Mac and Cheese com Hokkaido e Salva


O outono é a altura das abóboras, dos marmelos e das castanhas. Das  couves, dióspiros, batata doce, pastinacas, alcachofras de jerusalém, pêras, maçãs, nozes e cebolas.
Todas estas coiss passaram pela minha cozinha nestes últimos dias. Houve novamente uma tatin de maçã, com maçã reineta, uma salada de quinoa com espinafres, frango e alcachofras de jerusalém, uma sopa de pastinacas e feijão branco, um hummus de abóbora e grão de bico, castanhas assadas e migas de couve. A horta e o mercadinho biológico, contribuem para comermos cada vez mais as coisas da época, e não as coisas de sempre em qualquer altura do ano.
Gosto desta aventura que é cozinhar com aquilo que há em cada semana, ao invés de cozinhar quase sempre as mesmas coisas. Em vez de curgetes, tenho agora usado o chuchu na base das sopas. Em vez de brócolos e couve flor, temos comido mais espinafres e couve. Há agora muitas maçãs, citrinos e pêras e é a altura das castanhas. Há marmelos e abóbora e fazem-se agora dos doces e as compotas típicos do outono.
É maravilhosa a abundância que cada estação nos dá.
E vocês, que receitas têm feito com os frutos e legumes desta estação? Em que se têm aventurado?
Por aqui fica uma massa gratinada com queijo e abóbora. Porque não?

(E relembro os workshops de Cabazes de Natal: 
Em Coimbra será já dia 15 de Novembro na Quinta do Ribeiro em Antuzede - Coimbra, pelas 15h30 e poderão inscrever-se ou informar-se através de workshopquintaribeiro@outlook.com

No Porto será nos Workshops pop-up, na Rua do Almada dia 29 ou 30 de Novembro, pelas 15h e poderão inscrever-se ou informar-se através de info@workshops-popup.com)


Ingredientes para 2 pessoas:

150g de massa curta (penne, cotovelos ou outra)
150g de abóbora hokkaido (ou manteiga)
100g de queijo mozarella ralado
100ml de natas ligeiras
folhas de salva q.b.
sale pimenta q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Corte a abóbora em fatias e coloque-a num tabuleiro que possa ir ao forno Se usar abóbora hokkaido, poderá cozinha-la com casca uma vez que esta nesta variedade de abóbora a casca pode ser consumida, pois depois de cozinhada fica macia tal como a polpa. Tempere a abóbora com um fio de azeite e sal e deixe cozinhar em forno previamente aquecido até ficar macia.
Entretanto coza a massa em água temperada de sal.
Assim que esteja cozinhada escorra-a e volte a colocar na panela onde a cozinhou. Acrescente a abóbora em pedaços pequenos, o queijo e as natas, tempere com um pouco de pimenta e com algumas folhas de salsa e envolva bem.
Divida a mistura por pequenos recipientes que possam ir ao forno e polvilhe com um pouco mais de queijo.
Leve a gratinar em forno previamente aquecido a 180ºC durante alguns minutos.
Sirva com uma salada verde.


Bom Apetite!



12 comentários :

  1. Anónimo09:55

    Cada estação do ano tem os seus produtos no seu melhor. Para mim, a batata doce sabe melhor nesta altura, as maçãs e peras cheiram e sabem bem, as castanhas e as abóboras, os dióspiros. Curiosamente, é nesta altura que encontro na praça próximo de casa, as goiabas e abacates do Algarve, a metade do preço dos supermercados, a fazer companhia às anonas e romãs. As couves gostam de frio e são mais saborosas agora, os nabos com rama estão viçosos e lindos. Os citrinos sabem bem nesta altura. Apesar deste ano não ter sido muito bom para a minha amostra de horta e árvores de fruto, ontem colhi umas laranjas e chuchus do quintal, e o cheiro das laranjas lembra-me o Natal. Estou a aventurar-me com os marmelos, noutra preparações que não doce/marmelada, tipo bolos e mesmo como acompanhamento de carne. Vale a pena aproveitar os frutos e legumes, em receitas para além do normal, pois há uma infinidade de combinações. Gosto destas inspirações, Joana! Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sara,
      É realmente muito melhor - a todos os níveis, eu acho - comermos o que é da época. E é um exercício muito interessante tentar encontrar novas formas de combinar esses ingredientes e experimentar novas receitas.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  2. Que ótimo aspeto!
    Cris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cris,

      Posso dizer que foi um dos melhores pratos de massa dos últimos tempos.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. - Aqui é tempo de xuxus, além de muitas coisas que já referiste. Eu tenho guardado tudo o que gosto no congelador como durante o verão para ir usando. Quando não gosto de algo dou a quem seja mais criativo e faça lindas receitas ( a minha mae ) hahah :)

    Gosto muito das tuas sugestões . Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marcia Leonor.
      E eu também congelo imensas coisas para depois ir usando fora da época.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Anónimo22:52

    E saiu esta receitinha ao jantar.. tinha abóbora ja arranjada para compota (natal natal estas mesmo ai a chegar) e esta receitinha veio mesmo a calhar.. não tinha salva... usei coentros.. e acrescentei queijo parmesão... delicioso... obrigado pela partilha Joana.
    Beijinhos,
    Catarina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina,

      Ainda bem que gostou. Uma forma diferente de usar a abóbora.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. Una receta maravillosa, se ve riquisima. Tomo nota de ella.
    Acabo de hacerme seguidora tuya y me quedo por aqui, si te viene de gusto te pasas por mi blog.
    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. La casa de Lalaina,

      Obrigada pela visita.

      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Anónimo12:16

    Por cá também comemos o que a época nos dá. Com os marmelos têm-se feito assados, para acompanhar carne e também um crumble maravilhoso de marmelos e sementes (abóbora, linhaça, chia, bagas goji) com farinha integral que foi a sobremesa oficial do fim de semana. As abóboras dão para as sopas e assada para acompanhar. Ando também a pensar usa-la numa salada quente com quinoa. Laranjas, tangerinas e maçãs são a fruta do dia a dia. Couve é na sopa, é no arroz, na massa, é salteada, é cozida, é estufada com grão de bico!!!!
    O Verão tem muita fruta boa, tem as esplanadas o calor... mas o Outono e o Inverno também têm sabores, cores e cheiros maravilhosos, têm a comida reconfortante e claro o NATAL!
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta,

      Mas isso é mesmo o que as estações têm de melhor. Comer as abóboras no tempo delas. E os morangos e os pêssegos docinhos no verão. Faz tão mais sentido assim... esperar que venha a estação e começar a encontrar as coisas das suas épocas nos mercados, esperar ansiosamente pelas castanhas e pelos marmelos....
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar

Imprimir