sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Carne de Porco no Caçoilo

Ninguém poderá imaginar o cheirinho que esta carne deixou em minha casa. E como me soube bem comer isto. Comida muito simples e muito tradicional. É claro que se fizerem isto num tacho normal, perderá metade do sabor.

Ingredientes para 2 pessoas:

500gr de carne de porco partida em cubos não muito pequenos (rojões)
1/2 chouriço de carne de boa qualidade (opcional)
1 dl de azeite (ou banha de porco)
2.5dl de vinho branco
6 dentes de alho
sal e pimenta
1 colher de sopa de massa de pimentão
2 folhas de louro
1 colher de chá de colorau
1 malagueta seca

Preparação:

Tempere a carne de porco com sal, pimenta, os dentes de alho esborrachados, a massa de pimentão, as folhas de louro partidas em bocados, a malagueta, o colorau e o vinho branco.
Tape e deixe ficar assim temperado por um mínimo de 24 horas no frigorífico.
Leve depois uma caçoila ou caçarola de barro ao lume com o azeite ou a banha. Deixe aquecer e junte a carne de porco bem escorrida da marinada, bem como os alhos esborrachados e o louro, e deixe fritar em lume brando. (No meu caso a carne demorou entre 1 hora a 1h30, no lume mais pequeno e no mínimo - isto é um passo muito importante para a carne ficar frita e macia - não tentem cozinhar a carne depressa demais, pois o resultado não será o mesmo!)
A meio da cozedura, junte as rodelas de chouriço e deixe continuar a cozinhar.
Quando a carne estiver a começar a ficar dourada e com pouco líquido (cerca de 1hora, a 1h30 depois) junte a marinada, aumente o lume e deixe ferver até reduzir.
Sirva no caçoilo com grelos cozidos e umas batatas fritas para os mais gulosos.

Bom Apetite!

14 comentários:

  1. Anónimo10:15

    Na "minha terra", lá para os lados de Castelo Branco, chama-se serrabulho e leva fígado em vez do chouriço.
    É dos pratos mais delíciosos (no top 5) que a minha mãe faz!
    Obrigada pelo Blog!

    Ana

    ResponderEliminar
  2. Parece ser mesmo uma delícia!! E por falar em delícia... lá em casa o jantar de ontem foi o teu Frango á Florentina e só posso dizer uma coisa: MARAVILHA!O meu marido também simplesmente adorou! Uma receita tão simples e tão saborosa! Já agora, aproveito para dizer que acabei de criar o meu próprio blog de culinária em https//bonspetiscos.blogspot.com. Ainda não postei nenhuma receita, mas quero ver se será em breve; falta aprender a postar as fotos!Ooops!Eheheheheh! Espero que depois também me visites!! Um grande beijinho e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. Delícia bem tradicional! Foto deliciosa!!!

    ResponderEliminar
  4. A tradicição sempre tem lugar em qualquer mesa e esta receita tão saborosa é um exemplo.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  5. como sempre fiquei a babar com a receita...
    com a receita e com a foto...

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia esse recipiente de cozinhar, é tipico de onde?
    Uso bastante o tacho de barro para este tipo de comida, esta está mesmo de deixar água na boca, comigo podia ser com os grelos e com as batatas, e já agora também com pão caseiro para o molho.

    Beijocas e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  7. MARAVILHOPSA A TUA CARNE PARACE MESMO ALENTEJANA UM BEIJO. NATÉRCIA:))

    ResponderEliminar
  8. Realmente não consiggo imaginar o cheirinho e o sabor!!!...mas posso te dizer que tb não consegues imaginar a minha cara a olhar para a foto :)... do estilo boa aberta a começar a salivar e a pensar..."my god que aspecto"....

    adorei esta carne e este domingo não...mas para o próximo vou fazer cá em casa....

    bjcas

    ResponderEliminar
  9. É verdade, as panelas normais deixam a desejar...

    ResponderEliminar
  10. minha avó tb faz isso com calda de pimentao feito por ela. sabe muito muito bem :-)

    ResponderEliminar
  11. Eu até lhe sinto o cheirinho delicioso! Tão bom...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. o barro deixa mesmo um gostinho muito especial na comida... adorei essa receita ;-)

    ResponderEliminar
  13. Meus Deus! Nunca tinha ouvido ninguém referir-se ao caçoilo sem ser os da minha familia. Não sei se tb tens origens tránsmontanas mas eu sim e das recordações do palato mais presentes é sem dúvida das comidinhas feitas no caçoilo, hum.....Que ainda hoje faço para relembrar, há tb uma outra que não consigo encontrar o ingrediente principal na aldeia da minha mãe chamam palhada mas sei que há em chame casulo, é a vagem de feijão seca que depois se põe demolho como o feijão seco.
    Bem qt a esta carne do caçoilo está tem ar de deliciosa!
    bjs

    ResponderEliminar
  14. Anónimo10:40

    Receita maravilhosa! Foi o nosso jantar de ontem e todos adoraram. Obrigada!

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin