sexta-feira, agosto 12, 2011

Chutney de Ameixas com Vinho do Porto e Especiarias

Andava há que tempos para fazer um chutney. E não sei porque razão meti na minha cabeça que havia de ser um chutney de manga. Entretanto, com a abundância dos pêssegos em Junho, achei que o ideal era fazer um chutney de pêssego. Mas os pêssegos entraram por esta cozinha dentro e, os que não se comeram, acabaram todos na panela das compotas.
Entretanto as ameixas começaram a chegar. E desta vez não perdi a oportunidade de finalmente preparar um chutney. Pessoalmente acho que ficou delicioso e só tenho pena de ter feito pouca quantidade. Acho que ainda este ano vou repetir a dose, pois acho que seriam uma excelente adição aos cabazes de natal.

Ingredientes para 1 frasco (220ml):
(adaptado de BBC Good Food, Agosto de 2011, pág. 58)

250g de ameixas sem caroço (eu mantive a casca)
1 cebola
30g de passas
1 colher de chá de gengibre fresco picado
1 colher de chá de sementes pretas de mostarda
1 colher de café de cominhos
1 colher de café de colorau doce
1 colher de café de piri-piri moído
190ml de vinagre de vinho branco
25ml de vinho do porto
250g de açúcar amarelo
1 colher de sopa de açúcar mascavado escuro
1 pitada de sal

Preparação:

Pique as ameixas em pedacinhos bem pequenos assim como a cebola (eu piquei com a faca - se usar um robot de cozinha tenha cuidado para não picar demasiado e acabar com umas pasta em vez de pequenos pedaços de fruta e cebola).
Num tacho coloque a mistura de ameixas e cebola assim como os restantes ingredientes com a excepção dos açúcares e do sal. Mexa bem e coloque em lume brando até levantar fervura. Tape, diminua o lume e deixe cozinhar cerca de 10 minutos até as ameixas estarem macias.
Acrescente agora o açúcar amarelo, o açúcar mascavado escuro e o sal e mexa bem até tudo estar dissolvido. Deixe cozinhar cerca de 30 minutos com o tacho destapado (e sempre em lume brando) mexendo de vez em quando. Está pronto quando tiver a consistência de uma compota - para ver se está no ponto coloque um pedacinho de chutney num prato e passe com o dedo ou com a ponta de uma faca. Se abrir uma "estrada" quer dizer que está pronto.
Coloque depois o chutney num frasco esterilizado, feche bem e vire de cabeça para baixo para criar um vácuo natural. Guarde durante 2 semanas antes de servir.
Ideal como acompanhamento de carnes, especialmente  carne de porco e queijos.

Bom Apetite!

18 comentários:

  1. é uma óptima ideia!
    Obrigada

    ResponderEliminar
  2. Olá, o aspeto está lindo, acredito que o chutney de manga deve ficar também muito bom.
    Tenho uma dúvida o que o açúcar amarelo dos Açores (morei lá mas não recordo)?
    Será uma variação do açúcar demerara?
    Parece um demerara triturado...

    ResponderEliminar
  3. Alexandra09:54

    A fruta que apresenta na imagem não são ameixas, mas sim abrunhos!

    ResponderEliminar
  4. Eu estava para fazer um chutney de maçã e pimento, mas entretanto os cestos começaram a ficar vazios. Não tarda devo ter um cesto cheio de ameixas biológicas, por via das dúvidas vou guardar a receita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Ficou delicioso!!! beijos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  6. tive tantas ameixas e abrunhos lá em casa e andei sem saber o que lhes fazer... para a próxima experimento. tem um ar delicioso!

    (parabéns pelo blog. acho que é a primeira vez que comento, mas já fiz bastantes receitas daqui!)

    ResponderEliminar
  7. Olá..
    parabens pelo teu blog, está muito bem conseguido..
    o meu é http://facetshirt.blogspot.com/
    se quiseres podemos partilhar cada um dos blogs, abraço

    ResponderEliminar
  8. Parabéns pelo Blog!
    Bom fim de semana!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  9. Ah que bom! A minha familia em portugal está farta de dizer q estão a guardar as ameixas pra quando eu chegar :) Agora já sei que lhes fazer :)
    Beijinho bom fim de semana*

    ResponderEliminar
  10. Parece delicioso, vou experimentar! Parabéns pelo blog e pelas receitas cada vez mais apetitosas!

    ResponderEliminar
  11. o aspecto esta bem trabalhado e o resultado final esta muito bom Parabéns

    ResponderEliminar
  12. bem para mim sao ameixas o resto nao faz diferença o que conta é que esta com um aspecto muito bom parabens beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Mas isto é um doce? Ou é para barrar na carne? Não percebi muito bem mas gosto muito da combinação de doce-salgado

    ResponderEliminar
  14. iana22:04

    Parabens pelo seu blog! Estava a pensar fazer chutneys para oferecer no Natal.. sabe dizer-me quanto temo se conservam em frascos devidamente esterilizados?
    obrigada!

    ResponderEliminar
  15. Filipa09:43

    Bom dia,

    Experimentei fazer esta receita, mas fiz com 1,5kg de ameixas, ou seja sextupliquei a receita. Ao fim de 30 min não estava com consistência de compota. Julgo que 190ml de vinagre para 250g de ameixa seja demasiado. A receita está correta?
    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa,

      Sim, a receita está correcta.
      Realmente a Filipa soube sextuplicar a receita, mas não pode achar que depois o tempo de cozedura é o mesmo para uma receita seis vezes maior.
      Claro que vai demorar bem mais do que 30 minutos a atingir a consistência desejada. Talvez 1h30 a 2 horas para essa quantidade.
      Mas quanto às quantidades indicadas posso garantir que estão correctas.

      Espero ter ajudado,
      Joana

      Eliminar
  16. maria José16:59

    Sem dúvida que vou fazer este chutney. No entanto, há algo que não percebi. A Filipa que sextuplicou a receita, fala em vinagre, o qual não consta da mesma. Será que estava a referir-se ao vinho branco? Será que a Joana ou a Filipa me podem elucidar?

    ResponderEliminar
  17. maria José17:11

    Desculpem! Estava distraída e só li vinho branco em vez de vinagre de vinho branco. Em breve darei a minha opinião
    Maria José

    ResponderEliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin