Beringela Grelhada com Tomate Cereja e Queijo de Cabra

Coisas simples. Almoço só para mim. Beringelas, tomate cereja e queijo de cabra no frigorífico. Zé Maria a brincar na sua cadeira com os livros, os cubos e as molas da roupa. Cozinhar enquanto converso com o meu rapazinho numa conversa que só os dois (três) compreendemos, entre sons, risadas e brincadeiras.
Entretanto vou pensando noutras coisas. Em outros quinhentos. Penso em como nem tudo o que parece é. Em como, por mais que eu tente, eu dê voltas à cabeça, há coisas que nunca irei perceber. Penso que tenho de descobrir um equilíbrio para algumas coisas cá muito minhas.
Enquanto penso em tudo o isto, o almoço faz-se quase sozinho, o Zé Maria palra e eu fico quase sem perceber como acabei com este almoço no prato.

Ingredientes para 2 pessoas:

1 beringela
1 rolo de queijo de cabra (chève)
150g de tomate cereja
2 dentes de alho
Sal e pimenta q.b.
Azeite q.b.
Rucula para servir

Preparação:

Comece por preparar os tomates cereja. Lave-os bem e corte-os ao meio. Pique finamente os dentes de alho e leve-os ao lume num tachinho com um pouco de azeite. Assim que o alho começar a querer fritar junte os tomate cereja, tempere de sal e pimenta e deixe cozinha até que fiquem macios.
Entretanto corte a beringela em rodelas não muito finas e tempere-as de sal e com um fio de azeite. Leve um grelhador ao lume e deixe aquecer bem. Grelhe depois as fatias de beringela de ambos os lados até que fiquem macias. Corte também o queijo de cabra em fatias.
No prato de servir coloque uma fatia de beringela grelhada, Sobre esta um pouco de tomate cereja e uma fatia de queijo de cabra. Cubra com uma nova fatia de beringela e repita novamente as camadas até ficar com um montinho. Repita os montinhos até esgotar os ingredientes
Sirva com um pouco de rúcula.

Bom Apetite!

8 comentários :

  1. Bom dia Joana! Louvado seja Deus por Partilhas tão honestas e simples... Obrigada por isso! p.s.) nem sempre "gosto" das receitas, mas nem assim deixo de te vir "ler"... Continua... Dina Luis

    ResponderEliminar
  2. As mulheres são umas máquinas. Apesar do almoço simples, estavas já a tratar de outras coisas na tua cabeça. Eu penso tanto, tanto... às vezes gostava de não pensar em nada. bjs carla sousa

    ResponderEliminar
  3. que delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:02

    o "três" parece-me muito bem :) quanto ao equílibrio, para as coisa m"uito nossas" acabamos sempre por conseguir descobri-lo.
    da receita, como sempre, é "só" mais uma para reproduzir lá em casa... há anos que o faço, e por mais blogues de culinária que acrescente à minha lista de favoritos, o "colher de pau" é, tod-os-os-dias, o primeiro que abro e o primeiro em que procuro inspiração para "o que faço hoje ao jantar?"
    beijinho muito grande e votos de felicidades na cozinha e fora dela ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O terceiro elemento que compreende as nossas conversas é o pai.
      E obrigada pelas suas palavras.
      Um beijinho
      Joana

      Eliminar
  5. Maria Agostinha16:42

    O três, acho lindo, uma companhia para o pequeno Zé. Ah na vida tudo se resolve basta ter calma, à sempre um caminho uma janela, o que quizer... aproveite ao máximo, força

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para que fique esclarecido: três significa o Zé Maria, eu e o Miguel.
      Joana

      Eliminar

Imprimir