Queijo de Iogurte (Labna)


Desde que vi este “queijo” num dos livros da Donna Hay, que experimentei e fiquei fã. Passei a fazer algumas vezes e gosto de usar isto para barrar torradas e depois juntar um pouco de mel ou maple syrup e alguns frutos secos.
Uso também para fazer uma espécie de moesse com frutos vermelhos ou moesse de limão com lemon curd.
Fica igualmente saboroso com raspa de limão e ervas aromáticas barrado no pão e servido com fatias de abacate e camarão cozido, como uma entrada ou refeição ligeira.
Podem ainda usar para servir a acompanhar  bolos mais secos, como se fossem natas, ou em triles, cheesecakes e panquecas.
A receita é extremamente simples, a sua utilização muito versátil e eu, que já faço isto há algum tempo nunca me tinha lembrado de colocar aqui a receita por achar demasiado básica. Depois de uma conversa com alguém que não gosta de queijo creme e me pediu um substituto e em que falamos do queijo de iogurte - conhecido como Labna no médio oriente - percebi que esta receita poderá ser de utilidade para outras pessoas.
Aqui fica. Acho que o fim de semana que se avizinha é a altura certa para porem em pratica e se aventurarem a fazer este queijo.

Ingredientes:
(in “Fresh and Light - Donna Hay”, página 176)

1kg de iogurte grego natural (usei a versão com menos gordura)
1 colher de chá de sal

Preparação:

Misture bem o iogurte com o sal.
Coloque depois a mistura num pano limpo e fino de cozinha ou, preferencialmente numa gaze ou musselina, puxe as pontas para cima e aperte com fio de cozinha, de modo a ficar com uma “bola”.
Pendure depois a bola de iogurte do modo a que possa ficar a escorrer, sem tocar em nada e coloque uma taça por baixo. Deixe ficar assim cerca de 8 a 12 horas (durante a noite, por exemplo) até que fique firme.
Use como se fosse um queijo creme, para cheesecake ou outras preparações, ou barrar no pão. Experimente com mel e frutos secos. Poderá ainda, depois de ter o queijo pronto, juntar raspa de limão, ervas aromáticas, especiarias e gosto e servir como um dia.
Guarde até uma semana numa caixa hermética no frigorífico.


Bom Apetite!

26 comentários :

  1. Anónimo10:12

    Um boa sugestão! Gosto de queijo fresco batido/quark, mas não aprecio o queijo creme por ser muito doce. Vi recentemente uma receita deste género na página da Clara de Sousa (receitas), e fiquei curiosa. Agora é só comprar o iogurte grego e colocar mãos à obra...Um bom fim de semana, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:02

      estava a pensar onde ja tinha lido isso, e foi sim no livro 2 da clara de Sousa!

      Eliminar
    2. Sara,
      Espero que experimente pois fica realmente muito bom.
      Fiz tal qual está no livro da Donna Hay e resultou na perfeição!
      Um beijinho, Joana

      Eliminar
    3. Por acaso ainda não tenho o novo livro da Clara de Sousa, mas esta receita foi retirada de um livro já não muito recente da Donna Hay, conforme está referenciado na receita.
      Joana

      Eliminar
  2. Que excelente sugestão!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marta.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  3. Joana, o labane também é excelente se misturar pepino ralado, alho picado, azeite, e sal e pimenta a gosto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela dica!
      É realmente muito versátil e dá para imensas coisas!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  4. Que maravilha! Vou experimentar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimente Sandra!
      Vai ver como é versátil e delicioso!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  5. que interessante Joana! Irei experimentar, pois nunca tinha ouvido falar. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eunice,

      Experimente e depois venha contar.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  6. Pois vou seguir a sua sugestão e aproveitar o fim de semana para pôr em prática esta receita tão original.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss Smile.
      Desde que fiz a primeira vez que fiquei fã. Já fiz várias vezes e fica sempre bem!
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  7. Uma excelente sugestao!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Dani.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  8. que boa sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou Susana.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  9. Olá Joana, primeiro de tudo desejar-lhe um bom ano!!! Boa sugestão, mas diga-me por favor o que faz ao "soro" que fica na taça? Aproveita para alguma coisa? Obrigada, beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria José,

      Este soro é quase uma espécie de buttermilk. Tenho aproveitado para usar em bolos, em substituição de leite, e em panquecas.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
    2. Obrigada Joana :)

      Eliminar
  10. Que aspecto delicioso Joana. Desconhecia este queijo de iogurte.
    Sem dúvida uma receita para experimentar. ;)
    Beijinho e Feliz Ano Novo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Célio,

      Experimenta qu fica muito bom e ºe giro de fazer.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  11. Anónimo01:22

    Uma pergunta: a "bola de iogurte" fica a escorrer dentro do frigorífico ou fora dele? Obrigada.
    Maria João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria João,

      Eu deixei a escorrer fora do frigorífico, mas o tempo também dá para isso. Se for preparado no verão acho que o melhor é mesmo deixar a escorrer no frigorífico.
      Um beijinho,
      Joana

      Eliminar
  12. Por gentileza onde comprar esse iogurte grego ? só conheço os pequenos do supermercado.

    ResponderEliminar

Imprimir