quinta-feira, Setembro 13, 2012

Feijão Verde Estufado com Tomate

Agora que o feijão verde caseiro está quase a chegar ao fim, é que descubro uma receita deliciosa que poderá ter o condão de fazer de todos aqueles que dizem não gostar de feijão verde, olharem para ele com outros olhos. Não é esse o caso cá em casa, mas o que é certo é que o feijão verde preparado assim tem um sabor completamente diferente.
A origem da receita é italiana e vi-a num dos meus programas de culinária favoritos, o “Extra Virgin”, que passa no canal food network, onde a atriz Debie Mazar e o marido Gabriele, de origem italiana, cozinham comida despretensiosa, na cozinha da sua casa, para a família e para os amigos. Um programa e uma receita a não perder!

Ingredientes para 2 pessoas:

300g de feijão verde
4 tomates chucha
4 dentes de alho
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.

Preparação:

Lave a arranje o feijão verde. Se necessário retire-lhe o fio e corte-o depois ao meio no sentido longitudinal. Prepare também o tomate, lavando-o e cortando-o depois em pequenos pedaços.
Numa frigideira anti-aderente coloque um fundo generoso de azeite e acrescente os dentes de alho picados grosseiramente. Deixe começar a quererem fritar e acrescente depois o tomate partido. Misture bem, reduza o lume e tape a frigideira com uma tampa, deixando o tomate amolecer durante uns minutos.
Junte agora o feijão verde já arranjado e tempere com sal e pimenta. Não é necessário acrescentar água ou outro líquido. Envolva o feijão verde no tomate e tape novamente a frigideira deixando continuar a cozinhar em lume brando até o feijão verde estar macio.
Sirva depois como acompanhamento de carnes.

Bom Apetite!

15 comentários:

  1. Así hace mi madre las judías verdes, y están... buenísimas, mucho más sabrosas que cocidas simplemente.
    Besicos y la haré para colgarla, no se me había ocurrido.

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto. Bom dia , Bom dia :))

    ResponderEliminar
  3. Não sei se é italiana ou não mas aqui no Alentejo também se prepara assim. Há também quem o prepare um pouco mais caldoso numa versão tipo sopa. Ainda na terça ao almoço comi o feijão verde assim preparado.

    ResponderEliminar
  4. A minha mãe também prepara assim, e é divinal!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo10:36

    Bom dia Joana
    Gosto muito desta receita
    A minha mãe costuma ainda colocar choriço...o que lhe dá um sabor ainda melhor
    bjnhs para si
    Ana Oliveira

    ResponderEliminar
  6. Nunca vi feijão verde rsrs
    Que legal!

    beijos

    ResponderEliminar
  7. E com um ovo escalfado e uma fatia de pão rústico? Amo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Também costumo fazer isto mas ponho também batata. ADORO!!! é melhor do que com carne, porque realça mais o sabor dos legumes.

    ResponderEliminar
  9. Se é receita italiana ou não, não sei.
    Sei que tenho 52 anos e desde miúdo que na minha casa se faz
    feijão verde assim; provavelmente já se faria antes de eu próprio existir...

    Há também a variante com adição de enchidos e ossos de espinhaço de porco.
    É de comer e chorar por mais...

    ResponderEliminar
  10. é o que por cá se chama "vagem guisada com batatas"
    é feito dessa maneira, acrescenta-se batatas aos cubos e no final escalfa-se um ovo (como se faz com as ervilhas com ovos escalfados), terminando com uma borrifadela de vinagre.
    experimenta que sei que vais gostar.

    ResponderEliminar
  11. Uma forma diferente de comer feijão verde, gostei muito da sugestão, deve ficar bem saboroso=)

    ResponderEliminar
  12. Anónimo23:23

    olá Joana,
    Pois é, aqui em casa tb se come o feijão assim mas com chouriço... deve ser das origens Alentejanas, já vi aqui outros comentários nesse sentido.
    Eu confesso que não preciso da carne a acompanhar, para mim, quando o feijão é bom, serve de prato principal!
    bjnhs
    Isabel

    ResponderEliminar
  13. Eu ñ aprecio feijão verde :( Mas espero vir a gostar qd experimentar esta receita :) Bjinhos e thanks pela sugestão!

    ResponderEliminar
  14. Confirmo, é um receita italiana, daquelas que me faz logo lembrar a minha casa e a minha mãe. Ela (e eu!) costuma pôr um cheirinho a orégão. Tão bom!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo22:06

    Tambem sou alentejana e desde sempre comi este prato, vagens guisadas, com lhe chamamos. Também não leva batata, nem ovo, mas pode adicionar-se uma folha de louro. Muito saboroso, e 100% vegetariano.

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin