ficaram muito giras.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:33

      Ó Tixa, então os licores são preparados sem álcool?
      Se pensa isso e gosta de licores, tenha cuidado com a condução de viaturas pois corre dois riscos: o de apanhar uma coima pesada e, pior ainda, de sofrer um acidente rodoviário.
      E quem dá "beijinhos" não merece que lhe suceda coisas más!

      Eliminar
  6. Olá Joana!

    Sigo religiosamente o seu blog e sou fã! Muitos parabéns pelo seu incrível talento e pelo imenso amor com que faz as suas coisinhas. Pedia-lhe que me dissesse onde encontrou as garrafinhas por favor. já procurei em montes de lugares e nada encontrei e as suas estão lindas.

    Muito obrigada por partilhar connosco.
    beijinhos e muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  7. Vou experimentar! Fácil de fazer!

    ResponderEliminar
  8. Adoro o blog! Com receitas sempre fáceis de fazer, esta e exemplo disso, adoro o livro, parabens!
    Eu tambem tenho muita dificuldade em encontrar tantos os fracos para as compotas como as garrafinhas, pedia-lhe se podia indicar-me onde arranjar.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13:55

      Fracos para as compotas, serão quem?
      Talvez os disbéticos, não?
      Felizmente, por mim, sou dos fortes, dou cabo de todas as comportas, digo, comporto-me muito mal com todas as compotas e licores.

      Eliminar
  9. Onde compraste as garrafinhas... são tão lindas. tb queria assim umas para o meu licor...

    http://vnonnie-avidaebela.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:07

      Gostaria de saber qual a equivalência das medidas que menciona na receita,traduz-se por chávena,copo...Obrigada!

      Eliminar
  10. Onde conseguiu arranjar essas garrafinhas? Tenho andado a calcorrear as ruas de Coimbra, entrando em tudo quanto são chineses e lojas de "quinquilharia" à procura de garrafinhas bonitas e baratinhas para colocar os meus licores para oferecer.
    O Seu blog e o livro têm sido uma inspiração e assim, finalmente, regressei à cozinha! Felicidades.

    ResponderEliminar
  11. Olá!

    Parece ser óptima, eu ando há imenso tempo para preparar licor de café, acho que vou usar esta base =)

    Algum conselho sobre a quantidade de açúcar a utilizar?
    Vou manter a mesma relação, ah e penso que troco a vodka por aguardente, não deve fazer diferença em termos do rácio da receita pois não?

    Beijinhos e obrigada por todas as fantásticas receitas que partilha! =)

    Hoje também vou fazer a sangria de lambrusco rosé ;)

    ResponderEliminar
  12. As garrafinhas foram compradas numa loja chinesa (Já vos disse que encontro lá imensas coisas engraçadas a preços muito convidativos - cada garrafinha custou 0,75€).
    Quanto aos frascos, não costumo comprar - aproveito os frascos todos ao longo do ano: de azeitonas, pickles, molhos diversos...Além disso a minha cunhada D. e a minha amiga C. guardam os frascos para me dar porque já sabem que cá em casa têm muita saída.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:23

      as garrafas, podem ser compradas no armazem da marinha grande. em lisboa , Rua de s Bento, perto do parlamento, é onde compro. as restantes lojas deles n têm ..

      Eliminar
  13. Adorei!! Onde comprou as garrafinhas?? :)

    ResponderEliminar
  14. Tem tudo para ser um excelente licor. Eu fiz na semana passada um licor de alfarroba, que, quem me deu a alfarroba me ensinou a fazer. Agora espero que saia dali um licor de excelência! Vou ter que aguardar para ver e provar, claro! Bjokas

    ResponderEliminar
  15. Adoro licores, é sempre daquelas coisas que fica bem quando recebemos visitas...

    BJOS

    ResponderEliminar
  16. Eu estou a fazer licor de amoras. :P

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Uma óptima sugestão para presentear a família ou um amigo. Basta esperar dois meses e está pronto a oferecer. Boa sugestão!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo15:53

    Comprei umas garrafinhas em vidro de cores maravilhosas numa loja de utilidades no Campera Outlet.
    Estava tudo com preços de arrasar, não chegou a 1 euro cada uma...
    Vão ficar maravilhosas cheias de licor...

    ResponderEliminar
  19. Anabela16:25

    Curiosamente nunca tinha feito licor até este ano porque apanhei 3 Kgs de amoras com o meu filho
    :-). Mas a receita da minha mãe diz que vai ao lume ferver uma hora aprox... Fiz tb doce das restantes amoras que ofereci a algumas colegas (apenas uma pequena amostra) e foi um sucesso. Parabens pelo blog...

    ResponderEliminar
  20. Olá Joana,

    Eu tenho comprado os frascos e garrafas nesta loja:

    www.vetromarim.com

    Eles enviam por correio ou na loja em Loulé, os preços são em conta.

    ResponderEliminar
  21. Adorei a sugestão! Agora cm já ñ tenho cerejas, é mt provável q experimente c outro ingrediente :)

    ResponderEliminar
  22. Uauuu, aqui também se aprende a fazer licores? Gostei muito :)

    ResponderEliminar
  23. Adoro licores, principalmente os caseiros :) Ca em casa é mais comum o de tangerina, mas este de cereja deu-me vontade de o experimentar ^^

    ResponderEliminar
  24. Avental do Gourmet01:26

    Vodka é de facto excelente, e fiz no ano passado precisamente um licor de cerejas com vodka. Outro álcool ainda melhor é o whisky normal ou de malte (melhor este). O Lidl vende estas bebidas a bom preço, e utilizo o mais velho, 12 anos, para licores mais delicados.

    ResponderEliminar
  25. Nunca me aventurei a fazer licor, contudo já me senti várias vezes tentada a fazê-lo.
    Acho que é possível fazer licor com tudo, inclusivé babtata...

    ResponderEliminar
  26. Anónimo20:10

    olá,
    costumo fazer apens ginjinha. experimentei hoje fazer este com vodka.obrigada pela dica.
    será que dá para fazer com gin em vez de vodka?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Creio que não dá para fazer com gin porque o gin tem um sabor muito característico que ia passar para o licor. Ao contrário da vodka que é bastante mais neutra e por isso aconselhada.

      Espero ter ajudado,
      Joana

      Eliminar
    2. Anónimo14:10

      As nossas aguardentes não têm nada que as vença em paladar e força para extrair os odores e sabortes das frutas.
      É um mundo maravilhoso este dos licores e compotas.
      Como a culinária em geral, é uma arte que nos oferece um vasto universo de possibilidades de experimentar e esperar os resultados para alterar e melhorar e, enquanto isso, retiramos o prazer de os tomarmos e comunicarmos com os amigos.
      Ainda, se acrescentarmos veneno, também dá para comunicarmos com os inimigos.
      Cuidado, estou a brincar e não deve experimentar fazer isto em casa.

      Eliminar
  27. Anónimo22:31

    oi amigos :
    sou de Resende e é tradicional aqui fazerem licor de cereja. ha por ca uma receita que precisa :
    1 litro de agua fervida 20 mn em lume brando com 350g de açúcar.
    depois é so juntar ao conteúdo obtido da bagaceira com cerejas em maceração durante um mês e coar bem com Vodka nunca fiz mas vou tentar sim.... obrigao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:08

      Hello! Pode-me dar a receita e as quantidades? As cerejas não ficam enrugadas?

      Eliminar
  28. Anónimo11:04

    Olá, quanto ao licor de cereja, alguém me diz como fazer para manter as cerejas na aguardente sem ficarem murchas?

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin