quarta-feira, Junho 22, 2011

Pavlova com Queijo-creme e Morangos

A primeira pavlova que fiz, foi depois de ver um programa da Nigella Lawson. Como sempre, parecia tão simples, tão delicioso e guloso que não resisti. E assim que tive a primeira oportunidade de a preparar assim fiz. E tornou-se uma sobremesa mais ou menos constante à mesa - é optima para aproveitar claras que sobram de outras preparações e é realmente simples e vistosa.
Entretanto, quando andei viciadíssima no Masterchef Australia, a pavlova voltou a aparecer num desafio do programa, desta vez pela mão da Donna Hay. E, ao contrário da receita da Nigella, esta ficava muito mais alta e perfeita. Anotei mentalmente que havia de a preparar, mas naquele momento só estava interessada em fazer maratonas de Masterchef para chegar depressa ao fim.
A semana que passou, depois de um zapping nocturno pelos canais de tv, reparei que estava a dar o Masterchef Australia e, estavam os concorrentes a fazer a tal pavlova da Donna Hay. Fiquei outra vez a ver e decidi que a havia de a fazer para o jantar de sábado.
A receita é simples, tão simples como a da Nigella - são praticamente iguais - mas a da Donna Hay tem passos mais específicos de temperaturas de forno, ponto das claras, adição do açúcar....Que é provavelmente a razão das diferenças no aspecto das pavlovas.
O meu desafio com esta pavlova não correu logo bem. A primeira pavlova ficou baixa (do tamanho da pavlova feita com a receita da Nigella - claras pouco batidas antes de adicionar o açúcar) e quando a tentei tirar do tabuleiro partiu em mil bocados e ficou completamente destruída. (Culpa minha que não a deixer arrefecer completamente!) Não desisti e fiz de imediato outra, depois de ler todos os comentários dos muitos leitores do site Masterchef Australia que também já tinham tentado preparar a receita.
A segunda pavlova ficou bonita, alta (mas não tão alta quanto a da Donna Hay) e fez uma sobremesa muito elegante. (Que também teve um pequeno desastre, pois colapsou um pouco com o peso dos morangos....) E ficou com a fantástica crosta crocante e o interior macio e firme.
Tal como dizem no Masterchef, no final resume-se tudo ao sabor e nesse departamento ficou óptima!

Ingredientes :
(receita da pavlova de Donna Hay para Masterchef Australia)

150ml de claras de ovo (cerca de 4 claras)
220g de açúcar
2 colheres de chá de amido de milho (Maisena)
2 colheres de chá de vinagre de vinho branco

200g de queijo creme à temperatura ambiente
1 colher de sopa de açúcar em pó
morangos q.b.
Preparação:

Ligue o forno r regule-o para 150ºC.
Bata as claras em castelo, mas não as deixe ficar demasiado duras. Acrescente depois o açúcar, aos poucos e poucos, batendo com a batedeira electrica entre cada adição de açúcar. As claras devem ficar completamente duras e muito brilhantes (Se não atingiu este ponto, nem vale a pena colocar a mistura no forno...)
Junte agora o amido de milho peneirado e o vinagre e mexa bem com uma vara de arames para envolver muito bem.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e desenhe um circulo com 18cm de diametro. Coloque as claras dentro desse circulo e com a ajuda de uma espátula molde as claras de modo a ficarem dentro do circulo e direitinhas, como se de um bolo se tratasse.
Coloque a pavlova no forno e reduza-o para 120ºC. Deixe cozinhar a pavlova durante 1h20 e evite abrir muitas vezes a porta do forno. Ao fim desse tempo desligue o forno e deixe-a arrefecer completamente lá dentro antes de a retirar.
Bata o queijo-creme com o açúcar em pó e coloque no centro da pavlova arrefecida. Decore depois com morangos e polvilhe com mais um pouco de açúcar em pó para decorar.
(Depois de fria a pavlova pode ser decorada como preferirem. Normamente com natas batidas e frutas frescas ou chocolate. Pessoalmente acho que fica optima com queijo-creme em vez das natas!)

Bom Apetite!

22 comentários:

  1. Isto de fazer uma pavlova tem que se lhe diga e resulta numa aventura que tanto pode sair bem como mal. Mas eu também confesso que fiquei tentada desde que vi a fazerem no Masterchef e claro agora a tua linda e perfeita pavlova Joana. Vou mesmo arriscar a fazer este fim de semana e olha que seja o que Deus quiser hehehe,

    beijinhos e obrigado por mais esta deliciosa partilha.

    ResponderEliminar
  2. Lindo fantàstico, parabens, mas olha amiga eu ando com uma grande duvida sobre esse queijo creme serà possivel se não for pedir muito que coloques uma foto desse tal queijo creme para eu ter uma ideia do que é realmente aqui?

    Obrigado se não a quiseres postar aqui podes ma enviar por mail para:
    porto27@noos.fr

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  3. Eu também vi e fiquei tentada a exprimentar e agora ao ver a tua ainda mais, ficou perfeita...

    ResponderEliminar
  4. Coincidência ou não vi esta receita também no Masterchef Australia esta 2.ªfeira e fiquei a babar para comer uma fatia daquele doce, mesmo que isso represente umas quantas calorias....afinal perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe. Vou testar a tua receita Joana e ver como corre. O teu livro e as tuas receitas estão a fazer furor lá por casa. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Joana :)
    Ficou fantástica! Todas as tentativas valeram bem a pena pois conseguiste fazê-la e está linda! O sabor...acredito que tenha ficado uma delícia... :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Curiosamente no sábado passado também andámos às voltas com a Pavlova da Donna Hay (http://niveladorees.blogspot.com/2011/06/onde-me-sinto-em-casa.html). Ela é uma inspiração. tal como a Joana. A alternativa do queijo creme parece-me uma ideia a ter em conta. Muitos parabéns pela apresentação.

    ResponderEliminar
  7. Ontem no MASTERCHEF fizeram Pavlova e fiquei entusiasmada a com vontade de experimentar.

    O seu está lindissimo

    bjs

    http://pimentinhasnacozinha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Daniela12:14

    Ai ai ai esse Masterchef é um pecado não tem dia que eu não veja e me sinta tentada a fazer alguma das receitas que lá apresentam... E eu sou mais uma que se rendeu aos encantos da Pavlova... Andava a tentar manter a cabeça ocupada para não pensar tanto em tentar com medo de correr mal e estragar ovos mas... ai.... pronto hoje vou tentar! Vamos ver no que dá... :)
    Bjinhos e parabens!

    ResponderEliminar
  9. Joana,
    ainda bem que não desististe e voltaste a fazer a pavlova, esta tem um aspecto lindo e o sabor faço ideia! :) beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Qual é a marca desse queijo creme e onde posso encontrar? Há tempos andei à procura para fazer uns pop cakes e não encontrei...

    ResponderEliminar
  11. Há quem chame ao queijo creme, queijo "Philadelphia" - que é apenas uma marca, ou queijo para barrar.
    Alem dessa marca a maioria dos supermercados tem à venda marca branca deste produto.

    ResponderEliminar
  12. Venho convidar-te para a minha festa:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.com/2011/06/2-aniversario-do-meu-refugio-culinario.html~
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Anónimo17:41

    Já fiz pavlova, mas não correu bem.
    Tenho algumas dúvidas: quantos minutos devem bater as claras antes de se juntar o açúcar? E depois? Será que dp de muito bater não ficam muito duras?
    E para que serve o vinagre nas claras? Não seria melhor pôr sumo de limão.
    Obrigada pela receita.

    Ana

    ResponderEliminar
  14. Que fome :p
    Adoro o teu blogue, foi dos primeiros que comecei a visitar.
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  15. Deve ser delicioso! Também vi na TV a receita e fiquei com vontade de esperimentar ;)

    ResponderEliminar
  16. Eu sou mais uma fã de pavlovas (e do MasterChef tb!). Quando me sobram claras, em vez de as congelar, por vezes, dedico-me a pavlovas. Não tenho tido azar. A maior parte das vezes, bato as claras na bimby, o que ajuda e muito. Mas esta última que fiz, foi mesmo de batedeira. Não estive com tanto pormenor e coloquei num tabuleiro a olho. Fiz ao fim da tarde e, por isso, deixei-a "dormir" no forno...
    De todas, a melhor pavlova que fiz é a de chocolate. http://manasecompanhia.blogspot.com/2010/05/pavlova-de-chocolate-ju.html
    bjs

    ResponderEliminar
  17. Também acompanho o Masterchef Austrália e vi a pavlova. Fiquei com curiosidade em experimentar. Obrigada pela receita.

    ResponderEliminar
  18. virei fã do masterchef e não perco mais um episódio e fiquei doida com a pavlova. Fiz a sua receita e não deu muito certo, rs. Já sei oq fiz de errado e na próxima eu vou acertar. Mas, queria uma ajuda sua, se for possível. Não gostei do queijo creme... achei que não ficou legal o sabor... misturei o queijo com o açucar em pó mas achei mto amargo.. sei lá.. acabei colocando natas... fiz uma confusão só... vc acha que se fizer com chocolate, fica melhor?? Tem alguma dica sobre queijo que possa me dar?? Desde já agradeço a sua atenção. Abraços, Tyssa.

    ResponderEliminar
  19. Testei a receita e ficou maravilhosa, logo à primeira. Segui todas as dicas que a Joana dá e foram preciosas, obrigada! :)

    ResponderEliminar
  20. Uma maravilha na mesa de natal! Juntei também natas ao queijo-creme (visto que ficou muito grande ao dobrar a receita) e convenci até os que não costumavam apreciar essas receitas. Um aspecto bonito e um paladar que lhe segue. :)

    ResponderEliminar
  21. Alexandra Feliciano16:39

    Boa tarde Joana
    Este fim de semana estive a fazer uma maratona a ver os seus 3 livros que me emprestaram :-). Parabéns por todos, adoro o último :-)
    Estou-lhe a escrever para lhe pedir ajuda, eu adoro pavlovas e já fiz algumas, mas tenho sempre uma dificuldade enorme em retirar o papel vegetal depois de pronta, para a passar para o prato (começa-se a partir toda) e acabo por deixar o papel vegetal ficar por baixo, mas não fica nada bem quando se vai cortar.
    Alguma sugestão?
    Obrigado
    Beijinhos
    Alexandra

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin