Pulled Pork com Maçã e Cebola Roxa na Slowcooker


Nesta questão das festas com muitas pessoas que vou fazendo aqui em casa tenho, nos últimos tempos, tirado imenso partido da slowcooker. Em primeiro lugar porque facilita a tarefa de cozinhar para muitas pessoas porque o faz praticamente sozinha, e depois porque tem a particularidade de manter a comida quente, o que é perfeito quando temos mais de 50 pessoas em casa e acaba por ser apenas ligar a panela e deixá-la ao alcance de todos para que se sirvam à vontade.
Pode não ser a coisa mais glamorosa do mundo, servir na panela, mas é muito p´ratico e útil, e ás vezes há pequenas coisas que devemos mesmo simplificar um bocadinho para ser mais fácil para todos.
Acabei a fazer esta receita para ser servido em pãezinhos, com salada e maionese de sweet chilli (maionese de compra mistura com molho sweet chilli de compra a gosto), mas também pode ser servido, para quem preferir, com batata frita de pacote e salada. Na festa deixei que cada um escolhesse como preferia. Montei uma “banca” com a panela ligada em “warm” (manter quente), os pães já abertos de um lado, a taça da salada e a da maionese, e ainda uma outra taça com as batatas fritas. O lema “keep it simples” sempre a dar cartas.
Acabei a fazer demasiada carne, mas congelei em doses para depois usar em wraps, empadas, crepes, empadão, lasanhas...

Ingredientes para 10 a 20 pessoas:

1 pá de porco com osso, com cerca de 2,5 a 3 kg
3 maçãs
2 cebolas roxas pequenas
sal e pimenta q.b.
2 folhas de louro

Preparação:

Descasque a cebola roxa e corte-as em meias luas não muito finas. Corte também a maçã em quartos, retire o caroço, mas deixe a casca. Coloque tudo no fundo da panela slowcooker. Por cima coloque a pá de porco e tempere-a bem com sal, pimenta  e as folhas de louro. Tape a panela, regule-a para slow, deixando cozinhar 8 horas.
Ao fim deste tempo a carne estará macia, a desfazer-se e a separar-se completamente osso e terá imenso líquido. Retire a carne e coloque-a num tabuleiro e leve-a ao forno previamente aquecido a 180ºC, 30 minutos,  apenas para dourar a superfície. Retire a carne do forno e com dois garfos desfaça-a em lascas. Reserve.
Retire as folhas de louro do molho e triture-o depois com a ajuda da varinha mágica até obter um molho grosso e cremoso. Coloque a carne desfiada novamente na panela juntamente com o molho e envolva bem. Mantenha quente até servir.

*Nota: Para que  não tem panela de cozedura lenta (fica a nota que a minha é uma panela do Aldi com capacidade de 6l e custou cerca de 30€) podem fazer no forno quase da mesma forma. Colocam no fundo de um tabuleiro as maças e cebolas, depois a carne e envolvem tudo muito bem com papel de alumínio para não deixar escapar vapor. Levam ao forno um mínimo de 4 horas a 150ºC. Se ao fim deste tempo a carne ainda não se estiver a desfazer deixem ficar mais uma hora até se separar, literalmente, do osso. Procedem depois da mesma maneira para finalizar a receita.


Bom Apetite!

2 comentários :

  1. meu Deus...meu sonho eh experimentar um prato feito por ti...nossa, eh muito amor em cada um deles...desde o mais sofisticado, ao mais simples...
    lindo lindo!
    deve de ter um sabor incrível...
    amo te ver cozinhar...

    arrasa sempre...
    sou sua fã
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:18

    Adoro este tipo de sugestão!
    Costumo fazer em versão "assado lento", quando asso a pá de porco.
    a carne apresentada desta forma rende "mais" e é uma forma mais prática de servir várias pessoas.
    Embora não seja bonito servir da panela, há alturas em que tem que ser assim, ainda mais com a funcionalidade da panela de manter quente.
    Fico com a sugestão, pois mais um pouco voltamos à "epoca" dos assados, e ideias são sempre bem vindas.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar

Imprimir